Policiais militares atiram ao lado de idosos e crianças durante ação em bairro de Salvador


Ao menos quatro disparos foram efetuados durante condução de suspeito | FOTO: Reprodução/Correio 24h |

Policiais militares apontaram armas e atiraram para cima diante de moradores e crianças, em uma rua do bairro da Liberdade, no último sábado (24). As imagens foram gravadas por uma testemunha, durante a prisão de uma morador da rua, e o vídeo circula nas redes sociais. Nos 2 minutos e 11 segundos de gravação dá para ver o momento em que três policiais aparecem colocando o homem no fundo de uma viatura da Rondesp com prefixo 2.2210 diante dos olhares e gritos de mais de dez moradores, incluindo crianças.

Uma moradora do local, que preferiu não se identificar, conta que seu filho mais novo estava na primeira travessa São Domingos e foi levado pelos policiais no fundo de uma viatura. Não se sabe se o homem que aparece sendo colocado dentro do carro é o filho dela. Ela conta ainda que o jovem é usuário de drogas e estava fumando na rua quando a PM chegou. “Meu menino correu, pulou um muro e entrou em uma casa. Queriam matar meu filho lá dentro”, disse. Ainda de acordo com a moradora, os policiais colocaram o jovem no chão após tirá-lo da residência.

No áudio não dá para ouvir exatamente os que as pessoas questionam, mas logo em seguida um dos policiais manda elas saírem de perto. Na sequência, o mesmo policial aparece empurrando um homem que acompanhava a situação e depois usa uma arma de grosso calibre para atirar para cima e grita: “fora, desgraça”. Uma moradora ainda questiona: “Pra que isso? Tem criança aí”. Após o tiro, os moradores se afastam e um outro policial vai na direção deles e efetua pelo menos mais três disparos. O som dos tiros é acompanhado pelo grito de desespero das pessoas.

Procurada, a Polícia Militar confirmou que a ação policial ocorreu na Liberdade, mas não informou o nome da rua, o motivo da prisão do homem, nem para onde ele foi levado. Segundo a mãe, o seu filho mais velho tentou ajudar o irmão e foi atingido na perna por uma bala de borracha. Ela informou que o jovem já fez o exame de corpo de delito. “Meu filho mais velho chegou e mandaram ele sair, empurraram ele. Ele se negou a sair e os policiais disseram que iam atirar. A PM pegou arma de borracha e atirou na perna do meu filho mais velho”, disse.

A moradora disse ainda que o acontecimento é recorrente. “Acontece muito. Sempre que eles entram aqui eles vem dando tiro, nem veem se tem gente na rua. Meu filho é usuário de drogas e foi levado como traficante de drogas”, contou. Através de nota, a PM disse que “o Comando de Policiamento Regional da Capital (CPRC BTS) vai instaurar um feito investigatório para apurar as circunstâncias de uma abordagem de policiais militares da Rondesp BTS, no bairro da Liberdade, registrada através de vídeo”. A PM também lamentou o ocorrido e ressaltou que não compactua com esse tipo de conduta. As informações são do site Correio 24h.

Confira vídeo aqui