DCM & GGN se unem para mostrar a indústria lucrativa da Lava Jato


Os fundadores dos blogs GGN e DCM, jornalistas renomados, Luiz Nassif e Joaquim de Carvalho, respectivamente, se uniram para mostrar o que a velha mídia, as grandes TVs e jornais não mostram para a população brasileira, que, em boa parte, já está tonta de tanto receber matérias fabricadas, principalmente para condenar inocentes e inocentar quem deveria ser condenado, pois muitas coisas giram em torno de interesses partidários. Assista um vídeo que a dupla preparou para que você possa vê o que a TV aberta não mostra. Café com Leite Notícias.

Error, no Ad ID set! Check your syntax!

Bahia: Cratera surgida na Ilha de Itaparica continua crescendo, dizem especialistas


capa23

O buraco fica no meio de uma mata nativa na localidade de Matarandiba e está a cerca de um quilômetro do local onde vivem os moradores, que se dizem preocupados com a situação | FOTO: Divulgação/G1BA |

A cratera que se abriu recentemente próximo a uma vila do município de Vera Cruz, na Ilha de Itaparica, continua crescendo e assustando ainda mais os moradores. Foram cerca de três metros de comprimento a mais em apenas uma semana. O buraco fica no meio de uma mata nativa na localidade de Matarandiba e está a cerca de um quilômetro do local onde vivem os moradores, que se dizem preocupados com a situação.

A erosão se formou numa área de propriedade da multinacional americana Dow Química, que utiliza a região para extração de salmora, uma mistura de água e sal usada na fabricação de produtos químicos. O produto retirado em seis poços a uma profundidade de 1,2 mil metros.

 

 

A empresa diz que está investigando se a cratera tem relação com o trabalho de perfuração que desenvolve no local e está monitorando a área com micro-sensores, drones e software de alta precisão. A erosão foi descoberta pela própria empresa há 20 dias, durante um trabalho de rotina. O Ministério Público (MP) informou na última segunda (18) que está acompanhando a situação e aguardando relatório da Defesa Civil municipal e estadual.

A Dow disse que, semanalmente, estão sendo realizadas medições da erosão. A mais recente medição, realizada em 8 de junho, mostrou que as medidas da cratera são 71,7 metros de comprimento por 29,70 de largura e profundidade é 45,40. Houve, portanto, um crescimento de 2,7 metros no comprimento do buraco, enquanto a largura permanece praticamente inalterada. A profundidade diminuiu um pouco, segundo a Dow, devido aos materiais que caem das laterais.

A empresa diz que trata-se de um fenômeno geológico conhecido como “vazio subterrâneo”. Afirma que o aumento da cratera é esperado até a completa estabilização do terreno, uma vez que, sob o ponto de vista técnico, a tendência é que as bordas da erosão fiquem do mesmo tamanho que o fundo dela, e hoje a parte inferior possui perímetro maior do que o das bordas superiores. Por isso, a empresa diz que é importante que as pessoas não acessem o local, que foi interditado.

Foi isolada uma área de 30 metros de distância da borda da erosão. A Dow diz que uma barreira física maior está sendo construída com o suporte da Defesa Civil e Inema. Além disso, placas indicativas de perigo foram instaladas e um segurança foi posicionado para advertir as pessoas para não ultrapassarem a barreira.

Monitoramento
A multinacional disse que está monitorando a área, para compor um laudo técnico-científico, com micro-sensores e drones e fazendo análise de dados geológicos que serão modelados em um software de alta precisão para avaliar o estresse do subsolo e entender a origem da erosão.

A Dow destacou que possui operações na Bahia desde a década de 60 e que não houve nenhum registro de danos ao meio ambiente devido à sua operação. Afirma que a cratera está há mais de 200 metros de um poço que está fora de operação desde 1985 e que, portanto, há mais de 30 anos nenhuma atividade foi realizada no local.

Hipóteses
O geofísico, geólogo e professor da Universidade Federal da Bahia (Ufba) Marcos Botelho diz que ainda é cedo para cravar o que provocou o surgimento da cratera, mas diz que, em sua opinião, há duas hipóteses. A primeira delas é que um fluxo de água subterrâneo fez com que, ao longo dos anos, os sedimentos da superfície fossem arrastados, o que fez surgir uma cratera. Outra hipótese é que uma falha natural já existente no local pode ter sido acentuada em decorrência da exploração da Dow no espaço.

“Isso não aconteceu de uma hora para outra, não foi de uma vez. A cratera se formou aos poucos e ninguém percebeu. É possível que tenha sido em decorrência de uma falha, de origem ainda desconhecida. Essa falha é como se fosse uma rachadura na parede, uma infiltração. Fluidos passam por essa fraturas entre as camadas de rochas como o arenito, que é a rocha da ilha, e aí podem surgir cavernas como essa”, destaca.

A previsão é que os resultados dos estudos para descobrir as causas da erosão saiam em até quatro meses. A Dow destacou que a comunidade e órgãos competentes têm sido periodicamente informados sobre a erosão e sobre as providências da empresa. A pedido da comunidade, uma linha direta de acesso, via WhatsApp, foi providenciada para que a comunidade possa contatar diretamente a empresa. Jornal da Chapada com as informações de G1BA.

 

Ivete e Daniela condenam vídeo de brasileiros que constrangem mulher: ‘Papelão machista’, ‘abuso moral’


[ Ivete e Daniela condenam vídeo de brasileiros que constrangem mulher: 'Papelão machista', 'abuso moral']

Ivete Sangalo classificou como “papelão machista” o comportamento de um grupo de brasileiros que finge cantar um hino de torcida enquanto incentiva uma russa a repetir a frase “b*ceta rosa”.

O vídeo foi compartilhado pelos próprios e foi repudiado por várias personalidades e internautas em geral. Daniela Mercury também criticou a atitude dos turistas brasileiros, a quem chama de “machistas” e “misóginos”.

Um dos homens que aparecem no vídeo é o advogado e ex-secretário de turismo da cidade pernambucana de Ipojuca, Diego Jatobá.

“Nesse vídeo, desde o momento que recebi, vejo uma infinidade de equívocos. Lamentável que muitos de um mesmo grupo participam desse papelão machista. Falta de lisura, de educação, de hombridade. Sinto tanta vergonha por vcs garotos”, escreveu Ivete no Instagram.

Já Daniela preferiu compartilhar o vídeo sem áudio. “É um abuso moral. Tirei o áudio por vergonha de vocês! Um desrespeito total à mulher que vocês colocaram nessa situação covarde de humilhação e à todas as mulheres. Machistas e misóginos. Parece que ainda vivem na idade média. É nojento, patético e asqueroso!”, escreveu.

Realmente a situação da galera que certamente pensou que ia arrasar, terminou o tiro saindo pela culatra e acertando cada um em forma de bofetada. Isso porque a cara deles estão estampadas em todo o Brasil, pelas redes sociais, de forma repudiante. Lamentável.

Segunda Turma do STF confirma para a próxima terça-feira julgamento de pedido de liberdade de Lula


Resultado de imagem para foto de lula

O presidente da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, confirmou para a próxima terça-feira (26) o julgamento de um pedido de liberdade apresentado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Trata-se de um pedido de efeito suspensivo da execução da pena, que pode deixar o ex-presidente aguardar em liberdade enquanto os recursos são julgados nas instâncias superiores. A defesa também quer que seja suspensa a inelegibilidade gerada com a condenação na segunda instância da Justiça.

Na semana passada, o relator da Lava Jato, ministro Luiz Edson Fachin, indicou o caso para julgamento no dia 26, mas a confirmação da data ainda dependia de Lewandowski.

DCM.

NOVA ITARANA: UMA CIDADE EM EVOLUÇÃO


O dia 16 de Junho foi de muitas inaugurações e ordem de serviços assinadas

 

O centro da cidade se encontra inteiramente asfaltado 

Quem passar pela cidade de Nova Itarana certamente irá dizer que as palavras mais pronunciadas nos últimos tempos, que são crise e corrupção, não fazem parte do vocabulário daquela cidade. O município por um todo vem se destacando em nível de interior da Bahia, pela postura da atual administração, que tem como administrador o jovem Danilo Italiano, que disse não ter dado ouvido para a palavra crise e correu pra cima dizendo que ia vencer a batalha e está vencendo.

No sábado foram muitas inaugurações de obras de grande importância, ao mesmo tempo em que outras ordens de serviços eram assinadas para começar mais uma etapa de obras. Antes de inaugurar a primeira obra, que foi a creche na sede do município, Danilo Italiano disse ao Café com Leite Notícias que para tudo acontecer ele não tem dado trégua em busca de benefícios, tanto nas secretarias do Estado como nos ministérios lá em Brasília. Para isso ele conta com o seu deputado federal, Ronaldo Carleto, mas disse que Roberto Britto, também federal, tem ajudado muito o município.

A Creche Dedilane Almeida, depois de um grande investimento com recurso próprio da prefeitura, o prédio foi entregue à população para abrigar as crianças do município, que pelo que se viu e ouviu do prefeito, da secretária de Educação e os professores, certamente as crianças estarão em boas mãos e bem cuidadas, para tranquilidade dos pais.

 

A inauguração da Creche ficou marcada por vários motivos. Um deles foi a prova de que quando há dedicação e luta as coisas acontecem. Outro foi a emoção que bateu forte com a saudade da professora Dedilane Almeida. O prédio é um dos mais bonitos, bem dividido e com um quadro de funcionários que promete mostrar serviço. Estava presente o casal Zeu e Vânia com seu filho Thiago, que são pais do prefeito Danilo. Na ocasião a senhora Vânia disse ser suspeita de falar algo positivo a respeito de Danilo, mas disse que assim como todos os itaranenses, ela tem tido muito orgulho do filho, pelo trabalho que vem sendo realizado no município. A secretária de Educação, Léa Souza comentou sobre o grande trabalho que vem sendo desenvolvido na Educação, pois o prefeito sempre comenta que é um dos principais setores de garantia de um futuro melhor para a população e por isso não tem negado quanto aos pedidos da secretária para elevar a cada dia a educação do município.

Logo por volta das 13 horas do sábado, 16 de junho, a creche que leva o nome da saudosa professora Dedilane Almeida foi inaugurada. No momento do descerramento da fita, o prefeito fez um pequeno comentário ao lado da sua esposa Caroline, seus pais Zeu Andrade e Vânia Italiano, familiares da homenageada e amigos, onde disse que a homenagem foi  justa, pois por muito tempo a professora educou e cuidou dos mirins em Nova Itarana, mas que, precocemente, em 2017 deixou os familiares, os seus alunos e os amigos para atender a um chamado de Deus.

Emoção e saudade

 

Foi um momento de emoção, saudade que aflorou fortemente nos corações, principalmente dos familiares, mas ao mesmo tempo, um momento de alegria pois ali naquela placa estava sendo uma espécie de carimbo ou tatuagem em cada coração, que jamais esquecerá da linda e amável pró, como era chamada pelos pequeninos.

Vale lembrar que essa creche tem uma longa história, como é bem lembrado pelo prefeito Danilo: “Após intensos períodos de reforma e recuperação de várias áreas antes degradadas pelo tempo, reformamos, instalamos equipamentos, móveis e reestruturamos todas as dependências de um prédio que estava sem funcionar a anos”, comentou Danilo.

Vale lembrar que todo gasto foi com recurso da prefeitura, o que, como disse o prefeito, não foi pouco, mas que com muita cautela as coisas terminam acontecendo.

Na mesma tarde, outras inaugurações aconteceram.

 

Da sede, o prefeito e toda turma que o acompanhava seguiram para o Distrito Serra do Cem, onde outra obra necessária aos moradores do distrito foi inaugurada. A construção de um cemitério para trazer dignidade às famílias que quando precisavam sepultar um ente querido, teriam  que ser fora do seu município de origem, pela falta de um local apropriado e muitas vezes, além da dor de ter que sepultar seus familiares, ainda tinha o desgaste emocional de se humilharem em busca de um túmulo onde pudessem realizar o sepultamento. “Agora já temos o cemitério São Lázaro para amenizar o sofrimento na hora da dor, a qual nem um de nós está livre de sentir um dia”, comentou Danilo.

As inaugurações continuaram mais tarde na presença dos deputados Ronaldo Carleto e Roberto Britto. O deputado Carleto, de acordo informações do prefeito, tem sido um baluarte para que ele pudesse conquistar os benefícios para Nova Itarana, mas Roberto Britto também tem ajudado muito o município nessa nova fase, como afirmou o prefeito.

Na sede do município foram inaugurados o Portal da Cidade, obra que foi um projeto do prefeito Danilo, bem como inauguração de pavimentação com asfalto de qualidade das principais ruas da cidade, totalizando uma extensão de três km de asfalto.

Reinaugurada Unidade de Saúde da Família Helenita Soares

 

Setor de Saúde: Nova Itarana não possui um hospital, provavelmente pelo município não ter tamanho para que seja construído um hospital de grande porte. Mas nem por isso a população deixa de ser bem atendida, na medida do possível. O município possui três Unidades Básicas de Saúde, mas como o prefeito disse querer que toda a população tenha atendimento regular, correu atrás, como se diz no popular, e conseguiu mais uma unidade.

Também, praticamente foi reinaugurada uma USF (Unidade de Saúde da Família) no distrito Serra do Cem, que Já bem desgastada pelo tempo de uso, foi necessário e com muita urgência, a reestruturação, reforma, ampliação e aquisição de equipamentos para Unidade de Saúde da Família Helelita Soares.

Agora a unidade funcionará 24 horas com profissionais, veículos e equipamentos para dar suporte à população que venha a necessitar dos serviços básicos de saúde. “Agradeço a Deus por tudo isso, mas também reconheço que com a parceria dos deputados Ronaldo Carleto, Roberto Britto e do amigo de sempre Rogério Andrade e Rogério Filho, mais obras virão para nossa terra”, disse Danilo e completou: “o povo de Nova Itarana se alegra com as suas presenças e agradece os benefícios conquistados”, Danilo afirmou  que se Deus lhe der vida e saúde, no próximo ano ele quer fazer mais por Nova Itarana.

 

Nada menos que 13 carros e duas motos entregues para Nova Itarana de uma só vez

 

Veja o que disse Danilo demonstrando muita emoção e alegria no momento de receber os veículos. “Atravás de muita luta e correria nos gabinetes dos deputados em Salvador e Brasília, meu coração se alegra em poder entregar ao itaranense, 13 carros e 2 motos para servir ao povo desta terra.  Gostaria de Ressaltar que foram entregues 10 carros e 02 motos na noite deste sábado, dia 16.06 e por conta da greve que parou o país, a montadora não conseguiu entregar em tempo hábil, 02 Vans e mais uma ambulância do SAMU 192 para completar esse dia festivo para o povo itaranense. Reitero que estarão chegando nos próximos dias e claro que vamos recebê-las com muita festa, afinal de contas, o povo itaranense tem muitos motivos para comemorar. Na oportunidade fizemos a inauguração de três mil metros de pavimentação asfáltica nas ruas do centro e também a entrega da nova entrada da cidade, totalmente revitalizada”.

Enquanto muitas obras foram inauguradas, ordens de serviços

eram assinadas pelos deputados Ronaldo Carleto e Roberto Britto.

A imagem pode conter: 13 pessoas, incluindo Joel Demuner, pessoas sorrindo

Demonstrando muita emoção em poder estar honrando com cada voto a ele depositado, o prefeito Danilo comunica ao povo de mais obras que estão sendo iniciadas. “A festa não poderia ficar completa se não oficializássemos as próximas obras. Pra fechar a noite, os deputados Roberto Brito e Ronaldo Carleto assinaram as ordens de serviço para que já se inicie as obras da Praça do São Pedro do distrito Serra do Cem; Sistema de abastecimento de água do Barro; construção de 03 praças na Rua do Japão, Rua do Açude e Rua do Campo; Inicio das obras de 30 mil metros de calçamento; Construção de outra unidade básica de saúde no distrito e mais um montão de coisas boas pra nossa cidade. Para fechar a noite, grande festa com Pegada das Antigas e Sem Retoque”, finalizou o prefeito, sendo muito aplaudido pelo povo presente.

Quem é Vanda Pignato, brasileira, referência dos direitos das mulheres em El Salvador, e por que ela foi presa. Por Murilo Matias


Vanda Pignato

 

POR MURILO MATIAS  

Existe um motivo pelo qual a brasileira Vanda Pignato é conhecida em todo El Salvador, o projeto Ciudad Mujer. Referência internacional no combate à violência contra a mulher e na capacitação do segmento feminino para o campo profissional, dos direitos humanos e da educação, os espaços públicos concebidos pela iniciativa funcionam somente com a atuação de mulheres e são responsáveis pela tentativa de mudança da cultura machista que naturaliza o alto número de feminicídios e a discriminação corrente do dia a dia.

 

 

“As mulheres passam por mais obstáculos que os homens. Ciudad Mujer é um modelo de igualdade e paz que deveria ser aplicado regionalmente como política de Estado”, defendeu Vanda em entrevista concedida em 2017, na sede de Santa Ana.

O judiciário salvadorenho, formado basicamente por homens brancos ricos do país como quase em toda América Latina, representa exatamente um dos setores mais enfrentados por Vanda e pelas operadoras do direito capacitadas nas Ciudad Mujer.

A elite judicial determinou nesta terça-feira a prisão da ex-primeira dama e atual Secretária de Inclusão Social – pasta com status ministerial – pelo risco iminente de fuga por supostos desvios de dinheiro público à época em que Maurício Funes, ex-presidente e seu ex-marido, esteve à frente do governo.

Vanda, recuperada, mas em tratamento permanente contra um câncer possui uma larga trajetória na luta pelos direitos sociais desde a época que militou no Partido dos Trabalhadores, no Brasil, foi levada pela polícia quando estava no Hospital da Mulher, na capital San Salvador.

Na América Central desde a década de 1990, continuou seu trabalho no campo dos direitos humanos, apoiada por parcela significativa do população, sobretudo após os resultados obtidos por Ciudad Mujer, que já chegou à metade das mulheres no país, algo como um milhão e meio de cidadãs.

Não é o que retrata a imprensa local, opositora ferrenha dos governos populares da Frente Farabundo Martí para a Libertação Nacional (FMLN), vencedora das últimas duas eleições para o executivo nacional e entusiasta do afastamento de secretária da arena política.

“Doutora Vanda fez pela dignidade das mulheres o que jamais faria a direita. Ensinar a defender, a exigir respeito. Agora é vítima de um atropelo. Alcemos a voz por seu direito a não ser injustamente perseguida”, expressou Norma Guevara, figura histórica da esquerda salvadorenha.

“É incrível que estão violentando os direitos da única mulher que veio a transformar e dignificar a vida das mulheres de nosso país. Vanda não está só”, complementou Jessenia Molina, em referência ao movimento criado no país em defesa da brasileira naturalizada.

Funes também é acusado em processos que alegam corrupção, inclusive na arrecadação de recursos para sua campanha presidencial que teve o brasileiro João Santana como marqueteiro. O ex-presidente que chegou a ter índices de 80% de aprovação e ajudou a eleger o sucessor da FMLN, Salvador Sanchez Ceren, denuncia ser vítima de mais um episódio de Lawfare na região, situação que o levou a buscar asilo político na vizinha Nicarágua, onde hoje encontra-se ameaçado por um mandado que o coloca como foragido internacional.

Estudiosos do tema da atuação do judiciário nos golpes modernos realizados em países como Honduras, Paraguai e Brasil apontam existir em El Salvador uma das mais sofisticadas escolas de Lawfare.

Enquanto aguardam-se as possíveis declarações de Vanda Pignato e, por outro lado, a apresentação de provas por parte dos acusadores, a FMLN reforça sua história no combate à corrupção e defesa do interesse público. 

“FMLN nunca tolerou e não tolera a apropriação indevida por particulares de bens pertencentes aos fundos públicos (…). Quanto ao funcionamento do sistema judicial, esperamos que a justiça atue no estrito marco do direito, com provas contundentes e sem basear-se em indícios ou especulações e muito menos juízos midiáticos ou políticos”, afirmou o partido em comunicado oficial. Fonte:DCM

LANÇAMENTO DA BIOGRAFIA DE WALDIR PIRES


Biografia de Waldir Pires

 

Por Elson Nonato Silva–  Salvador, 14 de junho de 2018, 17 horas. Neste momento, o Palácio Rio Branco– encravado na praça municipal e vizinho de outros monumentos similares, a exemplo da câmara de vereadores, da sede da Prefeitura da Cidade e do Elevador Lacerda, abriu as suas portas para acolher o lançamento da esperada e oportuna biografia de ninguém menos do que Francisco Waldir Pires de Souza ou simplesmente Waldir Pires.

De acordo com o jornalista, escritor e professor da Ufba, Emiliano José, autor da obra, trata-se do primeiro volume sobre a vida biografado, o qual detalhasobre a vida do político a partir do seu nascimento em Acajutiba, infância em Amargosa e a extensa e intensa movimentação políticainiciada como secretário do Estado da Bahia  –  aos 24 anos, até 1979. O segundo volume, que se encontra em fase de conclusão, discorre sobre o período seguinte até o encerramento da atividade política de Waldir como vereador de Salvador, em 2016.

Com mais de 200 referências pesquisadas, destacadas no apêndice–o que demandou seis anos de dedicação do autor, o livro contém 364 páginas e, dada a importância do autor e do biografado, o lançamento foi muitíssimo concorrido.

Cargos e atuações exercidos pelo biografado:

-Secretário de Estado

-Deputado Estadual

-Consultor Geral da Republica

-Ministro da Previdência Social

-Governador da Bahia

-Candidato a vice-presidente na chapa de Ulisses Guimarães

-Deputado Federal

-Ministro da Transparência-  Chefe da Controladoria Geral da União

-Ministro da Defesa

-Vereador de Salvador

No rol das atividades exercidas por Waldir, constam também passagens pelo ensino universitário. No Brasil, coordenou e ensinou Direito Constitucional da UnB – Universidade de Brasília, e, na França,onde viveu forçado pelo exílio imposto pela Ditadura Militar, lecionou também nas universidades de Dijon e Paris.

O trabalho de Emiliano é uma relevante contribuição para melhor compreensão da história do democrata Waldir Pires, personalidade que- conforme consta, exerceu os mais diversos cargos nas esferas do Poder, onde guerreou por direitos e liberdade do brasileiro norteado por cuidados éticos.

Agora, é debruçar na leitura e aguardar o segundo volume dessa importante obra.

Brasileira ganha prêmio nos EUA: opera crianças com malformação


A médica Fernanda Lage Lima Dantas - Foto: Júnior Aguiar

A médica Fernanda Lage Lima Dantas – Foto: Júnior Aguiar

A médica brasileira Fernanda Lage Lima Dantas, que opera crianças com malformação congênita, ganhou reconhecimento internacional do seu trabalho.

Ela será premiada pelo Colégio Americano dos Cirurgiões (ACS) dos Estados Unidos, por conta da alta qualidade técnica da cirurgia pediátrica que é desenvolvida no Acre.

A cerimônia de premiação será realizada durante o Congresso Clínico do Colégio Americano dos Cirurgiões, no mês de outubro, em Boston, Massachusetts, nos EUA.

Como parte da premiação, Fernanda Lage foi convidada para conhecer o Hospital das Crianças de Boston, um dos melhores dos Estados Unidos, que é associado à Universidade de Harvard, onde fará um estágio de três semanas acompanhando o serviço de cirurgia pediátrica.

O hospital das Crianças de Boston é um dos berços das cirurgias pediátricas no mundo e foi onde começou o tratamento das crianças com malformações congênitas.

“Vou para esse intercâmbio com a intenção de fazer parcerias internacionais. Nosso objetivo é receber aqui no Acre cirurgiões que moram em outros lugares do mundo. Então a ideia é não só trazer conhecimento, mas também trazer esses profissionais”, disse Fernanda ao Notícias do Acre.

 

 

A médica

Natural do Rio de Janeiro, há 13 anos ela trabalha no Acre como cirurgiã pediátrica no Hospital da Criança e também no Hospital das Clínicas e atua, principalmente, no cuidado a crianças nascidas com malformações congênitas.

Competindo com médicos cirurgiões do mundo todo, ela foi escolhida pelo Comitê de Relações Internacionais para receber o prêmio de “Cirurgião da Comunidade 2018” – Baxiram S. and Kankuben B. Gelot Community Surgeons Travel Award for the year 2018.

O prêmio de “Cirurgião da Comunidade” é dado em reconhecimento ao comprometimento com a prática de cirurgia de alta qualidade e dedicação na melhoria do acesso ao tratamento cirúrgico para a população.

“Fiquei muito feliz. Quando me inscrevi não esperava ganhar, pois são analisados os trabalhos de cirurgiões do mundo todo e geralmente os médicos selecionados são de outros continentes como a Ásia”, disse a médica.

No Acre

A malformação congênita acomete um em cada cinco mil nascidos vivos. No Acre, os casos são mais frequentes que em os outros lugares – média de três casos para cada cinco mil nascidos vivos.

“Temos no Acre uma quantidade de malformações muito elevada em comparação proporcional a outros lugares do mundo, e mesmo com esses números, conseguimos realizar todas as cirurgias, desenvolvendo um trabalho de qualidade com excelentes resultados. O prêmio vem em reconhecimento a esse trabalho”, comemora a cirurgiã.

O Acre oferece tratamento de cirurgia de alta complexidade em cirurgia neonatal e tratamento completo para as principais malformações existentes.

Ao longo dos últimos anos mais de 500 crianças foram beneficiadas.

 

Por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) é realizado o acompanhamento dessas crianças desde o seu nascimento na Maternidade Barbara Heliodora até o tratamento no ambulatório do Hospital das Clínicas, incluindo cirurgias e consultas.

Elogios

Gracilene Souza dos Santos é mãe da pequena Isabelle, que logo ao nascer foi diagnosticada com a necessidade de procedimento cirúrgico.

Vinda de Sena Madureira, Gracilene permaneceu internada com a filha para que pudesse fazer a cirurgia e receber o acompanhamento necessário.

Sobre o atendimento prestado por Fernanda, a mãe destaca: “Essa doutora é um anjo, não tenho palavras para agradecer o que ela fez. Só em ela estar cuidado bem da minha filha, fico até sem palavras”, conta Gracilene.

As crianças, mesmo após feita a cirurgia, recebem acompanhamento periódico de acordo com a necessidade de cada uma, inclusive durante vida adulta.

Fernanda Lage também atua na formação de novos médicos e novos cirurgiões para atuarem no Estado, tanto como professora no curso de Medicina da Universidade Federal do Acre (Ufac) como na especialização em residência médica de cirurgia geral.

Veja o depoimento dela:

Com informações do NotíciasDoAcre

Qual dos Ciros vale: o que quis levar Lula a uma embaixada ou o que agora lhe nega “indulto” caso eleito? Por Kiko Nogueira


O maior problema de Ciro Gomes, eu já escrevi aqui, é Ciro Gomes.

O candidato do PDT sofre de uma invencível incontinência verbal que, entre outros efeitos, o faz se contradizer de acordo com o interlocutor.

Na Jovem Pan, Ciro deu uma cacetada desnecessária em Fernando Holiday, do MBL, chamando-o de “capitãozinho do mato”.

Acabou oferecendo uma chance a uma figura nanica de aparecer. Está sendo chamado de racista há horas.

Em agenda no Amapá, Holiday avisou pelas redes que vai processá-lo (o que um vereador de São Paulo estava fazendo no Amapá é um mistério, mas isso são outros quinhentos dólares).

 

Ciro também garantiu aos presentes não pretende dar indulto a Lula se for eleito.

“Não está nas minhas cogitações”, disse.

Buscando se distanciar de Lula e do PT, Ciro declarou que não considera que os direitos do ex-presidente tenham sido eliminados quando de sua prisão.

“Não acho que foi golpe porque o devido processo legal foi inteiramente perseguido. O que eu acho é a sentença do Moro injusta”, afirmou.

“O que é diferente, porque você tem todo o direito de achar justa ou injusta, embora não seja minha atribuição sentenciá-lo. Agora, se o próprio Lula recorre da sentença é porque ele está aceitando o rito”.

Era o que a Globo queria ouvir. Logo ele foi para a homem do jornal dos Marinhos. DCM.

Otto Alencar disse que se quisesse ser candidato a governador da Bahia o momento era agora


Resultado de imagem para foto de otto alencar

de acordo à matéria publicada no Metrô 1, o senador Otto Alencar (PSD) disse que, se tivesse pretensão de ser candidato a governador da Bahia, o momento oportuno era a eleição deste ano, já que, se perdesse o pleito, teria ainda mais quatro de mandato.

A declaração é uma resposta ao secretário-geral do PSB na Bahia, Domingos Leonelli, que criticou a “hegemonia” do presidente do PSD baiano na administração do governador Rui Costa (PT), e opinou que o pessedista vai virar “candidato natural” ao Palácio de Ondina na eleição de 2022.

Em entrevista ao Metro1, Otto reclamou do tom “áspero” com que tem sido atacado por Leonelli. “Ele tem as razões para a todo custo emplacar a vaga para senadora Lídice da Mata. É um direito dele. Mas tem sido muito áspero e duro comigo e com Coronel [presidente da Assembleia Legislativa da Bahia], tentando desqualificar de toda forma. Se eu quisesse ser governador, o momento era esse. Não tinha nada a perder”, afirmou.

Otto ressaltou que, se fosse postulante ao Palácio de Ondina, teria apoio de partidos de oposição. “Em 2022, nem sei o que vai acontecer. Espero estar vivo, mas não para usurpar direitos de ninguém. Não faço esse movimento. Quero chegar é com saúde física e mental. Não para ser candidato, mas para viver minha vida”, afirmou.

 

Vendedor de amendoim formado em direito ganha pós-graduação


O empresário Sandro Delgado e Marcos Luis Xavier Foto: Reprodução Diário de Petrópolis

O empresário Sandro Delgado e Marcos Luis Xavier Foto: Reprodução Diário de Petrópolis

 

 

Lembra do vendedor ambulante recém-formado em direito, que vende amendoins no centro histórico de Petrópolis? Ele ganhou uma pós-graduação depois que a história de superação saiu na mídia.

A vitória de Marcos Luis Xavier ao se formar foi contada inclusive aqui no SóNotíciaBoa. O rapaz precisou deixar os estudos ainda jovem pra se dedicar ao trabalho.

Sensibilizado com a luta do estudante, o empresário Sandro Delgado, sócio de uma empresa de ensino no Rio de Janeiro, presenteou o ambulante com uma uma pós-graduação, à escolha do novo aluno.

 

“Nos sensibilizamos com a força de vontade dele, pois é um homem que se enquadra nos padrões de alunos que temos aqui, sendo responsável e interessado pelo que faz. Com mais de 23 mil alunos espalhados pelo país, o Marcos certamente será uma inspiração para todos os nossos matriculados”, disse.

“Além disso, vamos ajudar no pagamento do seu certificado digital, que ainda não foi retirado por problemas financeiros. E, vamos ver o que pode acontecer daqui pra frente, não descartando o surgimento de novas oportunidades”, afirmou o empresário.

 

Luta pra se formar

A saga de Marcos é de persistência.

Em 2005 fez curso de informática, conseguiu concluir o ensino médio, mas problemas financeiros o fizeram parar no meio do caminho

Para Marcos, que mora no bairro Meio da Serra, casado e pai de gêmeas, o sonho da universidade só veio em 2011.

Concluindo cada etapa aos poucos, ao final de 2016 o ambulante conseguiu se formar. Logo após, fez algumas tentativas na prova da OAB.

No início deste ano, o vendedor recebeu o resultado de aprovação.

A carteirinha foi liberada no dia 11 de maio, quando sua família foi à sede da Ordem dos Advogados, em Petrópolis, acompanhando a conquista de Marcos, o que gerou a sua primeira repercussão.

No curso de Ciências Criminais, o advogado terá 18 meses para concluir os estudos, que ganhou através da parceria entre a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e a empresa Pós-Graduação Online

 

Gratidão

“Não tenho palavras para descrever tudo isso que está acontecendo. Quem trabalha na rua, muitas vezes não é “visto” pelas pessoas. É como se não existíssemos. Com humildade, subindo degrau por degrau, após 46 anos de vida estou colhendo os frutos de um esforço. Obrigado por estenderem a mão para mim. Vou começar as aulas essa semana ainda” – disse Marcos Xavier, emocionado.

Ele também ficou surpreso com a repercussão da história de vida dele.

“Muitas pessoas que eu não conheço estão me parando na rua fazendo elogios. Quando vendo algum amendoim, eles falam que conheceram as minhas dificuldades até a formação na faculdade. Está sendo uma experiência totalmente nova para mim”, concluiu.

Com informações do Diário de Petrópolis

Lula concede entrevista a jornal cubano


 

 

Em sua primeira entrevista jornalística depois de preso, concedida ao repórter Elson Concepción Pérez do jornal cubano Granma, Lula afirma: “A injustiça contra mim é uma injustiça contra todo o povo brasileiro.” Lula diz mais: “Este é um processo político, esta é uma prisão política. Para me prender, desrespeitaram a Constituição”.

O líder sindical, homem que no seu mandato como presidente do Brasil impulsionou leis e planos sociais que permitiram que cerca de 30 milhões de brasileiros saíssem pobreza, que todas as pesquisas eleitorais mostram-lhe como o favorito para ganhar a eleição presidencial de 2018, Luiz Inácio Lula da Silva, respondeu a uma entrevista ao Granma. As perguntas lhe foram enviadas por uma “mão amiga” brasileira.

A entrevista não poderia ser – por razões óbvias – tão ampla quanto este jornalista desejaria. No entanto, o fato dele ter dedicado parte do seu tempo para responder às nossas perguntas, agrega valor não apenas aos leitores cubanos, mas também àqueles do mundo inteiro.

– Como candidato à Presidência do Brasil com o maior apoio popular onde todas as pesquisas o indicam como favorito, como você classifica esta perseguição e prisão a que foi submetido?

-É um processo político, uma prisão política. O processo contra mim não aponta um crime, nem há provas. Eles tiveram que desrespeitar a Constituição para me prender. O que está se tornando cada vez mais transparente para a sociedade brasileira e para o mundo é que eles querem me tirar das eleições de 2018. O golpe em 2016, com a retirada de uma presidenta eleita, indica que eles não admitem que as pessoas votem em quem quiserem votar.

 

 

A prisão tem sido, para muitos líderes presos pelo simples fato de lutar pelo povo, um lugar de reflexão e organização de ideias para continuar a luta. No seu caso, como você enfrenta esses primeiros dias, já que não consegue entrar em contato com as pessoas?

-Estou lendo e pensando muito, é um momento de muita reflexão sobre o Brasil e principalmente no que tem acontecido nos últimos tempos. Estou em paz com a minha consciência e duvido que todos os que mentiram contra mim durmam com a tranquilidade  que durmo. Claro que eu gostaria de ter liberdade e estar fazendo o que fiz durante toda a minha vida: falar com o povo. Mas estou ciente de que a injustiça que está sendo cometida contra mim também é uma injustiça contra o povo brasileiro .

– Quão importante é saber que em todos os estados brasileiros há milhares de compatriotas a favor de sua libertação?

-A relação que tenho construído ao longo de décadas com o povo brasileiro, com as entidades dos movimentos sociais, é uma relação de muita confiança e é algo que eu aprecio muito, porque durante minha carreira política sempre insisti em jamais trair essa confiança, e eu não trairia essa confiança por nenhum dinheiro, por um apartamento, por nada. Foi assim antes de ser presidente, durante a Presidência e depois dela. Então, para mim, essa solidariedade é algo que me empolga e me encoraja a permanecer firme.

 

 

– Como definir o conceito de democracia imposto como patrono da oligarquia para descartar os líderes de esquerda para que eles não ocupem o poder?

– A América Latina viveu nas últimas décadas seu momento mais forte de democracia e conquistas sociais. Mas recentemente as elites da região estão tentando impor um modelo onde o jogo democrático só é válido quando eles ganham, o que, claro, não é democracia. Então é uma tentativa de fazer uma democracia sem o povo. Quando não sai do jeito que eles querem, eles mudam as regras do jogo para beneficiar a visão de uma pequena minoria. Isso é muito sério. E estamos vendo isso, não só na América Latina, mas em todo o mundo, um aumento da intolerância e perseguição política. Isso aconteceu no Brasil, na Argentina, no Equador e em outros países.

 

 

– Que mensagem você envia para todos aqueles que, no Brasil e no mundo, são solidários com você e exigem sua libertação imediata?

-Eu agradeço toda a solidariedade. É necessário estar em solidariedade com o povo brasileiro. O desemprego aumenta, mais de um milhão de famílias voltaram a cozinhar com lenha por causa do aumento do preço do gás de cozinha, milhões que deixaram a miséria estão voltando a não ter mais o que comer, até mesmo a classe média perdeu emprego e renda.

O Brasil estava em uma trajetória de décadas de progresso democrático, de participação política e com os avanços sociais, que se aceleraram com os governos do PT, que venceram quatro eleições consecutivas.

O golpe não foi só contra o PT. Eles não me prenderam apenas para prejudicar o Lula. Fizeram contra um modelo de desenvolvimento nacional e inclusão social. O golpe foi feito para eliminar os direitos dos trabalhadores e aposentados, conquistados nos últimos 60 anos. E as pessoas estão percebendo isso. E vamos precisar de muita organização para voltar a ter um governo popular, com soberania, inclusão social e desenvolvimento econômico no Brasil.

Lula aproveitou a entrevista para enviar duas mensagens especiais: “Aproveito esta oportunidade para agradecer as saudações de solidariedade de Raul Castro e Miguel Diaz-Canel, que foram transmitidos a mim por Frei Betto,” o mesmo amigo que enviou as respostas dessa entrevista. GGN.

Cresce a esperança de Lula estar livre no dia 26 de junho


 

O pedido da suspensão da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pode ser julgado no próximo dia 26 de junho depois do ministro STF (Supremo Tribunal Federal) Edson Fachin liberar o julgamento de recurso protocolado pela defesa para suspendera condenação de Lula.

O caso deve ser julgado pela Segunda Turma da Corte composta pelos ministros Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Celso de Melo, Ricardo Lewadowski, além de Edson Fachin.

Se a condenação for suspensa, além da liberdade o ex-presidente poderá se candidatar às eleições. Lula está preso na Superintendência da Polícia Federal desde o dia 7 de abril. A prisão foi executada com base na decisão do STF que autorizou prisões após fim dos recursos em segunda instância da Justiça.

A defesa do ex-presidente alega que há urgência na suspensão da condenação, porque Lula é pré-candidato à Presidência da República e tem seus direitos políticos cerceados ante a execução da condenação que não é definitiva.

Lula foi preso por determinação do juiz Sérgio Moro, que ordenou a execução provisória da pena de 12 anos e um mês de prisão pelos crimes (sem provas) de lavagem de dinheiro e corrupção, no caso do tríplex em Guarujá.

 

 

 

AEPET DENUNCIA: TEMER PREPARA MAIOR CRIME DA HISTÓRIA DURANTE A COPA


Esq.: Reuters / Dir.: Divulgação

 

De acordo matéria publicada no Brasil 247, Presidente da Associação dos Engenheiros da Petrobrás (AEPET), Felipe Coutinho, reforça que a Câmara dos Deputados aprovou na noite da quarta-feira (13), por 28/1 votos a 109, o regime de urgência para Projeto de Lei que permite à Petrobrás vender até 70% dos campos do pré-sal concedidos a ela por meio do regime de Cessão Onerosa. O texto autoriza a empresa a vender até 70% da sua participação nos campos, que hoje não é permitido.

A entidade destaca que “a Lei da Partilha (Lei Nº 12.351/2010) também previa em 2014 a possibilidade de contratação direta da Petrobrás nos casos de interesse estratégico nacional. Utilizando-se deste recurso, na 28a Reunião do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), presidida pela ex-presidente Dilma Roussef em 24 de junho de 2014, aprovou-se a contratação direta da Petrobrás para a produção em regime de partilha do volume de petróleo equivalente recuperável, excedente ao volume contratado sob o regime de Cessão Onerosa”.

 

 

“As multinacionais pretendem que o governo Temer anule a decisão do CNPE pela contratação direta da Petrobrás para operação e produção do excedente da Cessão Onerosa pelo regime de partilha. Cobiçam se apropriar desse petróleo, sem riscos, por meio dos leilões de privatização”, diz a AEPET.

Perguntado se o projeto vai acelerar as negociações entre União e a Petrobrás em torno da revisão do contrato de Cessão Onerosa, o presidente Petrobrás, Ivan Monteiro,Monteiro respondeu: – Nossa perspectiva é que a gente tenha uma evolução positiva nas discussões com o governo federal (…). Vai ajudar bastante sim, porque vai criar um ambiente mais estável, e é isso que o investidor estrangeiro quer, e o brasileiro também.

Privatização do petróleo da Cessão Onerosa

A Cessão Onerosa é um contrato celebrado entre a Petrobrás e a União, conforme estabelecido na Lei Nº 12.276/2010, através do qual a empresa adquiriu o direito de produzir um volume total de 5 bilhões de barris de petróleo equivalente a partir de seis áreas onde a estatal já havia conduzido estudos exploratórios.

Florim (Itapu*), Franco (Búzios*), Sul de Guará (Sul de Sapinhoá*), Entorno de Iara (Norte e Sul de Berbigão-Norte e Sul de Sururu-Atapu*), Sul de Lula (Sul de Tupi*), e Nordeste de Tupi (Sépia*). Dentre estes, destaca-se o campo de Búzios, maior super gigante do Pré-Sal, contendo um volume de óleo in place (VOIP) de 29,8 bilhões de barris e um volume de gás associado de 641,1 bilhões de m3 (Ref.: BAR 2015 in Sumário Exploratório ANP de Búzios).

Por este direito, a Petrobrás pagou à União o montante total de R$ 75 bilhões (US$ 42 bilhões). Através da Cessão Onerosa, a União aumentou sua participação acionária na estatal. (Laier & Marinho, 2017)

O deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA) apresentou o Projeto de Lei 8939/2017 que autoriza a Petrobrás a vender até 70% dos 5 bilhões de barris de petróleo adquiridos no regime de Cessão Onerosa em 2010. (Aleluia, 2017)

A imprensa repercute que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pretende dar prioridade para o projeto do deputado José Carlos Aleluia. (Jornal Valor, 2017)

 

 

A Lei da Partilha (Lei Nº 12.351/2010) também previa em 2014 a possibilidade de contratação direta da Petrobrás nos casos de interesse estratégico nacional. Utilizando-se deste recurso, na 28a Reunião do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), presidida pela ex-presidente Dilma Roussef em 24 de junho de 2014, aprovou-se a contratação direta da Petrobrás para a produção em regime de partilha do volume de petróleo equivalente recuperável, excedente ao volume contratado sob o regime de Cessão Onerosa.

O caráter estratégico da contratação da Petrobrás para a produção do excedente da Cessão Onerosa (9,8 a 15,2 bilhões de barris) em regime de partilha com a União foi comentado pela então presidente da estatal, Maria das Graças Silva Foster em apresentação para analistas divulgada em 27 de junho de 2014. Ela destacou a importância da produção do excedente para a Petrobrás para: repor a produção acumulada de seis anos no período de 2020-2030 (reposição de 1,6 a 1,8 bilhão de boe/ano); assegurar de forma antecipada um volume potencial com baixo risco exploratório; permitir maior seletividade nas futuras licitações de áreas exploratórias; economizar em custos de descoberta (deixar de gastar para descobrir e delimitar volumes equivalentes). (Laier & Marinho, 2017)

Apesar da programação da Copa do Mundo, “Balanço Geral” segue na frente de “Jornal Hoje”


Imagem relacionada

O “Balanço Geral” de quarta-feira emplacou a segunda vitória consecutiva sobre o “Jornal Hoje” (12,1 a 12 pontos) e abriu três pontos de vantagem (13,1 a 10,1) sobre o episódio final de “As Matrioskas”, série protagonizada pelas mães de Neymar, Gabriel Jesus e Fernandinho.

Os números acima são coletados pela Kantar Ibope Media na Grande São Paulo. Esses resultados são consolidados – isto é, já sofreram correções.

Cada ponto de audiência na Grande São Paulo representa 71.855 domicílios e 201.661 indivíduos.

 

A verdade é que existem dois ditados que já vão se misturando com mais um, que são eles: “A mentira tem pernas curtas, como também a carapuça fica na cara de quem faz e, pra finalizar e dar a coerência, a justiça, não a dos homens, mas a de Deus, tarda, mas nunca falha”. Bom, tarda porque Deus tem o tempo dEle em tudo. mas que se houver de se fazer justiça, um dia ela vai chegar. Como eu já foi dito no Café com Leite Notícias, está existindo uma espécie de campanha para que as famílias deixem  de assistir a TV Globo. Isso em nível de redes sociais é muito forte. Bom, certamente a fonte desta matéria não foi do G1. Na verdade foi do DCM. Último parágrafo, Café com Leite Notícias.