Um dia após ser enquadrado pela JBS, Rodrigo Janot denuncia Lula, Dilma e outros petistas, na tentativa de recuperar credibilidade


No momento em que o Lula encerra as visitas pelo nordeste e Janot ser "enquadrado" surge a denúncia contra p PT.
No momento em que o Lula encerra as visitas pelo nordeste e Janot ser “enquadrado”, surge a denúncia contra o PT.
Claramente uma tentativa de desviar o foco pós acidente dos áudios de Joesley Batista arrolando procuradores da República e Rodrigo Janot em quase um esquema para o acerto dos acordos da JBS, Janot viu o fim do mandato se acercando, e se o resultado de uma nova denúncia contra Temer vem sendo o de fracasso, decidiu despachar de última hora a denúncia contra Dilma Rousseff, Lula e petista por “organização criminosa”.
“A denúncia apresentada nesta terça-feira (5/9) pela Procuradoria Geral da República parece uma tentativa do atual procurador-geral de desviar o foco de outras investigações, que também envolvem um membro do Ministério Público Federal, no momento em que ele se prepara para deixar o cargo”, pontuou em nota o Partido dos Trabalhadores.
São acusados junto com os ex-presidentes da República, os ex-ministros Antonio Palocci, Paulo Bernardo e Guido Mantega; os ex-tesoureiros do PT, Edinho Silva e João Vaccari Neto, e a senadora Gleisi Hoffmann.
A peça de 230 páginas tenta convencer que os 14 anos de mandatos de Lula e Dilma foram estabelecidos com base em uma grande organização criminosa, tendo como uma das repercussões o esquema de corrupção deflagrado na Petrobras. Lula, Dilma e os ex-ministros não detêm de foro privilegiado. Mas em um aceno de suposta isonomia, Janot pede que eles sejam investigados na Corte Suprema, tendo consciência de que seus casos podem e devem retomar à primeira instância.
Qual Justiça Federal iria julgá-los? Uma vez acertado a tentativa de impessoalidade contra Dilma e Lula, Janot pede que outros investigados nos fatos fossem remetidos à 13ª Vara Federal de Curitiba, ainda que cada caso tenha supostamente ocorrido em uma jurisdição diferente, que tais apontados sejam todos julgados por Sérgio Moro, com a justificativa de “que sejam evitadas decisões contraditórias”.
Seriam remetidos à Moro os investigados: Ricardo Berzoini, Jacques Wagner, Delcídio do Amaral, Giles de Azevedo, Erenice Guerra, José Carlos Bumlai, Paulo Okamotto e José Gabrielli. Rodrigo Janot propositalmente sabe que, uma vez aceito os pedidos para que Sérgio Moro julgasse os referidos, Lula, Dilma e os ex-ministros também seriam remetidos à Justiça de Curitiba.
“Não há fundamento algum nas acusações contra o Partido dos Trabalhadores. Desde o início das investigações da Lava Jato, o PT vem denunciando a perseguição e a seletividade de agentes públicos que tentam incriminar a legenda para enfraquecê-la politicamente. Esperamos que essas mentiras sejam tratadas com serenidade pela justiça brasileira, e terminem arquivadas como já ocorreu com outras denúncias sem provas apresentadas contra o partido”, seguiu a nota do PT.
Também em resposta, Dilma alertou que “em apresentar provas ou indícios da materialidade de crime, o chefe do Ministério Público Federal oferece denúncia ao Supremo Tribunal Federal sem qualquer fundamento. Caberá ao STF garantir o amplo direito de defesa e reparar a verdade, rejeitando-a”, completando: “A Justiça será feita e não prevalecerá o Estado de Exceção. Não há mais espaço para a Justiça do Inimigo.”
O advogado de Lula, Cristiano Zanin Martins, também enfatizou que se trata de um “ataque ao Estado de Direito e a democracia”. “Essa denúncia, cujo teor ainda não conhecemos, é mais um exemplo de mau uso das leis para perseguir o ex-Presidente Lula, que não praticou qualquer crime e muito menos participou de uma organização criminosa”.
Todos conscientes de que o gesto de Janot no dia seguinte às notícias dos áudios de Joesley arrolando o Ministério Público como instituição, ferindo sua credibilidade, a defesa de Lula também ressaltou: “O protocolo dessa denúncia na data de hoje sugere ainda uma tentativa do MPF de mudar o foco da discussão em torno da ilegalidade e ilegitimidade das delações premidas no país.”
O próprio ex-presidente emitiu comunicado: “É o auge da campanha de perseguição contra o ex-presidente Lula movida por setores partidarizados do sistema judicial. Foi anunciada hoje para tentar criar um fato negativo no dia em que Lula conclui sua vitoriosa jornada pelo Nordeste”.
O ex-tesoureiro do PT, João Vaccari, disse que “continua confiando na Justiça brasileira e tem convicção de que as acusações que lhe são dirigidas, haverão de ser rejeitadas”. A denúncia, acrescentou o advogado Luiz Flávo Borges D’Urso, “é totalmente improcedente, pois o sr. Vaccari, enquanto tesoureiro do PT, cumpriu seu papel, de solicitar doações legais destinadas ao partido”.
A senadora Gleisi Hoffmann, presidente nacional do partido, lembrou o mesmo teor: “é uma denúncia sem qualquer fundamento, que busca criminalizar a política e o Partido dos Trabalhadores no mesmo momento em que malas de dinheiro são descobertas e membro do Ministério Público é envolvido em denúncias”.
“É no mínimo contraditório que num dia histórico, quando o Brasil se depara com a desfaçatez dos delatores, e sua disposição ao teatro e à dissimulação, a PGR resolva oferecer denúncia usando como prova basicamente palavra de delatores, antes de empreender uma apuração mínima para saber se as acusações possuem algo elo com a realidade”, disse o advogado do ex-ministro Guido Mantega, Fábio Tofic Simantob.
Também ex-ministro e ex-coordenador financeiro da campanha de Dilma em 2014, Edinho Silva defendeu que “sempre agiu de forma ética e legal e que não tem dúvidas que todos os fatos serão esclarecidos e que a justiça vai prevalecer”.
Mas mesmo após todas as defesas e personagens citados na denúncia manifestarem suas posições, de que a peça é uma tentativa de recuo, “retificação” ou desvio de foco por parte de Rodrigo Janot, o noticiário amanheceu “alertando” que o PT iria assim se defender. “PT dirá que denúncia de Janot é gesto político para rebater versão de que ele persegue Temer”, divulgou, de forma previsiva, o Painel da Folha de hoje. Matéria na íntegra do GGN.

 

Error, no Ad ID set! Check your syntax!

Waly Salomão é homenageado em Jequié


 

Na última sexta-feira, dia 1, teve início no Museu Histórico de Jequié, João Carlos Borges, a programação dedicada ao aniversário de nascimento do poeta, escritor, compositor, produtor musical e ex-secretário nacional do livro, o jequieense, Waly Salomão.Realizada pela Prefeitura de Jequié, através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, o evento teve início com a apresentação da Orquestra Municipal; em seguida com a abertura oficial das exposições Janela de Marinetti, que é um poema de Waly, e que é mais voltado para a biografia do artista, para a história dele em Jequié, e Algaravias, que engloba a arte de Waly, que era extremamente polivalente e complexa. Por fim, o público presente contou com a apresentação musical da banda Essencial Hit, que teve todo o repertório voltado para as músicas do poeta jequieense.

 

A homenagem para Waly Salomão foi uma orientação do prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira, para que os artistas da cidade, especialmente os que já morreram, não tenham o seu legado esquecido. Um artista do gabarito de Waly Salomão, com o nome conhecido nacionalmente e um dos criadores do movimento tropicalista, um artista dessa grandeza, não pode passar por despercebido, especialmente em sua cidade natal. É a primeira vez, inclusive, que o município presta uma homenagem como esta.

“Dentro das possibilidades da prefeitura, o município está fazendo esta homenagem, convocando a sociedade, direcionando isso também para as escolas municipais, estaduais, para as escolas privadas, para as universidades, no sentido de fazer as pessoas ampliarem o seu conhecimento acerca do legado de Waly Salomão, sobre a sua obra e levando este conhecimento para aqueles que não conhecem.”, disse o secretário de Cultura e Turismo, Alysson Andrade.

Para o curador da exposição, foi um grande desafio participar desta homenagem. “Quando fui convidado a ser o curador desta homenagem me senti tanto honrado quanto desafiado, porque trabalhar com a obra de Waly e tentar passar isso para as pessoas não é uma tarefa fácil. Temos um mês de exposição e eu espero que tenhamos um ótimo resultado.”, disse o curador da exposição e presidente da Academia de Letras de Jequié, Júlio Lucas. Com a família do artista presente, a noite se tornou ainda mais especial para todos que organizaram esta homenagem. Eles entenderam, se emocionaram e isso só deixou claro que a Prefeitura de Jequié, com a sua sensibilidade e atenção, estava prestando uma justa homenagem.

”Eu cedi um grande arquivo de Waly para a realização desta exposição. Está sendo maravilhoso para nós, da família, poder vivenciar este momento em que vemos a cidade parar para conhecer a história de nosso irmão. Todos os envolvidos neste projeto estão de parabéns pelo belíssimo trabalho apresentado e pela responsabilidade, zelo e carinho com estão tratando a vida de Waly. Meu irmão levou o nome de Jequié para além das fronteiras e eu me sinto emocionada e orgulhosa em participar deste momento. Estamos muito agradecidos a Prefeitura por esta iniciativa.”, disse Samira Salomão, irmã de Waly Salomão.
No dia 15 de setembro, numa parceria com a Academia de Letras de Jequié, está programada a participação do escritor Omar Salomão, que é filho de Waly. O evento seguirá aberto ao público, gratuitamente, até o dia 30 de setembro. *Com informações da SECOM – Secretaria de Comunicação.

Polícia Federal encontra 9 malas e 8 caixas de dinheiro em esconderijo de Geddel, ex-ministro de Temer


 

Jornal GGN – A Polícia Federal encontrou nesta terça-feira (5) malas e caixas recheadas de notas de 100 e 50 reais e um possível bunker onde Geddel Vieira Lima, ex-ministro de Michel Temer, armazenaria recursos ilícitos, na capital da Bahia. As informações são do portal El País.

De acordo com o site, a Polícia divulgou imagens “impressionantes” dos materiais apreendidos: nove malas e oito caixas lotadas com dinheiro vivo. “O valor ainda não foi contabilizado pelos policiais. A montanha de dinheiro lotou ao menos dois porta-malas de camionetes usadas no cumprimento do mandado da PF.”

A PF não detalhou como chegou ao local e nem qual a origem do dinheiro.

Geddel é apontado em delação da JBS como um dos interlocutores dos interesses da empresa junto ao governo Temer. À Procuradoria Geral da República, Joesley Batista afirmou que foi Geddel quem deu a ordem para manter pagamentos a Eduardo Cunha e Lúcio Funaro enquanto ambo estavam presos em Curitiba.

Depois que Geddel foi afastado do governo, Temer teria indicado Rodrigo Rocha Loures como homem de sua estrita confiança para conversar com os empresários. O ex-assessor especial de Temer foi filmado recebendo uma mala com R$ 500 mil em propina.

A operação Tesouro Perdido é uma continuação da Cui Bono, que havia resultado na prisão de Geddel em julho. GGN.

Num dia o leitor lê uma notícia em que o presidente bate boca com o dono da JBS, o Joesley, que de uma hora para outra passou de açougueiro para um dos homens mais ricos do planeta, o chamando de “gravador da república”, se referindo à gravação do Joesley sobre a polêmica dos 500 mil reais que, supostamente seria para o Cunha. O Joesley, por sua vez, não quis ficar calado e falou para o presidente da república brasileira, “Você é o ladrão da república”. Isso é muito triste, meus amigos e amigas. Como se não bastasse, no dia seguinte  o leitor se depara com uma foto de caixas e malas recheadas de dinheiro vivo, que a PF encontrou, constatando que trata-se de dinheiro que o Geddel escondia. Vale lembrar que Geddel foi um dos ministros de frente do presidente Temer. O que é que está acontecendo, povo brasileiro? Recorrer a quem?  Último parágrafo Café com Leite.

Tags

Às vésperas de nova denúncia contra Temer ele troca ofensas com Joesley


Temer chamou Joesley de “gravador da república”, mas o Joesley retrucou chamando o de “ladrão da república”. A que ponto chegou!! 
Sob claro receio, em gesto de auto-defesa sem sequer ter acesso aos materiais de acusação, o presidente Michel Temer divulgou nota, na noite da última sexta-feira (01) chamando Joesley Batista de “gravador geral da República”, em referência aos grampos feitos pelo dono da JBS e que acusam o peemedebista. Joesley, por sua vez, chamou Temer de “ladrão geral da República”, neste sábado.
A troca de farpas apenas mostra o medo do mandatário na iminência de uma nova denúncia contra ele chegar nos próximos dias à Câmara dos Deputados. Além do depoimento de Joesley, acusações de Lúcio Funaro devem ser incluídas e, sem sequer saber o conteúdo delas, Temer já retrucou. Do lado de lá, Joesley disse que Temer envergonha o país e pediu respeito às delações premiadas.
As notas foram caracterizadas pela jornalista Helena Chagas como “um diálogo edificante”. Leia a coluna:
Por Helena Chagas
O Planalto mostrou todo o seu nervosismo com a iminência da apresentação da segunda denúncia contra o presidente Michel Temerr na nota divulgada na noite da sexta feira primeiro de setembro. Traiu sobretudo sua ansiedade em relação à delação do doleiro Lúcio Funaro, que questionou e na qual apontou inconsistências e incoerências – no melhor estilo não li e não gostei, já que a peça está em sigilo.

Não era preciso tanto, já que o governo continua tendo os votos necessários na Câmara para enterrar a segunda denúncia, ainda que saia ainda mais caro que a primeira vez. Mas o establishment político, de olho na eleição daqui a um ano, e o econômico, focando os primeiros sinais da recuperação da economia, parecem ter mais o que fazer hoje do que se dedicar a mais um processo de derrubada de presidente da República.

Mas quem diz o que quer, ouve o que não quer. A nota exagerada do Planalto, chamando o empresário Joesley Batista de “gravador geral da República”, foi rebatida nesta madrugada por uma outra de seu acusador, mais pesada ainda – claro, ele não tem nada a perder – chamando o presidente da República de “ladrão geral da República”.

Baixaria total. Por coincidência, enquanto corria o edificante diálogo entre os supostos gravador geral e ladrão geral da República, era finalmente preso na manhã deste sábado, em São Paulo, por reincidência, Diego Ferreira de Novais, agora o ejaculador geral da República.GGN.

O que se sabe é que entre uma baixaria e outra o país vai cada vez se afundando mais. Quando chega uma denúncia contra o presidente Michel Temer, seria melhor que não chegasse. Na verdade vai ser mais um show de votos combinados a favor de enterrar a denúncia, que sá vai servir pra fazer o povo pagar os gastos com os nobres parlamentares e ficar por isso mesmo. Em seguida vem mais um aviso que na próxima semana os combustíveis vão aumentar. O que se pode fazer? não se pode contar com a imprensa aberta, não se pode contar com os “representantes do povo”, que são os engravatadinhos deputados; e, como muita gente já vem falando, não se pode contar também com o Judiciário. Nesse caso o povo fica com o maior pra contar, que é Deus. Último parágrafo café com Leite.

Taís Araújo pousa nua e diz que não liga para as críticas


Bob Wolfenson

Mulher que sempre demonstrou ter personalidade forte, bem definida na vida e sempre procurando representar e defender a raça negra na Bahia e no Brasil, a musa saiu nua na capa da revista “Women’s Health” de setembro, Taís diz que já sofreu com o corpo, mas que hoje não tem problemas nem mesmo com as estrias, que sempre a incomodaram. Imagem. “Tenho estria desde que meu corpo se desenvolveu, e isso era um pavor. Hoje em dia eu não ligo! Não estou nem aí para as estrias”, diz a apresentadora do programa Saia Justa (GNT), clicada por Bob Wolfenson…. Hoje orgulhosa dos cachos, Taís diz que só agora começou a reconhecer como é seu cabelo real e sentir orgulho dele. “A coisa mais linda é você se olhar no espelho e pensar: “Cara, eu gosto de mim do jeito que sou, de acordo com as minhas origens, da mistura feita do meu pai com a minha mãe.” Taís ainda conta que sua caçula, Maria, de 2 anos, já se mostra mais tranquila sobre o tema.”Ela ama o cabelo dela. Eu pergunto: ‘cadê o black da Maria?’. E ela mexe o cabelo. Ela quer laço, ela quer fita, ela levanta… É dela! Quero que ela goste do jeito que ela nasceu.”

Bob Wolfenson

Na verdade, não teria como Taís se olhar no espelho e não gostar do seu perfil de mulher, pois ela é uma das mulheres mais bonitas do meio artístico. E essa cabeleira dela acabou de arrumar a mulher. Além disso ela passa muita simpatia para os fãs, que são muitos, tanto homens como mulheres. fonte uol.

Chineses chegam à Bahia para investir em mineração na cidade de Maracás


Chineses chegam à Bahia para investir em mineração na cidade de Maracás

A riqueza da Bahia atrai olhares do mundo inteiro. Desta vez, os chineses desembarcaram em Salvador para ver de perto as potencialidades minerais do estado. O vanádio foi o principal destaque, já que a Bahia é a única produtora do minério no Brasil. Hoje, 28, pela manhã, os investidores estiveram na CBPM (Companhia Baiana de Pesquisa Mineral) e à tarde, na Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), fruto de um convite feito por representantes da SDE, quando estiveram na China, em julho deste ano, para ofertar a diversidade industrial e comercial do estado. Elite Lee, diretor de operações da Efly Group, disse que o estado está muito organizado geologicamente, por ser o único a ter 100% do mapeamento aerogeofísico e já deu andamento às negociações, durante a reunião, com a Vanádio de Macarás, representada pelo seu presidente, Paulo Misk. A Largo Resources, que controla a mineradora Vanádio Maracás, na Bahia, disse que realizou recentemente o seu milésimo embarque de vanádio, e superou a marca de 44 milhões de libras exportado, ou seja, quase 20 mil toneladas, batendo seu recorde de produção por seguidos meses em 2016. Anunciou também um acréscimo em 40% das reservas provadas da mina de vanádio de Maracás, que agora é de 18,39 milhões de toneladas com teor médio de 1,17% (mina com o maior teor de vanádio do mundo). O vanádio produz componentes metálicos e inova com estudos para compor aeronaves espaciais. Reinaldo Sampaio, superintendente da SDE, apresentou diversos pontos de investimento e disse que um atlas mineral bilíngüe está sendo produzido para facilitar a visualização dos mais de 40 minérios que o estado possui para exploração comercial. A Bahia se destaca no setor mineral por ser o único produtor nacional de urânio, vanádio, cromo e diamantes em kimberlitos. Estiveram na SDE e CBPM, Letícia Chun Pei Pan, diretora da Pan Comex; Elite Lee, diretor de operações do Grupo Efly; Oyang Qingquan, gerende de marketing, Li Kangyun, diretor de investimentos.Fonte :juniormascote.

O bom mesmo seria o Brasil ter como explorar suas riquezas, pois o que fica para os brasileiros é a mão de obra barata, enquanto a verdadeira riqueza deste país  vai para outros países. Essa é grande diferença entre um pais que possui patriotas e os que vendem tudo que há, como está acontecendo agora. Países desenvolvidos vendem serviços especializados, mas aqui se vendem  as riquezas a troco de bananas. O  que se pode fazer. Que sejam gerados os empregos. Ultimo parágrafo: http://www.jornalcafecomleite.com.br/

Luiz nassif manda recado aos brasileiros de boa vontade


 

Veja o que o Nassif fala sobre o que estão fazendo com o Brasil, e o que pode ser feito pela sociedade brasileira, bem como pelos empresários de boa vontade. A mídia aberta esconde os fatos, por ser conivente e parceira de tudo que acontece. Não estamos interessados em ver o Datena dizer que o bandido que roubou a galinha do vizinho tem que mofar na cadeia, para mostrar serviço, enquanto nada fala da verdadeira tragédia, que é retalhar o Brasil em pedaços pra vender. Para isso, tem lá um monte de deputados corruptos e capachos, para assinar em tudo que o mandatário pedir, claro, com a propina não mão. O povo de Maracás está de olho nesses traidores, na hora de virem pedir votos. Se é que eles têm coragem de aparecer por cá. O seu Artur Maia já ganhou a sua porção de vaia, quando foi trazido aqui pelo  prefeito Soya, mas o povo ainda aguarda os Britos, Antônio e Roberto, bem como o Claudio Cajado. O povo está revoltado e atento. Blog jornalcafecomleite.com.br. Veja o que Luiz Nassif tem a dizer.

Jovem baiano de Paramirim constrói Ferrari com sucata e está fazendo sucesso


Foto: Marcos Domício

Geovane é auxiliar de cabeleireiro, mas construiu um carro, na verdade uma “Ferrari”

 

Com apenas 23 anos, Geovane Félix Ramos dos Santos desenvolveu um protótipo com a experiência na serralheria do pai.

O investimento foi de 6 mil reais. E agora, mesmo sem ter nascido em berço de ouro, ele ostenta a Ferrari pela ruas de Paramirim, no sudoeste da Bahia.

Modelo único

Geovane desenvolveu um modelo único do icônico carro italiano.

É claro que não é a LaFerrari Aperta de R$ 4,4 milhões.

A “Ferrari” de Geovane é um praticamente “Frankenstein”. Tem:

  • motor de motocicleta de 200 cilindradas
  • painel de Del Rei
  • lataria da sucata da lateral de um ônibus
  • caixa de marcha de Gol e
  • volante de fusca

As rodas de aro 17 foram construídas por ele mesmo, assim como os bancos e o chassi.

Ele só encomendou os vidros escuros, mas foi ele mesmo quem pintou o carro.

Pesando 500 kg, o carro também corre bem menos que a original: chega no máximo a 40 km por hora.

“Fiz só para dar uma voltinha aqui na cidade mesmo”, disse ele, que não tem Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

O carro tem lugar para duas pessoas. Nos fundos, uma placa com o nome “Itália” e a identificação “G2017V”. O ‘g’ é de Geovane e o ‘v’ de Vanessa, a esposa.

Ele conta que a construção foi aos poucos.

“Comecei aos poucos a construir o carro em outubro do ano passado, nos fundos da oficina do meu pai. Comecei pelo chassi, depois as rodas. A parte elétrica é toda de moto, fui fazendo as adaptações. A ignição é eletrônica, todos os faróis e piscas dianteiros e traseiros funcionam, assim como a luz de freio”, contou Geovane.

Propostas

O rapaz achou gente interessada em trocar o carro por um convencional, mas ele não quis, até porque está aproveitando o sucesso da sua “Ferrari”.

E já tem até convite pra exposição. Dia 1º de setembro ele vai levar o veículo em um evento de motociclistas em Paramirim.

E Geovane já tem novo desafio: agora ele quer construir um Lamborguini Aventador, “daqueles que abrem as portas para cima”, mas ainda precisa levantar o capital.

Inventor mirim

Aos 14 anos, ele criou uma moto com motor de fusca, no estilo da Harley-Davidson, trocada por um veículo Escort que valia, segundo ele, cerca de R$ 4 mil.

O dom vem da família, já que o pai de Geonave, José Félix dos Santos, criou na década de 1980 um avião híbrido, que não chegou a voar, mas foi exposto à população, despertando a curiosidade geral. O avião foi feito com motor de Volkswagen para dois ocupantes.

Em Paramirim, a “Ferrari” de Geovane é o assunto mais comentado desde que ele colocou o carro para rodar.

“Ele fez o carro escondido, ninguém sabia. Todo mundo ficou admirado com a Inteligência dele”, disse o amigo Ronaldo Oliveira de Almeida, 34, gerente de um supermercado local.

Geovane ainda precisa regularizar o carro e colocar o número do chassi no departamento de trânsito. Fonte Notícia Boa.

Polícia prende um homem com oito quilos de cocaína na rodoviária de Vitória da Conquista


 

Wasilton da Silva Pinto, de 43 anos, foi preso nesta quarta-feira (23) no Terminal Rodoviário de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, com oito quilos de cocaína escondidos em sua bagagem. Segundo informações da Polícia Civil, o suspeito trouxe a droga de Foz do Iguaçu, localizada no oeste do Paraná, e pretendia comercializá-la no município de Feira de Santana.

Ainda de acordo com a PC, a prisão foi feita por polícias do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), que receberam uma denúncia anônima. Com o traficante, foram encontrados também 500 óculos de sol, já encaminhados à Receita Federal. A polícia afirmou que há indícios de que se trata de contrabando proveniente do Paraguai.

O delegado Elvander Miranda, do Draco/Conquista, disse que Wasilton já tem passagens pela polícia por roubo e formação de quadrilha. Fonte Bocão News.

Sentença de Moro no caso triplex será denunciada por Lula na ONU


Resultado de imagem para foto de Lula
Não é só nas instâncias recursais brasileiras que o caso triplex será rebatido e denunciado por Lula. A defesa internacional do ex-presidente também pretende apresentar ao Comitê de Direitos Humanos da ONU (Organizações das Nações Unidas) novas alegações contra os abusos cometidos por Sergio Moro na Lava Jato.
O advogado de Lula no exterior, Geoffrey Robertson, que deve desembarcar no Brasil na próxima semana, para participar de eventos na capital federal e em São Paulo, deve elaborar as novas alegações até o final de setembro. O documento abordará especificamente a sentença proferida por Moro em 12 de julho, destacando questões relacionadas à violação de direitos.
Na decisão, Moro condenou Lula a pouco mais de 9 anos de prisão e pagamento de multa que supera a cada dos R$ 13 milhões. O ex-presidente já teve cerca de R$ 10 milhões em bens lícitos congelados a mando do juiz de Curitiba. O processo chegou ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região, responsável por revisar as ações de Moro, na quarta-feira (23).
Antes disso, a defesa de Lula já havia apontando as fragilidades e controvérsias na decisão de Moro. O juiz, por exemplo, admitiu que o apartamento supostamente dado a Lula por Léo Pinheiro não tem nenhuma relação com contratos que a OAS firmou com a Petrobras, dando mais um motivo para a defesa reafirmar que o caso jamais deveria ter tramitado na 13ª Vara Federal de Curitiba.
Mais: Moro também descartou a denúncia feita pelo Ministério Público (a de que o apartamento seria contrapartida aos contratos entre OAS e Petrobras que renderam 87 milhões de reais em desvios) e criou sua própria acusação contra Lula: ele teria sido beneficiado pelo caixa que a OAS criou para depositar propinas ao PT, por onde teriam passado R$ 16 milhões, segundo delações. Para os advogados de Lula, ao formular uma nova denúncia para viabilizar a condenação, Moro violou o direito à ampla defesa.
Lula acionou o Estado brasileiro na ONU, por causa de Moro e dos procuradores da força-tarefa, em julho de 2016. Na queixa, um dossiê recheado de ações consideradas como “abuso de poder” por parte da República de Curitiba. O processo também acusa o Judiciário de “parcialidade” e será avaliado com base na Convenção Internacional de Direitos Políticos. Ainda no ano passado, Estadão noticiou que o caso poderia entrar na pauta da ONU a partir de outubro de 2017.

De acordo a levantamentos pelo GGN, pelo menos 4 vezes Moro deu “tiro no pé” 

Na primeira manifestação polêmica após a sentença, Moro respondeu aos embargos de declaração da defesa de Lula admitindo que não há provas da conexão entre o triplex e os 3 contratos que a OAS firmou com a Petrobras e que foram indicados pelos procuradores como o motivo para Lula receber vantagens indevidas.
(Como a grande mídia, as TVs abertas, são aliadas do grupo que querem Lula fora da política de 2018, no mesmo dia, só faltou querer antecipar o horário dos telejornais, para dar a notícia de que “pela primeira vez na história deste país, um ex-presidente da república é condenado a nove anos e meio de cadeia”. E contou os crimes do Lula. Crimes estes que não estão conseguindo provar nada e o Lula segue fazendo campanha e crescendo na opinião pública).
A defesa de Lula não perdeu tempo: poucas horas após o despacho de Moro vir à tona, o advogado Cristiano Zanin informou à imprensa que, na prática, Moro demonstrou que, no mínimo, a ação penal jamais deveria ter tramitado em Curitiba.
Ainda de acordo ao ggn, além disso, no mesmo documento, Moro também reconheceu que formulou sua própria acusação contra Lula, já que a tese da Procuradoria da República não foi comprovada. Isso significa que a defesa passou meses se defendendo de uma acusação ignorada pelo juiz, que decidiu tirar uma narrativa própria da cartola aos 45 do segundo tempo.
Mesmo admitindo que não há conexão entre o triplex e os 3 contratos da OAS com a Petrobras, Moro determinou o sequestro do imóvel já na condenação e, dois dias depois, também mandou congelar os bens de Lula como forma de garantir que a estatal será ressarcida.
A jornalista Tereza Cruvinel questionou a atitude de Moro, pela falta de nexo. Só mesmo para tentar sanar um erro na sentença contra Lula (o da falta de relação entre o caso triplex e a Petrobras) é que Moro poderia ter ordenado o sequestro dos bens de Lula. É a maneira de tentar forçar o elo, apontou em artigo reproduzido. Fonte GGN. Parágrafo em negrito de responsabilidade do Café com Leite.

Publicitário de Temer é contratado por agência com contrato milionário com governo


O marqueteiro Elsinho Mouco, responsável pelas campanhas de Michel Temer e que trabalha com o peemedebista há 15 anos, foi contratado pela agência de comunicação de Brasília Isobar, que tem contrato milionário com o governo Temer. Nesta quarta-feira (23), o próprio presidente foi pessoalmente à uma reunião da agência, com o ministro Moreira Franco.
Elsinho é publicitário fiel do “sr. Temer”, como o chama, desde que o atual presidente foi eleito deputado federal, em 2002, e tem atuações junto ao PMDB. Neste ano, seu nome foi arrolado em acusações da JBS: o dono do frigorífico, Joesley Batista, acusou o marqueteiro de ter recebido R$ 3 milhões de propina do grupo para a campanha de 2010 do partido e outros R$ 300 mil em dinheiro vivo, em 2016, a pedido de Michel Temer.
No início de junho, Elsinho Mouco chegou a confessar que Joesley Batista o contratou pelos R$ 300 mil com o claro objetivo de “derrubar” a presidente Dilma Rousseff, além de assuntos relacionados à eleição do irmão mais velho, José Batista Júnior, em Goiás. Segundo Joesley, o montante foi destinado às despesas de marketing político pela internet de Michel Temer, pouco antes de assumir a Presidência com a queda de Dilma.
No auge do movimento “Fora, Dilma”, ainda em maio de 2016, o empresário da JBS se ofereceu para pagar por um serviço de monitoramento de redes sociais à Temer, trabalho que seria feito por Elsinho, com o objetivo de o PMDB blindar a imagem do peemedebista para que pudesse assumir o governo. Em uma reunião, o empresário teria feito claramente o apelo: “vamos derrubar essa mulher”.
Agora no ápice das acusações da JBS contra o mandatário, Temer voltou a recorrer a Elsinho para discutir estratégias de enfrentamento público e em imagem contra os depoimentos e contra o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, autor da denúncia.
Ao blog de Andréia Sadi, do G1, Elsinho afirmou em junho deste ano que havia se encontrado com o presidente e que uma das estratégias de marketing político será o de “cobrar provas” de Janot sobre as acusações que recaem contra ele na denúncia então recém enviada à Câmara dos Deputados.
Nesta quarta-feira (23), a jornalista voltou a manchetar sobre Elsinho e o mandatário, mas com um avanço nas investidas de marketing do presidente. O publicitário aparece como o novo contratado da empresa Isobar Brasil, que tem contratos na faixa de R$ 44 milhões desde 2015 com o Planalto.
Um dos investimentos de Michel Temer foi um contrato de R$ 17,6 milhões com a agência, em 2016, para vigiar o que a população falava de Temer nas redes sociais, por meio de um monitoramento online. A agência foi recomendada por Elsinho, que agora figura como Diretor de Atendimento e Conteúdo, desde o dia 1º de agosto, segundo informações do blog.
Após o encontro entre Moreira, Temer e Elsinho, o publicitário afirmou já em nome da empresa de comunicação: “Queremos aumentar o engajamento dele [do peemedebista] nas redes sociais. Aprofundar o presidente reformista”. Matéria completa do GGN.

Deputado defende apuração sobre sorteios no Supremo que favorecem Temer e tucanos


 
Jornal GGN – O deputado federal Wadih Damous (PT) gravou e divulgou nas redes sociais, nesta quarta (23), um vídeo onde questiona o sistema de distribuição de processos feito no Supremo Tribunal Federal, por meio de sorteio. O parlamentar avaliou que é muita “coincidência” que casos de extrema relevância para o contexto político atual caiam nas mãos de ministros como Alexandre de Moraes e Gilmar Mendes.
Em artigos no GGN, Luis Nassif tem lançado luz sobre a questão colocando em pauta a possibilidade de manipulação nos sorteios.
Moraes, ex-ministro da Justiça de Temer alçado à vaga deixada por Teori Zavascki na Corte por decisão do presidente investigado, é agora relator do pedido de anulação do impeachment de Dilma Rousseff. Moraes também é relator da ação movida pela OAB para obrigar a Câmara a analisar o afastamento de Temer do poder, por causa das denúncias da JBS.
Gilmar Mendes, por sua vez, tem herdado processos de Aécio Neves e outros tucanos graúdos que caíram na Lava Jato, como Cássio Cunha Lima, Aloysio Nunes e José Serra.
“Eu sou advogado, tenho muito cuidado com determinadas observações e ilações, mas esses sistema de distribuição do Supremo Tribunal Federal tem que ser posto à opinião pública. Tem que ser posto ao crivo da sociedade. Não é possível que tantas coincidências aconteçam assim em determinados processos. (…) O Supremo deve prestar contas à sociedade”, defendeu Damous.

Em “Carta aberta aos ministros do Supremo”, Luis Nassif apontou que a manipulação de sorteios no Supremo pode servir a um plano maior para livrar tucanos das investigações por corrupção. Outro meio é, na fase dos inquéritos, direcionar os casos para policiais federais do grupo de Aécio Neves, apontou.

Em “Xadrez dos sorteios no Supremo”, Nassif explicou:

“Haveria três maneiras de direcionar os processos [no Supremo]:

Maneira 1 – Uma das hipóteses que aventei aqui seria o Supremo ter uma espécie de especialista em algoritmo, que analisaria antecipadamente as probabilidades de cada sorteio, de maneira a saber em qual rodada o inquérito x cairia com o ministro y.

Maneira 2 – a manipulação ocorreria se o responsável pela distribuição tiver acesso ao
algoritmo da distribuição. Algo fácil de comprovar pois o acesso fica registrado.

Maneira 3 – um especialista desenvolver um sistema que ficasse de fora do algoritmo, mas que permitisse incluir o(s) nome(s) dos Ministros a serem sorteados. Ou seja, o único ponto de contato seria a área de alimentação de nomes. E seria suficientemente flexível para permitir colocar apenas UM ministro no sorteio.

Das três possibilidades, a mais eficiente seria a 3.”

Próximo passo de Temer é vender Petrobras e pré-sal, diz Lula


 
Em passagem por Arapiraca (AL), para receber título de doutor honoris causa da Universidade Estadual de Alagoas, o ex-presidente Lula apontou que o próximo passo do governo Temer será abrir caminho para a privatização da Petrobras e venda do pré-sal a empresas estrangeiras.
“Se depender dos incompetentes que governam esse país, vão vender a Petrobras, vender os poços do pré-sal para as multinacionais”, disse Lula.
A fala do ex-presidente aconteceu no mesmo dia em que a equipe de Temer pretende anunciar um pacote com 57 projetos de privatização. A da Eletrobras já foi anunciada na segunda-feira (21) e criticada pelo ex-presidente, assim como por Dilma Rousseff, que disse que o governo está abrindo mão das políticas energéticas.
Durante a caravana em Alagoas, Lula ainda comentou a tentativa de juízes de primeira instância de impedir que ele receba títulos de doutor honoris causa. Para Lula, a investida é “inútil”, porque ele se sente contemplado toda vez que um aluno de baixa renda alcança a graduação por meio dos esforços para ampliar o acesso ao ensino superior feitos pelo PT no plano federal.
“As elites dirigentes deste país nunca se preocuparam em democratizar o acesso à universidade neste país. Eu tenho muito orgulho de ter sido a pessoa que mais fez instituições de ensino superior neste país”, disse o ex-presidente. Fonte GGN.

Caravana da Esperança Adventista passou por Jaguaquara em grande estilo


O Pastor Gilson Brito que faz o Programa Além dos Fatos,

na TV Novo Tempo, estava presente e fez uma belíssima pregação num ginásio lotado.

img-20170822-wa0029

O dia 19 de Agosto, o sábado, foi de muita alegria para os adventistas das cidades de Jaguaquara, Itaquara, Maracás, Lajedo do Tabocal e outras do entorno, pois foi o dia em que a Caravana da Esperança, da Igreja Adventista e TV  Novo Tempo passou para realizar ali um dos maiores encontros de Adventistas e outras denominações que estavam como visitantes, para ali usufruir de muitas coisas boas, sempre voltadas para Deus. O Pastor Rafael, da cidade de Jaguaquara recebeu outros pastores, inclusive o pastor Gilson Brito, que é bastante conhecido, inclusive apresenta um programa muito bom na TV Novo Tempo, que é o Além dos Fatos. Na ocasião dezenas de  novas almas desceram às águas e receberam o batismo, passando a ser mais um seguidor de Cristo.

img-20170822-wa0032

O evento aconteceu no ginásio de esportes da cidade de Jaguaquara, onde esteve lotado de pessoas de todas as idades, que permaneceram até o final. O Quarteto KADS de Vitória da Conquista  esteve fazendo várias apresentações musicais, onde encantou o espectador com as letras das músicas e as suas vozes. Por volta das 11 horas o Pastor Gilson Brito começou a fazer uma pregação que atraiu todas as atenções dos presentes. No mesmo momento acontecia o batismo de dezenas de pessoas e o Pastor Gilson narrava aquele momento, que será inesquecível, e depois prosseguiu falando sobre as coisas de Deus para todos os presentes.

img-20170822-wa0033

A reportagem do blog e jornal Café com Leite esteve conversando com muitas pessoas, e sempre o repórter ficava surpreso em vê alguém que não era adventista antes, mas que depois de entender a verdade que está na igreja Adventista do Sétimo Dia, resolveu entrar para nunca mais querer sair.

img-20170823-wa0037

 O Quarteto  KADS, da cidade de Vitória da Conquista, cantou e encantou

Num rápido bate papo com o ex-vice prefeito de Lajedo do Tabocal, popular Tõe de Su, ele disse que já se sente quase dentro da Igreja, já tem uma filha Adventista e que logo será ele. “Hoje mesmo eu deixaria de fazer qualquer coisa para estar neste evento, para ouvir a palavra de Deus e aprender mais”, disse o lajedense, que permaneceu até o final da programação. A caravana de Maracás também estava lá, como sempre, demonstrando alegria em estar naquele ginásio que por um dia se transformou na Casa de Deus.

No final da pregação do Pastor Gilson Brito ele concedeu uma entrevista ao blog e jornal Café com Leite, veja:

img-20170822-wa0034-1

Jornal Café com Leite: Pelo fato do senhor ser Natural de Vitória da Conquista  Bahia, seria esse o estado que o senhor mais visita no  Brasil??

Pastor Gilson Brito: Gosto muito de estar nessa terra, sou filho daqui, mas eu viajo, em função do meu trabalho, por todos os estados brasileiros, sempre levando a palavra de Deus, mas como eu disse, adoro vir para essa terra.

Blog Café com Leite: Pelo fato dessa miscelânea, digamos assim, que é questão da religiosidade na Bahia, fica mais difícil de as pessoas enxergarem a verdade e aceitar Jesus como único Salvador, ou é a mesma coisa de outros estados?

Pastor Gilson Brito: Eu diria que não, e me arrisco em dizer que acontece ao contrário. Na verdade, o brasileiro é muito religioso, embora com muito equívoco sobre o verdadeiro evangelho. Na Bahia, por ser uma terra de muitas religiões, e as pessoas, na verdade, estão sempre tentando encontrar o caminho, quando a gente fala do verdadeiro evangelho eles terminam entendendo e com isso tem crescido muito o número de Adventistas neste estado. Na verdade, como eu disse, muitas pessoas já têm uma noção do caminho de Deus, o que lhes falta é orientação da bíblia. São pessoas sinceras, mas não conhecem a palavra de Deus, por isso vivem erradamente por não conhecer, no entanto carregam com si algo bom e quando conhece a verdade se convertem. Eu creio que nós adventistas temos a missão de chamar esses cristãos, esses filhinhos de Deus para a bíblia, porque eu entendo que a segurança nossa como filhos de Deus e cristãos, é se vivermos e seguirmos o que está na Palavra do senhor.

Blog Café com Leite: Muita gente fala muito nos dez mandamentos, mas, no entanto, pouca gente sabe que a guarda do sábado é o quarto mandamento. Fale um pouco sobre o significado do sábado….

Pastor Gilson Brito:...Sabe, lamentavelmente existe muitos preconceitos no mundo, e esse preconceito também é bem acentuado dentro do próprio cristianismo com relação à lei de Deus. E eu me refiro aqui à lei moral de Deus, que são os dez mandamentos escritos pelo próprio Deus em pedra. Existe um preconceito generalizado contra a lei de Deus. Dentre os dez mandamentos escritos por Ele, é fácil perceber que o mais ignorado é o quarto mandamento, que é a guarda do sábado considerado um dia especial para Deus. Então nós adventistas procuramos pregar toda a bíblia, inclusive a lei de Deus, não como forma de salvação, porque a salvação está em Cristo, mas a obediência à lei de Deus é o resultado de nós estarmos vivendo em harmonia com o próprio Cristo e sua vontade. Agora, quando a gente enfatiza um pouco mais dos mandamentos da lei de Deus, o sábado, não é por ser mais importante que os outros, mas exatamente por ser o mais ignorado entre os cristãos. Na verdade, o sábado é um presente de Deus para a humanidade. O propósito de Deus com o sábado é que nesse dia nós nos desliguemos das tensões da vida e voltemos mais para os nossos amigos, para a nossa família e, acima de tudo, pro nosso Deus. Como eu disse, o sábado é um presente de deus para humanidade, mas, infelizmente, muita gente cristã ainda não tem essa compreensão, e por isso a gente faz questão de ensinar. Quando as pessoas descobrem e passam a viver essa experiência, logo todos notam o quanto é maravilhoso guardar o sábado do Senhor.

 

Blog Café com Leite: Pra finalizar, Pastor Gilson, na TV Novo Tempo existem vários pastores que apresentam programas espetaculares. Mas o senhor tem certa leveza de passar a sua mensagem, digamos de forma descontraída e até muitas vezes engraçada, em alguns pontos, mas, no entanto, com uma grande eficácia de resultados. Com isto tem conquistado muitos seguidores e certamente tem mudado a vida de muita gente pra melhor, quando passou a enxergar o caminho. O senhor diria que isso é um dom de Deus?

Pastor Gilson Brito: Sem dúvida alguma. Isso é um dom do Senhor, não é? A bíblia diz que o Espírito Santo distribui dons na igreja. E os dons são diversos e eu creio que essa minha facilidade de comunicação é um dom de Deus para mim, que tenho procurado usar para edificar a igreja pra Gloria de Deus. Eu diria que todos os cristãos devem procurar descobrir qual é ou quais são os dons que Deus lhes deu, para que eles possam usar para a glória do Senhor. Deixo aqui um abraço a todos que estão lendo esta entrevista, e digo para que todos procurem estudar mais a Palavra do Senhor.

Morre César Mata Pires, fundador da OAS


 

O maior acionista do grupo OAS, César Mata Pires, 67 anos, morreu nesta terça-feira (22) em São Paulo. O empresário foi vítima de um infarto fulminante. César Mata Pires estava caminhando pelo bairro do Pacaembu, na capital paulista, quando sofreu o infarto. O empresário é um dos fundadores da OAS.

Criada em 1976 na Bahia, a OAS tem em seu portifólio projetos nos setores de petróleo e gás, com refinarias, petroquímicas, terminais logísticos, GLP dutos e gasodutos, na área on-shore, e plataformas de produção de navios-sonda na área off-shore.

De acordo ao Correio da Bahia, no setor de energia a companhia desenvolveu  hidrelétricas e termelétricas. No segmento de infraestrutura, construiu rodovias, metrôs, barragens, adutoras, túneis, pontes, portos, aeroportos, complexos esportivos e edificações em geral. Fonte Correio.