Bolsonaro inclui projeto da década de 70 em lista de feitos do governo


 

O presidente Jair Bolsonaro publicou uma sequência de mensagens em sua conta de Twitter, no domingo 15, com um conjunto de realizações e medidas anunciadas por seu governo nas últimas semanas. Uma leitura um pouco mais atenta dos quinze itens elencados pelo presidente, no entanto, mostra que vários deles pouco ou nada têm a ver com a administração atual.

A lista começa com o item “liberação histórica do FGTS”, o que não é exatamente uma inovação, já que o governo Temer liberou 44 bilhões de reais em saques do fundo em 2017.

Outra realização listada é o sistema de irrigação localizado no norte de Minas Gerais, batizado de Projeto Jaíba, e que o presidente destacou como o “maior projeto de irrigação da América Latina”, o que de fato é, embora deva pouco à administração atual. O Projeto Jaíba foi idealizado em 1971, no governo de Emílio Médici, durante o milagre econômico, para abastecer uma área de 100.000 hectares de terra com água do Rio São Francisco.

A construção dos canais e das estações de bombeamento de água começou em 1974, mas atrasou e entrou pela década de 80. A ocupação da região iniciou nos anos 1990, avançou pelos 2000, mas ainda há muita área que pode se beneficiar do canal de irrigação. O projeto Jaíba certamente pode e deve ser aprimorado, mas está longe de ser um projeto com impacto relevante do atual governo.

A contribuição mais concreta do governo Bolsonaro ao projeto foi a visita do ministro de Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, feita na sexta-feira, 13. Na ocasião, Canuto participou da inauguração de uma obra de pequeno porte, iniciada ainda no governo Dilma.

Com informação da Veja.

Error, no Ad ID set! Check your syntax!

Dino diz que Lula terá que ser solto em no máximo três semanas


“O direito à liberdade de Lula desde o mês de abril deriva da detração prevista no art 387 do CPP. O Ministério Público reconheceu esse direito. E em setembro ele completa 1/6 da pena. Na pior das hipóteses, em 2 ou 3 semanas DEVE estar no semiaberto. Não é favor, é direito”, afirma o governador do Maranhão, Flávio Dino.

 

A prisão política do ex-presidente Lula, determinada pelo ex-juiz Sergio Moro para que ele não disputasse as eleições presidenciais de 2018, que venceria no primeiro turno, terá que chegar ao fim em no máximo três semanas. Quem garante é o governador do Maranhão, Flávio Dino, que foi juiz e passou em primeiro lugar no mesmo concurso prestado por Moro.

Só que o ex-presidente já avisou que não quer favor, não que prisão domiciliar e nem semiaberto. Disse em algumas entrevistas, que ou ele sai pelas portas da frente provando a sua inocência e a arbitrariedade do Juiz Sérgio Moro, que com o propósito dele não ser candidato, o acusou sem provas, o levando à prisão, ou ele vai ficar na cadeia até morrer, pois ele sabe que não cometeu crime algum e que por isso não aceita o muitos aceitam. Também o Lula não quis procurar uma embaixada em algum país para que se livrasse da prisão. Pelo contrário, se entregou, na certeza que um dia ele prova toda a farsa, como sempre tem dito nas entrevistas.

Depois dos vazamentos das mensagens que foram publicadas pelo jornalista norte americano Green, as coisas mudaram tanto dentro da própria justiça, como junto a opinião pública. Prova disto foi o direito que Lula obteve, para dar entrevistas, e a campanha Lula Livre que está ganhando força em todo Brasil, respectivamente.

Fonte 247, sendo os dois últimos parágrafos Café com Leite Notícias.

Pela primeira vez Boeing 737 é pilotado apenas por mulheres


Chipo Matimba e Elizabeth Petros fizeram história na última sexta-feira, no Zimbábue
Chipo Matimba e Elizabeth Petros fizeram história na última sexta-feira, no Zimbábue Foto: Reprodução / Facebook

A história da aviação ganhou um novo capítulo na última sexta-feira, na cidade de Harare, no Zimbábue. Pela primeira vez, um Boeing 737 decolou comandado por duas mulheres como capitãs. As responsáveis pelo feito histórico foram as pilotas Chipo Matimba e Elizabeth Petros, que comandaram a aeronave da Air Zimbabwe até as Cataratas de Vitória, na fronteira com a Zâmbia.

A viagem, de cerca de uma hora, foi um sucesso e as pilotas comemoraram muito o feito, em seus perfis nas redes sociais. “Primeiro 737 só com mulheres na cabine de controle. Foi um prazer, Chipo Matimba!”, escreveu Elizabeth, em sua página. A companhia aérea também comemorou a realização e parabenizou as capitãs. “A história foi feita!”, publicou a Air Zimbabwe, na rede social.

A dupla criou a hashtag “Pintando o céu de rosa”
A dupla criou a hashtag “Pintando o céu de rosa” Foto: |Reprodução / Facebook

Segundo relatório da Sociedade Internacional de Pilotas de Aeronaves, 97% do mercado de capitães de voos comerciais é ocupado por homens. Se depender de Chipo e Elizabeth, esse panorama vai mudar. Após o feito histórico, as pilotas receberam mensagens de mulheres de vários lugares do mundo que também sonham comandar aeronaves. Com a hashtag #PaintingTheSkyPink (“Pintando o céu de rosa”, em inglês), as duas encorajam que outras mulheres entrem na profissão.

Pela primeira vez, a aeronave foi comandada apenas por mulheres na cabine de controle
Pela primeira vez, a aeronave foi comandada apenas por mulheres na cabine de controle Foto: Reprodução / Facebook
As duas primeiras mulheres do mundo a pilotarem sozinhas um Boeing 737
As duas primeiras mulheres do mundo a pilotarem sozinhas um Boeing 737 Foto: Reprodução / Facebook

Orgulhosa do feito e das pessoas que inspira, Chipo compartilhou uma mensagem que recebeu da pilota Valerie Jeche, da Austrália, a quem já havia dado dicas sobre a profissão anos antes. “Oi, Chipo. Como está? Muito obrigado pelo conselho que me deu cerca de dois anos atrás. Comecei a estudar e a treinar em uma escola de aviação, aqui na Austrália. Meu primeiro voo solo é no ano que vem. Você é uma grande inspiração para mim. Vamos pintar o céu de rosa!”, escreveu Valerie.

A partir de agora, Chipo e Elizabeth devem fazer mais voos juntas. O primeiro foi elogiado não só pelos colegas de companhia, mas também pelos passageiros. Um deles, chamado Jason Williams, não poupou elogios: “Parabéns, damas. Que linda aterrissagem”.

EUA planejam atacar refinarias da Arábia Saudita para aumentar pressão sobre o Irã


© REUTERS . Hamad I Mohammed

Os EUA vão usar os ataques de drones a refinarias da Arábia Saudita do sábado passado (14) para aumentar a pressão sobre o Irã, ponderou Boris Dolgov, pesquisador do Centro de Estudos Árabes e Islâmicos da Academia de Ciências da Rússia.

De acordo com Dolgov, os EUA vão usar ataques a refinarias sauditas da mesma forma que usaram os ataques contra petroleiros no golfo Pérsico, ou seja, para intensificar a pressão político-diplomática, e talvez político-militar, sobre o Irã.

“Talvez o Irã não tenha nada a ver com esses ataques, porque os houthis agem independentemente e não a mando do Irã”, ressaltou à Sputnik.

Dolgov acrescentou que os rebeldes houthis e o movimento Ansar Allah conseguiram “aumentar reputação” com os ataques a refinarias sauditas ao mostrar que houthis são capazes de atacar uma das mais importantes potências do golfo Pérsico e até mesmo influenciar o preço do petróleo, visto que Arábia Saudita diminuiu produção após ataques.

(…)

Conheça sete sucos detox para voltar de vez a dieta


Opções com frutas, legumes, ervas e sementes que ajudam recuperar o shape

Tá esperando o que para tirar o liquidificador do armário? A semana já começou e é hora de entrar na linha após todas as ‘jacadas’. O blog ‘Lado Beta’ publicou sete receitas da nutricionista Marcela Rodrigues Gonçalves e da blogueira fitness Vanessa Rangeli de sucos com frutas, legumes, ervas e sementes que, segundo elas, ajudam recuperar o shape.

1. Cenoura com couve
1 cenoura crua
1 colher (sopa) de salsinha
1 colher (sopa) de couve
½ maçã
150 ml de água

Modo de fazer:
Bata tudo no liquidificador e tome pela manhã.

Dica: energéticos e rico em betacaroteno (bom para a pele), é diurético e auxilia na circulação sanguínea e no combate à celulite.

2. Melão com hortelã
150 ml de água
Suco de 1 limão
2 ramos de agrião
1 ramo pequeno de hortelã
1 colher (sopa) de mel
1 fatia de melão

Modo de fazer:
Bata tudo no liquidificador, coe e beba em seguida.

Dica: receita rica em vitamina C.

3. Laranja com mamão
200 ml de suco de laranja
4 folhas de couve
½ cenoura média crua
¼ de mamão papaia

Modo de fazer:
Bata tudo no liquidificador, coe e beba em seguida.

4. Maçã com aipo
2 pepinos com casca
1 maçã com casca
6 talos de aipo
1 xícara (chá) de broto (girassol, alfafa, brócolis ou ervilha)
4 folhas de couve

Modo de fazer:
Passe todos os ingredientes na centrífuga ou bata no liquidificador com um pouco de água.

5. Limão com pepino
1 folha de couve
½ limão inteiro (polpa e casca)
½ pepino japonês com casca
1 maçã com casca e sem sementes
1 punhado de folhas de hortelã
200 ml de água gelada

Modo de fazer:
Retire as sementes e o filamento branco do limão. Bata no liquidificador com os outros ingredientes. Beba sem coar.

6. Maçã verde com gengibre
2 folhas de couve
1/2 pepino com casca
1/2 talo de aipo
1 maçã verde
Suco de ½ limão
1 colher (chá) de gengibre

Modo de fazer:
Passe todos os ingredientes na centrífuga ou bata no liquidificador com um pouco de água.

7. Água de coco com couve
1 cenoura pequena descascada ou orgânica com casca
1/2 maçã
1/2 pepino japonês com casca
200 ml de água de coco
1 haste de hortelã
2 folhas de couve

Modo de fazer:
Passe todos os ingredientes na centrífuga ou bata no liquidificador com um pouco de água.

 

Ângelo Coronel que preside a CPI das fake é ameaçado de morte


Ameaça de morte contra o presidente da CPI das fake news mostra o tamanho do poder do mercado das notícias falsas – que tem determinado os rumos políticos do Brasil – e como é perigoso mexer nesse vespeiro. Governo tenta impedir que Carlos Bolsonaro seja convocado para depor

Numa matéria publicada no site Pragmatismo, a informação é de que o senador Angelo Coronel (PSD-BA) passou a receber ameaças de morte depois que assumiu a presidência da Comissão Parlamentar de Inquérito das Fake News, que apura, entre outras coisas, o uso de notícias e perfis falsos para influenciar o resultado das últimas eleições. A CPI começou a funcionar no dia 4 de setembro e já teve duas reuniões.

Ele conta que começou a receber, em seu e-mail funcional, mensagens anônimas que diziam que ele não sabia com quem estava “mexendo” e que prometiam “encher sua boca de chumbo”. O senador comunicou as ocorrências à Polícia Legislativa, que investiga o caso. O Senado disponibilizou seguranças para acompanhá-lo.

“Nada disso vai me ameaçar, só me estimula. É muito preocupante que ainda existam pessoas que precisam se esconder porque não têm coragem de exercer a crítica de forma aberta, franca e democrática. Vamos trabalhar para coibir isso”, afirmou o senador.

A comissão foi criada com o objetivo de investigar a disseminação de notícias falsas nas eleições presidenciais do ano passado. A proposta foi gerida pelo Centrão e contou com a articulação do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), dois dos principais alvos de ataques virtuais de redes bolsonaristas. A proliferação de notícias falsas também é alvo de um inquérito no Supremo Tribunal Federal, que apura ameaças contra ministros da corte.

A CPI é mista e reúne 15 senadores e 15 deputados titulares e igual número de suplentes. A comissão terá 180 dias para investigar a criação de perfis falsos para influenciar as eleições do ano passado e os ataques cibernéticos contra a democracia e o debate público. Também será alvo da mesma CPI a prática de ciberbullying contra autoridades e cidadãos vulneráveis e o aliciamento de crianças para o cometimento de crimes de ódio e suicídio.

Carlos Bolsonaro

Responsável pela área digital da campanha de Jair Bolsonaro em 2018 e também por coordenar as redes sociais do pai, Carlos Bolsonaro vai ser chamado para depor na CPI das Fake News. A deputada federal Lídice da Mata (PSB-BA), relatora da comissão, afirmou que será apresentado um requerimento de convocação.

Se o pedido for aprovado, Carlos não poderia se recusar a comparecer à CPMI. “Ele e outras pessoas serão convocados. Todo agente público que tiver que ser ouvido pela comissão virá por meio de requerimento de convocação”, afirmou Lídice.

Na semana passada, Angelo Coronel já havia cogitado a convocação do filho do presidente. Em entrevista à TV Câmara de Salvador, ele afirmou que pretendia perguntar “se ele [Carlos] usou fake news para depreciar adversários” na eleição. Disse também que, em caso de mentira, poderia dar voz de prisão ao depoente.

Um dos episódios mais escancarados de Fake News envolveu o disparo ilegal de mensagens no WhatsApp nas eleições de 2018, segundo revelou reportagem da Folha. À época, o jornal mostrou que empresas compraram pacotes de envios em massa de conteúdos contra o PT.

A prática desrespeita a legislação eleitoral, pois se trata de doação de campanha por entidades privadas e não declarada. O serviço foi vendido pelas agências Quickmobile, CrocServices e Yacows.

 

É guerra:Major Olímpio quer Flávio fora do PSL


Depois de atacar as instituições sistematicamente nos últimos anos, a extrema-direita e o bolsonarismo agora estão em conflagração grave. Uma vez no poder e enrolado com uma série de denúncias que estão nas mãos do Judiciário, como o caso Queiroz, o clã Bolsonaro resolveu moderar seus ataques, por uma questão de sobrevivência. Mas agora não consegue colocar o gênio de volta na lâmpada. Os radicais da extrema-direita como o Major Olímpio e a senadora Juíza Selma são dois símbolos da guerra intestina do bolsonarismo: ela saiu do PSL e Olímpio pede, num gesto impensável até semanas atrás, a saída de Flávio Bolsonaro, filho do “chefe”, do partido

Major Olímpio e Flávio Bolsonaro
Major Olímpio e Flávio Bolsonaro (Foto: Agência Senado)

A matéria que circula no 247 diz o seguinte:  Depois de atacar as instituições sistematicamente nos últimos anos, a extrema-direita e o bolsonarismo agora estão em conflagração grave. Um dos alvos da guerra bolsonarista especialmente durante a campanha de 2018 foi o STF, com Eduardo Bolsonaro chegando a anunciar que bastaria um soldado e um cabo para fechar o Supremo. Uma vez no poder e enrolado com uma série de denúncias que estão nas mãos do Judiciário, como o caso Queiroz, o clã Bolsonaro resolveu moderar seus ataques, por uma questão de sobrevivência. Mas agora não consegue colocar o gênio de volta na lâmpada. Os radicais da extrema-direita como o Major Olímpio e a senadora Juíza Selma são dois símbolos da guerra intestina do bolsonarismo: ela saiu do PSL e Olímpio pede, num gesto impensável até semanas atrás, a saída de Flávio Bolsonaro, filho do “chefe”, do partido.

Segundo o senador Major Olímpio, líder do governo no Senado, a saída de Flávio Bolsonaor da legenda se deve ao fato dele “trazer vergonha” ao não assinar o requerimento de criação da CPI da Lava Toga. “Nós que representamos a bandeira anticorrupção do Presidente. Eu tentei convencê-la (senadora Juíza Selma, que após ser agredida por Flávio Boslonaro está deixando o PSL para se filiar ao Podemos) a ficar e resistir conosco. Quem tem que cair fora do PSL é o Flávio, não ela. Gostaria que ele saísse hoje mesmo”, afirmou o parlamentar ao jornal o Estado de S. Paulo.

Apesar de defender a saída de Flávio Bolsonaro do partido, o Major Olímpio descartou a possibilidade de ingressar com uma representação no Conselho de Ética pelo fato dele não ter transgredido nenhuma das normas do partido. Para ele, o que o filho do presidente fez ao partido foi “Só trazer muita vergonha a nós”, afirmou.

Em uma outra defecção que expôs  o racha interno no partido, o deputado federal Alexandre Frota foi expulso do PSL e se filiou ao PSDB. Frota, ex-integrante das hostes bolsonaristas na Câmara, saiu atirando contra a direção da legenda e o próprio Jair Bolsonaro, a quem chamou de “hipócrita”.

Até mesmo o Movimento Brasil Livre (MBL), ligado à extrema direita e que foi criado para fortalecer o golpe parlamentar que depôs a presidente Dilma Rousseff em 2016, já demonstrou sua insatisfação com o atual ocupante do palácio do Planalto.

Para o deputado federal Kim Kataguiri, um dos líderes do MBL, o movimento errou ao “não criticar o Bolsonaro antes”. Em uma das rusgas mais recentes, Kataguiri disse que  a “boiada está defendendo o patrimonialismo do presidente” ao apoiar a indicação do subprocurador Augusto Aras para a Procuradoria-Geral da República, como feito por Bolsonaro.

fonte desta matéria 247

 

PUBLICIDADE

Coronel relata ameaça de ‘encher sua boca de chumbo’ após CPMI das Fake News


“É um negócio assustador. Nunca vi nada parecido”, disse o senador, que teve segurança reforçada nesta semana

[Coronel relata ameaça de 'encher sua boca de chumbo' após CPMI das Fake News]
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

O senador Angelo Coronel (PSD-BA) relatou à coluna de Bernardo Mello Franco, do jornal O Globo, que a ameaça mais agressiva que recebeu após a instalação da CPMI das Fake News foi a que prometia “encher sua boca de chumbo”.

A mensagem foi encaminhada à Polícia Legislativa, que reforçou a proteção ao parlamentar.

“É um negócio assustador. Nunca vi nada parecido”, disse o senador.

Coelba vai vender placas de energia solar pela metade do preço


O projeto será lançado hoje e o primeiro lote terá 150 sistemas para compra

[Coelba vai vender placas de energia solar pela metade do preço]
Foto : Divulgação/Elite Engenharia

Um programa da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) oferece desconto na compra de placas de energia solar. O primeiro lote, com 150 sistemas, será lançado hoje (16).

Os interessados precisam ter um consumo mensal mínimo de 350kWh. Os preços variam entre R$ 5.195,81 e R$ 9.349,40, o que corresponde a um desconto de 50% em relação aos valores do mercado.

Até 2020, serão cerca de 700 sistemas colocados à venda pela metade do custo. A promoção, no entanto, só será validade após avaliação técnica feita pela empresa.

Mulher fica cega após colocar panela de pressão debaixo da torneira


single-image

 

Em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, uma cozinheira de 26 anos, foi atingida no olho por regulador de pressão, enquanto manuseava uma panela debaixo da torneira com água corrente. De acordo com as enfermeiras que atenderam a mulher, os sinais vitais da moça estavam bons, mas a mulher está cega do lado direito.

Após o acidente a mulher foi imediatamente encaminhada ao hospital, e depois de uma radiografia, foi possível constatar que a mulher havia sofrido uma fratura na órbita óssea.

A vítima foi encaminhada a cirurgia, aonde o objeto foi removido. Ainda não se sabe muito sobre o estado de saúde da moça, mas até agora os médicos afirmam que não houve nenhuma hemorragia no local em que o regulador foi retirado.

Um alerta para quem não se programa com horário e põe panela em baixo da torneira pra ir mais rápido.

 

Alter do chão em chamas: paraíso não ficou de fora das queimadas amazônicas


O povo Borari chora por suas terras, suas florestas, e por toda riqueza que vem sendo transformada em cinzas em decorrência da ganância de muitos e do descaso governamental.A Vila de Alter do Chão – que esse ano ficou mais conhecida em outras regiões do país por meio de reportagens na televisão ressaltando suas belezas naturais – fica localizada no oeste do Pará, à margem direita do Rio Tapajós, e é território do povo Borari.

 

As queimadas desenfreadas que avançam sobre a Amazônia chegaram na vila na noite do último sábado 14. O início do foco de incêndio foi identificado em uma área no entorno do Lago Verde, onde existe um loteamento ilegal e uma invasão de terras que, há pelo menos três anos, vem transformando essa parte do paraíso que é Alter do Chão em uma zona de conflito agrário.

AFTER DO CHÃO EM CHAMAS. FOTO: REPRODUÇÃO

Alter do Chão é uma vila paradisíaca que atrai muitos turistas, possui praias de água doce com belezas inigualáveis, e por esse motivo cada centímetro de terra está sendo muito valorizado pelo setor imobiliário. As mais disputadas são as próximas ao rio, lago e nascentes de igarapé.

Foi na invasão de terra denominada Capadócia onde começou o incêndio que até o momento já se alastrou até a Comunidade de Ponta de Pedras, a 26 km de Alter. Acredita-se em incêndio criminoso e sabemos que o governador do Estado do Pará, Helder Barbalho, solicitou a Polícia Civil que investigue o caso.

O fogo vem destruindo uma grande área de um tipo de vegetação rara na Amazônia, a Savana Amazônica. O INPA, Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia, pesquisa e monitora a região há mais de 30 anos e já foram catalogadas espécies de animais endêmicos, ou seja, animais que só vivem nessa área que no momento está em chamas.

Todos os anos, nesse período, há presença do fogo na região, mas que fique claro: não dessa proporção. E nas savanas, o combate ao fogo é muito mais complicado pois a vegetação está seca e qualquer faísca representa perigo.

A queimada está acontecendo dentro de uma APA – Area de Proteção Ambiental. Criada em 2003, essa área até hoje não possui um Plano de Manejo, o que, com as crescentes e invasões de terra, construções irregulares, entre outros problemas relacionados ao ordenamento territorial, é de grande necessidade.

A população de Alter, por conta própria, tem se articulado para proteger a região. Há dois anos foi instituída a Brigada de Incêndio Florestal de Alter do Chão, um grupo independente composto por homens e mulheres que trabalham de forma voluntária para proteger a floresta e as pessoas. Com treinamento do corpo de bombeiros, esse grupo que, na semana passada formou mais 30 voluntários com ajuda de doações para os custos mínimos do curso, está atuando com força desde sábado.

Conseguiram, além de atuar na linha de frente do fogo, fazer a mobilização dos órgãos governamentais, organizações comunitárias e ONGs. Porém, é necessário mais equipamentos e pessoas capacitadas para atuar na ação do combate ao incêndio (para conhecer mais o trabalho da Brigada e colaborar acesse aqui).

Ao pôr do sol as equipes se retiram do local, e da orla de Alter do Chão, dá para ver as enormes chamas avançarem, um cenário devastador.

QUEIMADAS EM AFTER DO CHÃO. FOTO: ARQUIVO PESSOAL

O povo Borari chora por suas terras e pela situação de risco, mas não chora sentado. Estamos de pé, combatendo o fogo, e pedindo apoio. Por mais suporte do governo no combate ao fogo; por um plano de manejo urgente para a APA de Alter do Chão; por mais rigor com as ocupações de terra irregulares.

 

O CANTOR GOSPEL ANDERSON FREIRE PEDE ORAÇÕES PARA IGREJA AO REVELA LUTA CONTRA DOENÇA


Um dos maiores e talentosos cantores no meio gospel ,Anderson Freire tem feito posts diários sobre sua luta contra grave doença que enfrenta.Estamos falando sobre a obesidade mórbida.Anderson sentiu que estava acima do peso,mas descobriu que não era só isso.A sua qualidade de vida e saúde,estariam comprometidas no futuro se ele continuasse a manter os kilos extras.

O cantor vem mostrando rua rotina de treinamentos e dieta regrada.Fotos de shows e publicações ,tem dado lugar a postagens de vida saudável que parece ser o foco do cantor no momento.Anderson Freire parece não querer aderir a famosa cirurgia bariátrica que é muito popular hoje em dia.O cantor tem trilhado um caminho de emagrecimento natural de dietas,exercícios e acompanhamento médico.Embora este seja um caminho de maior esforço,é também um caminho de menos riscos colaterais para a saúde.

Desde então o cantor,com muita humildade tem se engajado numa luta diária contra a balança.O índice de massa corporal excedente o cantor está buscando diminuir.Seus fãs e família tem apoiado a decisão do cantor,que é uma das principais referências do mundo gospel,no quesito composição.

Músicas como “Ressuscita-me” ,”Raridade”, “fidelidade” que são amplamente conhecidas  e uma infinidade de outras canções de sucesso são de autoria do cantor que é considerado um dos maiores compositores da da atualidade.Ele agora anuncia a sua luta contra a obesidade,a fim de que seu próprio talento não seja desperdiçado.

Anderson Freire é um dos cantores mais queridos do meio gospel.Ele pauta sua vida em muita simplicidade e nunca se envolveu em polêmicas.Aliás,suas músicas caracterizam a busca por Deus e pela santidade.Anderson Freire é conhecido por ser um dos poucos nomes do gospel muito bons de Bíblia e consegue traduzir com muita facilidades histórias bíblicas em músicas.

Anderson Freire ganhou o grammy latino no ano de 2016 como melhor álbum da língua portuguesa.

Itália paga R$ 3 mil para quem se mudar e abrir negócio em cidades pequenas


Gambatesa, comuna de Molise - Foto: Unsplash/@audejpeg
Gambatesa, comuna de Molise – Foto: Unsplash/@audejpeg

Oportunidade para morar na Itália. A região de Molise, no sul do país, está oferecendo 700 euros por mês – pouco mais de R$ 3.100 – para quem se mudar para alguma das cidades pequenas da região e abrir um negócio por lá.

“Queríamos que as pessoas investissem aqui. Elas podem abrir qualquer tipo de atividade: uma padaria, uma papelaria, um restaurante, qualquer coisa. É uma maneira de dar vida às nossas cidades e ao mesmo tempo aumentar a população”, disse Donato Toma, presidente de Molise.

De acordo com  The Guardian o valor será pago durante três anos para quem se mudar para povoados com menos de dois mil habitantes e se comprometer a abrir um negócio.

O incentivo é para reestruturar a região, que sofreu com a perda de moradores nos últimos anos.

De acordo com o Instituto Nacional de Estatística da Itália (Istat), Molise, com uma população de 305 mil habitantes, está entre as regiões que perderam mais moradores nos últimos anos – mais de nove mil já saíram desde 2014. Em 2014 e 2018, o número de cidadãos italianos residentes no país caiu em 677 mil.

Mas não se trata apenas de aumentar a população.

Segundo o governante, as pessoas precisam de infraestrutura e um motivo para ficar. Por isso, cada cidade com menos de dois mil habitantes receberá dez mil euros (R$ 44,8 mil) destinados a infraestrutura e promoção de atividades culturais.

A proposta por parte das autoridades regionais será publicada no dia 16 de setembro no diário oficial e foi autorizada pelo Ministério de Desenvolvimento Econômico, informou a mídia local.

A partir dessa data, os interessados na proposta poderão enviar suas solicitações ao Conselho Regional pelo período de 60 dias.

O conselheiro Antonio Tedeschi, membro do Conselho Regional e autor da ideia, pretende repovoar as cem aldeias da região que estão sendo esvaziadas, revitalizar a economia e criar emprego.

A medida foi batizada de ‘renda ativa de residência’ e o valor total alocado e autorizado pelo governo italiano chega a um milhão de euros.

Tedeschi disse em redes sociais que “a iniciativa nasceu para deter o triste fenômeno da despovoação” e confia que seja “um primeiro passo até a revitalização” da região.

Com informações da EFE e Estadao

Fim da exigência de simulador para CNH e suspensão de aulas para cinquentinha valem a partir desta segunda


Processo para tirar CNH vai ser mais curto a partir de setembro. — Foto: Divulgação

Processo para tirar CNH vai ser mais curto a partir de setembro. — Foto: Divulgação

O número de aulas para tirar a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) vai ser reduzido a partir desta segunda-feira (16). A mudança determinada pelo governo federal em junho passado também altera o processo para obter a ACC (Autorização para Conduzir Ciclomotor), documento exigido para guiar cinquentinhas, como são conhecidos os ciclomotores com motor de até 50 cm³.

Entenda as mudanças em detalhes:

CNH (categoria B, carros)

  • acaba a exigência de uso do simulador nas autoescolas para quem quiser tirar a CNH na categoria B. Fazer aulas no aparelho passa a ser facultativo;
  • com isso, cai o número de horas/aulas obrigatórias. Ele passará de 25 para 20 horas. É a mesma carga-horária de antes de o simulador ter sido adotado.

ACC (cinquentinha)

Rio Grande do Sul mantém simulador

Por decisão liminar, em agosto, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), manteve a obrigatoriedade de realizar aulas em simulador para obter a CNH no Rio Grande do Sul.

A ordem foi dada após uma ação movida pelo Sindicato dos Centros de Formação de Condutores do estado (SindiCFC-RS). Essa solicitação tinha sido negada em primeira instância.

Governo diz que custo vai cair

Na época em que as alterações para habilitação foram anunciadas, o governo disse que elas tinham como objetivo desburocratizar esses processos e reduzir custos.

“O simulador não tem eficácia comprovada, ninguém conseguiu comprovar que é importante para o condutor. Nos países ao redor do mundo não é obrigatório, mesmo em países com excelentes níveis de segurança no trânsito”, disse o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, em junho.

O secretário-executivo do ministério, Marcelo Sampaio, disse que esperava que autoescolas que saíram do mercado pudessem voltar com o fim do simulador, o que, segundo ele, também deve contribuir para baixar os custos para tirar habilitação.

Críticas de especialistas

As mudanças foram criticadas por especialistas em trânsito. “Quando reduzimos a carga para baratear custos, aumentamos o risco de acidentes no futuro, e, como consequência, aumentar custos na área da saúde, por exemplo”, afirmou Renato Campestrini, gerente técnico do Observatório Nacional de Segurança Viária.

Para Mauricio Januzzi, advogado especialista em direito do trânsito, “o governo está tirando algumas áreas essenciais para formação do condutor, em detrimento de um custo mais baixo”.

“Talvez, em nome da ‘desburocratização’, tenhamos um cenário triste com o aumento de acidentes e mortes no trânsito”, disse Flavia Vegh Bissoli, vice-presidente da comissão de trânsito da OAB-SP.

Para o presidente do Sindicato das Autoescolas do Estado de São Paulo, Magnelson Carlos de Souza, desburocratizar o processo é positivo, mas os condutores deveriam continuar fazendo aulas em simuladores.

“O simulador tem algumas vantagens. Ele é mais rápido e mais barato. Se somar as duas coisas, não tenho dúvidas de que ele [o aluno] vai optar pelo simulador. Mas o mercado é quem vai moldar”, afirmou.

No início deste mês, o Instituto Latinoamericano de Segurança Viária (Ilasv), com sede no Rio Grande do Sul, pediu à Justiça que anulasse a resolução.

Mudanças no Código de Trânsito

Também em junho passado, o governo federal propôs outras mudanças no Código de Trânsito, mas que precisam ser aprovadas pelo Congresso, entre elas o aumento da pontuação máxima para suspensão da CNH por infrações e o fim da multa para quem transportar crianças sem cadeirinha. Não há previsão de quando elas serão analisadas.

 

Preços do petróleo disparam após ataques a estatal na Arábia Saudita


Cotação do barril disparou quase 20% na abertura do mercado em Londres

[Preços do petróleo disparam após ataques a estatal na Arábia Saudita]
Foto : Reprodução / TV Globo

O preço do petróleo disparou hoje (16) em Londres, após os ataques ocorridos no final de semana contra instalações da petroleira estatal Aramco, na Arábia Saudita, que fizeram com que a produção do maior exportador mundial fosse reduzida à metade.

Às 9h30 GMT (6h30 de Brasília), o barril de Brent do Mar do Norte, referência na Europa, para entrega em novembro registrava alta de 9,52% na comparação com sexta-feira, sendo negociado a US$ 65,97 no Intercontinental Exchange (ICE) de Londres. Ao mesmo tempo, o barril de “light sweet crude” (WTI) para o contrato de outubro subia 8,71%, a US$ 59,63, no New York Mercantile Exchange (Nymex).

A cotação do barril disparou quase 20% na abertura do mercado em Londres, a maior alta em uma sessão desde a guerra do Golfo em 1991, segundo a agência France Presse.

Os ataques de drones, ocorridos no sábado (14), provocaram incêndios na unidade saudita de Abqaiq, a maior do mundo dedicada ao processamento de petróleo, e na instalação de Khurais, provocando a redução da produção da petroleira em cerca de 5,7 milhões de barris, o que corresponde a mais de 5% do suprimento global de petróleo.