(77) 99152-6666

VÍDEO: No Flow, Bolsonaro associa criminosamente vacina contra varíola do macaco à homossexualidade


Na segunda-feira (08), durante uma entrevista no Podcast Flow, Jair Bolsonaro associou de maneira criminosa a vacina contra varíola do macaco à homossexualidade. O presidente fez uma “piada” com Igor 3K e debochou do apresentador que afirmou que tomaria o imunizante.

Gargalhando, Bolsonaro apontava o dedo para Igor, repetindo: “Tu não me engana, Eu tenho certeza de que você quer tomar (a vacina).”

A alta incidência da varíola dos macacos (monkeypox) entre “homens que fazem sexo com homens” (HSH) e o pedido da Organização Mundial da Saúde (OMS) para que gays e bissexuais reduzam contatos e parceiros sexuais fizeram o preconceito se agravar e criaram um problema que a ciência e as autoridades tentaram evitar.

Pacientes com a doença apontam para uma onda de comentários preconceituosos e homofóbicos, desinformação, paranoia e medo, ao mesmo tempo em que outra parcela da comunidade LGBT+ se nega a encarar os fatores de risco e acredita ser alvo da mesma perseguição motivada pela epidemia do HIV na década de 1980.

Mesmo com o histórico de perseguição sofrida pela comunidade LGBTQIA87+, o atual chefe do Executivo resolveu brincar sobre o assunto. No país, é esperado o recebimento de 50 mil doses de vacina por meio da compra conjunta de países americanos organizada pela Organização Pan-Americana de Saúde (Opas). De acordo com o Ministério da Saúde, é prevista a entrega de pouco mais de 20 mil doses na primeira remessa, em setembro, e as demais em novembro.

Confira abaixo o momento da imbecilidade de Bolsonaro:

Error, no Ad ID set! Check your syntax!

Fora de prazo, pedido de militares de acesso a dados de eleições passadas é negado pelo TSE


De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral, Forças Armadas não possuem poderes de fiscalização de eleições passadas e nem de controle externo do Tribunal

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou nesta segunda (8) pedido das Forças Armadas para ter acesso aos dados das eleições de 2014 e 2018 – anos em que o atual presidente Jair Bolsonaro (PL) acusa que houve fraude eleitoral, baseado em teorias conspiratórias e discursos ideologizados de extrema direita.

Na decisão, o TSE reconhece o papel das Forças Armadas como “entidade fiscalizadora” das eleições mas diz que nem elas e nem outras entidades possuem poderes de fiscalização de eleições passadas, assim como de controle externo do Tribunal. Dessa forma, o requerimento assinado pelo Ministro da Defesa, General Paulo Sérgio Nogueira, foi negado.

No photo description available.
Além disso, foi informado pelo Tribunal que os prazos para apresentação de semelhante pedido estão encerrados há anos. Para as eleições de 2014 o prazo se encerrou em 13 de janeiro de 2015 e, para as últimas eleições presidenciais o prazo se encerrou em 17 de janeiro de 2019.

May be an image of food and text

Retornando às assinaturas do pedido, além do ministro da Defesa, assinaram também o coronel Wagner Oliveira da Silva (Aeronáutica), o capitão de fragata Marcus Rogers Cavalcante Andrade (Marinha) e o coronel Ricardo Sant´ana (Exército). Este último foi excluído pelo TSE, também nesta segunda (8), do grupo de militares que participará da fiscalizações das eleições de outubro. O coronel teria publicado nos seus canais de comunicação informações falsas e teorias da conspiração contra o sistema eleitoral brasileiro.

May be an image of food
A relação entre o TSE e setores das Forças Armadas ligadas ao bolsonarismo já não era boa desde que Bolsonaro acusou as eleições de 2018 de fraude, mesmo tendo vencido. Mas em maio, após negativa e críticas do TSE à sugestões das FFAA de mudanças no sistema eleitoral, a crise escalou. Para amenizá-la, o TSE estabeleceu um grupo de dez oficiais das diferentes forças para participar da fiscalização das eleições que ocorrem no próximo dia dois de outubro. De acordo com a última pesquisa Datafolha, 79% confiam no sistema eleitoral e nas urnas eletrônicas.

Fonte Revista Fórum

Anitta convida Lula para participar do PodDelas e coloca áudio do ex-presidente ao vivo. Veja VÍDEO


Em meio a tanta polêmica envolvendo Anitta e sua posição política, e enquanto Bols0n4ro está no Flow Podcast, Anitta convida Lula para estar no PodDelas e ele respondeu ao vivo que seria uma honra, então VEM AÍ!

ANITTA NO PODDELAS

A cantora Anitta, que vem estampando o noticiário político desde que declarou voto no ex-presidente Lula (PT), reforçou seu apoio ao petista, nesta segunda-feira (8), durante entrevista ao PodDelas, podcast comandado por Tata Estaniecki e Bruna Unzueta.

No photo description available.

Em dado momento da conversa, Anitta anunciou que tinha uma “surpresa”, que seria o convite para uma pessoa participar do podcast. Essa pessoa é justamente Lula. Segundo a cantora, ela fez o convite nesta quinta-feira e já havia recebido a resposta. “Hoje eu tive essa ideia, do nada tive essa ideia de mostrar isso. Aí pensei, ah, vou pedir para as meninas para fazer uma surpresa. Fiz um convite sem vocês saberem”, disse, antes de colocar para tocar uma mensagem de áudio do ex-presidente.

No photo description available.

“Anitta, quero agradecer a gentileza e o carinho que você teve me convidando pra participar do PodDelas junto com você. Gostaria que você transmitisse para a Tata e Bruna que eu estou morrendo de vontade de participar, e poder discutir um pouquinho os problemas do país, das mulheres, das crianças, os problemas do dia a dia que são muitos, e eu espero que a gente resolva tudo isso logo logo. Se um dia elas me convidarem e você quiser estar presente, com a maior realidade possível… Estou totalmente à disposição”, diz Lula no áudio executado pela cantora.

Na mesma mensagem, o ex-presidente ainda pede para Anitta ter “cuidado” pois “tem muita gente maldosa nesse país, muita gente tem inveja de você, não conseguem compreender seu sucesso, seu comportamento político”.

A entrevista de Anitta ao PodDelas foi ao ar no mesmo horário em que era veiculada uma entrevista de Jair Bolsonaro ao Flow Podcast.

Assista ao vídeo clicando aqui

A informação foi da Fórum

Moro é chamado de “bandido” e “safado” na rua em Curitiba, veja VÍDEO


A situação do Moro não anda nada boa. Primeiro tentou se candidatar por São Paulo, mas não deu certo, pois não comprovou residência. Tentou pelo Paraná, mas, ao que tudo indica, lá não tem voto para ele. O que muitos falam é que ele já começou a pagar o seu preço.
De terno azul, ex-juiz Sergio Moro caminha por feira em Curitiba enquanto é escrachado.
Foto: Reprodução

Na manhã deste sábado (6) em Curitiba (PR), o ex-juiz Sergio Moro (União Brasil) foi escrachado por um grupo de pessoas. Enquanto caminhava por uma feira de rua no bairro do Juvevê, ele foi chamado de “bandido”, “safado”, “ladrão” e por aí vai.

Um vídeo obtido pelo DCM mostra o candidato ao Senado pelo Paraná vestindo um terno azul, acompanhado de alguns seguranças, tentando esconder sua vergonha diante da humilhação pela qual estava passando. “Vai para o lixo da história”, diz uma cidadã.

O bairro do Juvevê tem um dos metros quadrados mais caros de Curitiba. É lá onde o procurador Deltan Dallagnol, ex-comparsa de Moro na Lava Jato, possui dois apartamentos, no condomínio Plymouth Hill’s, um dos mais luxuosos da cidade.

A mulher que gravou a cena aparece mandando Moro ir para São Paulo, já que o ex-juiz não conseguiu mudar seu domicílio eleitoral para concorrer pelo Senado paulista antes de decidir pelo Paraná, o que resultou em uma investigação contra ele e sua esposa, Rosângela Moro.

No vídeo, não se ouve sequer uma palavra de apoio ao ex-ministro do governo Bolsonaro, em seu próprio estado.

“Vai pra São Paulo, mentiroso!”, grita a mulher, enquanto outra questiona: “Cadê o domicílio eleitoral de São Paulo?”.

Fonte DCM

Bolsonaro foge de sabatina do Jornal Nacional; Lula, Ciro e Tebet confirmam presença


Bolsonaro foi sorteado para ser o primeiro sabatinado pelo Jornal Nacional, mas rejeitou o convite após justificar que suas ‘exigências’ não foram acatadas. Lula, Ciro e Tebet confirmaram presença. Confira o calendário
william bonner renata vasconcellos

O presidente Jair Bolsonaro (PL) foi sorteado para ser o primeiro candidato sabatinado pelo Jornal Nacional, da TV Globo. No entanto, o mandatário recusou o convite após alegar que suas exigências não foram acatadas. Lula, Ciro e Simone Tebet confirmaram presença e serão entrevistados por William Bonner e Renata Vasconcelos.

Uma das exigências de Bolsonaro era a permissão para ele transmitir a sabatina em suas redes sociais. O presidente também queria que a entrevista fosse realizada no Palácio do Alvorada, e não nos estúdios da emissora.

“Em decisão tomada em 2014, logo após as eleições, a Globo definiu que todas as entrevistas em anos eleitorais seriam feitas em seus estúdios. A medida buscou demonstrar que todos os candidatos são tratados em igualdade de condições”, disse a Globo.

As entrevistas ao telejornal com os candidatos ao Palácio do Planalto terão 40 minutos para todos os presidenciáveis. Bolsonaro havia sido sorteado para o dia 22 de agosto, André Janones (removeu a candidatura) para o dia 23, Ciro para o dia 24, Lula para o dia 25 e Tebet para o 26.

Em 2018, Bolsonaro deu a entrevista ao Jornal Nacional direto da bancada no primeiro turno. No segundo turno, após a facada, ele e Fernando Haddad (PT) foram entrevistados de casa.

No photo description available.

Confira o comunicado da Globo sobre a entrevista no JN:

“Foram convidados os cinco candidatos mais bem colocados na pesquisa de intenção de voto divulgada pelo Instituto Datafolha em 28 de julho: Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Jair Bolsonaro (PL), Ciro Gomes (PDT), Simone Tebet (MDB) e André Janones (Avante).

Um sorteio realizado em 1º de agosto com representantes dos partidos definiu as datas e a ordem das entrevistas. Neste encontro, as cinco candidaturas foram informadas de que o prazo final para confirmação da presença terminava em 4 de agosto.

O candidato Jair Bolsonaro (PL) não aceitou as regras da entrevista. Apesar de saber desde as entrevistas do g1 e da GloboNews que as sabatinas seriam feitas nos estúdios da Globo, a assessoria de Jair Bolsonaro (PL), na quarta-feira (3) e na quinta (4), condicionou a concessão da entrevista a que ela fosse realizada no Palácio da Alvorada. Depois das eleições de 2014, porém, a Globo decidiu que sempre realizaria as entrevistas de todos os candidatos à Presidência da República em seus estúdios, de forma a demonstrar que todos os candidatos são tratados em igualdade de condições. A regra não foi contestada pela assessoria de Bolsonaro quando das entrevistas no g1 e na GloboNews”.

Da Pragmatismo

Kakay comenta cassação de Renato Freitas (PT): “discriminação racial perversa”


Renato Freitas (PT-PR).

O advogado criminalista Antônio Carlos de Almeida Castro, mais conhecido como Kakay, publicou neste sábado (6) um artigo no Uol em que qualificou a cassação do vereador Renato Freitas (PT-PR) em Curitiba como “discriminação racial perversa”.

Kakay começa o artigo falando um pouco sobre a trajetória do jovem vereador, além das suas impressões a respeito dele. “Ele é brilhante, bem-humorado e tem uma capacidade incomum de falar em público (…) Foi preso injustamente, perseguido e recebeu dois tiros de forma covarde em abordagens policiais agressivas e ilegais”, escreveu. O advogado relembra a personalidade debochada de Renato que anda em paralelo com sua capacidade para fundamentar inconformismos e indagações.

Renato Freitas seria, na sua opinião, “uma mente livre em um deserto de ideias” e “um susto para uma burguesia retrógrada”. Isso explicaria sua eleição “por milagre” ao cargo de vereador em uma Câmara Municipal, a de Curitiba, conhecida por um ambiente pouco aberto a pessoas como Renato. Tão pouco aberto que, ao primeiro sinal de falta de diálogo, usariam de uma “inominável covardia para instaurar um processo de cassação de mandato por falta de decoro”, escreveu.

May be an image of text

A perseguição sofrida pelo vereador curitibano começou em 5 de fevereiro deste ano quando Freitas organizou um protesto pacífico contra o racismo na Igreja do Rosário dos Negros, localizada na capital paranaense. Kakay recorda que esta é justamente uma igreja construída por negros e para acolher o povo negro.

Manifestantes pediam justiça naquele dia pelos assassinatos de dois homens negros, o imigrante congolês Moïse Kabagambe, morto a pauladas no Rio de Janeiro ao cobrar salários atrasados, e Durval Téofilo Filho, assassinado por um sargento da Marinha que o teria “confundido” com um criminoso. Na ocasião, Freitas fez um discurso em defesa da vida, o que ocasionou uma reação conservadora contra o seu mandato.

No photo description available.

Depois disso, cinco representações foram protocoladas contra o vereador na Câmara municipal e evoluíram para processos de quebra de decoro. Nem sequer o pedido de não cassação da Arquidiocese de Curitiba apresentado ao Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara foi ouvido e houve pressa em realizar as sessões que cassaram o mandato de Renato Freitas pela primeira vez. Mas a pressa foi tanta que esqueceu-se de intimar a defesa do vereador o que ocasionou, em julho passado, a anulação das sessões, assinada pela desembargadora Maria Aparecida Blanco de Lima, da 4a Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR). Mas apesar da decisão, a Câmara Municipal de Curitiba votou e aprovou a cassação do vereador nesta semana.

Com a decisão, o mandato de Renato Freitas está cassado e seus direitos políticos suspensos por 10 anos. Kakay a definiu em seu artigo como “uma verdadeira morte civil”.

“Tiraram de dentro da Câmara, do convívio diário, aquela pessoa que incomodava e não seguia os padrões daquela elite da cidade. Ele não se adestrava e não aceitava o cabresto. A cassação foi a resposta fácil para quem se atreveu a não seguir a cartilha. Uma Câmara de Vereadores cassou um vereador por uma manifestação política. Coroou o princípio de criminalizar a política. A própria política se criminalizando. Bizarro”, finalizou o artigo.

Matéria da Revista Fórum;

Fachin expulsa militar de Comissão do TSE por divulgar fake news pró-Bolsonaro


O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Edson Fachin, comunicou ao ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, a expulsão do coronel Ricardo Sant’Anna, chefe Divisão de Sistemas de Segurança e Cibernética da Informação do Exército Brasileiro, da Comissão de Fiscalização da corte.

May be an image of text that says 'Tudo para a sua MADEIREIRA EIRAJK construção Aqui você encontra tudo. Do alicerce ao interruptor! E mais: temos preços bons, qualidade e atendimento. Estamos lhe aguardando na AV. Brasília 404, em frente a Pousada Menina Bonita, em Maracás. Telefone whatsapp (73) 3533-2944'

No ofício, o TSE informa que o militar está sendo expulso por divulgar fake news ecoando o discurso de Jair Bolsonaro (PL) contra as urnas eletrônicas nas redes sociais.

“Conquanto partidos e agentes políticos tenham o direito de atuar como fiscais, a posição de avaliador da conformidade de sistemas e equipamentos não deve ser ocupada por aqueles que negam prima facie o sistema eleitoral brasileiro e circulam desinformação a seu respeito. Tais condutas, para além de sofrer reprimendas normativas, têm sido coibidas pelo TSE através de reiterados precedentes jurisprudenciais”, diz Fachin no ofício.

May be an image of food and text

No texto, o presidente do TSE faz referência à reportagem do site Metrópoles que revela publicações do militar em apoio a Bolsonaro e divulgando as teorias conspiratórias do presidente sobre o sistema de votação.

“À vista dos fatos narrados, serve o presente ofício para comunicar a vossa excelência o descredenciamento do coronel Ricardo Sant’Anna dos trabalhos de fiscalização, a partir desta data, rogando-se a esse ministério, caso entenda necessária nova designação, que substitua o aludido militar por técnico habilitado para as funções”, diz o ofício.

Fonte revista Fórum

ACM Neto e Jerônimo Rodrigues em empate tecnico na Bahia, diz levatamento


www.brasil247.com - ACM Neto e Jerônimo RodriguesACM Neto e Jerônimo Rodrigues (Foto: Divulgação)

Levantamento da Nervera Serviços, contratada pelo jornal A Tarde, mostra que ACM Neto (União Brasil) e Jerônimo Rodrigues (PT) estão tecnicamente empatados na disputa pelo governo da Bahia.

ACM tem 38,8% das intenções de voto e Jerônimo tem 37,8%.

  • ACM Neto – 38,8%
  • Jerônimo Rodrigues – 37,8%
  • João Roma (PL) – 13,2%
  • Kléber Rosa (Psol) – 1,4%
  • Giovani Damico (PCB) – 0,1%
  • Brancos/Nulos/Não sabem – 8,6%

No photo description available.

Segundo turno

Na projeção de segundo turno entre ACM Neto e Jerônimo Rodrigues, o candidato do União Brasil aparece com 42,7% e o petista com 39,9%. Ambos estão novamente empatados tecnicamente.

O levantamento – feito por meio de “coleta aleatória via questionário estruturado web e pós-estratificação da amostra de acordo com as características do eleitorado do Estado da Bahia – ouviu 1.600 eleitores da Bahia entre 30 de julho e 4 de agosto e está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BA-04586/2022. O intervalo de confiança é de 95% e a margem de erro de 2,5 pontos percentuais.

Fonte  247

7 ações devem ser abertas por Bolsonaro contra Lula no TSE após ser chamado de “genocida”


Postagem usa foto de atos sem presença de Lula para tentar ...

Com aval do presidente Jair Bolsonaro (PL), o departamento jurídico do PL vai entrar com sete representações no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), após ele usar o termo “genocida” em referência o chefe do Executivo e associá-lo a milicianos. Para os advogados da sigla, as declarações do petista caracterizam campanha antecipada negativa.

Lula é acusado de ter propagado “discurso de ódio” por também ter chamado Bolsonaro de “fascista”, “negacionista” e “desumano”.

May be an image of food and text

De acordo com o TSE, nenhuma campanha antecipada é permitida, seja de auto-exaltação ou de ataques a adversários. A partir disso, a equipe do PL pedirá a punição ao ex-presidente.

O petista teria usado os termos em discursos nesta semana. Ele se referiu a Bolsonaro como “genocida” pelo menos em duas ocasiões.

“Nós não vamos permitir que o genocida que está lá em Brasília, o genocida que não derramou uma lágrima por quase 700 mil pessoas que morreram, que um genocida que não derramou uma lágrima pelas pessoas que morreram nas enchentes dos estados do Nordeste nem em Petrópolis, um genocida que não se preocupa em conversar com sindicatos, não se preocupa em conversar com quilombolas, que não se preocupa em conversar com indígena, um genocida que quer desmatar a Amazonia, o Cerrado, a Catinga. Esse genocida não pode se apoderar da bandeira brasileira, porque a bandeira brasileira é do povo brasileiro”, discursou Lula em Teresina.

May be an image of text that says 'Tudo para a sua MADEIREIRA EIRAJK construção Aqui você encontra tudo. Do alicerce ao interruptor! E mais: temos preços bons, qualidade e atendimento. Estamos lhe aguardando na AV. Brasília 404, em frente a Pousada Menina Bonita, em Maracás. Telefone whatsapp (73) 3533-2944'

“Esse genocida que governa esse país não é recebido por ninguém. Nós não estamos disputando uma eleição comum. Nós estamos disputando contra o fascismo. Nós estamos disputando com milicianos”, afirmou Lula em Campinas, SP.

O deputado federal Marcelo Freixo (PSB-RJ), candidato ao governo do Rio, também deve ser alvo de representação no Tribunal Regional Eleitoral. Em maio, Freixo falou sobre uma dobradinha formada pelo presidente e o governador Cláudio Castro (PL).

May be an image of text

“Representam no Brasil e no Rio, mais do que uma aliança política, uma sociedade miliciana”, afirmou o candidato.

O advogado do PL afirmou que o partido não vai pleitear que os adversários deixem de citar os termos depreciativos, apenas o pedido de aplicação de multa, que varia de R$ 5 mil a R$ 25 mil.

“Haverá apenas o pedido de multa. A atuação preventiva nessa matéria é confundida com censura, que é proibido. Não temos a pretensão de amordaçar ninguém. Podem falar o que quiser, mas temos que responsabilizar pessoas que falarem impróprios e descumprirem a lei”, disse ele.

Fonte DCM

Saiba um pouco mais sobre quem foi Jô Soares, um humorista inteligente e que foi muito útil à sociedade brasileira


img.r7.com/images/jo-soares-22052018083732537?dime...

Um beijo do gordo! Com esse bordão, o carioca José Eugênio Soares, nascido em 16 de janeiro de 1938, será lembrado por grande parte dos brasileiros que acompanharam sua trajetória como humorista, ator, apresentador, diretor e escritor desde que estreou na TV no elenco da Praça da Alegria, na TV Record em 1956.

Multiartista, Jô Soares, como ficou conhecido, era filho único do empresário paraibano Orlando Heitor Soares e da dona de casa Mercedes Pereira Leal.

Bisneto do conselheiro Filipe José Pereira Leal, diplomata e político que, no Brasil Imperial, foi governador do Estado do Espírito Santo, o menino José Eugênio sonhava fazer carreira no Itamaraty. Para isso, estudou no Colégio São Bento, no Rio, e no Lycée Jaccard, na Suíça.

Mas, o humor e a criatividade que sempre fizeram parte da sua personalidade o levaram para o meio artístico.

Com 66 anos de carreira, Jô viveu os últimos anos mais recluso, mas contribui com artigos em tons ácido e irônico para desnudar o fascismo de Jair Bolsonaro. “Sua definição é perfeita: vossa excelência é o leão. É o rei dos animais”, escreveu em artigo na Folha de S.Paulo.

Na Record, Jô ainda atuou na comédia Ceará contra 007, em 1965, que registrou o maior audiência naquele ano no Brasil, e no humorístico Família Trapo, ao lado de Carlos Alberto de Nóbrega.

Em 1971, estreou  “Faça Humor, Não Faça Guerra”, primeiro humorístico da TV Globo, em uma crítica direta à Guerra Fria e ao conflito no Vietnã.

Na emissora, Jô também atuou em Satiricom (1973) e no inesquecível Viva o Gordo (1981), que deu origem ao espetáculo “Viva o Gordo, Abaixo o Regime”, uma sátira explícita à Ditadura Militar.

Atuou ainda ao lado de Chico Anysio e foi comentarista do Jornal da Globo até 1987. Em 1988 foi para o SBT, onde apresentou o programa Veja o Gordo.

De volta à Globo, em 2000, Jô Soares apresentou por 16 anos o Programa do Jô. Em 2018, em seu último trabalho na TV, participou como comentarista do programa Debate Final, no Fox Sports, debatendo sobre a Copa do Mundo.

Fluente em  português, inglês, francês, italiano e espanhol, Jô foi casado com atriz Therezinha Millet Austregésilo, com quem teve um filho, Rafael Soares, que era autista, e morreu em 2014.

Entre 1980 a 1983, foi casado com atriz Sílvia Bandeira, e a partir de 1984 viveu um romance de dois anos com Cláudia Raia.

O humorista ainda namorou a atriz Mika Lins e em 1987, casou-se com a designer gráfica Flávia Junqueira Pedras, de quem se separou em 1998, mas continuou amigo até os dias atuais. Foi Flávia quem anunciou sua morte pelas redes sociais na madrugada desta sexta-feira, 5 de agosto de 2022.

Vale lembrar aqui que em Junho de 2020 o Jô escreveu uma carta bastante irônica, porém séria no seu conteúdo. ao presidente Jair Messias Bolsonaro. Outras cartas já aviam sido escritas antes e também depois da de Junho de 2020. Todas picantes e sérias. Sem dúvida o Jô Soares foi sim considerado uma das figuras mais intelectuais e útil no meio humorístico.

Fonte Revista Fórum.

 

O sonho de embarcar no trem das sete para a grande viagem, Por Walter Salles


 

Passeio de trem Curitiba a Morretes - Trem Serra do Mar Paranaense - Viagens e CaminhosNas linhas mais à frente deste texto, vamos juntos decifrar a canção Trem Das Sete do Raul Seixas, ok?

Há um poema que compara a vida com uma viagem de trem. Realmente, a gente pode comparar a vida aqui na terra como uma viagem de trem. Faz sentido sim! Ou seja, faz sentido quando a gente fala da vida que vivemos na terra. Porém, a verdade mesmo, biblicamente falando é bem diferente. Eu, Walter Salles, editor do Café com Leite, dentro dos meus modestos conhecimentos, estou aprendendo a ter certeza de como funciona tudo no âmbito espiritual.

Realmente quando desembarca do trem uma pessoa que viajava com a gente durante tanto tempo  nos contando histórias e fazendo a gente ser mais feliz, naturalmente sentimos muita falta e saudade pela sua partida.

Muitas pessoas que fizeram parte da minha vida e que já se foram ficou a saudade. Dentre estas, existem as de mais destaque, que posso aqui enfatizar três. A primeira foi meu pai, o Saudoso Elizeu Honório Vieira, que foi um homem amigo de 14 filhos e que foi uma espécie de professor em muitas vertentes das suas experiências, porém, diga-se de passagem, o seu estudo dentro de sala de aula foi muito pouco. A outra pessoa foi a minha saudosa mãe, Donária Bonfim Sales Vieira que, apesar de já fazer mais de 50 anos que ela partiu, é como se tivesse acontecido ontem à tarde. A terceira pessoa é o saudoso  sobrinho João Luiz. Eta menino que nos fez e faz  falta com a sua partida. O seu legado aqui na terra valeu por 100 anos de vida. Ali era fonte de sabedoria, amor e calmaria. Era um grande conselheiro o amigo o John, como eu o chamava. Mas sentir saudade é algo bom, principalmente quando se acredita que no desfecho final a gente vai se abraçar. Enfim, vamos ao deciframento e narrativa da música Trem das Sete.

Novos trens não aliviam sufoco dos passageiros no metrô - Jornal O GloboUma viagem pelo Trem das Sete, onde muitos irão embarcar mas, infelizmente, outros  vão ficar de fora

Bom! Vamos falar um pouco da viagem de trem, mas, digamos que esse trem que vai entrar aqui na história, é um trem especial. É o Trem das Sete da canção do Raul Seixas. Vou tentar decifrar aqui essa canção daquele sábio que se foi aos 44 anos e que exatamente neste mês de agosto está completando 33 anos da sua partida.

Para quem não sabe, o Raul era filho de um casal de Adventista do Sétimo Dia, portanto, mesmo que indiretamente, ele aprendeu muito com os pais. Eu também sou um Adventista e, pelo fato do meu modesto conhecimento de navegar nas páginas do livro de Apocalipse, decifrei a canção Trem das Sete com muita naturalidade e clareza. Vamos à história e à canção.

“Ói, ói o trem, vem surgindo detrás das montanha azuis olha o trem”! Bom; montanhas não é planície e um trem comum  não desse da montanha porque ele corre o risco de descarrilar, não é mesmo? Geralmente trens andam em terra plana. Continuando: Ói, ói o trem, fumegando, apitando e chamando os que sabem do trem! Ói, é o trem, vem trazendo de longe as cinzas do velho aeon! Aqui mais uma pausa para falarmos um pouco. Veja que esse trem é o trem das sete horas e o último do sertão. Não vai ter mais trem para pegar passageiros. Bom, o que quero dizer e o Raul também, é que o trem é a vinda de Jesus Cristo no dia da ressurreição para fazer a colheita, como disse o Seixas numa entrevista com Marília Gabriela. Por isso ele vem trazendo de loooonnnnge as cinzas do velho aeon. Ou seja: de Adão e Eva pra cá, ele vem fazendo um arrastão. Uns pra sorrir outros pra chorar. Aí ele, o Raul, continua com o seu hino, que, particularmente falando, eu acho um dos mais lindos que já ouvi! Vamos continuar. Ói, ói o trem, não precisa passagem nem mesmo bagagem no trem! Eu diria que não precisa de documento nem de papel algum pra entrar no trem, mas sim uma bagagem diferente que é a espiritual. Mas é preciso saber que esse dia será de muita alegria para quem vai embarcar no trem, mas, no entanto, de muita tristeza para os que vão ficar de fora. Continuando a canção com o refrão que é: Quem vai chorar quem vai sorrir,  quem vai ficar quem vai partir,  pois o trem está chegando, tá chegando na estação, é o trem das sete horas, é o último do sertão… Agora entra a outra parte da canção que é bem mais vibrante: Ói, olha o céu, já não é o mesmo céu que você conheceu não é mais, vê, ói que céu, é um céu carregado, rajado e suspenso no ar! A Bíblia diz que os poderes dos céus serão abalados nesse dia, portanto, já não é mais esse céu azul e calmo que a gente vê todos os dias. Agora entra uma parte que quem lê a bíblia no livro de Apocalípice, vai entender um pouco mais. Ói, é o sinal, é o sinal das trombetas  dos  anjos e dos guardiões; ói, lá vem DEUS deslizando no céu entre brumas de mil megatons!!!  Aí entra novamente o refrão dos que vão chorar e os vão sorrir nesse dia.

Mas o grande barato da coerência dessa canção com a bíblia e o que Jesus falou sobre a sua volta, é que a sétima trombeta é a última. E quando os anjos soarem esta trombeta é como se dissesse que Jesus já está vindo com seus anjos para fazer a colheita, onde haverá nesse dia sorrisos e lágrimas.

Que coisa louca quando você entende perfeitamente. Ele só faltou dizer que lá vem Deus deslizando entre nuvens de mil megatons. Porque a bíblia diz que Jesus vem sobre as nuvens.

Apesar de terem tentando ingerir no homem, sem sucesso, o número 7 como o número da mentira, a bíblia diz que o sete é o número da perfeição, sendo comentado em centenas de passagem bíblicas. Por exemplo: Chegou um cidadão e falou pra Jesus: “Mestre, Mestre…eu já perdoei meu irmão sete vezes”. Acho que ele pensou que Jesus ia dizer: “chega, perdoe mais não”. Kkk  Pois é, Jesus disse a ele: “vá lá e perdoe setenta vezes sete se preciso for. (É bom que a gente tenha um coração pronto para perdoar, tipo ja viver no automático).

Pois é meus amados amigos, irmãos e irmãs; procurem alguém para lhes dar um estudo bíblico e entendam mais sobre a tão falada volta de Jesus. A letra dessa canção que o “maluco” do Raul Seixas escreveu num dos momentos de lucidez e inspiração, é bem coerente com as palavras do grande livro santo.

Vou parar por aqui. Me lembrei das colunas de Walter Salles no jornal impresso. Fim de papo e um abraço a todos!

Quer ficar em boa forma a vida toda? Então siga essas dicas


Um dos requisitos principais para se manter numa boa forma, é a disciplina. Tem que olhar para aquele salgado da vitrine e enxergar dentro dele uma bomba que vai explodir dentro  da sua barriga; tem que olhar a esteira que fica na sua casa e saber que ela não foi feita para ficar ali de enfeite; tem que olhar as lindas folhas de escarola, agrião, rúcula e outras amargas e saber que elas vão adoçar a sua vida e se deliciar com as folhinhas, de preferência cruas. Como também, comer frutas, não exageradamente, mas sim moderadamente  e seja feliz. Essas são algumas dicas do Café com Leite. Segue a matéria com mais dicas após a foto.

mboa forma dicas

A maioria das pessoas se preocupa com a boa forma e o bem estar físico somente no verão. Quem faz isso e se esquece das estações seguintes, certamente vai ter que repetir os mesmos desafios todos os anos.

Você já pensou que pode garantir isso para a vida toda? Veja algumas dicas de como manter a boa forma e descubra que isso é possível, tendo bons hábitos alimentares e pensando nos benefícios em longo prazo. Veja como garantir bons resultados a longo prazo:

May be an image of outdoors and text that says 'MARACÁS X SÃO PAULO SÃO PAULO X MARACÁS É com a Expresso Coopertai! HREA COOPERTA ERETE 華 SEDEX O Azulão que conquistou o viajante! Maracás, V. da Conquista, Montes Claros, BH e São Paulo. Saída todas as quartas e sábados das duas cidades. Reserve a sua passagem pelos fones.. (73)99107-7820 & (11) 98368-6447 Trabalhamos também com encomendas!'

1 –  Tenha disciplina

Quando você quer muito comprar um carro ou a casa dos seus sonhos, você se esforça até conseguir, não é mesmo? Então por que você não pode fazer o mesmo pela sua qualidade de vida? A disciplina é o ponto principal para conquistar qualquer objetivo, e sem ela você pode até ter boas intenções de manter a boa forma, mas vai continuar tendo isso só no verão.

2 – Crie uma rotina

Ter boa forma é questão de estilo de vida. Para isso, você precisa criar uma nova rotina e se adaptar a ela. Torne sua caminhada e seu lanche da tarde, por exemplo, em uma tarefa rotineira, assim como tomar banho e dormir. Você faz isso todos os dias, então pode incluir mais algumas atividades diárias, como fazer exercícios com frequência e a disciplina vai te ajudar a transformar tudo isso em rotina.

No photo description available.

3 – Pratique atividades físicas

Não adianta comer direito, ficar sem comer ou fazer dietas mirabolantes se você não colocar o seu corpo para trabalhar. Porém, não se force a fazer algo que não gosta. Escolha um esporte ou outro exercício em que você se sinta melhor em praticar, e torne isso em um hobby ou um hábito. Se você não gosta de academias, por exemplo, opte por atividades ao ar livre.

boa forma4 – Tenha uma alimentação saudável

Parece inalcançável, mas não é impossível. Se você não nasceu comendo fast-foods todos os dias, provavelmente este foi um hábito criado. Se foi criado, é sinal de que você pode muito bem criar outros, certo?

Uma dica importante é não alterar drasticamente toda sua alimentação de uma só vez. Comece aos poucos, diminuindo ou eliminando uma coisa de cada vez. Lembre-se também de que é recomendado comer de pelo menos três em três horas. Nunca fique sem comer! Fazer isso pode causar um efeito contrário ao que você deseja.

 

5 – Descanse para manter a boa forma

Alimentação e atividade física não fazem milagre em um corpo cansado e desgastado. É muito importante ter os momentos de descanso e respeitá-los. Durante o sono, o corpo relaxa, restaura seu organismo e se prepara para um novo dia, com energia suficiente para aguentar seus exercícios físicos e outras atividades.

6 – Planeje metas possíveis

Os resultados precisam ser progressivos, e não momentâneos. Não adianta você querer perder 10 kg em um mês, ou ficar forte e definido no mesmo período de tempo. A nossa mudança é gradual, então estabeleça metas reais, que aos poucos vão trazendo o que você realmente quer.

May be an image of food

Outro ponto negativo com relação a isso é que, quando você quer uma mudança muito repentina de peso, por exemplo, você pode voltar a engordar ou perder a definição muscular repentinamente também. Por isso a rotina e as metas gradativas são importantes. Pense em longo prazo, e quando você olhar pra trás, vai ver que valeu o esforço.

Lembre-se, ainda, que manter o pensamento positivo também conta muito. Respeite o seu corpo, seu tempo e desfrute dos benefícios de uma vida em boa forma em longo prazo.

Para todas essas dicas hoje em dia você pode usar a tecnologia à seu favor com aplicativos de saúde, perfeitos para monitorar e controlar e sua evolução e disciplina.

Gostou do nosso artigo? Você tem alguém que quer dicas de boa forma ou quer dividir o que aprendeu? Então compartilhe com seus amigos este post nas redes sociais!

A fonte foi a Hora do Treino.

Empresa procura provador de doces. Salário? 100 mil dólares por ano!


Imagem de capa para Empresa procura provador de doces. Salário? 100 mil dólares por ano!
O cargo de ‘provador de doces’ nao tem idade definida. Pode ser até criança – Foto: Redes Sociais/Divulgação

Imagina comer os mais variados doces e ainda receber por isso? A empresa canadense Candy Funhouse está procurando um trabalhador para o cargo de provador de doces. O salário é de até 100 mil dólares por ano – mais de 518 mil reais – ou seja, algo em torno de 43 mil reais por mês. É o emprego dos sonhos!

Além do incrível salário e diversos benefícios, a empresa ainda oferecerá convênio odontológico completo, por conta da grande quantidade de doces que deverão ser experimentados pelo profissional vencedor. E idade não importa: “Como o amor por doces – a posição não é limitada pela idade”, diz no anúncio de vaga. “Tudo que você precisa é uma paixão por doces, cultura pop e um guloso”.

O prazo para inscrições vai até dia 31 de agosto e vale apenas para quem mora na América do Norte.

Requisitos para a vaga

A empresa com sede em Mississauga, Ontário, publicou o cargo como ‘primeiro diretor de doces do mundo’.

O candidato escolhido será responsável por testar cerca de 3.500 produtos por mês, conduzir reuniões do conselho da empresa e aprovar novos estoques de doces com seu selo de aprovação.

Os requisitos do trabalho são mínimos: você deve ter pelo menos 5 anos, ter um amor “óbvio” por açúcar e residir na América do Norte, como dissemos acima.

O anúncio da vaga diz que os pais também podem inscrever seus filhos, e que o candidato passará por um extenso treinamento de paladar para certificar suas “papilas gustativas de ouro” antes de serem encarregados de selecionar as ações da Candy Funhouse.

Cargo a longo prazo

O cargo de ‘provador de doces’ não tem data de expiração. Se uma criança de 5 anos for selecionada, ela poderá manter o título por toda a vida.

Jamal Hejazi, CEO da Candy Funhouse, admite que ter um jovem liderando as reuniões do conselho seria “um pouco caótico”, mas ele vê isso como uma oportunidade de criatividade.

“Acreditamos que a opinião imparcial e a imaginação criativa de uma criança seriam um grande trunfo para a Candy Funhouse”, diz ele. “Eles levariam ideias, campanhas e inspiração para novos projetos.”

Como se inscrever

Gostou do cargo? Para se inscrever, você pode acessar a página deles clicando aqui ou diretamente pelo Linkedin clicando aqui.

Do Só Notícia Boa.

 

Eleitores de Ciro, Tebet e Janones podem dar vitória a Lula no primeiro turno, afirma Marcos Coimbra


Diretor do Vox Populi também disse que nada que Bolsonaro tenha feito até agora produziu melhoras em sua candidatura à reeleiçãowww.brasil247.com - Marcos Coimbra e Lula

A dois meses do primeiro turno das eleições, com a consolidação da liderança do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas pesquisas de intenção de votos, há uma parcela do eleitorado que já fez sua escolha, mas que ainda pode mudar da opinião, definindo a disputa já em outubro. Trata-se de uma margem pequena, mas que pode crescer. Sobretudo com voto “útil” de eleitores que apontam outros candidatos como primeira opção, mas estão propensos a mudar. A avaliação é de Marcos Coimbra, presidente do instituto Vox Populi, entrevistado pelos jornalistas Cosmo Silva e Ana Rosa Carrara para o Revista Brasil TVT do fim de semana.

May be an image of text that says 'Tudo para a sua MADEIREIRA EIRAJK construção Aqui você encontra tudo. Do alicerce ao interruptor! E mais: temos preços bons, qualidade e atendimento. Estamos lhe aguardando na AV. Brasília 404, em frente a Pousada Menina Bonita, em Maracás. Telefone whatsapp (73) 3533-2944'

Entre os que declaram voto em Lula, 79% dizem estar decididos e 20% podem mudar, segundo o Datafolha. Para Bolsonaro, os índices são de 79% e 21%. Entre os que escolheram o pedetista Ciro Gomes, 34% estariam decididos e 65%, não. “O que se vê é que mais da metade do eleitorado de Ciro, com esses 8 pontos que ele tem, não tem certeza se vai ficar com ele. Dali pode sair o grande fator (definidor)”, diz Coimbra. “Mas não é só dali. Ainda há uma parcela do eleitorado de outros candidatos que também está pensando nisso”, ressaltou.

May be an image of food and text

Entre os eleitores de Ciro Gomes, que aparece em terceiro lugar com 8%, 36% consideram Lula como segunda opção. Já 17% migrariam para Bolsonaro, 7% para Vera Lúcia (PSTU) e 4% para Simone Tebet (MDB).

Os eleitores de Simone Tebet, que chegou a 2% de intenções de votos, poderiam mudar para Lula (33%), Ciro (27%) ou Vera Lúcia (4%) – nenhum escolheu Bolsonaro. Por sua vez, entre os eleitores da André Janones (Avante), 37% têm Lula como segunda opção. Outros 23% migrariam para Bolsonaro e 4% iriam para Ciro.

Dos três candidatos citados, André Janones é o único que já sinalizou apoio a Lula ainda no primeiro turno. O deputado do Avante tem conversa marcada com o ex-presidente na próxima quinta-feira (4). Simone Tebet não manifesta simpatia por Lula, mas já afirmou que de Bolsonaro não vai. Ciro, por sua vez, resolveu bater em Lula dia sim, outro também.

No photo description available.

Entretanto, não é a posição dos candidatos que define para onde vai o voto de seu eleitor no segundo turno. Ou mesmo no primeiro. Em junho, por exemplo, o humorista Fábio Porchat disse em entrevista ao podcast Papagaio Falante que seu candidato é Ciro. Mas que se até o início de agosto o pedetista seguir empacado nas pesquisa, vai votar em Lula.

“Gosto muito do Ciro, acho ele um ótimo candidato, muito preparado. Acho que a gente precisa parar um pouco de polarizar e tal. Agora, se chegar agosto e o Ciro continuar com 7% e o Lula puder ganhar no primeiro turno, para tirar esse animal, esse verme, esse câncer que está no poder, eu vou pintado de estrela vermelha, cantando ‘Lula lá’, voto apertando 13 trezentas vezes”, explicou. Isto é, não é o candidato, mas o sentimento do eleitor que define o rumo de seu voto.

No photo description available.

‘Gota d’água’

O sociólogo ressaltou as ameaças mais recentes ameaças de Bolsonaro à democracia têm potencial para afastá-lo definitivamente dessa fatia dos eleitores que podem reverter seus votos por Lula. A “gota d’água”, segundo Coimbra, pode ter sido o episódio em que Bolsonaro reuniu embaixadores para fazer ataques às urnas eletrônicas e a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

“Bolsonaro tem feito coisas tão absurdas, que é possível que ele tenha aumentado a propensão a votar no Lula de pessoas que não necessariamente são simpatizantes do PT. É só ver a reação que provocou após esse circo lamentável que ele arrumou com os embaixadores”, afirmou.

May be an image of text

Coimbra também destacou que a vantagem de Lula permanece “muito folgada”, com as intenções de votos praticamente estáveis na comparação com a pesquisa Datafolha anterior, divulgada em junho. “A vantagem de Lula permanece muito folgada. É a maior vantagem que se teve em eleições parecidas no Brasil. Estamos a dois meses das eleições – parece que é muito tempo, mas não é –, e a vantagem se mantém. E mais um mês se passou sem que Bolsonaro conseguisse melhorar o cenário para ele.

Contra o tempo

O período que antecede as votações será mais curto esse ano, com apenas 45 dias de campanha eleitoral, sendo apenas 30 dias de propaganda no rádio e na TV. Explica Coimbra que este é outro fator que joga contra Bolsonaro nesse momento. “A cada eleição, o tamanho e a influência da propaganda eleitoral na televisão e no rádio diminui. O que é bom para quem está na frente. Ou seja, é muito ruim para quem precisa crescer, ou pelo menos tentar crescer, que é o caso de Bolsonaro este ano”, disse Coimbra.

Além disso, como resultado das ofensivas golpistas do presidente, diversos setores da sociedade se manifestaram em defesa da democracia. A chamada “Carta aos brasileiros“, por exemplo, já contava mais de 643 mil assinaturas até o fechamento desta matéria. E as adesões aumentam a cada dia. O documento, elaborado na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), está sendo apoiado por inúmeros juristas, ex-ministros, intelectuais, artistas e esportistas. Do mesmo modo, a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) também elaborou outro manifesto, reunindo o apoio institucional do empresariado e de diversas entidades da sociedade civil organizada, além da população em geral.

“A grande maioria da sociedade está cada vez mais se afastando do bolsonarismo. Não é tão diferente de outras ditaduras, outros ditadores e autocratas de direita mundo afora. Vão chegando no final com (o apoio de) uma parte da opinião pública que pode ser briguenta, pode ser violenta, mas é pequena.”

A informação foi do 247