Riobranquenses se mobilizam para ajudar mulher com câncer que teve benefício negado pelo INSS


Que o INSS é uma das instituições que mais gera reclamação dentre a população isso é fato, mas o que impressiona é o nível de omissão e negligência do órgão frente aos inúmeros casos de pessoas que necessitam dos serviços da Previdência Social.
A senhora Maria Rosângela comoveu o Acre durante reportagem veiculada em um jornal local. A mesma mostrou a situação de miséria em que se encontra, uma realidade social de milhares de brasileiros.

Maria Rosângela sofre de Câncer, mora em uma casa simples no Bairro Taquari, periferia da capital. Ela chora e implora para alguém lhe socorrer. O INSS negou o benefício de Prestação Continuada – BPC – um auxílio garantido para pessoas como ela.

Para piorar a situação, Rosângela teve o Bolsa Família dos filhos cortado. Era a única renda, usada para comprar comida. Depois da reportagem ir ao ar, diversas manifestações de revolta e apelo foram feitas nas redes sociais, por centenas de pessoas. Grupos de apoio as questões sociais, internautas de todos os locais de Rio Branco, iniciaram campanhas pedindo ajuda para Rosângela.

Uma postagem do internauta Francisco Panthio alcançou centenas de compartilhamentos em pouco tempo. Muitas pessoas comentaram indignadas. Outras de imediato se mostraram solidárias e pediam contato, endereço, para levar sua ajuda à família necessitada.
Assim como Rosângela, muitas pessoas vivem em situação de penúria social, sem amparo, sem comida, um retrato do descaso e da desigualdade de um País onde muitos têm pouco e pouco êm muito.

Aos que quiserem ajudar, seguem o endereço e contato via celular da Maria Rosângela.
Loteamento Praia do amapá: Rua Praia Futuro nº 238
Fone: 9227-9780