Defesa de Caetano Veloso afirma que ações de Feliciano são “infames”


Muitos estão fazendo as pessoas se confundirem  sobre a diferença de (direito de expressão e difamação com mentiras,) que é o que o Bolsonaro defende, usando o nome de direito de expressão. Ditador nunca defendeu direito de expressão, a menos em casos assim, como aconteceu a enxurrada de mentiras em 2018 (quite Gay liderou).

O pastor e deputado fundamentalista acusou o cantor de ser “pedófilo”; para a Justiça, o parlamentar “exerceu o seu direito de liberdade de crítica” e o absolveu em processo movido pelo artista.

Será que a partir de agora acusar uma pessoa de ser pedófila sem qualquer tipo de prova é o exercício de liberdade de expressão? Para o juiz Nelson Ferreira Junior, sim, pois, deu perda de causa para o cantor Caetano Veloso que processou o pastor e deputado fundamentalista Marco Feliciano (PSC-SP) que, por meio de suas redes, acusou o artista de ser “pedófilo”.

Em ação movida por Caetano Veloso contra Marco Feliciano por injúria, difamação e calúnia, deu ganho de causa para o pastor. Além de ter perdido a ação, Caetano foi condenado a pagar R$ 6 mil em honorários para os advogados de Feliciano.

Por meio de suas redes sociais, o pastor e deputado acusou Caetano Veloso de ser “pedófilo” e de estupro de vulnerável, mas, sem apresentar qualquer tipo de prova.

Os ataques do pastor contra o cantor se deram em 2017 que, por meio de seu Twitter escreveu: “Por que a Procuradoria-Geral da República (PGR) não pede a prisão de Caetano Veloso? Estupro é crime imprescritível”.

“Infame”

Em nota, a defesa de Caetano Veloso, que é representada pelos advogados Ticiano Figueiredo e Pedro Ivo Velloso, afirma que recebeu com “bastante perplexidade” a absolvição do pastor Marco Feliciano.

Para os advogados, “as ofensas disparadas pelo deputado nunca tiveram o intuito de criticar ou de propor qualquer debate. São ataques pessoais, reiterados, que têm por efeito, isso sim, um linchamento público da imagem de Caetano Veloso, como forma de obter maior visibilidade”.

Além disso, a defesa de Caetano afirma que “não se pode aceitar como livre exercício do direito de crítica a atitude de quem usa o outro para alavancar popularidade, imputando-lhe falsamente crime e atos infamantes, tornando a si e à sua família alvo de seus seguidores, algo que acontece nos últimos cinco anos”.

Por fim, os advogados do cantor “defesa tem convicção de que reverterá essa decisão absurda no âmbito do Tribunal de Justiça do Distrito Federal”.

Error, no Ad ID set! Check your syntax!

ADVENTISTA: Igreja define ênfase para 2022: ajudar pessoas a encontrar esperança na Bíblia


De Notícias.adventistas.org. O Café com Leite sugere que leia este Site. Vai lhe fazer muito bem.

Concílio vai elaborar o plano de trabalho da Igreja para Bahia e Sergipe, em 2022. (Crédito: Thiago Fernandes)

É uma certeza em tempos incertos: no próximo ano, a Igreja Adventista do Sétimo Dia dará ênfase na missão de levar, por meio da Bíblia, esperança para as pessoas, em meio às dores, ansiedade e perdas provocadas pela pandemia. É o entendimento que surgiu da abertura do Concílio de Administradores e Líderes de Ministérios (Departamentais) da União Leste Brasileira, sede da Igreja para Bahia e Sergipe. Os administradores se reuniram para o concílio pela primeira vez, em formato híbrido, desde a declaração da pandemia de Covid-19.

O evento, iniciado no domingo, 22 de agosto, vai estabelecer o planejamento eclesiástico para 2022 e votar documentos e projetos importantes para os adventistas desses dois estados nordestinos. O foco missionário começou a ser sinalizado na abertura, quando os administradores apresentaram bandeiras que apontam prioridades para esta região: o projeto Eu Vou, que motiva para o envolvimento individual de cada adventista na missão; a integração das unidades de ação da Escola Sabatina com os pequenos grupos, constituindo as chamadas Bases Life; e o projeto Todos Pela Palavra, programa que pretende levar cada adventista a estudar, viver e ensinar a Palavra de Deus.

Pastor André Dantas: Luz aponta para presença de Deus e o momento é crucial para a Igreja iluminar o mundo. (Crédito: Thiago Dantas)

Na primeira mensagem devocional do concílio, o pastor André Dantas, presidente da Igreja Adventista para Bahia e Sergipe, deu o tom deste propósito. Ao pregar sobre Gênesis 1:3, refletiu sobre a origem da luz e o modo como o relato da Criação sinaliza a luz como resultado da presença de Deus, antes mesmo do surgimento da terra, do sol e da lua. “Deus é luz e nós precisamos refleti-la”, declarou o pastor Dantas. Ao apresentar líderes de ministérios, o pastor Dantas reforçou a importância dos serviços diversos da Igreja para alcançar pessoas e ajudá-las a encontrar sentido e significado na vida, com a ajuda da Bíblia.

Novos discípulos

Batizada com toda a família, a estudante de Engenharia Jaine Araújo Silva manifestou desejo de evangelizar amigos e colegas da universidade. (Crédito: Thiago Fernandes)

E o exemplo mais claro deste compromisso aconteceu durante o batismo da família do pescador Josafá da Silva, morador da comunidade Escurial, em Nossa Senhora de Lourdes, município de Sergipe a 135 km da capital, Aracaju. Seis anos atrás, Josafá conheceu a TV Novo Tempo, e durante esse tempo o canal da esperança foi a igreja para a sua família. Através do serviço “Encontre Uma Igreja”, a filha de Josafá, Jaine de Araújo Silva, 19 anos, escreveu para o pastor de sua comunidade e começou a frequentar e a fazer parte dos cultos.  E na abertura do concílio, a família foi batizada – o casal, três filhas e um filho.

“A mensagem precisa iluminar o mundo”, disse o pastor André Dantas, enquanto acendia uma vela em uma árvore improvisada com várias delas, representando a luz que vem das Escrituras Sagradas. O chamado pareceu claro para Jaine Silva. Estudante do 2º ano de Engenharia na Universidade Federal de Alagoas, ela disse, logo após ser batizada: “agora, no ambiente acadêmico, eu quero evangelizar, quero levar esta esperança para as pessoas”. É uma declaração que reconhece um propósito: oferecer às pessoas a mesma esperança que mudou a vida de sua família.

 

Pode ser uma imagem de texto que diz "Doy Motos Peças, serviços e acessórios em geral Com a sua moto em boas mãos não há com que se preocupar!!! Fale dom Doy. Em Maracás, AV. Brasília, ao lado da garagem da Camurugipe. Fone- (73) 99137 3522"

Ótica Flor

Pode ser uma imagem de 4 pessoas, óculos de sol e texto que diz "Ãtica Flor de Maracás Essa você conhece! Essa étradição! Aqui você encontra os melhores preços. Estamos com uma grande variedade em óculos. Venha escolher o seu! Lá você vai encontrar também outras novidades 21 Trabalhamos também com uma grande variedade de perfumes, lindas bolsas e outros itens. Venha nos fazer uma visita. Estamos lhe esperando na AV Dr. João Pessoa número 175. Maracás. Fones (73)98801 971 999231178"

Justech

Pode ser uma imagem de texto que diz "Justech Usinagem Em Maracás, serviço de torno em geral com profissionais qualificados. Não precisa mais buscar serviços de qualidade em outras cidades. Prucure Jucimar ou Dário Serviços como: Usinagem, Tornearia, Aplainamento de cabeçotes, Fabricação de peças (diversas) Diamantagem e consertos de rodas e muito mais. Procure quem entende do assunto. Na foto, Jucimar com a 'mão na massa' pra dar qualidade dez ao cabeçote. AJustech Usinagem está instalada na AV. Brasília, 741B ao lado da garagem da Camurugipe"

Hortifrut Bela Vista

Pode ser uma imagem de fruta e texto que diz "HORTIFRUTI Bela Vista Produtos fresquinhos para você! Frutas, verduras, legumes e outros mantimentos para a sua cozinha você encontra aqui!! Ο melhor é que temos preços baixos! Venha conferir. Estamos localizados à AV João Pessoa, ao lado da Machado Auto peças, em Maracás."

Governo Bolsonaro recua e restringe vacinação de adolescentes entre 12 e 17 anos


Nota informativa divulgada pelo Ministério da Saúde retira adolescentes sem comorbidades da vacinação alegando que a “OMS não recomenda a imunização de criança e adolescente, com ou sem comorbidades”

Em nota informativa divulgada na noite desta quarta-feira (15), o Ministério da Saúde voltou atrás sobre a recomendação para vacinação de adolescentes entre 12 e 17 anos.

O documento diz que “a Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19, na Nota Técnica nº 40/2021-
SECOVID/GAB/SECOVID/MS, revisou a recomendação para imunização contra COVID-19 em adolescentes de 12 a 17 anos, restringindo o seu emprego somente aos adolescentes de 12 a 17 anos que apresentem deficiência permanente, comorbidades ou que estejam privados de liberdade”.

No dia 27 de julho, um comunicado assinado pelo Ministério da Saúde, Conass (conselho que representa os secretários estaduais de saúde) e Conasems (que representa os secretários municipais de Saúde) anunciou a vacinação dos adolescentes depois que toda a população que toda a população de 18 anos ou mais recebesse ao menos uma dose de imunizante.

Em nota publicada no seu site no dia 2 de setembro – atualizada às 19h57 desta quarta -, o Ministério da Saúde “recomenda vacinação de adolescentes a partir de 15 de setembro”.

“Primeiro, devem ser vacinadas adolescentes com deficiência permanente e em seguida, quem tem comorbidades previstas no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO). Após esses dois grupos, a prioridade é de gestantes e puérperas, entre 12 e 17 anos, adolescentes privados de liberdade e por fim, adolescentes sem comborbidades”, diz o texto.

No entanto, a nota informativa, divulgada às 21h31, restringe a vacinação, retirando os adolescentes sem comorbidades da lista, alegando que a “Organização Mundial de Saúde não recomenda a imunização de criança e adolescente, com ou sem comorbidades” e que “os benefícios da vacinação em adolescentes sem comorbidades ainda não estão claramente definidos”.

“Destacamos que a orientação da NOTA TÉCNICA 36/2021-SECOVID/GAB/SECOVID/MS estabelecia que os adolescentes sem comorbidades seria o último subgrupo elegível para vacinação e somente vigoraria a partir do dia 15 de setembro”, diz o texto.

Prefeito de Guarujá (SP) é preso pela Polícia Federal e levado em camburão


Válter Suman (PSDB) foi conduzido à delegacia da PF em Santos. Operação investiga ilegalidades em contratos entre a administração municipal e a OS Pró-Vida, responsável por gerenciar 16 unidades de saúde na cidade litorânea.

 

De acordo a matéria que circula na Revista Fórum, o prefeito de Guarujá, no litoral paulista, Válter Suman, foi preso em flagrante pela Polícia Federal na tarde desta quarta-feira (15), junto com o secretário de Educação do município, Marcelo Nicolau, durante uma operação que investiga desvios de recursos públicos por meio de ilegalidades nos contratos entre a Prefeitura e a Organização Social Pró-Vida, responsável por administrar uma UPA e 15 Unidades de Saúde da Família (Usafa) na cidade. Eles foram levados no compartimento traseiro da viatura.

As primeiras informações dão conta de que os agentes federais realizaram a prisão em flagrante por terem encontrado uma grande quantidade de dinheiro em espécie na casa do prefeito, que foi alvo de um mandado de busca e apreensão, assim como na residência de Nicolau, titular da pasta da Educação. Os policiais apreenderam dois carros, uma motocicleta e computadores em vários endereços da cidade, entre eles o Paço Municipal e o edifício que concentra as secretarias de Guarujá. Uma diligência também entrou num apartamento na cidade Santos.

A investigação começou no Ministério Público do Estado de São Paulo, por meio da Polícia Civil, mas precisou ser transferido para a alçada federal após ficar claro que os recursos desviados eram remetidos pela União. O inquérito, agora nas mãos da PF, segue em sigilo de Justiça, o que dificulta a obtenção de informações mais aprofundadas sobre o caso.

Após a oitiva de Válter Suman e Marcelo Nicolau, eles devem ser conduzidos ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de São Vicente, onde aguardarão a audiência de custódia junto a um juiz federal, marcada para esta quinta-feira (16)

 

Pode ser uma imagem de texto que diz "Restaurante JG Em Maracás Deliciosa comida caseira Não perca a deliciosa feijoada aos sábados e domingos O bom desse estaurante é que a comida é uma delícia e o preço é pequeno! O JG fica na Rua Landufo espínola, 454 em frente à Previdência!"

 

Pode ser uma imagem de 2 pessoas, fruta e texto que diz "SUPERMERCADO COMPRE BEM Aqui é mais barato SÃO MIGUEL SUPERMERCADO Aqui é mais barato Aqui prevalece a economia. A dona de casa já descobriu isto. Venha você também comprovar! SEF Praça da Feira, Fone (73) 3533 2427 e AV Dr. João Pessoa, n° 55, Maracás. Fone 3533 2095"

Nenhuma descrição de foto disponível.

 

 

Preço dos alimentos pode levar a explosão de casos de anemia e, consequentemente, mortalidade infantil em crianças


Inflação e caos econômico e social têm desdobramentos na saúde. Antes da pandemia, um terço da população dessa faixa etária já apresentava o problema no sangue e a expectativa é que isso piore, e muito.

Crianças começam a perder peso e força por falta de alimento num dos países mais rico do planeta (corrupção e aplausos)

 

A anemia é uma condição em que a quantidade de hemoglobina (uma proteína presente nos glóbulos vermelhos do sangue) fica abaixo do normal, prejudicando a distribuição de oxigênio pelo corpo, já que essa é a principal função deste componente. Já no caso da anemia ferropriva, sobretudo nas crianças, essa alteração na composição do sangue é provocada pela ingestão insuficiente de ferro, disponível principalmente nas carnes bovina, de peixe e de frango.

Sem dados consolidados até o momento, um indicador da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estima que o consumo de carne (bovina, suína, de peixes e de aves) será o menor no Brasil dos últimos 25 anos. O pico de consumo desses alimentos no país ocorreu em 2013, quando o brasileiro consumia em média 96,7 quilos por ano. Atualmente o consumo é de 29,3 quilos por pessoa.

A inflação registrada somente em relação às carnes frescas, no período de julho de 2020 a junho de 2021, foi de 38%, segundo o acumulado do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Alguns cortes, como o contrafilé, muito popular em churrascos ou em forma de bife, para fritar, que custavam em média R$ 32 o quilo no início da pandemia, atualmente são encontrados por até R$ 52, um aumento de 62%. Até os cortes considerados de qualidade mais baixa atingiram valores exorbitantes. Matéra continua após publicidades

Pode ser uma imagem de calçados e texto que diz "EM MARACAS Loja de Esportes Não precisa ir longe comprar produtos ligados ao esporte. Aqui você encontra tudo e outras novidades mais. Faça-nos uma visita efaça a sua compra no nosso mini-shopping de esportes. NIKE Rua Júlio Virgílio, ao lado do Só Montão Confecções. Maracás- Ba. Fone: (73)98849-5015"
Mercado RPM
Pode ser uma imagem de texto que diz "MERCADO RPM Sua satisfação em 10 Lugar! 73 3533 -2850 VISA AUGUSTO ELOY, 11, MARACAIZINHO MARACÁS BA MasterCard"
Maracás Peças
Pode ser uma imagem de ao ar livre e texto que diz "MARACÁS PEÇAS Aqui você encontra peças seminovas e usadas, tanto chaparia quanto mecânica. Temos preços baixos e executamos serviços mecânicos. H1 Estamos instalados ao lado do posto Costa do Dendê, na cidade de Maracás. Fone 73 98898 1561 73 98812 3888 & 73 99153 2961."
MADEIREIRA JK
Pode ser uma imagem de ao ar livre e texto que diz "Tudo para a sua MADEIREIRA EIRAJK construção Aqui você encontra tudo. Do alicerce ao interruptor! E mais: temos preços bons, qualidade e atendimento. Estamos lhe aguardando na AV. Brasília 404, em frente a Pousada Menina Bonita, em Maracás. Telefone whatsapp (73) 3533-2944"
MASSA FINA
Pode ser uma imagem de texto que diz "Panificadora Massa Fina Aqui também é lanchonete e o produto é de qualidade!! MassaFin Massa F Massa ina Venha comprar seu pão na certeza que estará levando um ótimo produto para sua casa. Aqui também você faz o seu lanche, onde pode escolher dentre a nossa variedade de salgados e sanduiches. Entre e fique a vontade!!! Estamos em Planaltino, ao lado da Feira Livre, aguardando você."

A drástica redução do consumo de carnes que vem ocorrendo no Brasil, provocada por razões econômicas, visto que o produto sofreu um enorme aumento de preço, acendeu o sinal vermelho para um potencial agravamento e crescimento de casos de anemia ferropriva em crianças de 0 a 5 anos. Os dados, mesmo antes da explosão inflacionária, já eram alarmantes no país, como mostra um estudo da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar): uma em cada três crianças nessa faixa etária está anêmica.

Para Milane de Souza Leite, nutricionista especializada em Nutrição Clínica pela UFF, mestre e doutora em Química Biológica pela UFRJ, e que é professora de Bioquímica na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), o quadro registrado décadas atrás está próximo de voltar a acontecer por conta da grave crise econômica, que tirou as carnes da mesa dos brasileiros.

“Na pandemia, que trouxe não só a crise econômica, que se agravou, mas também uma diminuição do alcance dos programas sociais de redistribuição de renda que atendem famílias com crianças, no caso crianças de 0 a 5 anos, nós já observávamos esse problema no Brasil. Antes dos governos que intensificaram esses programas de distribuição de renda, uma taxa de até 50% de desnutrição nessa faixa etária era registrada”, lembrou.

A acadêmica explica que existem outras fontes de ferro que podem ser inseridas na alimentação de crianças e adultos, a partir de vegetais, mas o consumo do mineral dessas outras fontes não é tão eficiente para o corpo como na ingestão de carne.

“Apesar de existirem outras fontes de ferro que não sejam a carne bovina, de peixes, de frango, essas outras fontes, de origem vegetal, são menos biodisponíveis, ou seja, sua absorção pelo organismo não se dá da mesma forma que no caso do ferro contido nas carnes”, explicou.

A anemia em crianças pequenas é comum em países com graves problemas econômicos e sociais, já que a alimentação destinada às pessoas, de um modo geral, não contempla todos os nutrientes necessários para a manutenção de uma boa saúde.

“Isso não ocorre só aqui, mas também em vários países, como mostram indicadores da OMS (Organização Mundial da Saúde). E crianças nessa faixa etária são as mais susceptíveis à anemia ferropriva, um tipo de anemia que se caracteriza pela baixa ingestão de ferro na alimentação. O problema ocasiona déficit no desenvolvimento psicomotor e na função cognitiva, maior suscetibilidade às infecções e redução da força muscular, comprometendo a qualidade de vida na fase adulta”, esclareceu a nutricionista.

A anemia ferropriva pode trazer problemas para as mães que estão em fase de aleitamento, já que a nutrição de ferro dos bebês é provida por essa via. Milane afirma que as crianças em fase de amamentação, mesmo com as mães apresentando baixos níveis de ferro no sangue, conseguem extrair a quantidade de nutrientes necessária a elas pelo líquido humano, mas que isso acarreta prejuízos à saúde da genitora.

“É importante frisar que durante o período do aleitamento é a mãe quem fornece ferro pelo leite à criança, mas é fácil presumir que nesta pandemia e num contexto de crise econômica grave, as mães também passaram a ingerir muito menos carnes e, por consequência, ferro. A criança consegue estabelecer a nutrição necessária de ferro mamando, mesmo que isso tenha um custo para a saúde da mãe”, falou.

A professora da UFRRJ traçou um cenário nada animador para um futuro próximo, caso a insegurança alimentar permaneça no país, juntamente com a privação de carnes que ocorre nas refeições dos brasileiros. A morte por desnutrição, tão presente num passado não tão distante, pode voltar com força total.

“O que ocorre é: antes de a criança morrer de anemia ferropriva, ela vai morrer por desnutrição crônica e grave, por falência múltipla. A anemia ferropriva é um ponto de uma questão maior dentro do que a gente chama de insegurança alimentar, fome crônica. Esse é um cenário, por exemplo, que nós já observamos em algumas aldeias indígenas e eu penso que nós devemos lembrar de outros momentos na história do país em que as crianças morriam, sim, de desnutrição, e isso pode voltar a acontecer”, encerrou indignada.

a informação é da Revista Fórum.

Rachadinhas: Filhos de Bolsonaro podem ficar de fora da próxima eleição


Jair, Carlos e Flavio Bolsonaro, citados no esquema da rachadinha

Jair, Carlos e Flavio Bolsonaro

Recentemente, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tornou inelegível a candidatura de uma ex-vereadora de São Paulo. Ela foi condenada por prática de rachadinha. O caso cria jurisprudência para futuras decisões da Justiça Eleitoral.

Flávio e Carlos Bolsonaro são investigados por rachadinha e a decisão podem torná-los inelegíveis, se condenados. Relator do caso, Alexandre de Moraes lembrou que “o esquema de rachadinha é uma clara e ostensiva modalidade de corrupção”.

Segundo o UOL, a decisão deve impactar somente na seara eleitoral do delito, mas não no âmbito penal. Nessa esfera, a prática é tipificada como peculato, desvio de bem público.

A decisão contra a ex-vereadora ocorreu em artigo da Lei Complementar 64/1990, que trata da inelegibilidade de oito anos para crimes de improbidade administrativa. Segundo o texto, um legislador só pode ter seus direitos políticos cassados por enriquecimento ilícito e lesão ao patrimônio público.

Leia também:

1 – Flávio Bolsonaro tenta indicar corregedor da Receita Federal

2 – TJ do Rio autoriza a quebra de sigilo fiscal e bancário de Carlos Bolsonaro

Jair Bolsonaro também foi apontado como parte do esquema da rachadinha

Andrea Siqueira Valle, ex-cunhada de Jair Bolsonaro, afirmou em gravação que ele demitiu seu irmão, André Siqueira Valle, após recusa em entregar a maior parte de seu salário como assessor.

À época deputado federal, Jair exigia grande parte dos salários dos parentes da ex-esposa, Ana Cristina Siqueira Valle, que trabalhavam em seu gabinete. Ele é apontado como envolvido direto no esquema da rachadinha.

Segundo Andrea, o irmão foi retirado do cargo por não entregar o valor combinado, cerca de 90% do salário.

A ex-cunhada foi a primeira de 18 parentes de Ana Cristina nomeada nos gabinetes da família Bolsonaro.

“O André deu muito problema porque ele nunca devolveu o dinheiro certo que tinha que ser devolvido, entendeu? Tinha que devolver R$ 6.000, ele devolvia R$ 2.000, R$ 3.000. Foi um tempão assim até que o Jair pegou e falou: ‘Chega. Pode tirar ele porque ele nunca me devolve o dinheiro certo’. Não sei o que deu pra ele”, relata.

André Valle foi assessor do deputado Jair entre 2006 e 2007.

Andrea relata que sabe de “muita coisa” que pode “ferrar a vida” de Jair, Flávio e Ana Cristina, sua irmã.

A ex-cunhada do presidente ainda disse, sem citar nomes, que mandam ela ficar “quietinha”.

Menino com balde ajuda bombeiro a combater incêndio no Pantanal


O menino com balde se ofereceu para ajudar os bombeiros em incêndio no Pantanal - Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação
O menino com balde se ofereceu para ajudar os bombeiros em incêndio no Pantanal – Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Antes que venha a turma do “romantizar”, isso é iniciativa, atitude, solidariedade! Um menino com balde nas mãos se ofereceu para ajudar um bombeiro a combater um incêndio do Pantanal.

O pequeno Davi, de 5 anos, queria ajudar porque viu o fogo perto da casa da família, numa colônia de pescadores e pequenos agricultores, na região do Paiaguás.

“Ele pegou o balde e foi lá falar conosco. Estava ali, ajudando o pai dele no combate aos incêndios para não atingir a casa deles”, contou o bombeiro Lucas Vinicius Lima Cavalcante, de 26 anos.

O bombeiro se emocionou

A iniciativa da criança, que acompanhava o pai no combate ao fogo, foi na semana passada e emocionou o bombeiro.

“Ele não parava. Jogava o balde de água e falava da escola, em trabalhar. Sou pai também. Senti uma emoção muito grande vendo aquilo e aí deu para disfarçar o choro por conta da fumaça que tinha lá”, afirmou.

Foi o próprio bombeiro quem eternizou o momento na foto que tirou ao lado do pequeno Davi. (foto acima)

O tenente-coronel Leandro Moura Marzolla, que comanda a operação na base em Corumbá, disse que acompanhou o gesto do garoto. “As crianças gostam muito do quartel, sempre passam a mão e acenam para as viaturas. Só que neste caso é uma criança que fica mais isolada e nos impressionou pelo fato dele se propor a ajudar. Isso deu renovação de ânimo para a equipe, que está lá há alguns dias, então, essa atitude é um alívio para todos nós”, disse.

Famílias humildes

Lucas contou a situação das famílias simples que moram na região.

“Ele é filho de um senhor, que leva o mesmo nome dele. São várias famílias ali, várias colônias, um local que não tem energia, água só de poço, com pouco gado e que ficam distantes cerca de 10 km uma da outra”, afirmou o bombeiro ao G1.

Fogo controlado

Não bastasse tudo isso, o fogo destruiu boa parte da região.

“A região ficou toda queimada em volta, mas, as casas nós conseguimos proteger e o pessoal lá ajuda a fazer o monitoramento em um quadrante de 1 mil a 2 mil hectares”, explicou bombeiro.

Mas, felizmente, eles conseguiram conter as chamas.

“Nós combatemos o fogo na região por três dias, nos dias 6, 7 e 8 de setembro. Nós levamos todo o material para fazer o combate lá e extinguimos todos os focos. Agora, já voltamos para a base”, disse Lucas Cavalcante.

Davi, o balde e o bombeiro Lucas - Corpo de Bombeiros/Divulgação
Davi, o balde e o bombeiro Lucas – Corpo de Bombeiros/Divulgação
Outro bombeiro também tirou fotos com Davi — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação
Outro bombeiro também tirou fotos com Davi — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Com informações do G1

Candeias: mulher faz armadilha e homem que ameaçava expor nudes dela é preso


Candeias: mulher faz armadilha e homem que ameaçava expor nudes dela é preso

Cansada de chantagens, vítima contou com ajuda da polícia em emboscada contra criminoso

Um homem foi preso em flagrante após fazer chantagens a uma mulher. O criminoso tinha fotos da vítima e ameaçava que divulgaria tudo nas redes sociais caso ela não obedecesse às exigências dele.

Cansada das ameaças, a vítima procurou a 10ª Companhia Independente da PM (CIPM/Candeias) na noite de sábado (11), por volta das 21h30. Ela contou aos policiais que perdeu seu celular há dois anos e, desde então, vinha recebendo mensagens e ligações frequentes de um homem desconhecido que ameaçava expor imagens íntimas caso ela não cedesse às exigências sexuais dele.

Decidida a dar um ponto final na história, a mulher marcou um encontro com o acusado numa praça e chamou a polícia. Uma viatura ficou escondida e esperou a aproximação do suspeito em ponto estratégico. Quando o homem obrigou a vítima a seguir com ele e tentou pegar ela à força pelos braços, os PMs apareceram e deram voz de prisão. Com o acusado foi apreendido um celular com fotos e mensagens íntimas.

Segundo a Polícia Civil, ele foi levado para a 20ª delegacia. A vítima  prestou depoimento na unidade, que instaurou inquérito para apurar o caso e autuou o suspeito em flagrante por extorsão.

Empresário, mulher e os três filhos morrem em queda de avião


Empresário Celso Silveira Mello, acionista majoritário da Cosan, morre em queda de avião em Piracicaba. Também morreram a esposa do empresário, os três filhos dele, o piloto e o copiloto. Vídeos captaram momento da tragédia

Entre as vítimas do acidente do bimotor na manhã desta terça-feira em Piracicaba estavam o empresário Celso Silveira Mello Filho, sócio acionista da Cosan, do ramo sucroalcooleiro.

Ele estava com a família na aeronave King Air 360. Celso era acionista majoritário da empresa e irmão do presidente do Conselho de Administração da companhia, Rubens Ometto Silveira Mello.

Também estavam no avião a esposa de Celso, Maria Luiza Meneghel, seus três filhos, Celso, Fernando e Camila, o piloto Celso Elias Carloni e o copiloto Giovani Gulo. Todos os ocupantes morreram.

A Cosan foi fundada em 1936 na cidade de Piracicaba, no interior de São Paulo, com a fundação de sua primeira fábrica para moagem de cana-de-açúcar. A partir da década de 1980, expandiu a atuação com a aquisição de várias fábricas no estado.

A empresa cultiva, coleta e processa a cana-de-açúcar, principal matéria-prima utilizada na produção de açúcar e etanol. O grupo é um dos maiores grupos industriais do país, com cerca de 100 bilhões de reais em receitas anualizadas.

A Cosan divulgou nota sobre a tragédia:

“Com enorme pesar, a Cosan informa que o empresário Celso Silveira Mello Filho estava com a família na aeronave King Air 360 que caiu hoje, às 10h, em Piracicaba, causando a morte de todos os ocupantes. Celso era acionista e irmão do presidente do Conselho de Administração da companhia, Rubens Ometto Silveira Mello. Também estavam no avião a esposa de Celso, Maria Luiza Meneghel, seus três filhos, Celso, Fernando e Camila, o piloto Celso Elias Carloni e o copiloto Giovani Gulo”.

 

Jovem esfaqueia sogros após namorada dizer que era estuprada pelo padrasto


Faca utilizada no crime
Estudante está preso por tentativa de homicídio

Um casal foi internado em estado grave num hispital de Peruíbe, litoral de São Paulo, após ser esfaqueado pelo genro. O estudante de 20 anos confessou o crime a polícia, alegando que cometeu o ataque porque a namorada dizia que era abusada pelo padrasto, informa o G1.

Uma mulher de 56 anos e um homem de 54 já foram encontrados gravemente feridos pelos policiais militares. A guarnição solicitou atendimento do Serviço de Atendimento de Urgência (Samu) para socorrer o casal.

A mulher tinha um corte de faca no pescoço, enquanto o marido foi golpeado várias vezes na cabeça, o que lhe causou traumatismo craniano. No local, ela confirmou que foi atacada pelo genro, que tem uma união estável com a filha dela de 16 anos.

A adolescente apresentou sua versão aos policiais. De acordo com ela, os dois estavam em uma festa, quando o rapaz teria ingerido bebida alcoólica e ficado agressivo. A menina foi embora para o apartamento deles junto com o filho do casal.

O estudante foi preso pela suspeita de tentativa de homicídio e não apresentou resistência. Na delegacia, ele alegou que o motivo foi o fato do homem de 54 anos, padrasto da esposa dele, ter abusado dela mais de uma vez. Ele ainda disse que a menina chegou a contar para a mãe, que não teria acreditado nela. Correio da Bahia

 

Ladrão assalta mulher durante travessia do ferry boat e obriga vítima a beijar sua boca; “segurança nada fez”


Ladrão assalta mulher durante travessia do ferry boat e obriga vítima a beijar sua boca; "segurança nada fez"

Uma mulher foi assaltada dentro de uma das embarcações do sistema ferry boat, que liga Salvador a Ilha de Itaparica. O filho da vítima, José Roberto, publicou um relato nas redes sociais que viralizou nesta terça-feira (15/9), onde narra que o suspeito ainda obrigou a mulher a beijá-lo.

O filho relatou que o suspeito pediu o celular e a a aliança da mãe. “Eu estava em casa quando o rapaz de dentro do Ferry Boat disse que minha mãe estava desesperada. Minha mãe estava dentro do Ferry boat quando o rapaz sentou do lado dela, supostamente armado, mandou passar a aliança, o dinheiro que ela tinha e ainda levou o celular”, conta.

Para se safar do crime, o ladrão ainda teria forçado intimidade com a vítima. “Ele levantou e falou ‘me dê um beijo’, e minha mãe falou ‘oxe, não vou dar não’, mas ele disse ‘vai dar sim’ e obrigou minha mãe a dar um beijo de lingua nele pra fingir que era namorado”, continuou.

O filho da vítima se queixou da passividade dos seguranças. “Quando desceu a escadaria do ferry, desceu correndo pra parte que entra os carros, porque tem alguns seguranças lá. Minha mãe saiu correndo dizendo: me assaltaram, me assaltaram… um homem negro, de boné, com ‘cara de bandido'”, descreveu. Ainda, segundo o relato, um segurança terceirizado com uma arma na cintura, nada fez ao ver o criminoso passar por ele.

Em nota, a Internacional Travessias Salvador (ITS) confirmou a ocorrência dentro do ferry Ivete Sangalo, que aconteceu no último domingo (12/9) e disse ter recebido as mesmas informações da vítima.  “Os funcionários da ITS acionaram a Polícia Militar e o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), uma vez que a passageira não passava bem após o assalto.

A empresa fez contato telefônico com o filho, morador da Ilha, e garantiu sua travessia até Salvador para acompanhar a mãe, relata o comunicado da empresa, que também levou a mulher até à delegacia. O suspeito fugiu do terminal e ainda não foi identificado. José Roberto espera que as imagens da câmara de segurança possam ajudar a prender o criminoso.Aratuon

 

Avião cai em Piracicaba, no interior de São Paulo, e deixa sete mortos


São Paulo – Um avião de pequeno porte caiu em Piracicaba, no interior de São Paulo, na manhã desta terça-feira (14/9). Segundo o Corpo de Bombeiros da cidade, sete pessoas estavam à bordo da aeronave morreram.

Os bombeiros estão trabalhando no local da queda do avião, localizada em uma área verde na região da Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo (Fatec), no bairro Santa Rosa.

O Twitter oficial dos Bombeiros divulgou um vídeo da aeronave pegando fogo,.

A fonte foi o site Metrópoles

Pode ser uma imagem de texto que diz "Panificadora Massa Fina Aqui também é lanchonete e o produto é de qualidade!! MassaFin Massa F Massa ina Venha comprar seu pão na certeza que estará levando um ótimo produto para sua casa. Aqui também você faz o seu lanche, onde pode escolher dentre a nossa variedade de salgados e sanduiches. Entre e fique a vontade!!! Estamos em Planaltino, ao lado da Feira Livre, aguardando você."
Doy Moros
Pode ser uma imagem de texto que diz "Doy Motos Peças, serviços e acessórios em geral Com a sua moto em boas mãos não há com que se preocupar!!! Fale dom Doy. Em Maracás, AV. Brasília, ao lado da garagem da Camurugipe. Fone- (73) 99137 3522"
Nenhuma descrição de foto disponível.
Maracás Peças
Pode ser uma imagem de ao ar livre e texto que diz "MARACÁS PEÇAS Aqui você encontra peças seminovas e usadas, tanto chaparia quanto mecânica. Temos preços baixos e executamos serviços mecânicos. H1 Estamos instalados ao lado do posto Costa do Dendê, na cidade de Maracás. Fone 73 98898 1561 73 98812 3888 & 73 99153 2961."
MADEIREIRA JK
Pode ser uma imagem de ao ar livre e texto que diz "Tudo para a sua MADEIREIRA EIRAJK construção Aqui você encontra tudo. Do alicerce ao interruptor! E mais: temos preços bons, qualidade e atendimento. Estamos lhe aguardando na AV. Brasília 404, em frente a Pousada Menina Bonita, em Maracás. Telefone whatsapp (73) 3533-2944"

 

Comerciante bolsonarista tortura quilombola no meio da rua


VÍDEO: Quilombola teve pés e mãos amarrados e foi espancado no meio da rua por comerciante bolsonarista. Imagens bárbaras mostram o sofrimento da vítima, que chora com o rosto voltado para o chão. Agressor diz que não se arrepende: “Faço quantas vezes for preciso”

comerciante quilombola RN
Comerciante tortura quilombola no RN

Apoiador do presidente Jair Bolsonaro, o comerciante Alberan de Freitas Epifânio torturou um quilombola em situação de rua no último sábado (11) na cidade de Portalegre (RN).

Luciano Simplício teve os pés e mãos amarrados e foi espancado no meio da rua. Um vídeo registrou alguns trechos do episódio bárbaro, que mostra o homem negro chorando e com o rosto voltado para o chão.

É possível ouvir duas mulheres ao fundo conversando e uma delas diz: “ele quer linchar”. Alberan, em seguida, desfere mais um chute nas costas do homem caído e uma outra mulher pede: “não mate, não”. O comerciante responde: “Mato, mato ele. O que é meu eu tenho o direito de defender.”

Alberan é proprietário do Mercadinho Eduarda. De acordo com o portal Mossoró Hoje, o comerciante teria espalhado pela cidade que Luciano seria um ‘bandido’ e que estava ‘sempre drogado’. O quilombola não gostou e, ao ficar sabendo das acusações, reagiu atirando pedras no comércio de Alberan.

A cena do espancamento chegou até a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT-RN), que se manifestou nas suas redes sociais afirmando que o governo estadual não será conivente e “não compactuará com manifestações eivadas de discriminação, intolerância, ódio e abusos de quaisquer naturezas.”

Após o caso ganhar repercussão, o comerciante foi alertado por amigos em um grupo de WhatsApp que poderia sofrer consequências pelo crime que cometeu. Alberan, no entanto, minimizou: “Nada demais, isso é só movimento. Isso já era esperado, não estou arrependido não. Para defender o que é meu, eu faço. Fiz e faço quantas vezes for preciso”, disse ele em áudio.Do Pragmatismo Politico

Veja a repercussão:

Luciano Simplício foi agredido e amarrado pelo bolsonarista Alberan Freitas

Com as novas gerações, líderes da Igreja têm o desafio do “discipulado de telas”


Do Notícias Adventistas. (Leia esse site e enriqueça o seu conhecimento)

Para Neila Oliveira, é preciso mais atenção a instrução para adolescentes sobre cosmovisão bíblica.

Em um mundo onde dispositivos inteligentes e algoritmos de busca mantém as pessoas sempre conectadas, educando e divertindo, a Babilônia digital é o novo contexto para o discipulado. A afirmação é de David Kinnaman, presidente do Barna Group, empresa americana de pesquisas com foco em questões de fé, espiritualidade, opinião pública e dinâmicas culturais, no seu livro recente, “Faith For Exiles” (fé para exilados, ainda sem tradução para o Brasil). Com base em estudos, o livro mostra desafios para as novas gerações seguir a Jesus. Kinnaman reflete que a onipresença e o poder da era digital, interconectada, estão afetando a forma como moldamos nossas almas, exigindo um “discipulado de telas”.

A percepção do autor americano ajuda a dimensionar a mensagem devocional da redatora e editora da Casa Publicadora Brasileira, Neila Oliveira, na segunda-feira, 24 de agosto, durante o Concílio de Administradores e Departamentais (Líderes de Ministérios) da União Leste Brasileira, sede da Igreja Adventista do Sétimo Dia para Bahia e Sergipe. O evento ocorre de forma híbrida, em Aracaju, SE. Editora da lição da Escola Sabatina para adolescentes e da Meditação da Mulher, Neila se utilizou de uma reflexão sobre movimentos recentes da indústria do entretenimento digital, abordando séries e filmes diversos, para mostrar que a influência de boa parte desta cultura já não disfarça a relativização entre o bem e o mal. Pelo contrário, a coloca em outra dimensão, ao criar narrativas que repaginam o mal a um ponto de torná-lo atraente. Para Neila, é preciso instruir as novas gerações com uma cosmovisão bíblica, ensinando de forma a despertar nos adolescentes uma relação especial com a Bíblia. “A luz da Palavra de Deus aniquila o mal, mas gastamos pouco tempo instruindo os adolescentes. E com a Bíblia não devemos brincar, existem limites que precisam ser respeitados”, disse.

Uma pesquisa realizada pela divisão de mídia do instituto Nielsen Brasil mostrou, no final do ano passado, que 42,8% dos brasileiros assistem conteúdos de streaming todos os dias. Entre os mais jovens, o uso dessas plataformas prevalece: 77,2% dos respondentes têm entre 24 a 35 anos. Entre o segmento de 16 a 23 anos, o percentual que consome conteúdo de streaming diariamente é de 76,8%. São dados que valorizam a importância do tema apresentado por Neila Oliveira.

Soluções para cativar os adolescentes ao estudo da Bíblia e envolvimento missionário

Mais do que alertar, a realidade é um convite a buscar soluções para ocupar o tempo dos adolescentes de forma a gerar conexões com a Bíblia e pela missão. É o que pensa Eliane Lopes, líder do Ministério da Criança e do Adolescente da Igreja Adventista para Bahia e Sergipe. Eliane citou exemplos de iniciativas que têm ajudado a criar conexão no relacionamento entre os adolescentes e a Bíblia. E com as profecias também. Uma delas é o “Quiz”, uma prova trimestral baseada na série “Conflitos”, contendo uma tradução adaptada para as novas gerações dos livros clássicos de Ellen White sobre a Bíblia e as profecias. “É como se fosse um Bom de Bíblia sobre profecias”, afirma a líder, referindo-se ao programa da TV Novo Tempo que testa os conhecimentos bíblicos dos participantes. Para motivar o engajamento dos adolescentes com o projeto, o departamento oferece prêmios para os meninos e meninas, e para suas comunidades, conhecidas nas igrejas baianas e sergipanas como Base Life Teen. Atualmente, cerca de 3 mil adolescentes participam do Quiz.

Para Eliane Lopes (à direita), maior envolvimento da liderança local da igreja com iniciativas digitais e de instrução para crianças e adolescentes ampliaria alcance e mobilização. (Crédito: Thiago Fernandes)

Eliane acredita que projetos assim terão capacidade ainda maior de envolvimento dos adolescentes se a liderança das igrejas locais demonstrar apoio direto a essas iniciativas. “Seria bom ver um líder de igreja convidar o adolescente que ganhou uma prova de conhecimentos sobre profecias e fazer uma oração com ele, mostrar para toda a igreja apoio e reconhecimento”, afirmou. Sua declaração aponta para uma realidade: a igreja tem alternativas bíblicas a uma produção cultural digital que distorce ensinamentos bíblicos. Estas alternativas, porém, carecem de maior reconhecimento e utilização nas igrejas locais. Por isso é tão importante conscientizar os líderes das igrejas e grupos sobre esses serviços.

O desafio da liderança para ampliar alcance das alternativas digitais da Igreja

Projetos como Feliz7Play, serviço gratuito de streaming, com séries e filmes para os adolescentes, crianças, jovens e adultos, deveriam se tornar mais conhecidos. Há outros serviços, como o 7Cast, que traz podcasts bíblicos e contextualizados para os dias atuais. E até mesmo games, como o Bible Heroes, disponível em todas as plataformas digitais. Serviços que deveriam se tornar comuns no trabalho das igrejas com os adolescentes. Mas que precisariam, para isso, de mais envolvimento da liderança na sua promoção.

Envolvimento com a missão ajuda adolescentes e jovens a uma relação mais duradoura com a Igreja, disse o pastor Davi França. (Crédito: Thiago Fernandes).

É preciso ampliar o interesse e a repercussão, aconselha Eliane Lopes.  Além do projeto que testa o conhecimento das profecias, o Ministério da Criança e do Adolescente tem outras ações: a realização anual de webinar de mídia para esse segmento, a realização de ações mensais gerando movimento nas comunidades da Base Life Teen, com produção de conteúdos digitais, nas redes sociais, sobre temas comuns à Igreja (no mês de agosto, o foco foi a campanha Quebrando o Silêncio, com adolescentes produzindo vídeos, áudios e outros conteúdos sobre o problema do abuso e da violência familiar) e o projeto Fisher, que prepara adolescentes para o evangelismo digital.

Missão ajuda a relacionamento duradouro dos adolescentes e jovens com a Igreja

O envolvimento de adolescentes com a missão da Igreja, aliás, é uma maneira de levá-los a um relacionamento mais duradouro com a fé e a experiência missionária vivida em comunidades adventistas. E poderia ajudar a estancar a saída de pessoas das igrejas nesta faixa etária. No relatório da Secretaria Executiva da Igreja Adventista para Bahia e Sergipe, aponta uma perda de 33%, nos últimos cinco anos, de pessoas que saíram da igreja nesses dois estados, na faixa de 17 a 29 anos. “Quando adolescentes e jovens se envolvem com a Igreja, como acontece com o clube de desbravadores, ou a Missão Calebe, é mais difícil sair da Igreja”, disse o pastor Davi França, secretário da Igreja para baianos e sergipanos.

Uma prova disso aconteceu no próprio concílio, com o batismo de Gabriela Santos, 13 anos, depois de estudar a Bíblia com as amigas Isabelly Kailayne, 11 anos, e Sarah Oliveira, 13. As adolescentes, que moram em Laranjeiras, compartilham estudos da Bíblia com as amigas. Gabriela começou a estudar com elas e em pouco tempo decidi ser batizada. “Decidi viver a mesma experiência que elas”, disse, após a cerimônia. Juntas, Sarah e Isabelly estão estudando a Bíblia com outra amiga. E Sarah ainda ensina a Bíblia para duas amigas, individualmente. “Não se combate o mal com o mal. É preciso combater o mal com o bem, e para isso é preciso ocupar o tempo dos adolescentes para despertar esta admiração pela Bíblia”, concluiu Eliane Lopes.

Criação de jogos de azar: O conflito está criado entre governo e evangélicos


Jair Bolsonaro em encontro com a bancada evangélica

Jair Bolsonaro em encontro com a bancada evangélica antes de assumir a Presidência, em Brasília (Foto: Rafael Carvalho – 28.nov.2018/Divulgação

A bancada evangélica começou a se articular para barrar a aprovação da legalização de jogos de azar no Brasil. O projeto é de interesse do governo Bolsonaro, especialmente do Ministério do Turismo. A resistência ao tema se dá, inclusive, entre os apoiadores do presidente na casa legislativa.

O deputado Cezinha de Madureira já ensaia um posicionamento oficial da frente parlamentar, que reúne 120 deputados e 14 senadores, segundo o Metrópoles.

Bancada evangélica reclama de “favorecimento do vício”

Evangélicos já adiantaram que o projeto será um ponto de divergência com o governo. Segundo seus líderes, os jogos interferem nas famílias e causam um “vício”. O projeto entra na “pauta de costumes”.

“É uma pauta que vem sendo discutida há muitos anos na Câmara, e não acredito que obtenha sucesso. Além disso, é um assunto que só cria confusão, e isso é tudo que não precisamos neste momento. Tem tanta coisa importante para a gente discutir”, diz Gilberto Nascimento, deputado e uma das lideranças da bancada.

Outros membros da bancada evangélica dizem que a ideia vai “favorecer o vício e desestruturar famílias”.

Na verdade, os evangélicos está dando a largada pra um possível racha com o governo.

A fonte foi o DCM.