Quer administrar redes sociais da Rainha Elizabeth? Salário R$ 250 mil


Família real britânica - Chris Jackson / Getty Images

Imagine trabalhar em Londres e ganhar em média R$ 250 mil por ano para fazer as redes sociais da Rainha Elizabeth? Sim, o Palácio de Buckingham está procurando especialistas na área de comunicação.

O anúncio, feito na última sexta, 13, no Linkedin, no busca um “chefe de engajamento digital”, ou seja, alguém para coordenar as redes sociais e canais digitais da realeza.

A função inclui postagens no Instagram de fotos dos netinhos da rainha e dos eventos da família real britânica.

Salário

O Palácio de Buckingham vai pagar entre 45 mil e 50 mil libras por ano, a depender da qualificação do novo funcionário.

Em reais isso dá algo entre R$ 245 mil e R$ 272 mil anuais, ou de R$ 20 mil a R$ 22 mil por mês.

O trabalho é de segunda a sexta-feira, com um total de 37,5 horas semanais.

O vencedor vai dar expediente no próprio Palácio de Buckingham, em Londres, na Inglaterra.

Benefícios e requisitos

O coordenador escolhido terá benefícios como almoços gratuitos, bônus, 33 dias de férias e acesso a cursos e outros treinamentos para melhorar o currículo.

Entre os requisitos o candidato deve:

  • Ter experiência na área em uma grande empresa ou instituição,
  • Ter conhecimentos em aspectos técnicos das plataformas digitais
  • Ser um “comunicador natural, influente”
  • Ser “inovador e com talento criativo’

O Palácio de Buckingham pretende gerar uma imagem positiva da família real pela internet.

“Independentemente de você estar cobrindo uma visita, uma cerimônia de premiação ou um compromisso da realeza, você garantirá que nossos canais digitais sempre despertem interesse e atinjam uma variedade de públicos”, diz o texto que anuncia a vaga.

Inscrições

As inscrições estão abertas até o dia 24 de dezembro.

Elas devem ser feitas pelo Linkedin, clique aqui.

As entrevistas serão no mês que vem, ou seja, janeiro de 2020.

Com informações do Vix.

Notícias Boas.