(77) 99152-6666

Operação ‘Primeira Parcela’: PF combate fraudes no auxílio emergencial na Bahia


A polícia cumpre quatro mandados de prisão temporária e sete mandados de busca, todos no município de Simões Filho, região metropolitana de Salvador

[Operação 'Primeira Parcela': PF combate fraudes no auxílio emergencial na Bahia]
Foto : Divulgaçã

Na manhã de hoje (9), a Polícia Federal (PF) deflagrou a Operação “Primeira Parcela” com o intuito de identificar e desarticular a atuação de indivíduos e de organizações criminosas que cometeram fraudes para obter, ilicitamente, valores do Auxílio Emergencial. A ação acontece em três estados: Bahia, São Paulo e Tocantins.

No estado baiano, a PF cumpre quatro mandados de prisão temporária e sete mandados de busca, todos no município de Simões Filho, região metropolitana de Salvador e expedidos pela 17ª Vara Criminal da Justiça Federal.

Além dos mandados, foi autorizada a quebra do sigilo bancário das contas dos investigados e o bloqueio dos valores depositados, bem como o sequestro de veículos usados pelos integrantes da organização criminosa. Com informações do Metro1

 

Error, no Ad ID set! Check your syntax!

Justiça Eleitoral do Amapá diz que 1º turno ocorrerá normalmente, mesmo com apagão


Corte eleitoral garante que urnas têm autonomia para garantir direito ao voto da população

[Justiça Eleitoral do Amapá diz que 1º turno ocorrerá normalmente, mesmo com apagão]
Foto : Rudja Santos/Amazônia Real

O Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) confirmou que o estado, apesar do apagão registrado desde a última terça-feira (3), o primeiro turno das eleições municipais ocorrerá normalmente no próximo dia 15. “A Justiça Eleitoral do Amapá está cumprindo rigorosamente o Calendário Eleitoral e está preparada para a realização das Eleições de 2020 em todo o Estado do Amapá”, diz a nota, salientando que o governo estadual “garantiu que haverá energia em todos os locais de votação”.

Embora a situação esteja crítica, o TRE-AP informou que as urnas eletrônicas têm bateria com “autonomia suficiente para garantir o direito de voto do primeiro ao último eleitor de cada seção eleitoral”, caso haja novos problemas com o fornecimento de energia.

A falta de eletricidade começou gradualmente na terça, quando um incêndio atingiu uma subestação de energia na região da capital. O desligamento de energia foi necessário por conta dos problemas nos transformadores. Quatorze municípios estão com abastecimento comprometido.

Para tentar contornar o problema, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) afirmou que enviará 1,2 mil baterias novas de urnas eletrônicas para o TRE do Amapá, de modo a assegurar a realização do primeiro turno das eleições municipais, marcado para o dia 15 de novembro. Fonte:Metro1

Rui assina ordem de serviço para início das obras da nova Rodoviária de Salvador nesta segunda-feira


Rui assina ordem de serviço para início das obras da nova Rodoviária de Salvador nesta segunda-feira
Crédito da Foto: Alberto Coutinho/GovBa

A ordem de serviço para construção do novo Terminal Rodoviário de Salvador será assinada pelo governador da Bahia, Rui Costa (PT), nesta segunda-feira (9/11), às 8h30, no bairro de Águas Claras. A nova todoviária ficará localizada no referido bairro, às margens da BR-324.

Em uma área de 200 mil m², a rodoviária será mais moderna e integrada ao sistema de transporte da capital baiana, além disso se ligará a estação do Metrô de Águas Claras, com o terminal de transporte de ônibus metropolitano e urbano e, futuramente, com o corredor de BRT, na Avenida 29 de março. Em comparação a atual rodoviária, a parte do terminal triplicará de tamanho de 22 mil m² para 70 mil m².

Com investimentos estimados em R$ 120 milhões, o prazo previsto de construção é de dois anos. Do Aratuon

Conheça a trajetória de Joe Biden até a presidência dos EUA e saiba quem ele é


Candidato presidencial democrata Joe Biden fala aos apoiadores em Wilmington, Delaware, na quarta-feira (4) — Foto: Paul Sancya/AP

O 46º presidente dos Estados Unidos, o democrata Joseph Robinette Biden Jr., de 77 anos, tem longa trajetória na política norte-americana. Além de vice-presidente no governo Obama, foi senador do estado de Delaware por seis mandatos consecutivos até disputar as eleições presidenciais contra Donald Trump.

Joe Biden nasceu em 1942, em Scranton, no estado da Pensilvânia. Filho de um vendedor de carros, Biden costuma exaltar suas origens e a classe trabalhadora em comícios. “As famílias trabalhadoras precisam de alguém a seu lado… Porque certamente não têm ninguém a seu lado com este presidente [Trump]”, afirmou durante Convenção Nacional Democrata.

Formado em Direito, o democrata iniciou cedo sua carreira política. Aos 29 anos, em 1972, ele foi eleito senador em Delaware, um dos mais jovens senadores da história norte-americana. A comemoração, no entanto, durou pouco. Um mês depois, Biden perdeu sua primeira esposa, Neilia Hunter, e sua filha de um ano em um acidente de carro quando saíram para comprar uma árvore de Natal.

Além das mortes, seus outros dois filhos, Beau e Hunter, ficaram gravemente feridos. Na cerimônia de posse como senador, Biden fez seu juramento em um hospital, ao lado do leito das duas crianças. O filho mais velho, Beau, tentou ingressar na política, mas acabou morrendo de câncer em 2015.

 

Ao contrário do que aconteceu no Brasil, Biden disse que quer união com todos os americanos

Assim como tem feito em todos os discursos desde o encerramento da votação, o presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou em seu primeiro discurso desde a sua vitória nas eleições que pacificará e unirá o país.

—Que esta era sombria de demonização nos EUA comece a acabar aqui e agora — afirmou Biden. — Prometo ser um presidente que irá unir e não dividir. Que não verá estados vermelhos nem azuis, mas os Estados Unidos — diz Biden em discurso da vitória

O discurso foi concendido em um centro de convenções em Wilmington, Delaware, onde Biden está concentrado. À frente do palco, milhares de pessoas se reuniam, com luzes de led e bandeiras americanas. A maioria foi de carro e usava máscaras, mas havia aglomerações.

Biden disse que “agora é a hora de se curar”.

— Agora que essa campanha acabou, qual é a vontade do povo? Qual é o nosso mandato? Os EUA nos convocaram para organizar as forças da decência e as forças da justiça — disse Biden.

O presidente eleito afirmou que, agora que a campanha chegou ao fim, irá deixar um de seus slogans de lá e não dirá mais que há uma “batalha pela alma dos Estados Unidos”. No lugar disso, disse, “devemos restaurar a alma dos Estados Unidos”.

— Nossa nação é moldada pela batalha constante entre nossos melhores anjos e nossos impulsos mais sombrios. Que nossos melhores anjos prevaleçam — afirmou. — Devemos tornar a promessa deste país real para todos.

Biden prometeu trabalhar para “reconstruir a classe média e tornar os Estados Unidos respeitados de novo”, afirmando que a palavra central do país é “oportunidade”.

Ele disse que a tarefa número um será controlar a pandemia da Covid-19, sem o que é impossível recuperar a economia. Homenageou os afro-americanos, que ficaram do seu lado e seu dirigiu aos eleitores de Donald Trump:

— Entendo o desapontamento dos que votaram em Trump, mas vamos nos dar uma chance. É tempo de deixar a retórica dura de lado e deixar de tratar nossos oponentes como inimigos. Ele não são inimigos, somos todos americanos.

Logo antes de ele entrar, a sua vice, Kamala Harris fez um discurso de introdução.

— O congressista John Lewis antes de ser aprovado disse que a democracia não é um estado, mas um ato — afirmou no começo, em referência ao líder do movimento pelos direitos civis morto pouco antes da eleição. — A democracia americana só é forte se houver nossa disposição de lutar por ela.”

A ex-senadora da Califórnia agradeceu os eleitores, afirmando que escolheram “esperança e unidade, decência, ciência e, sim, verdade. ”

Harris, a primeira mulher a ocupar a Vice-Presidência dos Estados Unidos, fez uma referência ao significado histórico deste fato.

— Como prova do caráter de Joe, ele teve a audácia de quebrar uma das barreiras mais substanciais que existem em nosso país e selecionar uma mulher como sua vice-presidente. Embora eu possa ser a primeira mulher neste escritório, não serei a última — afirmou.

Harris também disse que a democracia “exige luta, sacríficio, mas há alegria nisso”.

— E há progresso, porque nós, o povo, temos o poder para construir um futuro melhor.

Ex-vice-presidente de Barack Obama e um veterano da política de 77 anos, o democrata Joe Biden foi eleito o 46º presidente dos Estados Unidos na tarde deste sábado, segundo projeções de diferentes veículos da imprensa americana. Biden foi dado como vitorioso após assegurar sua vantagem no estado da Pensilvânia, somando 273 votos no Colégio Eleitoral, três a mais do que mínimo de 270 necessário para garantir a vitória nacional.

Todos os resultados são, por enquanto, baseados em projeções dos principais meios de comunicação americanos — como nos EUA cada estado tem as próprias regras eleitorais, não há um órgão nacional que centralize a apuração dos votos e a a proclamação dos resultados. Em alegações desprovidas de provas, Donald Trump questiona os resultados em um grande montante de processos na Justiça. Segundo especialistas em lei eleitoral, as ações têm pouca chance de sucesso.

Fonte desta dupla matéria Revista Forum e EXTRA

 

Haddad: Bolsonaro atrelou destino do país a um governante estrangeiro e agora afundou Brasil no absurdo


 

O ex-prefeito de São Paulo e ex-candidato à Presidência Fernando Haddad criticou de maneira aguda a postura de Jair Bolsonaro depois da vitória de Joe Biden na eleição dos EUA. Todos os líderes mundiais de algum relevo cumprimentaram Biden; Bolsonaro, não.

Escreveu Haddad: “Lamentável a postura do governo brasileiro que atrelou nosso destino ao de um governante de outro país e agora não sabe como se portar. Hoje, talvez fique claro para todos o tamanho do absurdo”.

Acontece que pelo tamanho da tristeza do presidente do Brasil, ele acreditava que o Tramp era infalível e que as negociações ao modo de ambos ia continuar.
Com a derrota do Donald Tramp é como se o governo brasileiro está sem saber como serão as relações diplomáticas daqui por diante.
Fonte 247

 

Enquanto o Bolsonaro silencia, o mundo sabe que Biden ganhou as eleições dos EUA


Ela também retuitou com emojis de flores o vídeo de Kamala ligando para Joe Biden para contar a notícia: “conseguimos, Joe (We did it)”.

“Temos muito a fazer frente aos desafios de hoje. Ajamos juntos”, publicou o presidente francês Emmanuel Macron em sua conta no Twitter.

O partido do presidente francês Emmanuel Macron parabenizou igualmente os novos presidente e vice-presidente dos Estados Unidos. “Esse retorno dos progressistas ao poder nos Estados Unidos é uma esperança para todos!”, publicou no Instagram.

Líder do Acordo de Paris, o ex-presidente francês François Hollande também foi ao Twitter celebrar os novos habitantes da Casa Branca: “A eleição de Joe Biden é uma boa notícia para a democracia americana, uma boa notícia para o planeta com o retorno dos Estados Unidos ao acordo pelo clima. E uma nova oportunidade para a Europa se ela conseguir refundar uma parceria transatlântica”.

A primeira-ministra alemã Angela Merkel publicou no Instagram: “Parabéns! Os cidadãos americanos decidiram. Joe Biden torna-se o 46º presidente dos Estados Unidos da América. Desejo-lhe sinceramente sorte e sucesso, e também parabenizo Kamala Harris, a primeira vice-presidente eleita de seu país.”

“Estou ansiosa para trabalhar com o presidente Biden no futuro. Nossa amizade transatlântica é insubstituível se quisermos vencer os grandes desafios desta época”, completou.

Antigo aliado de Trump, o secretário de relações exteriores do Reino Unido Dominic Raab parabenizou seus novos colegas de trabalho, observou que o presidente derrotado “trabalho duro” para ganhar, mas afirmou no Twitter que: “não vejo ahora de trabalhar com a nova administração. A amizade do Reino Unido com os Estados Unidos sempre foi a força para o bem do mundo”.

O presidente de governo espanhol Pedro Sanchez parabenizou os vitoriosos americanos no Twitter: “Parabéns Joe Biden e Kamala Harris. Desejamo-lhes sorte. Estamos preparados para cooperar com os Estados Unidos e fazer frente aos desafios globais”.

O vice-presidente de governo espanhol Pablo Iglesias também celebrou os resultados. “uma boa notícia para o planeta, na medida em que a extrema-direita global perde seu ativo político mais poderoso. Mas a ultradireita que só aceita a democracia ganha, segue sendo um enorme perigo para a América e Europa”, alertou.

Quem também parabenizou os novos eleitos americanos foi António Costa, primeiro-ministro português, no Twitter. “Parabéns ao Presidente eleito Joe Biden. Espero que em breve possamos trabalhar no reforço das relações transatlânticas e na gestão de assuntos globais, como as alterações climáticas, a defesa da democracia e a segurança internacional”, publicou no Twitter.

“Parabéns ao povo americano e às instituições pela admirável vitalidade democrática. Estamos prontos para trabalhar com o presidente eleito Joe Biden para fazer a relação transatlântica mais forte. Os Estados Unidos podem contar com a Itália como um sólido aliado e parceiro estratégico”, afirmou Giuseppe Conte, presidente do conselho de ministros da Itália.

Na Itália, o Partido Democratico disse através de seu secretário nacional Nicola Zingaretti nas redes “Vai Biden!” e também expressou esperança: “Com Joe Biden 46o presidente dos Estados Unidos, abre-se um novo tempo de esperança e diálogo não só para a América, mas para todo o mundo. Uma grande alegria para nós democratas, uma mensagem de unidade para todos os progressistas”.

“A Europa e os Estados Unidos compartilham um sistema de valores, os quais defendemos. Nao vejo a hora de trabalhar para nossa futura cooperação”, parabenizou Sebastian Kurz, primeiro-ministro da Áustria.

A reação da classe política europeia não ocorreu no entanto na mesma velocidade. O silêncio do aliado de Trump e primeiro-ministro inglês Boris Johnson chamou a atenção da deputada inglesa Caroline Lucas no Twitter: “Vamos Boris Johnson! Quando vai parabenizar Joe Biden e Kamala Harris?”

As personalidades políticas europeias ansiavam vividamente por esse resultado. Sua reação é de alívio. Isso porque a gestão Trump representou uma ruptura na tradicional aliança transatlântica que caracterizava a relação entre ambos principalmente desde o fim da Segunda Guerra Mundial.

Grosserias como a recusa de Trump de apertar a mão da primeira-ministra alemã Angela Merkel e novas taxas impostas a produtos europeus esfriaram a relação dos dois lados, fazendo com que os líderes europeus entendessem que deveriam reforçar sua autonomia em termos de defesa, indústria e comércio, o que não aconteceu.

A vitória de Biden é portanto a esperança de poder voltar a contar com proteção americana diante do que os líderes políticos europeus entendem como ameaça russa e chinesa, além da derrubada das tarifas impostas por Trump e a volta a um diálogo respeitoso e digno.

Fonte DCM

Walter Salles comunicando com a galera. Prestem a atenção que é profundo!!!


Café Com Leite Notícias: O ridículo chega a ser ridicularizado ainda mais quando a mídia fecha as portas para o homem que é considerado o mais poderoso do planeta.

Se trata do Trump, isso mesmo, o presidente ainda, segundo indicadores dos resultados da eleição, que teve o seu discurso fora do ar das TVs americanas, por ser um discurso fora de órbita ou de qualquer ouvido, por mais alienado que seja o americano, pois foi considerado um discurso mentiroso. Acontece que o cara não sabe perder uma política, e fica inventando coisa que nada tem a ver. Meio parecido com o daqui que disse em alto e bom som, que foi fraudado nas eleições, ou seja, quis dizer que foi roubado na contagem de votos, pois ele faturou foi no primeiro turno.

Que ridículo! Deixa ter um revestrés e o Trump virar, ganhando em todos os estados que falta contar os votos, que logo ele vai desistir da recontagem. É um babacão mesmo. Ambos, americano e brasileiro, têm que andar de mãos dadas, um com uma calça colorida, uma bata cor de rosa para combinar com a sapatilha, e ou outro com o cabelo afuazado pra dizer que é muito doido e não liga pra P…de nada.

E em Maracás, como anda o panorama político? 

Bom, em Maracás o bicho tá pegando. Muitas denúncias, gravações de conversa, e, em muitos casos, muita baixaria também. É normal isso? Em Maracás deve ser.

O crescimento do 55, como é chamado a chapa do empresário Fabio Penna e professor  Fal, percebe-se que tem assustado o 12, do prefeito Soya e Samuel do Mercado Maracás.

Empuuuurrra 55, se ouve muito por aí e parece que os dois cincos estão obedecendo, pois a carreata que chegou de Porto Alegre foi, como diz o Erasmo Carlos, uma festa de arromba.

O 40 do Paulo E Ilze, bem como 0 13 de Val e Ane, estão trabalhando mais silenciosos, podendo surpreender. Cuidado com esse menosprezo!!

Até agora surgiu muito palavreado doido nas redes sociais, nos grupos, mas tudo virtualmente. Portanto, os familiares podem ficar despreocupados que não vai acontecer troca de tapas e de tiros não. Parece que não. Até porque, a distribuição de armas pra galera prometida por Bolsonaro, só ficou na promessa mesmo. Ainda bem, não é?

Enquanto a galera vai mandando o 55 empurrar, vamos falar um pouco de São Paulo.

Lá quem está empurrando é o Boulos. Lá a galera grita empuuuuurrrra Boulos e ele empurra mesmo. Já está encostando no Russomano que, como sempre, larga na frente, mas o cavalo logo se cansa. Quem não decolou lá foi o candidato do PT. Realmente o antpetismo cresceu muito, mas sem dúvida, quando é algo implantado malignamente nas mentes e nos corações das pessoas, logo tudo muda e volta o reconhecimento de um trabalho prestado como nunca aconteceu no país. Como é possível entender um presidente entregar o governo com 87% de aprovação e depois do nada, ou melhor, de uma mentira, o brasileiro deixar o coração criar um ódio sem explicação. ódio por ódio…?  Difícil de entender, mas, de acordo à cultura brasileira, aonde os “artistas” em evidência serve aos podres poderes, tudo pode esperar. Não é Marrone e Bruno? O que esperar se o cossumo é em massa?

Entre um parágrafo e outro pare e reflita

Já falei de Boulos e outros, agora vou esticar um pouco mais esse assunto. No comecinho dos anos 80, acho que em 81 pra ser mais específico, estava o Milton Nascimento encima do Viaduto do Chá, em São Paulo, cantando para um milhão e meio de pessoas, segundo estimativa da Polícia Militar da época, e uma das canções era Coração de Estudante. Outros artistas também estavam lá, como o Caetano Veloso cantando Podres Poderes, Chico Buarque mandando uma canção que emplacou, Apesar de você amanhã ha de ser outro dia…Tem algum cantor da atualidade escrevendo e cantando alguma coisa para combater essa situação que vivemos? Muito poucos e as rádios não tocam. Artistas, rádios e TVs servem aos podres poderes e morreu bola sete. Seja uma grande rádio ou uma rádio comunitária de uma cidade pequena. O esquemão está montado.

Não confunda as coisas. O que quero dizer é que o Brasil está colhendo resto de safra de uma semente boa que foi plantada no passado. Os dois trilhões que foram encontrados como reserva internacional, deixado pelo governo do PT, só pra lembrar, o que deu credibilidade ao Brasil perante o mundo, até porque isso aconteceu depois de pagar uma dívida interna que se arrastava desde os Militares. Agora, ao invés de continuar fazendo o montante crescer, o Guedes e o Bolsonaro estão é detonando a verba encontrada. A mesma coisa são as condições das estradas que foram encontradas que ainda estão aguentando. mas… e quando esburacar? A semente que está sendo plantada hoje, veremos o modelo da safra que vai ser. Já começou com o preço dos alimentos, a taxação do salário e a volta da fome. O que está sendo feito para combater esses males? Você sabe? Não? Acertou, pois nada está sendo feito para melhorar, mas sim para ficar pior. O que acontece é que o omi lá de Brasília, não sabe gerar receita, mas sim gastar o que encontrou e vender nossos bens. Como disse o Ciro, o negócio dele é ter dinheiro fácil. Por falar nisso, não vamos deixar vender os correios.

Para finalizar: ou o brasileiro acorda ou vai ficar a ver navios, como diz o ditado ou morrer de sede em frente ao mar, porque esse país é rico e o povo é bom, não merecendo ser tratado assim. Acordem para entender que o verdadeiro poder está no povo e morreu bola sete. Um abraço a todos.

 

Lula pede que STF declare incompetência da Lava Jato sobre caso Triplex


Lula em sessão do STF (Wilson Dias/Agência Brasil)

É a terceira ação da defesa do ex-presidente Lula na corte. Uma delas, que pede a suspeição de Sérgio Moro no caso, está parada há quase dois anos após pedido de vista de Gilmar Mendes.

Advogados do presidente Lula entraram com um habeas corpus junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo que a 13ª Vara Judicial de Curitiba, responsável pelos casos relacionados à Lava Jato no Estado, seja declarada incompetente para julgar o caso do Triplex do Guarujá. A informação é de Bela Megale, na edição desta quinta-feira (5) do jornal O Globo.

É a terceira ação apresentada pelo ex-presidente para tentar anular a condenação no caso. A primeira delas, que pede a suspeição de Sérgio Moro, está parada há quase dois anos após pedido de vista de Gilmar Mendes.

Nesta quarta-feira (4), o ministro Edson Fachin negou pedido de liminar do ex-presidente Lula para suspender o andamento da análise do caso do triplex do Guarujá (SP) pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). A defesa pedia a suspensão enquanto o Supremo não julgasse a ação contra Moro.
Fonte 247

Mulheres exigem justiça no caso Mariana Ferrer


Vários atos estão marcados em protesto contra o desfecho do caso Mariana Ferrer

 

Várias mulheres foram às proximidades do Supremo Tribunal Federal (STF) protestar contra o julgamento do caso Mariana Ferrer, após o Judiciário de Santa Catarina, absolver o empresário André de Camargo Aranha, de 43 anos, acusado de estuprar a blogueira em Florianópolis (SC), no ano de 2018.

 

Entre sábado (7) e domingo (8), diversos atos acontecerão no País pedindo a condenação do acusado de estupro. Em São Paulo, mulheres irão às ruas perto do no Museu de Arte de São Paulo (Masp). No mesmo dia, também haverá uma manifestação no Rio de Janeiro. O ato está marcado para às 13h, na Cinelândia, região central da capital fluminense.

Também no dia 8, Campo Grande (MS) terá um protesto que tem início no Aquário do Pantanal, às 15h. Porto Alegre (RS) realiza terá concentração também às 15h, na Esquina Democrática.

Fonte 247

Russomanno cai mais e disputa com Boulos o 2º lugar, diz nova pesquisa


Celso Russomanno e Guilherme Boulos. Foto: Wikimedia Commons

Do PODER360:

Pesquisa realizada pela XP/Ipespe e divulgada nesta 5ª feira (5.nov.2020) mostra o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), tecnicamente empatado, no limite da margem de erro, com o deputado Celso Russomanno (Republicanos-SP) na corrida eleitoral pela prefeitura da capital paulista.

O atual prefeito aparece com 26% das intenções de voto. Russomanno tem 19%. Guilherme Boulos (Psol) aparece numericamente na sequência, com 15%, tecnicamente empatado com o deputado do Republicanos.

O levantamento foi realizado em 2 e 3 de novembro. A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais. O estudo ouviu 800 eleitores paulistanos. O número de identificação na Justiça Eleitoral é SP-00875/2020.  Covas e Russomanno tiveram oscilação negativa em relação à pesquisa anterior da XP/Ipespe, realizada de 26 a 27 de outubro e divulgada em 29 de outubro. O atual prefeito passou de 27% para 26%, enquanto o deputado foi de 22% para 19%.

Boulos oscilou 1 ponto para baixo no mesmo período, mas sua distância para Russomanno também teve variação negativa, de 6 para 4 pontos percentuais. Os 2 disputam uma vaga no 2º turno.

 

Governo brasileiro manterá lealdade a Tramp até o ultimo processo


 

Da UOL: Em Brasília, diplomatas admitem à coluna que existe um sentimento de que o Itamaraty e, de uma forma geral, o governo serão pressionados por Trump a manter a aliança, pelo menos até que o próprio presidente americano reconheça que foi derrotado. A situação levou o presidente Jair Bolsonaro a solicitar que o chanceler Ernesto Araújo permanecesse em Brasília. Existem dois argumentos que circulam no governo. O primeiro deles é de que se Trump acabar vencendo nas urnas ou nos tribunais, a Casa Branca eventualmente rmexeria com a posição do Brasil no mundo e não se exclui a possibilidade de que, no médio prazo, os principais artífices dessa aliança entre Trump e Bolsonaro tenham de buscar outros postos.

 

mexeria com a posição do Brasil no mundo e não se exclui a possibilidade de que, no médio prazo, os principais artífices dessa aliança entre Trump e Bolsonaro tenham de buscar outros postos.

“A visão de Trump tem lastro em uma longa tradição intelectual e sentimental, que vai de Ésquilo a Oswald Spengler, e mostra o nacionalismo como indissociável da essência do Ocidente. Em seu centro, está não uma doutrina econômica e política, mas o anseio por Deus, o Deus que age na história”, resumiu. Entre várias citações religiosas, referências históricas e uma enorme carga de nacionalismo, Araújo ainda fala no “Deus de Trump”. “Não é o Deus?consciência cósmica, ainda vagamente admitido em alguns rincões da cultura dominante. Nada disso. É o Deus que age na história, transcendente e imanente ao mesmo tempo”, explica.

 

Não por acaso, nos últimos dias, tanto Bolsonaro como seus filhos fizeram eco aos argumentos apresentados por Trump de que haveria uma “fraude” na eleição americana. Nem na Casa Branca e nem no Planalto qualquer indício, prova ou elemento que sustente a tese foram apresentados. Uma missão internacional de mais de cem observadores da OSCE indicaram que a acusação de fraude é “infundada”. A aliança entre o Palácio do Planalto e a Casa Branca foi acionada em diversos momentos nos últimos meses para ajudar na reeleição de Trump. O Brasil, por exemplo, abriu mão da exportação de quase 300 mil toneladas de produtos siderúrgicos ao mercado americano desde outubro para que o campo republicano pudesse convencer os trabalhadores do setor do aço nos EUA a votar por Trump.

O Brasil também acolheu uma visita do secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, à fronteira com a Venezuela. O ato fazia parte de uma tentativa da Casa Branca para convencer o voto latino na Flórida, entre outros fatores. Para completar, o governo foi um dos principais apoiadores de uma iniciativa dos EUA de criar uma aliança global para a defesa da “família” e antiaborto, numa sinalização usada para fortalecer a base ultraconservadora.

Biden vence em Wisconsin e amplia vantagem sobre Trump


 

  • joe biden eleições eua

Um dos estados decisivos na reta final da apuração das eleições, Wisconsin é responsa´vel por 10 delegados no colégio eleleitoral. Com a vitória, Biden ampliou o número de delegados para 237, enquanto o presidente Donald Trump tem 213, segundo contagem da CNN.

A campanha de Trump anunciou que ingressou na Justiça com pedido de recontagem de votos de Wisconsin. “Tem havido relatos de irregularidades em vários condados de Wisconsin, que levantam sérias dúvidas sobre a validade dos resultados”, anunciou o chefe de campanha de Trump, Bill Stepien.

O sistema eleitoral dos EUA é assim: cada estado tem um número de delegados proporcional à população, sendo 538 delegados ao todo. A regra “Vencedor leva tudo” quer dizer que o candidato que obtiver mais da metade, ao menos 51% dos votos em um estado, recebe todos os votos eleitorais deste estado.

Devido à pandemia da Covid-19, as eleições de 2020 se destacam por um número muito grande de votos antecipados, que se aproxima de 100 milhões. Além disso, muitos votos foram enviados pelo correio, o que pode atrasar a apuração.

Ex-assessora confessa que era funcionária fantasma de Flávio Bolsonaro e prova devolução de 90% do salário


“Não adianta tapar o sol com uma peneira,” fugindo daqui, caindo ali, pois uma hora não terá mais o que inventar ou o que argumentar. Se tiver culpa n “cartório”, como diz o ditado popular, uma hora será pego.

Em depoimento ao Ministério Público do Rio de Janeiro, que consta na denúncia por peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa, Luiza Sousa Paes confirmou que atuou como funcionária fantasma no gabinete de Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) e comprovou por meio de extratos bancários a devolução de mais de 90% do salário para Fabrício Queiroz.

Segundo informações divulgadas por Juliana Dal Piva, Bela Megale e Chico Otavio, na edição do jornal O Globo desta quarta-feira (4), Luiza Sousa admitiu que, embora estivesse nomeada como assessora, nunca atuou como funcionária do filho de Jair Bolsonaro e era obrigada a devolver mais de 90% do salário, que era transferido ou depositado na conta de Queiroz, que à época atuava como chefe de segurança de Flávio e é acusado de ser o operador do esquema de corrupção.

Luiza Souza foi nomeada no dia 12 de agosto de 2011 e ficou registrada até 11 de abril de 2012. Depois ela foi nomeada na TV Alerj e no Departamento de Planos e Orçamentos. Durante todo o período, ela devolveu o dinheiro para as contas vinculadas ao filho do presidente.

 

“Cuspida na cara das brasileiras”, diz senadora após Judiciário absolver acusado de estuprar a blogueira Mariana Ferrer


A presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado, Simone Tebet (MDB-MS), classificou como uma “cuspida na cara das brasileiras” a decisão do Judiciário, que absolveu o empresário André de Camargo Aranha, 43 anos, acusado de estuprar a blogueira Mariana Ferrer, em Florianópolis (SC).

Simone Tebet

“Assisti vídeo Mari Ferrer. HUMILHAÇÃO. Advogado e juiz rasgaram lei e desonraram Justiça. MP alegou estupro culposo, tipificação inexistente. Réu absolvido. Cuspida na cara das brasileiras, que exigem respostas: OAB, código de ética. CNMP e CNJ, investigação e punição exemplar”, escreveu a parlamentar no Twitter.

Corregedoria Nacional de Justiça (CNJ) instaurou procedimento disciplinar para apurar a conduta do juiz Rudson Marcos, do Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina, após o magistrado apontar “estupro culposo” praticado pelo empresário.

 

 

Internado em estado grave, locutor Jotinha é submetido ao teste de Covid-19


Internado em estado grave, locutor Jotinha é submetido ao teste de Covid-19

Foto: Reprodução / Instagram

Após a divulgação que o locutor Jotinha, famoso nas redes sociais por seus áudios e vídeos bem-humorados, foi internado no Hospital Incar, em Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo, na última segunda-feira (2) em estado grave (veja aqui), informações da rádio Andaia apontaram que ele foi submetido ao teste rápido para a Covid-19, mas o resultado deu negativo. Porém, o humorista fez outros exames mais detalhados. A expectativa é um diagnóstico final em até 72 horas.

O humorista estava aguardando regulação uma unidade hospitalar com suporte em terapia intensiva em Salvador. A direção do Hospital Incar, em Santo Antônio de Jesus, não emitiu atualização do caso. BN Notícias