Seca agrava e preocupa. As ações estão aquém do que deveria


Resultado de imagem para foto de falta de água

Mãos cansadas da lida não acharam água para se lavar

Por Walter Salles-  Geralmente quando se fala em seca, se pensa logo em pastagens de cor acinzentada e gado magro. Agora a coisa começa a se agravar, principalmente nas cidades do nordeste, pois o que está secando são as torneiras das casas e os mananciais que por muito tempo abasteceram as cidades. Acontece que o homem, diante de tantos problemas que podem afetar drasticamente a sua vida e do planeta, parece está anestesiado e pouco se move para amenizar o problema, principalmente os governantes ou os que estão regendo a orquestra do alto escalão da política.

01

Mas há quem ganhe muito com a seca. A indústria da perfuração de poços artesianos cresce por toda parte

Estou sentindo que vou, mais uma vez, falar de Deus e do que está escrito na sua carta que é a bíblia. Em outras ocasiões, há um pouco de tempo atrás, tipo quando Davi governou uma região da terra por permissão de Deus, por muito menos ele já reunia com os seus subordinados para falar com Deus e pedir perdão pelos erros do povo. Mas o que se ouve e vê por aí, na atualidade, é que enquanto os acontecimentos climáticos sinalizam caos no futuro, a briga pelo poder e a corrupção está dando “no meio da canela”. Os carros de som que passam pelas ruas nada falam a respeito, para que o povo possa ao menos se preparar para uma situação que, sem querer ser profeta, mas sim coerente, está batendo às portas.

Imagem relacionada

Essa situação aí, de pessoas brigando por um balde d’água, é na Índia. Mas em boa parte do mundo, inclusive alguns Estados dos EUA, como a Califórnia e outros também sofrem a falta do líquido mais valioso da terra.

Muitas cidades da região, como Lajedo, Itiruçu, Maracás e tantas outras estão na “corda bamba”, contando apenas com a misericórdia de Deus, acreditando que a qualquer momento possa Ele possa  mandar muita água dos céus. Os grandes mananciais da região de Maracás secaram e o socorro, que deveria ser por pouco tempo, apenas enquanto o governo tirasse do papel o pré projeto de vir água da represa Bandeira de Melo, Rio Paraguaçu, a população de Maracás vai continuar consumindo a água do subsolo através de poços artesianos até quando der certo.

Resultado de imagem para rio sao francisco em remanso

Toda essa área aí é lugar de água do Ria São Francisco na cidade de Remanso, Norte do Estado. No momento a cidade sofre racionamento

Os fazendeiros da região do semi-árido, que já tiveram os seus rebanhos reduzidos em 80%, com as grandes estiadas do passado, já não sabem o que fazer para salvar o que restou. O estranho é que os plantadores de ort frut e outras lavouras, usam a água do subsolo como se fosse algo que resolveu o problema e tudo está solucionado, sem saber que a água que está  sob a terra depende da água que cai sobre a terra, ou seja: tem que ser reposto tudo que sai. Do jeito que está sendo praticado é como tirar água de um volume parado. Vai chegar uma hora que reservatório vai secar, como já vem acontecendo em várias regiões. Em Irecê, cidade do Norte da Bahia, foram centenas de poços abertos através do projeto do Bispo Marcelo Crivella, que secaram todos.

Resultado de imagem para fotos da seca do nordeste

Garota divide com os porcos o restinho de água da cacimba rasa

O que acontece é que ninguém quer fazer o replantio das matas, inclusive as ciliares, para manter os rios vivos, mas querem água, querem ar puro e querem boa vida. Só amigo, que do jeito que a coisa vai, o nordeste, parte do norte do país e norte de minas gerais, vai virar deserto, há muito tempo a ciência vem tentando alertar a todos, mas a devastação só piorou.