Ao contrário ao que disse em CPI, Queiroga manteve entrega de hidroxicloroquina a municípios


O Ministério da Saúde, sob o comando de Marcelo Queiroga, não encerrou a distribuição de hidroxicloroquina para municípios brasileiros como forma de combate a Covid-19. De acordo com a plataforma Localiza SUS, dois municípios do interior de São Paulo receberam o medicamento mesmo depois da posse do novo ministro.

O ministério enviou 27,7 mil comprimidos para Limeira (SP) no dia 30 de março, uma semana depois que Marcelo Queiroga assumiu a pasta. No dia 27 de abril, foram enviadas 100 mil cápsulas para Presidente Prudente (SP).

Porém, em depoimento à CPI da Covid, Queiroga afirmou que não tinha conhecimento e que não autorizou tais envios de hidroxicloroquina.

“Não autorizei distribuição de cloroquina na minha gestão. Não tenho conhecimento que esteja havendo distribuição de cloroquina na nossa gestão”, disse Queiroga.

A fonte foi a Revista Fórum.

Error, no Ad ID set! Check your syntax!

BOLSONARO FEZ REUNIÃO NO PLANALTO PARA MUDAR BULA DA CLOROQUINA


Diretor da Anvisa confirma que Bolsonaro fez reunião no Planalto para mudar bula da cloroquina, o que é considerado crime.

Em depoimento na CPI da Covid, nesta terça-feira (11), o diretor-presidente da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Antônio Barra Torres, afirmou que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) promoveu uma reunião no Palácio do Planalto para mudar a bula da cloroquina.

Ele relatou que a reunião contou com a médica bolsonarista Nise Yamaguchi, Walter Braga Netto (à época ministro-chefe da Casa Civil), Luiz Henrique Mandetta (à época ministro da Saúde) e um médico do qual não se recorda o nome.

Segundo Barra Torres, a médica estava “mobilizada” para alterar a bula do medicamento, incluindo sua recomendação para pacientes com covid-19.

“A doutora de fato perguntou sobre essa possibilidade e pareceu estar mobilizada com essa possibilidade”, conta.

Segundo o diretor da agência, ele se posicionou contra a medida e deixou claro que só o fabricante do medicamento, que é detentor do registro da droga, pode solicitar mudanças na bula.

Para o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ), a decisão de Bolsonaro é “grave e criminosa”.

A informação foi do DCM

Oeste baiano: Obra da Ponte que liga Barra a Xique-Xique atinge 75% de execução


8131b8170980a63f8193d0fbe55a5bf2

A obra de construção da ponte sobre o rio São Francisco, com 1.014 metros de comprimento, interligando os municípios de Xique-Xique e Barra, está em ritmo intenso. Os serviços atingiram 75% de etapas executadas. Atualmente, encontram-se em andamento a etapa de lançamento de vigas, a implantação da laje e a concretagem do trecho em balanço sucessivo, – que são os vãos principais do equipamento.

Até o momento já foram investidos mais de R$ 77 milhões na obra, que conta com 350 trabalhadores diretos. Com investimento total de R$ 133 milhões, a ponte deverá ser entregue no final de outubro, quase um ano antes do prazo definido em contrato de concessão estabelecido pelo Governo do Estado, através da Agerba, com a Concessionária Estrada do Feijão (Concef).
Após entregue, o equipamento irá possibilitar mais segurança, conforto e rapidez na travessia entre as duas cidades, além de fazer a ligação do oeste com o restante do estado, contribuindo para o desenvolvimento de diversos setores da economia baiana. “O tempo de viagem de balsa, que faz a ligação de Barra com Xique-Xique, é de aproximadamente 30 minutos. Com a nova ponte implantada sobre o Rio São Francisco, a duração do deslocamento irá diminuir para apenas dois minutos”, destaca o secretário Estadual de Infraestrutura Marcus Cavalcanti.
aNBDiqn
Estrada do Feijão
Com extensão de 545,4 quilômetros, o Sistema Rodoviário BA-052 tem início nas imediações de Feira de Santana, passa pelo município de Xique-Xique, de onde segue até Barra, na BA-160. A Concef executa requalificação de 159,85 quilômetros do sistema rodoviário da Estrada do Feijão, – uma das vias mais importantes para o escoamento de grãos, oleaginosas, minérios e da pecuária produzidos no oeste da Bahia.
A restauração de mais 29 quilômetros da BA-052, nas imediações de Morro do Chapéu e América Dourada, já começou. Atualmente, incluindo este trecho, 50 km estão sendo restaurados. Todo o revestimento asfáltico do Km 267 ao km 285, além do km 293 ao km 304, está sendo removido, para que um novo revestimento seja realizado. O prazo de execução do serviço é de quatro meses, e este trecho da estrada deverá ser entregue até o final de agosto. Macaubeense life

 

Pode ser uma imagem de texto que diz "IAR DOCUMENTOS Seus documentos em boas mãos Documentação de Casas e Terrenos Urbanos e Rurais, Ambiental CCIR e outros é aqui. Procure IRISVALDO ALVES DA ROSA, Praça Rui Barbosa, 107, 1° andar ao lado do Bradesco, em Maracás. (73) 99156 1640 & 98855 8072"

Nenhuma descrição de foto disponível.

Nenhuma descrição de foto disponível.

Pelo menos oito pessoas morrem com atentado em escola na Rússia


Pelo menos oito pessoas morrem com atentado em escola na Rússia

Foto: Reprodução/ Twitter @VinodDX9

Um tiroteio em uma escola na cidade de Kazan, na Rússia, deixou pelo menos oito pessoas mortas e mais de 20 feridas, nesta terça-feira (11). Autoridades russas apontam que um agressor de 19 anos foi preso.

Segundo o G1, as agências de notícias Associated Press e Interfax indicam que, entre os mortos, sete são crianças e um é professor. A agência de notícias estatal russa RIA Novosti, no entanto, aponta que foram 11 mortos.

De acordo com a publicação, testemunhas disseram ter ouvido uma explosão seguida de tiros. Em meio ao atentado, alguns estudantes conseguiram escapar do prédio, mas outros ficaram presos, sendo evacuados depois.

O governador do Tartaristão, Rustam Minnikhanov, declarou que as vítimas eram estudantes do oitavo ano. “Perdemos sete crianças, alunos do oitavo ano. Quatro meninos e três meninas”.

Além disso, autoridades de saúde relataram que 21 pessoas foram hospitalizadas, algumas delas crianças. Desse total, seis estão na UTI.

Como resposta, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, demonstrou solidariedade às famílias das vítimas e desejou uma rápida recuperação aos feridos. Ele também determinou que o chefe da Guarda Nacional do país, Victor Zolotov, revise a regulamentação sobre os tipos de armas permitidas para uso civil. BN Notícias

 

Com 75% de leitos ocupados, prefeitura reabre cinemas, clubes sociais e espaços de convenções


Cada um destas atividades terá um horário específico de funcionamento, determinado pela prefeitura

Com 75% de leitos ocupados, prefeitura reabre cinemas, clubes sociais e espaços de convenções

Foto: Betto Jr – Secom

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), anunciou nesta terça-feira (11) a reabertura de clubes sociais, cinemas e centros de convenções. Cada um deste terá um horário específico de funcionamento. Os cinemas de 10h às 22h; os clubes sociais de 6h às 22h e os espaços e centros de convenções com horário livre (sem restrição, mas com público de até 50 pessoas). Comércio de rua funciona de 10h às 18h e shoppings de 10h às 21h.

De acordo com material distribuído pela prefeitura, essas flexibilizações acontecem porque a média móvel de novos casos está em queda há 15 dias. A taxa de ocupação de leitos está em 75% e Salvador está com 600 mil vacinados (o que corresponde 30% do público geral).  Metro1

Missa de 7º dia de Paulo Gustavo será realizada nesta terça-feira no Cristo


Por G1 Rio

 


Paulo Gustavo e a mãe, Dona Déa — Foto: Reprodução

Paulo Gustavo e a mãe, Dona Déa — Foto: Reprodução

A Missa de Sétimo Dia do ator e humorista Paulo Gustavo será realizada nesta terça-feira (11) no Santuário do Cristo Redentor, no Rio, restrita à família e amigos próximos.

O Multishow vai transmitir a cerimônia, às 18h30. Mesmo quem não é assinante poderá assistir no Globoplay Mais Canaisque estará com sinal aberto.

A missa será celebrada pelo reitor do santuário, Padre Omar. A celebração seguirá as normas internacionais contra o coronavírus e as regras da Arquidiocese do Rio de Janeiro e da Vigilância Sanitária.

Paulo morreu na última terça-feira (4), aos 42 anos, vítima de Covid. Criador de Dona Hermínia e de outros personagens inesquecíveis no teatro, na TV e no cinema, ele estava internado desde 13 de março no Hospital Copa Star, em Copacabana, na Zona Sul do Rio.

O corpo do ator foi cremado na última quinta (6).

Cristo Redentor completa 90 anos em 2021 — Foto: Cristina Boeckel/G1 Rio

Cristo Redentor completa 90 anos em 2021 — Foto: Cristina Boeckel/G1 Rio

Lembrança da despedida

Mãe de Paulo Gustavo fala sobre a perda do filho: ‘Uma mãe jamais deveria passar por isso’

Mãe de Paulo Gustavo fala sobre a perda do filho: ‘Uma mãe jamais deveria passar por isso’

Em entrevista ao Fantástico deste domingo (9), a família de Paulo Gustavo contou como foram os últimos instantes da vida do artista. Segundo a mãe de Paulo, Dona Déa Lúcia, o ator, diretor e comediante morreu durante a Oração de São Francisco — que ele gostava de ouvir cantada desde criança

“A gente foi chamada no hospital porque ele teve morte cerebral. Nós quatro, [o pai] Júlio, eu e [a madrasta] Penha, ficamos ali. [A irmã] Juliana numa mão, na mãozinha dele, eu na outra, o [marido] Thales no pé e o Julio fazendo carinho na cabeça. Eu chamei: Penha, segura aqui comigo porque você também participou da vida dele”, lembrou Déa.

“Aí cantamos a oração de São Francisco porque ele sempre pedia, desde pequeno, pra eu cantar a Oração de São Francisco”, diz Déa.

“A frequência foi caindo até ficar piscando igual… e parou… durante a oração”, completou Júlio. “Foi uma despedida bonita”, acrescentou Déa. Do G1

Funcionário invade conta de Renato Aragão e rouba R$ 3 milhões


Fraude foi descoberta em 2018, quando o humorista desconfiou que os valores de divisão de lucros da empresa que possui com a esposa Lilian não estavam sendo pagos corretamente

De acordo com Alessandro Lo-Bianco, do programa “A Tarde é Sua”, o ex-funcionário praticava uma espécie de golpe que consistia em tirar a assinatura do humorista a da esposa e colocar a dele no lugar.

A fraude foi descoberta em 2018, quando o casal desconfiou que os valores de divisão de lucros da empresa que possuem juntos não estavam sendo pagos corretamente. O funcionário foi descoberto e desligado da empresa. Ele foi indiciado pelo Ministério Público por ter falsificado assinaturas ao longo de três anos, totalizando R$ 3 milhões.

Ainda segundo o colunista do “A Tarde é Sua”, Renato Aragão processou o banco, por causa da falha de segurança. Do Ibahia

Bolsolão: escândalo do orçamento secreto de Bolsonaro é comparado à CPI dos ‘Anões do Orçamento’


 

Esquema de Bolsonaro de compra de apoio parlamentar criou um Orçamento paralelo com desvio de mais de R$ 3 bilhões. O escândalo, comparado ao dos “Anões do Orçamento” dos anos 1990, já tem nome: Bolsolão

Jair Bolsonaro e Congresso Nacional
Jair Bolsonaro e Congresso Nacional (Foto: Reuters)
  O escândalo do  orçamento secreto de Bolsonaro, com o uso de R$ 3 bilhões em verbas do Orçamento Federal de 2020 para contemplar ações patrocinadas por parlamentares bolsonaristas e do Centrão e, com isso, comprar seu apoio ao governo, já tem nome: “Bolsolão”. E está sendo comparado por especialistas ao escândalo dos “Anões do Orçamento”, que no início dos anos 1990 culminou na instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) e resultou na cassação de seis deputados. Outros quatro renunciaram ao mandato antes da conclusão das investigações.

“Vejo semelhança no debate atual com o escândalo denunciado em 1993 e 1994 na CPI dos Anões do Orçamento”, afirma a professora Élida Graziane Pinto, procuradora do Ministério Público de Contas de São Paulo, ao jornal O Estado de S.Paulo.

Parlamentares da oposição irão pedir nesta segunda-feira que o Ministério Público Federal (MPF) e o Tribunal de Contas da União (TCU) investiguem o caso.

No início dos anos 1990, a CPI do Orçamento investigou um esquema de uso de emendas parlamentares para engordar as contas bancárias de congressistas. As ações eram incluídas nas despesas do governo durante a votação do Orçamento e, depois, os parlamentares usavam sua influência para direcionar as concorrências e favorecer empreiteiras, que brindavam seus “patrocinadores” com uma parte do valor.

O caso ficou conhecido como “Anões do Orçamento” devido ao envolvimento de parlamentares de menor notoriedade à época. Segundo documentos históricos da Câmara, as emendas de relator do Orçamento tiveram um papel central no esquema dos anos 90. Elas eram conhecidas poucos instantes antes da votação e eram usadas para turbinar os recursos das emendas.

Os seis deputados cassados na ocasião foram: Carlos Benevides (PMDB-CE), Fábio Raunheitti (PTB-RJ), Feres Nader (PTB-RJ), Ibsen Pinheiro (PMDB-RS), José Geraldo Ribeiro (PMDB-MG) e Raquel Cândido (PTB-RO). Outros quatro renunciaram antes da cassação: Cid Carvalho (PMDB-MA), Genebaldo Correia (PMDB-BA), João Alves (PFL-BA) e Manoel Moreira (PMDB-SP).

Sob o governo Jair Bolsonaro, as emendas de relator voltaram com nova roupagem. Um identificador específico foi criado para elas em 2019, para valer no Orçamento de 2020. Um único parlamentar direciona os recursos que, na prática, são indicados por outros congressistas aliados do governo, sem que haja uma “digital” evidente desse direcionamento.  Do 247

 

Mulher presa por racismo volta a atacar vizinhos no litoral de SP: ‘Negra porca’Mulher presa por racismo volta a atacar vizinhos no litoral de SP: ‘Negra porca’



Nutricionista colou nova ofensa racista contra vizinha em Santos, SP — Foto: Arquivo pessoal

Nutricionista colou nova ofensa racista contra vizinha em Santos, SP — Foto: Arquivo pessoal

A mulher denunciada por vizinhos após escrever ofensas racistas em Santos, no litoral de São Paulo, contra moradores do condomínio em que vive, fez uma nova colagem em sua porta contra uma moradora. O novo bilhete, fixado novamente na entrada do apartamento da nutricionista de 56 anos, foi obtido pelo G1 nesta segunda-feira (10). A investigada já chegou a ser presa acusada de ameaçar vizinhas e praticar injúrias raciais, mas, foi solta na audiência de custódia.

A nova colagem da mulher se refere a uma de suas vizinhas, também já ofendida em outras ocasiões, como “preta retinta”, “porca” e “maloqueira”, além de outros xingamentos de baixo calão (veja imagem acima).

Ela já havia colado papéis na porta de seu apartamento anteriormente, em que se referia aos negros como pessoas de “espírito imundo” e “escória da sociedade”. Na data, foi registrado boletim de ocorrência contra ela por ameaça, injúria e difamação no 7º DP de Santos.

Além disso, no dia 5 de maio, ela chegou a ser presa. A prisão ocorreu também por ela ofender com palavras de cunho racista suas vizinhas e tentar agredi-las, mas a mulher foi solta em audiência de custódia. Mesmo após a repercussão do caso e registro do ocorrido na polícia por parte de moradores do condomínio, a nutricionista retomou os ataques racistas neste domingo (9), segundo informou o zelador Arilton Souza de Carvalho ao G1.

Penúltimo papel colado por nutricionista se refere a negros como pessoas de "espíritos imundos" em Santos — Foto: Arquivo Pessoal

Penúltimo papel colado por nutricionista se refere a negros como pessoas de “espíritos imundos” em Santos — Foto: Arquivo Pessoal

O zelador contou que este último ataque ainda não foi registrado na delegacia, mas a reportagem apurou que a vizinha a qual a nutricionista se refere no novo bilhete já está procurando apoio jurídico após o ocorrido.

O delegado responsável pelo caso, Jorge Álvaro Gonçalves Cruz, afirmou que todos os crimes registrados pela Polícia Civil serão consignados no relatório final do Inquérito Policial (IP) já em curso, para análise do juiz e do Ministério Público (MP).

De acordo com o artigo 140, parágrafo 3º do Código Penal, injúria racial se refere a ofensa à dignidade ou decoro utilizando palavra depreciativa referente a raça e cor com a intenção de ofender a honra da vítima. Já o crime de racismo, previsto na Lei n. 7.716/1989, é aplicado quando a ofensa discriminatória é contra um grupo ou coletividade. Por exemplo, impedir que negros tenham acesso a estabelecimento comercial, privado, etc.

Arilton, o zelador, relata que também já foi alvo de ataques racistas de nutricionista. Mensagem acima foi escrita por ela em abril deste ano — Foto: Arquivo pessoal

Arilton, o zelador, relata que também já foi alvo de ataques racistas de nutricionista. Mensagem acima foi escrita por ela em abril deste ano — Foto: Arquivo pessoal

Entenda o caso

Na madrugada da última quarta-feira (5), moradoras do condomínio chamaram a polícia e registraram também boletim de ocorrência por injúria racial, dano e ameaça contra a suspeita, no 7º DP de Santos. Na ocasião, ela foi presa em flagrante, mas, foi solta na audiência de custódia.

Na data, uma das vizinhas dela relatou que a nutricionista havia colado em sua porta, assim como na de um outro vizinho papéis com dizeres como “negra vaga*****”, “porca”, e ainda que “negro quando não faz na entrada faz na saída”. As ofensas, além de coladas nas portas das vítimas, conforme relataram à polícia, também estavam espalhados na área comum do condomínio.

Segundo relataram as moradoras no registro da ocorrência, ela teria ainda ameaçado matar duas vizinhas com uma barra de ferro. Segundo as vítimas, a mulher costuma atirar garrafas nos corredores e já as ameaçou de morte.

Em entrevista ao G1, o zelador afirmou que sofre ataques com frequência por parte da nutricionista no condomínio, localizado no bairro José Menino. Ele registrou boletim de ocorrência contra ela no fim de 2020, devido a uma agressão que sofreu por parte da investigada, e por ouvir em outras ocasiões xingamentos como “negro”, “marginal” e “preto encardido”.

Ele também relatou que em março deste ano, quando tirava o lixo do condomínio, foi ofendido mais uma vez com palavras de cunho racista. “Nesse dia, após me ofender, ela subiu até o apartamento dela e pegou uma garrafa e voltou para ver onde eu estava. Como a moça da portaria disse que não sabia onde eu estava, ela [nutricionista] a xingou e jogou a garrafa no vidro de onde fica a portaria. Foi registrado outro boletim contra ela na ocasião, por injúria e lesão corporal”, disse.

G1 não conseguiu localizar a suspeita até a última atualização desta reportagem.

Zelador é um dos principais alvos de ataques racistas de moradora de condomínio — Foto: Arquivo pessoal

Zelador é um dos principais alvos de ataques racistas de moradora de condomínio — Foto: Arquivo pessoal

Horror na Bahia: Filha e genro teriam mandado matar Sgt. PM que não aprovava relacionamento


Filha e namorado teriam confessado o crime, em que pagaram R$ 600 para o matador assassinar Pedro Xisto Oliveira de Souza.

O sargento da Polícia Militar Pedro Xisto Oliveira de Souza, de 55 anos, foi encontrado morto no fim da tarde de sábado, 08, com perfurações provenientes de arma de fogo no banheiro da residência onde morava em Caldas do Jorro, distrito de Tucano, município do território do sisal. Segundo informações o militar que antes de ir para reserva remunerada (aposentado), trabalhou na Central Integrada de Comunicação da PM (Cicom).

Ele recebeu cerca de 9 tiros da arma que pertencia a ele. O assassino fugiu e levou a arma. Uma guarnição da Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO) da Polícia Militar foi acionada por volta das 17h, mas acredita-se que o homicídio tenha ocorrido horas antes.

Crime elucidado e chocante

A Polícia de Euclides da Cunha município sede do 5º Batalhão PM e 25ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Cooprin) conseguiu desvendar o crime ainda no local, após ouvir a filha do militar e o namorado dela. Segundo uma fonte, a princípio a jovem chamou a Polícia e disse que encontrou o pai morto no banheiro da residência, mas após questionamentos ela passou a contar a verdade.

 

Citando inclusive que o pai era contra o relacionamento dela com o namorado. No depoimento o jovem teria dito que encomendaram um criminoso que recebeu R$ 600 pelo serviço. Ele e a namorada foram levados para Euclides da Cunha distante 60 km da Caldas do Jorro. As investigações prosseguem agora no sentido de identificar e prender o assassino. // Calila Noticias.

Com estoque limitado, Salvador retoma vacinação da segunda dose da CoronaVac


Salvador está com um estoque de 26 mil doses da CoronaVac para um público estimado de 40 mil pessoas que aguardam dose de reforço

Com estoque limitado, Salvador retoma vacinação da segunda dose da CoronaVac

Foto: Betto Jr. / Secom

Por: André Uzêda no dia 10 de maio de 2021 às 08:17

Os pacientes que aguardam a aplicação da segunda dose da CoronaVac em Salvador comemoram o retorno da vacinação na capital. Nesta segunda-feira (10) as pessoas que estão com a data de reforço marcada no cartão de vacina para o dia 1º de maio poderão procurar os postos (veja relação completa abaixo).

No último sábado (8), desembarcou na Bahia uma carga de 60.200 doses de CoronaVac. Desta quantidade, 26 mil ficaram em Salvador. No entanto, essa quantidade é insuficiente para atender todos os pacientes em espera para a dose de reforço. No total, 40 mil soteropolitanos aguardam a segunda dose.

A crise de estoque começou quando o Ministério da Saúde recomendou que os lotes (antes guardados para quem tomou a primeira dose) fossem integralmente aplicados, na esperança de uma reposição imediata — o que, efetivamente, não aconteceu.

Questionado pelo Metro1 se houve arrependimento em seguir o Ministério da Saúde, Bruno Reis disse que não tinha nada a fazer. “Se o governo federal diz que pode aplicar 100% das doses, que eles garantem, o que vamos fazer? Se eu tivesse retido, tenho certeza que a população e a imprensa iriam questionar… Ou seja, cumprimos o que estava determinado. Se o governo federal não garantiu, quero que as pessoas julguem com responsabilidade o que fez cada um”, pontuou.

Confira os pontos de vacinação de segunda dose da CoronaVac em Salvador.

Drives: PAF Ondina, FTC Paralela, Barradão, Centro de Convenções e Shopping Bela Vista.

Pontos fixos: FTC Paralela, Barradão, USF Teotônio Vilela II e USF Yolanda Pires. Do Metro1

Bolsonaro segue Carluxo, dobra aposta na cloroquina e põe Brasil à beira do abismo


Carluxo, o pai e Walderice Santos da Conceição, a ‘Wal do açaí: quem é o médico e quem é o louco?

 

De médico e louco todo mundo tem um pouco.

Bolsonaro tem os dois – e a evidência está na sua desastrosa gestão da pandemia do coronavírus.

Mesmo com o ministério da Saúde apagando de seu portal a recomendação para o uso da cloroquina e, consequentemente do tratamento precoce, o mandatário insiste em indicar a droga sem nenhuma comprovação científica aos seus seguidores.

Foi o que fez na manhã desta sexta, 7, em resposta à CPI da Covid no Senado.

Bolsonaro dobrou a aposta e provocou:

“- Resposta aos inquisidores da CPI sobre o tratamento precoce:

1- Uns médicos receitam Cloroquina;
2- Outros a Ivermectina; e
3- O terceiro grupo (o do Mandetta), manda o infectado ir para casa e só procurar um hospital quando sentir falta de ar (para ser entubado).
– Portanto, você é livre para escolher, com o seu médico, qual a melhor maneira de se tratar.
– Escolha e, por favor, não encha o saco de quem optou por uma linha diferente da sua, tá ok?”

Esse é o lado médico do genocida.

O outro, o louco, está em seguir os conselhos do filho desmiolado, Carlos Bolsonaro, para quem o capitão deve sectarizar o debate a cada vez que a água bater na bunda.

Quando o mundo se choca com os absurdos da crise no Brasil, e o general Pazuello foge das investigações como o diabo da cruz, sabendo das consequências da sua irresponsabilidade em Manaus, Carluxo manda o pai para o confronto.

A má notícia: Bolsonaro vai.

Não por acaso estamos à beira do abismo.

Fonte DCM

Haddad disse que “o único compromisso de Bolsonaro é com a morte, de qualquer maneira’,


O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad voltou a criticar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nas redes.

“O único compromisso de Bolsonaro é com a morte, de qualquer maneira”, diz Haddad em publicação no Twitter.

O petista se refere à chacina na favela do Jacarezinho, no Rio, que deixou 25 mortos. Bolsonaro não disse uma palavra sequer sobre o caso.

Outra ações do presidente tem levado boa parte da sociedade, de que morrer gente no país dar um parecer de pauta do mandatário. O governador da Bahia, Rui Costa, disse em outra ocasião, que o presidente da República está de mãos dadas com o vírus e com a morte.

 

 

Mulher dá à luz nove gêmeos, cinco meninas e quatro meninos


Halima-Cisse-e-os-9-bebes-696x392

Uma mulher do Mali deu à luz nove gêmeos, nesta terça-feira (04/05), e todos os bebês (cinco meninas e quatro meninos) estão bem, anunciou o governo.

O parto foi realizado no Marrocos, para onde Halima Cissé, 25 anos, foi levada no dia 30 de março, para um melhor acompanhamento da gravidez extremamente rara, conforme explicou o Ministério da Saúde.
Os especialistas estavam preocupados tanto com a saúde de Halima como com as hipóteses de sobrevivência das crianças, que nasceram de cesariana.
“A mãe e os bebês estão bem até agora”, disse a ministra da Saúde do Mali, Fanta Siby, à AFP, acrescentando que devem regressar a casa dentro de algumas semanas.
A governante deu ainda os parabéns “às equipes médicas do Mali e de Marrocos, cujo profissionalismo está na origem do feliz desfecho desta gravidez”. Apesar disso, o porta-voz do ministério da saúde marroquino, Rachid Koudhari, afirmou não ter conhecimento do caso.Macaubenselife

 

Autor de atentado tinha medo de dormir sozinho, sofria bullying e maltratava animais


Autor do atentado em creche dormia na cama dos pais, maltratava animais e sofria bullying na escola, diz familiar. Arma usada no crime tem modelo de espada ninja e foi comprada em grande plataforma do varejo digital na última semana

fabiano kipper mai arma
Modelo, fabricado no Brasil, da arma usada por Fabiano Kipper Mai em ataque

Autor do atentado em uma creche na cidade de Saudades (SC) na terça-feira (4), Fabiano Kipper Mai foi descrito pela Polícia Civil como “problemático”. O pai do jovem de 18 anos afirmou que o filho sofria bullying na escola e tinha medo de dormir sozinho. Os investigadores também ouviram do pai que Fabiano tinha o hábito de maltratar animais.

“Ele era muito introspectivo, não tinha muitos amigos e os que tinha se afastou nas últimas semanas. Dormia na mesma cama que o pai. O pai falou que ele tinha medo de dormir sozinho, judiava dos bichinhos da casa. Sofreu bullying na escola”, contou o delegado Jerônimo Marçal.

A arma escolhida por Fabiano para cometer os crimes é de um modelo que se assemelha a uma espada ninja. De acordo com um parente do acusado, a faca foi comprada em uma grande plataforma de varejo digital dias antes da ação que causou a morte de três crianças e duas professoras da unidade de educação.

A arma branca, de fabricação nacional em lâmina de aço inoxidável, é inspirada no modelo conhecido como “Red Guardian Ninja Sword”, produzido nos Estados Unidos.

“Ele chegou a mostrar a faca aos seus pais na semana passada. Disse que havia comprado em um site conhecido de compras. E avisou que iria atrás de um suporte de parede para deixar a faca como objeto de decoração. Falou que era uma faca decorativa”, disse João Erotildes dos Reis, casado com uma tia de Fabiano.

A mãe de Fabiano ainda não falou com a imprensa sobre o atentado ou a respeito da personalidade do filho. A mulher disse apenas que seu “coração está sangrando de dor”.

Detalhes do ataque

O ataque ocorreu às 10h30 de terça-feira. Com a arma em punho, Fabiano cruzou o acesso principal do Centro de Educação Infantil Aquarela. Encontrou pelo caminho sua primeira vítima, a professora Keli Aniecevsk, de 30 anos, morta a golpes de faca perto da entrada da unidade.

Depois, matou a professora assistente Mirla Renner, de 20 anos. E então, esfaqueou quatro crianças que estavam em sala de aula. Três morreram: Sarah Luiza Mahle Sehn, de 1 ano e 7 meses, Murilo Massing, de 1 ano e 9 meses, e Anna Bela Fernandes de Barros, de 1 ano e 8 meses. A quarta criança estava internada em estado grave em uma UTI.

As professoras conseguiram trancar as outras crianças — cerca de 20 — e impedir uma tragédia ainda maior. Os gritos de desespero chamaram a atenção de vizinhos e pessoas que trabalhavam nos arredores.

Dois moradores entraram no colégio munidos com pedaços de madeira. Ao perceber a aproximação, o criminoso cortou o próprio pescoço com o facão utilizado para matar suas vítimas. Ele não conseguiu concluir a tentativa de suicídio e ficou estirado no chão.

“Ele estava sangrando bastante, mas permaneceu consciente. Perguntava quantas pessoas tinha matado. E dizia que queria morrer”, diz o soldado Raphael Blazech, do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina, que fez parte do primeiro grupo da corporação a chegar ao Centro de Educação Infantil Aquarela, minutos após o ataque.

Fabiano Kipper Mai permanece internado em estado gravíssimo. Do Pragmatismo Politico