A última viagem do trem de Salvador


Crônica do escritor Luis Antonio Gomes sobre a despedida do trem do subúrbio que ligava a Calçada a Paripe

 
 

Antes do trem das onze partir da Calçada – sim, quis o destino que fosse o horário das 11h20min, para ficar algo mais poético – eu fiquei impressionado com a quantidade de pessoas tirando fotos, fazendo selfies ao lado do trem e nos vagões.

 

Parecia haver mais gente que o normal. Não sei dizer como era o movimento no dia a dia, fazia muitos anos que eu não andava naquele trem, na verdade essa seria a minha segunda e última viagem.

 

Assim que o trem saiu, após o seu apito de costume, chovia fino. Ouvi algumas pessoas que sussurraram ou gritaram levemente, até influenciadas por um rapaz que filmava e pedia para que as pessoas fizessem cara de ‘alegre’, parecia até um YouTuber. E, de fato, todos saíram sorridentes da estação. Para completar, um senhor que não embarcou, fazia imitações de vários tipos de ‘galos’, que causou mais risos em todos nós, a sua performance foi também registrada no celular do rapaz.

 

Na estação seguinte, Santa Luzia, havia escrito na parede bem grande, pichado, ‘Jesus nos proteja’. E a viagem prosseguiu tranquila, as pessoas continuavam tirando fotos.

 

Chegamos à estação Lobato, onde havia três mulheres sentadas, do outro lado, esperavam o trem no sentido Paripe-Calçada, ventava bastante e conversavam alegremente sem máscara, contrastavam com o cenário dentro do trem em que todos usavam o acessório de proteção contra o coronavírus.

 

Partimos da Estação Lobato, em seguida surgiu uma vista maravilhosa ao lado esquerdo, o mar estava com um azul lindo de se ver e os celulares no ponto para mais fotos na galeria.

 

Uma pequena parte das pessoas estava ali para fazer uma viagem de despedida. Famílias inteiras, algumas delas pela primeira vez e, a grande maioria, que costumava utilizar o meio de transporte, estava dando adeus ao trem de todos os dias.

 

Quando nos aproximamos da ponte Metallica São João, o cenário ficou ainda mais bonito. Aquela curva antes de passar pela ponte permitiu uma visão panorâmica que não valia a pena tirar foto, sob o risco de perder aquelas imagens únicas de um mar com a cor de nublado.

 

Pouco tempo depois, após uma estação que não me lembro o nome, nos deparamos com várias pessoas na praia catando mariscos, uma cena de cinema. Mulheres e homens trabalhando para tirar o seu sustento do mar. E é claro, não podemos esquecer as centenas de barcos de pescadores que enfeitavam as águas.

 

Naquela viagem tudo estava bem, nada poderia tirar o ânimo dos passageiros. E outro detalhe que chamava a atenção era as pessoas do lado de fora, que saudavam a passagem do trem com as mãos em sinal de adeus e algumas até fotografavam.

 

Na estação Periperi, mais uma prova da antiguidade da linha férrea, pintada de amarelo, escrito com uma fonte de letra antiga a palavra ‘Periperi’. Assim que saímos dela, outro momento de alegria para situar como era o estado de espírito da viagem, passamos no túnel e houve uma gritaria eufórica por parte dos passageiros.

 

Nada deixou os passageiros contrariados. Para completar mesmo a viagem com chave de ouro, faltava uma estação para chegar em Paripe. E, exatamente na penúltima em Coutos, o aviso se espalhou no vagão: o trem quebrou. Isso foi para dar mais charme ao trajeto.

 

Ninguém reclamou ou ficou chateado, muito pelo contrário, assim que descemos, um festival de fotos começou a acontecer. Eram as últimas fotos do trem que já deixava saudades.

 

A parada em Coutos serviu para apreciar ainda mais a paisagem, principalmente na hora de atravessar a passarela, que cruza a linha do trem, para passar para o outro lado. Um senhor comentou que o trem quebrou “por que não queria ir embora para dar lugar ao VLT”. E foi nessa hora que aquele aviso colado dentro do trem ecoou mais forte dentro de mim “as atividades do trem serão suspensas em 15/02/2021”.

 

De Paripe, voltei para Estação Calçada. Fiz o bate-volta nas dez estações. Pude perceber o quanto aquele trem era importante para tanta gente, a emoção de alguns contida, mas que nas fotos, nos vídeos, nas conversas que diziam que era a última viagem, ficou um sentimento bonito, a ideia de pertencimento, de que parte da história deles estava indo embora. Confesso que me emocionei e fiquei muito feliz em estar ali com todos para ver pela última vez a hora do trem passar.

 

Professor Luis Antonio Gomes

Escritor e cordelista

[email protected]

 
Error, no Ad ID set! Check your syntax!

Bahia zera fila de pacientes aguardando leitos covid-19, mas situação ainda preocupa


 

Secretário anunciou que não há mais pacientes aguardando vagas, mas alto índice de infecção deixa situação instável

[Bahia zera fila de pacientes aguardando leitos covid-19, mas situação ainda preocupa]
Foto : Foto : Valter Pontes / Secom

Depois de ter mais de 400 pessoas esperando leito de internação da covid-19, em março, a Bahia zerou a fila de regulação de pacientes. Isso significa que, no momento, não há pessoas aguardando leitos e todos os pacientes mais graves da covid-19 estão recebendo tratamento em alguma unidade do estado.

A informação foi divulgada pelo secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas Boas, em sua conta pessoal no twitter.

“Hoje a Bahia ZEROU a fila de pacientes com diagnóstico da Covid-19 que estavam intubados e aguardavam transferência em unidades de emergência e UPAs.Esse sucesso só foi possível por conta do trabalho incansável do governador Rui Costa, focado em salvar vidas”, escreveu o titular da pasta.

Essa ação só foi possível porque novos leitos foram reabertos em várias cidades da Bahia, entre elas: Salvador, Camaçari, Lauro de Freitas, Santo Antônio de Jesus, Feira de Santana, Seabra, Alagoinhas, Guanambi, Caetité, Vitória da Conquista, Ilhéus, Itabuna, Senhor do Bonfim, Jacobina, Barreiras, Barra, Bom Jesus da Lapa, Jequié e Porto Seguro.

No momento, a Bahia tem mais de 3,4 mil leitos ativos. Como o índice de contaminação no estado ainda é considerado alto, os números são monitorados regularmente e a ocupação de leitos pode crescer, implicando diretamente na falta de vagas e no sistema de regulação de pacientes. Do Metro1

 

 

 

Site voluntário faz estimativa de quando você será vacinado


Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

Um grupo de trabalho voluntário criou um site que estima, com base na disponibilidade de doses de vacina, idade e estado, quando você será vacinado.

Segundo o ‘Quando vou ser vacinado’, uma pessoa de 62 anos, que mora em São Paulo, por exemplo, será vacinada contra a covid-19 em 16 dias.

O cálculo automatizado do site leva em conta fatores como a faixa etária da população e grupos prioritários.

No entanto, o site avisa que as datas podem mudar diariamente devido a alterações na sua base de dados sobre a oferta de vacinas e o ritmo da vacinação.

Formulário

Basta informar a idade e o estado onde será vacinado, que o site, baseado em informações sobre as doses já aplicadas, tamanho da população e no histórico do Sistema Único de Saúde na campanha de vacinação contra o H1N1 em 2020, faz o cálculo.

Em alguns segundos ele dá a previsão em meses e dias.

Contudo, alerta a Secretaria Estadual de Saúde (SES), uma estimativa realista, de fato, dependeria de muitos outros fatores.

Dados Estatísticos

Os dados da população que estão considerados na calculadora do site são do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Vale reforçar que trata-se apenas de uma estimativa.

Para saber mais acesse o site ‘Quando vou ser vacinado’.

 Com informações da Exame

 

Pode ser uma imagem de texto que diz "IAR DOCUMENTOS Seus documentos em boas mãos Documentação de Casas e Terrenos Urbanos e Rurais, Ambiental CCIR e outros é aqui. Procure IRISVALDO ALVES DA ROSA, Praça Rui Barbosa, 107, 1° andar ao lado do Bradesco, em Maracás. (73) 99156 1640 & 98855 8072"

Nenhuma descrição de foto disponível.

 

Nenhuma descrição de foto disponível.

Pode ser uma imagem de motocicleta, ao ar livre e texto que diz "Salão de Beleza do Automóvel Aqui O seu carro sai transformado Trabalhamos com lavagem completa, lavagem simples, higienização e muito mais. Não se preocupe com preços. LAVA RÁPIDO SALÃO DO AUTOMOVEL 73.99848.2963 2963 <AP NYS-6102 AV. Brasília, em frente a Rodoviária em Maracás. Fone (73) 99848 2963"

Paulo Gustavo completa um mês internado com Covid e marido reforça pedidos de oração: “Já rezou hoje?”


Paulo Gustavo completa um mês internado com Covid e marido reforça pedidos de oração: "Já rezou hoje?"

O humorista Paulo Gustavo completou um mês internado em um hospital da Zona Sul do Rio, em decorrência da Covid-19, nesta terça-feira (13/4). Durante este período, ele foi intubado e submetido a vários tipos de tratamento, enquanto seu estado de saúde se tornou crítico. Nas redes sociais Thales Bretas, marido de Paulo, reforçou as orações para recuperação do artista.

O último boletim médico divulgado no domingo (11)  informou que o estado de saúde do humorista é crítico. “Já rezou hoje? Como anda sua fé nesse momento difícil do mundo? Hoje recorro também ao glorioso São José e ao São Padre Pio”, escreveu Thales no Instagram.

 

Por causa da gravidade de seu estado de saúde, no dia 2 de abril, Paulo Gustavo passou a se tratar com a terapia ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea). Trata-se de uma máquina que funciona como pulmão e coração artificiais para pacientes que estão com os órgãos comprometidos.

No dia 3 de abril, Paulo Gustavo passou por uma pleuroscopia, procedimento que serve para a equipe médica ter uma melhor compreensão da situação dos pulmões do paciente. Nela, foi identificada uma fístula bronco-pleural (complicação), que impedia a adequada ventilação mecânica, tendo sido imediatamente corrigida.

Nos dias 4 e 9 de abril, ele foi submetido à toracoscopia, procedimento para correção dos problemas apresentados. Neste intervalo de tempo, Paulo Gustavo precisou realizar transfusões de sangue e seu marido pediu aos fãs e amigos que ajudassem a abastecer os bancos de sangue com doações em nome do ator.

O humorista, que tem 42 anos, permanece em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Ao menos dez cidades baianas cancelam o São João em 2021


Realização dos festejos é tida como “pouco provável” pelo governo do estado

[Ao menos dez cidades baianas cancelam o São João em 2021]
Foto : Alberto Coutinho/GOVBA

Em meio à incerteza causada pela pandemia de Covid-19, com alta na ocupação dos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI), lentidão na vacinação e a possibilidade de uma terceira onda na Bahia, ao menos dez cidades do estado já cancelaram os festejos de São João. São elas: Amargosa, Cachoeira, Santo Antônio de Jesus, Senhor do Bonfim, Jaguarari, Itaberaba, Ipiaú, Camaçari, Mata de São João e Euclides da Cunha.

Outras sete cidades ainda não bateram o martelo sobre o cancelamento: Piritiba, Ipirá, Irecê, Juazeiro, Mucugê, Cruz das Almas e Ibicuí. Algumas aguardam um posicionamento do governo do estado, enquanto outras esperam que o cenário da pandemia possa melhorar até junho.

Em nota enviada ao jornal Correio, o governador Rui Costa avaliou a realização dos festejos como “pouco provável”. “Mesmo que cheguem em junho as 10 milhões de doses da vacina Sputnik V, que é o nosso desejo e estamos trabalhando para isso, são necessárias duas doses para conseguir a imunização. Desta forma, na melhor das hipóteses, só teríamos um maior número de imunizados no final de julho. Por isso, não vejo horizonte para a realização da festa de São João, pelo menos na data tradicional, que é o mês de junho”, explicou. Por Metro1

STF dá prazo de 10 dias para Governo Federal reintegrar 12,7 mil famílias baianas inscritas no Bolsa Família


STF dá prazo de 10 dias para Governo Federal reintegrar 12,7 mil famílias baianas inscritas no Bolsa Família

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio de Mello, atendeu a um pedido do Governo da Bahia, que acionou o Supremo para contestar o cancelamento, pela União, da inscrição de 12.706 beneficiários inscritos no Bolsa Família.

O desligamento, segundo a ação, foi motivado pelo fim do prazo da cláusula de permanência. Essa regra diz que, se a família passa a receber renda maior que o limite do Bolsa Família e informa essa mudança voluntariamente ao governo, pode continuar recebendo o benefício por 24 meses.

De acordo com o processo promovido pelo Governo da Bahia, através de sua Procuradoria Geral, mesmo havendo essa possibilidade de encerramento nas regras do Bolsa Família, o benefício deve ser mantido levando em conta a vulnerabilidade das famílias. A situação foi potencializada, segundo a ação, pelos altos índices de desemprego e pelo agravamento da pobreza na pandemia da Covid-19.

“Verifica-se redução, no estado da Bahia, entre dezembro de 2020 e fevereiro de 2021, de 12.706 inscritos do Programa Bolsa Família. No mesmo período houve aumento de contemplados nas Regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul. Os estados da região Nordeste concentram o maior número de pessoas em situação de pobreza, a sinalizar tratamento discriminatório, vedado pelo artigo 19, inciso III, da Constituição Federal”, afirmou o ministro.

Marco Aurélio ressaltou que o STF já determinou a suspensão de desligamentos do programa no período de calamidade pública. “A expressão ‘estado de calamidade’ diz respeito ao contexto da pandemia de Covid-19, a revelar não observado o pronunciamento judicial. Cumpra-se a medida acauteladora implementada, com a reintegração, no prazo de 10 dias, das famílias excluídas do Programa Bolsa Família”, diz a ação.

O CASO

O Estado da Bahia ingressou com ação junto ao STF para garantir que as inscrições no Bolsa Família sejam feitas de forma isonômica e uniforme entre os Estados da Federação, nos termos do art. 19, inciso III da CF, considerados os percentuais do IBGE de pobreza e extrema pobreza. Ademais, considerando o forte impacto da Covid-19 junto às famílias em situação de vulnerabilidade social, requereu que o Governo Federal fosse impedido de realizar novos cortes e exclusões do Bolsa Família enquanto durar a pandemia.

A liminar já havia sido concedida ano passado, mas o Governo Federal realizou diversos cortes de beneficiários esse ano no estado alegando tratar-se de situação irregular. O Estado voltou ao STF e agora saiu nova decisão do Ministro Marco Aurélio, determinando a reintegração das famílias excluídas, sob pena de multa diária de R$ 100 mil. Do Aratuon

OAB conclui que Bolsonaro agiu para propagar a Covid-19 e deve sofrer impeachment


Jair Bolsonaro

A comissão criada pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para analisar a conduta de Jair Bolsonaro durante a pandemia de Covid-19 concluiu, segundo Guilherme Amado, da Época, que o ocupante do Palácio do Planalto agiu para propagar intencionalmente a Covid-19.

O ato, segundo a comissão, configura crime de responsabilidade e, portanto, Bolsonaro deve responder a um processo de impeachment. Além disso, ainda de acordo com a comissão da OAB, Bolsonaro deve ser denunciado por crime contra a humanidade perante o Tribunal Penal Internacional.

O relatório foi encaminhado ao Conselho Federal da OAB. Representantes das seccionais estaduais da entidade decidirão se apresentam, ou não, um pedido de impeachment.

A comissão responsável pela análise da gestão Bolsonaro na pandemia foi presidida pelo ex-presidente do STF Carlos Ayres Britto e composta por juristas e advogados, como Miguel Reale Jr, Carlos Roberto Siqueira Castro, Cléa Carpi, Nabor Bulhões, Antonio Carlos de Almeida Castro, Geraldo Prado, Marta Saad, José Carlos Porciúncula e Alexandre Freire.

A informação é do 247

 

 

Com piora da pandemia, bancos traçam cenário mais pessimista para a economia


O Itaú Unibanco, por exemplo, considera uma piora no déficit primário (sem contar o pagamento com os juros da dívida). Os economistas incluíram em suas contas um volume maior de despesas emergenciais além do teto de gastos. A avaliação é que, pela dinâmica atual da pandemia, pode haver mais uma flexibilização da regra que limita os gastos públicos.

“Tal cenário impactaria a já frágil sustentabilidade fiscal brasileira, aumentando o prêmio de risco doméstico, com efeitos negativos sobre juros, câmbio e atividade econômica em 2021 e, predominantemente, em 2022”, resume a equipe da instituição, que revisou as estimativas de déficit primário de 2,5% do PIB (Produto Interno Bruto) para 2,8%, ou de R$ 207 bilhões para R$ 235 bilhões.

A revisão ocorre pois a perspectiva do banco é que os gastos emergenciais que não estão sujeitos ao teto devem crescer, alcançando R$ 100 bilhões (ou 1,2% do PIB). Além dos gastos com o sistema de saúde, o aumento viria de programas de proteção ao emprego formal, como o Benefício Emergencial (BEm) e o Pronampe, de crédito para empresas.

“A dinâmica da pandemia ao longo dos últimos meses gerou uma pressão maior para que se repetissem os programas de crédito subsidiado. O risco é de uma flexibilização do teto”, avalia Júlia Gottlieb, economista do Itaú Unibanco. Ela ressalta que a instituição já vinha enfatizando que existe um temor não desprezível de maior flexibilização do teto de gastos à frente. “Vemos, no entanto, queo ritmo de vacinação tem aumentado, o que deve causar um alívio.”

Ainda assim, o Itaú Unibanco pondera que o impacto econômico da segunda onda tem sido mais moderado do que o observado no segundo trimestre do ano passado. Por isso, o banco manteve a projeção de crescimento do PIB brasileiro em 3,8% para 2021. A deterioração das condições financeiras do país, no entanto, devem afetar o crescimento no ano seguinte.

A economista ressalta que o consumo de serviços ainda é o mais afetado pelo isolamento social e que deve sofrer as consequências das medidas necessárias de distanciamento social nas próximas semanas. “Mas outros setores, como o consumo de energia elétrica pela indústria, mostram uma reação. A economia parece estar aprendendo a conviver com as restrições.”

Em um cenário extremo, o BTG Pactual, por sua vez, alerta que, caso o gasto público aumente e ocorra uma forte alta do risco-país, a cotação do dólar poderia terminar o ano em R$ 6,40. “O principal risco negativo para o cenário de câmbio é uma sinalização de deterioração adicional das contas públicas”, afirmou o banco. No cenário-base previsto pelo BTG, a moeda norte-americana deve fechar o ano a R$ 5,40 (R$ 0,20 acima do que estava previsto antes).

O banco também revisou a expectativa para a inflação pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), de 4,7% para 5%. “A revisão se deve a surpresas de altas no cenário de curto prazo: em especial, bens industriais. O cenário de combustíveis também surpreendeu, mas parte da pressão tende a ser revertida.”

Já o JP Morgan alerta que, caso as medidas de isolamento fiquem mais frouxas nos próximos três meses, mesmo com o progresso da vacinação, poderá haver uma nova onda de Covid-19 no Brasil, com um número de casos próximo aos níveis da primeira onda da pandemia, no segundo trimestre do ano passado.

Na visão da gestora de investimentos Rio Bravo, há um reconhecimento do risco de uma aceleração da inflação, cujo impulso inicial viria dos preços das commodities —os produtos básicos dos quais o Brasil depende em suas exportações— e da desvalorização cambial. “A reverberação desses choques [de preços] inspira cuidados e a Autoridade Monetária elevou os juros básicos para 2,75% ao ano, indicando aumentos similares para o futuro.”

“A impressão é que a queda de braço habitual entre Legislativo e Executivo em torno da Lei de Orçamento, desta vez, está se repetindo várias oitavas além do normal, podendo inclusive produzir crises desnecessárias. Já bastava a Covid-19”, completa a Rio Bravo. BN Notícias

Policial militar é preso após fazer funcionária da Gol refém em aeroporto


Policial militar é preso após fazer funcionária da Gol refém em aeroporto

Foto: Reprodução/ Twitter/ CNN Brasil

Um policial militar foi preso na noite desse domingo (11) pela Polícia Federal, após fazer refém uma funcionária da companhia aérea GOL no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.

 

Segundo a CNN Brasil, o homem usava uma caneta para ameaçar a vítima e afirmava carregar uma bomba na mochila. Ele também exigia a presença de policiais que atuam no terminal e o envio das imagens à imprensa.

 

 

O agressor se rendeu após rápida negociação e liberou a vítima, que não se feriu. Ele foi detido, e a polícia apura a motivação das ameaças. Segundo a PF, o homem teve um surto.

 

Em nota, a GOL afirmou que está dando todo o suporte necessário à colaboradora. A GRU Airport, concessionária que administra o aeroporto, confirmou o caso e disse que a “ocorrência foi controlada em poucos minutos pela Polícia Federal, em total segurança, e não houve feridos”.BN Noticias

Governo do estado volta a permitir eventos com até 50 pessoas na Bahia


Governo do estado volta a permitir eventos com até 50 pessoas na Bahia

Decreto assinado por Rui foi publicado nesta 3ª | Foto: Fernando Vivas | GOVBA

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), voltou a permitir a realização de eventos com até 50 pessoas na Bahia. Desde 4 de dezembro do ano passado, ssas atividades estavam proibidas, independentemente do número de pessoas, para evitar aglomerações e, assim, conter a contaminação pelo novo coronavírus.

 

A nova regra está em decreto publicado na edição desta terça-feira do Diário Oficial do Estado. Ao fixar o limite máximo de 50 pessoas, a norma diz que ficam vedados “os eventos e atividades com a presença de público superior a 50 (cinquenta) pessoas, ainda que previamente autorizados, que envolvam aglomeração de pessoas, tais como: eventos desportivos, religiosos, cerimônias de casamento, feiras, circos, eventos científicos, solenidades de formatura, passeatas e afins, bem como aulas em academias de dança e ginástica.”

 

A medida vem na esteira de uma série de flexibilizações que o governo estadual e prefeituras vêm fazendo nas medidas restritivas de combate à Covid-19. Em Salvador e Região Metropolitana, por exemplo, atividades econômicas não essenciais como comércio de rua, shoppings e centros comerciais e bares e restaurantes estão com funcionamento liberado deste o último dia 5, com anuência do estado.

 

As liberações, no entanto, acontecem em um momento de quantidade de casos e óbitos ainda alta na Bahia. Nesta manhã, a ocupação de leitos de UTI adulto está em 84% no estado – o governo argumenta ter aberto uma quantidade maior de UTIs do que o existente na primeira onda, o que dá maior segurança para flexibilizações.

 

Entre domingo e segunda (12), a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) registrou 1.581 novas contaminações pelo novo coronavírus e 95 novos óbitos. O número de internados com casos graves da Covid-19 voltou a crescer na Bahia e atingiu um novo recorde: são 1.316 pacientes com a doença ocupando leitos de terapia intensiva no estado, o maior número de toda a pandemia. BN Noticias 

Criminosos atacam segunda agência do Banco do Brasil em quatro dias


Unidade foi 12ª detonada apenas neste ano na Bahia

[Criminosos atacam segunda agência do Banco do Brasil em quatro dias]
Foto : Reprodução / TV Bahia

Uma agência bancária foi explodida na madrugada de hoje (13) no bairro de Porto Seco Pirajá, em Salvador. O estabelecimento ficou completamente destruído, após a ação dos bandidos.

A ação na capital baiana aconteceu quatro dias depois de uma outro ataque a uma agência do Banco do Brasil. No último sábado (10), criminosos atacaram uma unidade em Sapeaçu, próximo a Cruz das Almas. Em 2021, fioram 12 agências destruídas na Bahia.

Imagens mostram que o teto da agência em Porto Seco Pirajá chegou a desabar com o impacto. As portas de vidro também despedaçaram. Ainda não há informações sobre a quantidade de dinheiro levada durante o assalto.

Equipes do Departamento de Polícia Técnica (DPT) foram ao local para fazer a perícia. Policiais e o delegado do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) iniciaram as investigações. Do Metro1

Tiroteio em escola deixa um morto e vários feridos nos EUA; suspeito foi detido


Tiroteio em escola deixa um morto e vários feridos nos EUA; suspeito foi detido

Uma pessoa morreu e outras ficaram feridas, incluindo um policial, após tiroteio em uma escola de ensino médio na cidade de Knoxville, no estado do Tennessee, nos Estados Unidos (EUA). A informação foi confirmada pela polícia local, nesta segunda-feira (12/4).

A vítima fatal, um homem, morreu no local. Outro, que tem relação com o tiroteio, foi detido.

A situação ocorreu por volta das 15h15 no horário local (17h15, horário de Brasília), segundo as autoridades. Os policiais foram chamados pela suspeita de que um homem estaria armado. Quando chegaram na escola, foram recebidos a tiros.

Um ponto de encontro foi criado no campo de beisebol, atrás da escola, para que os pais pudessem pegar seus filhos. Os agentes pediram que a área fosse evitada e os acessos ao local foram restringidos. Aratuon

 

Rosa Weber suspende trechos de decretos de armas de Bolsonaro


Com que cara Rosa Weber vai diplomar Bolsonaro?

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu nesta segunda-feira (12) trechos dos quatro decretos de Jair Bolsonaro sobre porte e posse de armas de fogo.

Os decretos foram editados em fevereiro e passam a valer nesta terça (13). Os textos fazem uma nova regulamentação do Estatuto do Desarmamento, aprovado em 2003.

ministra é relatora das Ações Diretas de Inconstitucionalidade (ADIs) 6675, 6676, 6677 e 6680, em que partidos políticos PSB, Rede Sustentabilidade, PT e PSol questionam a constitucionalidade dos decretos.

Pela decisão monocrática da ministra Rosa Weber, a suspensão atinge o trecho do decreto que aumentava de dois para seis o limite de armas de fogo que o cidadão comum poderia adquirir, desde que preencha os requisitos necessários para obtenção do Certificado de Registro de Arma de Fogo.

Além disso, entre vários pontos, os Decretos 10.627/2021, 10.628/2021, 10.629/2021 e 10.630/2021 retiram do Exército a fiscalização da aquisição e do registro de alguns armamentos, máquinas para recarga de munições e acessórios, e autorizam as pessoas que têm porte a conduzir simultaneamente até duas armas.

Na decisão, Rosa Weber determina que o tema seja enviado ao plenário do STF, que pode confirmar ou rejeitar o que a ministra decidiu. A data de julgamento será definida pelo presidente do Tribunal, Luiz Fux.

Nas ações, os partidos políticos sustentam, entre outros argumentos, que as normas alteraram significativamente o Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826/2003) e atentam contra a vida e a segurança da população, pois podem potencializar a criação de milícias armadas e grupos paramilitares.

com informação do 247

Caso Henry: reconstituição aponta 23 lesões por ‘ação violenta’ no dia da morte; perita acredita que garoto apanhou cada vez que acordava


Mãe de Henry levou o menino ao hospital após babá relatar agressões
Mãe de Henry levou o menino ao hospital após babá relatar agressões

O laudo da reconstituição da morte do menino Henry Borel, que o Fantástico deste domingo (11) mostrou com exclusividade, descartou “a possibilidade de um acidente doméstico (queda)”, a exemplo do que já tinha apontado a necropsia do corpo do garoto.

Os peritos afirmaram que as 23 lesões encontradas em Henry “apresentavam características condizentes com aquelas produzidas mediante ação violenta (homicídio)”. Entre essas lesões, estão, por exemplo, a laceração no fígado, danos nos rins e a hemorragia na cabeça.

Na última quinta-feira (8), foram presos o vereador carioca Dr. Jairinho (Solidariedade), padrasto da criança, e Monique Medeiros, mãe do garoto. A prisão se deu pela suspeita de homicídio duplamente qualificado –com emprego de tortura e sem chance de defesa para a vítima –, por atrapalhar as investigações e por ameaçar testemunhas para combinar versões.

Henry — Foto: Reprodução

Henry — Foto: Reprodução

A reprodução simulada do dia da morte do menino foi feita no dia 1º de abril. Policiais civis e peritos testaram todas as possibilidades de queda no quarto — como sustentaram o vereador carioca Dr. Jairinho (sem partido) e a professora Monique Medeiros, padrasto e mãe de Henry, em depoimento à polícia.

Não há a menor hipótese de ele ter caído, quer seja da cama, quer seja da poltrona, quer de uma estante, que tem 1,20 metro de altura”, afirmou Denise Gonçalves Rivera, perita criminal da Polícia Civil do RJ.

“Fizeram todas as medições e viram que, em nenhuma dessas circunstâncias, ele teria essas lesões que a necropsia apresentou”, emendou.

Ainda segundo o laudo da reprodução, há lesões de baixa e de alta energia, provenientes de ações violentas entre 23h30 e 3h30. No depoimento, a mãe afirmou que o filho acordou três vezes com o barulho da televisão da sala, onde Monique e Jairinho assistiam a uma série.

“É possível que Henry tenha sido agredido cada vez que ele ia reclamar”, disse Denise. Do G1

 

 

 

Brasil registra 1.803 mortes por Covid-19 no domingo mais letal da pandemia


Sputnik – O Brasil registrou neste domingo (11) 1.803 mortes pela COVID-19 em 24 horas, o maior número para um domingo em toda a pandemia.

Além das 1.803 mortes, o país contabilizou também 37.017 novos casos confirmados da COVID-19, segundo dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários da Saúde (Conass).

Foi o domingo mais fatal desde o início da pandemia, tendo superado os números de 28 de março, quando 1.656 óbitos entraram na contagem. Ao todo, o país soma 353.137 vítimas da doença causada pelo novo coronavírus.

A taxa de mortalidade por grupo de 100 mil habitantes está em 168, a 14ª mais alta do mundo. Em números absolutos, o Brasil é o segundo país do mundo com mais infecções, atrás apenas dos Estados Unidos, que somam mais de 31 milhões de casos.

O estado de São Paulo, que tem os maiores números de infecções e mortes confirmadas pela doença no país, registrou 510 vítimas nas últimas 24 horas.

Com relação à vacinação, foram aplicadas 30,1 milhões de doses, sendo 23,1 milhões referentes à primeira dose, e 6,9 milhões, à segunda. Os números correspondem a 10,9% e 3,2% da população, respectivamente.

Saiba mais informações de cada estado no relatório completo do Conselho.247