Planaltino: Convicto e seguro Sandro segue a sua caminhada como presidente da câmara de vereadores


Café com Leite Notícias: Desde dezembro, quando o atual presidente da câmara de Planaltino, Alexandro da Silva deixou a Secretaria de Governo Municipal para reassumir como vereador, ele já sentiu as primeiras perseguições, mas, entretanto, baseado nas leis, o que lhe dão respaldo para enfrentar os obstáculos, Sandro, como é conhecido popularmente, seguiu em frente, tomou posse dias depois e partiu para reivindicar os seus direitos junto a justiça e conseguiu. Para Sandro, ficou bem claro que foi algo proposital, pois quando aconteceu a sua posse já tinha ocorrido a eleição da nova mesa diretora, a qual ele foi proibido de concorrer para o cargo de presidente, por alegação da bancada ligada ao executivo, que tinha como presidente da Câmara o irmão do prefeito, Gilvan Braga, falta de legalidade do seu afastamento da secretaria municipal, onde disse que não havia sido publicado no diário oficial o que não lhe deu posse e, conseguentemente, ele não pode  concorrer ao cargo de presidente daquela casa de leis. Só que, como lembrou bem o presidente, quem tem que publicar os acontecimentos no Diário Oficial, no caso do executivo, é o próprio executivo.

Nova eleição com direito a Polícia Militar apaziguando a situação

Foto do blog Marcos Frahm

 

Em dezembro a eleição aconteceu com chapa única e foi eleito de forma arbitrária como disse Sandro, Roque Edmilson, mas aí sim, foi aberta uma brecha para que Sandro Silva entrasse na justiça com um pedido de impugnação da eleição, pois o suplente naquela votação já não era mais um vereador que pudesse fazer parte da votação.

Foi então que o Sandro Silva conseguiu uma liminar, a eleição foi cancelada no mês de março e no dia 12 de abril aconteceu uma nova eleição, onde ele, Sandro, foi eleito com 5 votos a 4 num clima tenso, que até polícia foi chamada para apaziguar a situação.

Só que as coisas não pararam por aí. A bancada executiva também entrou na justiça para derrubar a liminar que dava direito ao novo presidente, onde no dia 29 de outubro foi julgado o processo, mas o resultado foi dando o direito da permanência da liminar para Sandro continuar como presidente da Câmara de Vereadores de Planaltino por 3 votos.

Naturalmente que os opositores ao presidente queiram procurar outras instâncias para tentar derrubar a liminar, mas o bom mesmo seria as coisas se acalmarem para que o presidente, que em conversa com a nossa reportagem deu pra perceber as suas boas intenções sobre Planaltino, diga-se de passagem, possa realmente ter condições de fazer um bom trabalho.

Dentre outras ações que possam elevar o legislativo da cidade, dentro das reais funções de um poder legislador, está a boa convivência entre todos da casa e fazer a coisa certa, como disse Sandro, pois se a casa é para representar o povo que assim seja, ” e só vai passar o que vier a ser bom para a população”, ressaltou o presidente.

Outra notícia boa que Sandro Silva deu, foi que está previsto para o ano que vem uma grande reforma na casa de leis, inclusive uma ampliação, que será construção de dependências no segundo piso.

Atualmente o quadro da câmara de Planaltino está assim:

Presidente, Sandro Souza da Silva – Vice Presidente,  Evaldo Assis de Souza –

1° Secretário, Jaime Gomes Almeida – 2° Secretário, Raimundo Dionízio de Almeira e demais vereadores que são:  Genival Pereira de Souza, Rener Oliveira de Souza, Ivan Santos Novaes, Roque Edmilson Ribeiro de Lima e Gilvan Alves Braga.

Quadro de funcionários: Juracy Caires Viana, Controlador Interno – Juliane Lacrose Caldas , Diretora de secretaria, Rosilene Pires dos Santos e Maria Cristina Bastos de Souza em demais funções úteis.