(77) 99152-6666

Após pesquisa, ACM Neto grava video em apoio a José Ronaldo e publica nas redes sociais


Segundo levantamento, metade dos baianos não sabe quem prefeito de Salvador vai apoiar na eleição

[Após pesquisa, ACM Neto grava video em apoio a José Ronaldo e publica nas redes sociais]
Foto : Silvio Tito/Divulgação

Por Rodrigo Daniel Silva no dia 04 de Junho de 2018 ⋅ 09:39

 

Depois de o levantamento do instituto Paraná Pesquisa mostrar que quase metade dos baianos não sabe quem o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), vai apoiar na eleição deste ano ao governo da Bahia, o democrata soteropolitano gravou um vídeo em apoio a José Ronaldo e publicou nas redes sociais.

“Esse ano vai ser muito importante para o futuro da Bahia e dos baianos. E é exatamente por isso que o meu partido escolheu José Ronaldo como o nosso pré-candidato a governador. […] Vamos juntos construir o futuro da Bahia”, diz, ao ressaltar que o ex-prefeito de Feira de Santana tem “experiência administrativa” e “sabe governar”.

No mesmo vídeo, Zé Ronaldo agradece o apoio e afirma que ACM Neto é “o melhor prefeito de capital do Brasil”.

De acordo com a consulta, 49,7% desconhecem a informação de quem ACM Neto vai apoiar, e 7,6% disseram que o soteropolitano não deve apoiar ninguém. Já 17,1% dos baianos sabem que o chefe do Palácio Thomé de Souza vai apoiar José Ronaldo.

Outros 11,2% acreditam que o democrata soteropolitano vai apoiar o governador Rui Costa (PT), adversário do democrata.

A pesquisa também apontou que Rui seria reeleito no primeiro turno, com 58,8% das intenções de votos, se eleição fosse hoje. Já José Ronaldo (DEM) teria 9,5% dos sufrágios. Fonte Correio.

Error, no Ad ID set! Check your syntax!

Jogadores de um time de futebol salva senhor preso em ferragens


Foto: reprodução / InsideEdition

Garotos de time de futebol juvenil salvaram um casal de idosos que capotou com o carro e ficou preso no automóvel.

Os adolescentes estavam voltando para casa, depois de vencer um jogo no último fim de semana em um torneio na Califórnia, quando viram o acidente acontecer e o carro ficar com as rodas para cima.

O treinador do time Cavaleiros Negros imediatamente parou o ônibus e os integrantes da equipe, com 13 anos de idade em média, correram para resgatar o casal. (vídeo abaixo)

Unindo forças, eles conseguiram levantar o carro e ajudaram primeiro o homem a sair do carro.

Em seguida os jovens se concentraram para salvar a esposa dele, que estava presa ao cinto de segurança.

Um dos adolescentes usou uma faca para cortar o cinto de segurança, e então os meninos combinaram sua força – e aproveitaram a adrenalina – para levantar o SUV do chão para que o treinador pudesse ajudar a mulher a sair dos destroços.

O marido e a esposa, Allen e Maggie Hartman, passam bem e se recuperam de algumas costelas quebradas.

Eles agradeceram pelo empenho do time dos Cavaleiros Negros. Com informação de Notícia Boa. Veja o vídeo.

 

 

Pílula barata para diabetes pode prevenir infartes e derrames


Foto: Reprodução Daily Mail

Foto: Reprodução Daily Mail

 

Pílulas pra diabetes que custam menos de 1 pound – menos de 5 reais – podem prevenir milhares de ataques cardíacos e derrames todos os anos, de acordo com uma nova pesquisa feita na Europa.

Dois estudos britânicos descobriram que pessoas que tomam a droga metformina, também vendida no Brasil, tiveram pressão arterial mais baixa, perderam peso e viram o aumento do coração ser revertido.

Os cientistas acreditam que a prescrição poderia reduzir o número de pessoas que morrem de ataque cardíaco, derrame, ou insuficiência cardíaca.

Eles apresentaram as descobertas na Conferência da British Cardiovascular Society, em Manchester.

A pesquisa

Pesquisadores da Universidade de Dundee deram a droga a pacientes com doença coronariana para ver como ela afetava o coração e o sistema circulatório.

Eles descobriram que a metformina, que é comumente prescrita para diabetes tipo 2, pode reverter o espessamento prejudicial do ventrículo esquerdo, a principal câmara de bombeamento do coração.

Depois de tomar diariamente por um ano, o espessamento foi reduzido em duas vezes mais naqueles que tomam metformina em comparação com aqueles que tomam um placebo.

Pacientes que tomaram metformina também tiveram redução da pressão arterial e perderam uma média 3 kg, em comparação a nenhuma perda de peso no outro grupo.

Segundo estudo

No segundo estudo, conduzido pela mesma universidade, os pesquisadores testaram o medicamento em relação a uma condição chamada estenose aórtica (EA), que causa insuficiência cardíaca.

A conclusão é que pacientes diabéticos com EA que foram tratados com metformina tinham menor probabilidade de morrer de ataque cardíaco, acidente vascular cerebral ou insuficiência cardíaca do que aqueles em outros tratamentos para diabetes.

O Dr. Ify Mordi, professor de cardiologia clínica na Universidade de Dundee, disse:

“Precisamos realizar estudos maiores para confirmar nossas descobertas, mas se for bem sucedido isso pode oferecer esperança para milhares, senão milhões de pacientes em todo o Reino Unido”.

Com informações do Daily Mail


Com Parente, caem os últimos resquícios de credibilidade de sua amiga Miriam Leitão. Por Miguel Enriquez

Abraço dos afogados: Miriam Leitão e Pedro Parente, presidente da Petrobras

POR MIGUEL ENRIQUEZ

Exatos dois anos depois de sua posse, no dia 1º de junho de 2016, Pedro Parente, não é mais o presidente da Petrobras.

Queridinho do mercado, fora apresentado como o homem providencial e o melhor gestor de crises de que o país dispunha, o executivo adequado para sanar a estatal, abalada pelo chamado Petrolão.

Entre os áulicos, ninguém superou a jornalista Miriam Leitão, a decana dos comentaristas de economia dos veículos do grupo Globo.

Há menos de três semanas, Miriam, que não tem o menor pudor em deixar-se fotografar em poses lânguidas ao lado de Parente, FHC e outros amigos, dedicou-lhe seu programa na GloboNews para uma espécie de egotrip.

“A Petrobras virou a página da sua pior crise, sem dúvida nenhuma, o que não quer dizer que a gente possa relaxar. Estamos seguindo um planejamento estratégico com muita disciplina. Por outro lado, temos que reconhecer que tem evidentemente o efeito do petróleo subindo. E como ele sobe, pode descer”, disse Parente, ante o olhar embevecido de Miriam.

Na ocasião, Parente revelou que todo o esforço na empresa estava dirigido para fazer os ajustes operacionais necessários, a renegociação para mudar o perfil da dívida e as melhoras na área de segurança, porque a Petrobras tem que ser lucrativa com o barril a US$ 35 ou a US$ 75.

“Como o preço do petróleo é cíclico, a gente faz bem de seguir a sabedoria, as lições da Bíblia”, afirmou. “Sete anos de bonança e depois sete anos de tempestade. Vamos durante a bonança nos preparar para a tempestade, fortalecendo a empresa e trabalhando no menor custo possível.”

Na ocasião, Parente comemorava o lucro de R$ 6,9 bilhões obtido pela Petrobras no primeiro trimestre e 2018, o primeiro após quatro de prejuízos. Um dos pilares desta mudança, expressada pela retomada da lucratividade, pontificou Miriam Leitão, é a não intervenção política.

“A Petrobras foi atingida por várias tempestades: a corrupção, os investimentos errados impostos à direção executiva, a manipulação de preços de derivados”, afirmou.” Que os próximos governantes aprendam as lições, bíblicas e laicas, sobre por que evitar a interferência na gestão.”

Outro ponto alto do programa, foi quando Parente reafirmou a intocabilidade da nova política de preços da estatal, com a prática de reajustes diários nos preços dos derivados, em função da alta das cotações internacionais, mesmo que estas disparem.

 

Parente ratificou essa política, sustentando que a Petrobras não determina os preços, pois esses são o resultado da oscilação da matéria-prima.

“Nunca vi ninguém falar que, quando sobe o preço do trigo, em algum momento alguém vai dizer ao padeiro ‘não suba o pão.’ Não é culpa do padeiro”, respondeu um Parente autossuficiente, seguro de que sua posição era imexível, imune às interferências políticas.

Para desgraça de Parente e Miriam, a Petrobras não é exatamente uma padaria. Monopolista num setor estratégico, não tem como escapar às pressões da sociedade. Foi o que constataram Parente e o governo Temer ao serem surpreendidos pela gigantesca mobilização dos caminhoneiros, sublevados contra os resultados de sua política de preços.

Parente aprendeu, à custa do seu emprego, que o presidente da Petrobras pode muito, mas não pode tudo. Bastaram 10 dias de uma greve, que instalou o caos em todo o país, para a casa cair.

 

Mas não chorem por Parente, que em seus bons momentos chegou a ser cogitado como o candidato capaz de unir as forças de centro direita à presidência da República.

Ele já tem um emprego garantido na BRF, onde ocupa a presidência do Conselho de Administração, função que pode acumular com a presidência executiva.

E Miriam? Continuará no lugar de sempre, defendendo as causas de sempre, por mais impopulares e equivocadas que sejam. Com informação do DCM.

CAI PEDRO PARENTE, O CORAÇÃO DO GOLPE


Presidente da Petrobras, Pedro Parente, pediu demissão na manhã desta sexta-feira (1º); Parente foi o principal responsável pela política de reajustes de preços na Petrobras, que levou o País ao caos, com desabastecimento e paralisia em todas as regiões; quadro orgânico do PSDB, Parente foi indicado por FHC para promover a entrega do pré-sal e a venda aos pedaços da Petrobras; de acordo com comunicado da estatal, a nomeação de um CEO interino será examinada ao longo do dia pelo Conselho de Administração; vídeo

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

 

O presidente da Petrobras, Pedro Parente, pediu demissão na manhã desta sexta-feira (1º), dois anos depois de tomar posse como presidente da Petrobras.

Imediatamente após a notícia, as ações da estatal entraram em leilão na B3.  De acordo com comunicado da estatal, a nomeação de um CEO interino será examinada ao longo do dia pelo Conselho de Administração.

Ainda de acordo com o comunicado, a diretoria executiva da companhia não sofrerá qualquer alteração.

Vale lembrar que essa queda aí do Parente, faz parte da grande vitória da greve dos caminhoneiros. Naturalmente que a greve dos Petroleiros foi a gota d’água, mas se não fosse a paralisação dos caminhoneiros, certamente os petroleiros não iria parar. Fonte 247…veja agora o vídeo.

Cartão de crédito: fim da bola de neve entra em vigor


Foto: Pixabay

Foto: Pixabay

As novas regras para o cartão de crédito, que incluem o fim da bola de neve da dívida, entraram em vigor nesta sexta, 1º de junho.

As medidas, aprovadas no fim de abril pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), são para diminuir as taxas de juros cobradas nessa modalidade de crédito.

Acabou a possibilidade de cobrança de duas taxas de juros diferentes para quem deixa de pagar a fatura total: a do rotativo “regular” e a do rotativo “não regular”.

A partir de agora, os bancos poderão cobrar apenas uma taxa, a do rotativo regular, definida em contrato.

Em caso de inadimplência, quando as pessoas pagam menos que o mínimo ou não pagaram a fatura, as instituições vão poder cobrar multa de 2%, paga em uma única vez e juros de mora limitado a 1% ao mês.

Os juros do rotativo regular, mais baixos, são cobrados daqueles clientes que quitam pelo menos o pagamento mínimo de uma fatura. Já os juros do rotativo não regular, mais altos, são aplicados pelos bancos àqueles clientes que pagam menos que o mínimo ou não pagam a fatura, e ficam inadimplentes.

De acordo com o Banco Central, no mês de março a taxa média do rotativo regular foi de 10,8% ao mês e a do rotativo não regular, de 14,3% ao mês.

Pagamento mínimo

Outra mudança foi o fim da regra que fixava o pagamento mínimo das faturas em 15% do valor total.

A partir de agora, cada banco, ou empresa que emite cartões, poderá definir um percentual de pagamento mínimo para cada cliente, de acordo com o perfil dele e relacionamento com a instituição.

As novas regras foram anunciadas um ano após o governo divulgar as primeiras mudanças nas normas para uso dos cartões.

Na época, a principal medida foi o fim da possibilidade de os consumidores pagarem o valor mínimo das faturas por vários meses seguidos.

Desde então, é possível entrar no rotativo apenas em um mês. No mês seguinte, o cliente é obrigado a pagar o saldo total da fatura.

Caso não consiga, o banco é obrigado a oferecer a ele o parcelamento do débito em linhas de crédito com juros mais baixos que os do cartão.

Com informações do G1

 

MODELO DO GOLPE É O INVERSO DO MODELO DILMA


Enquanto a presidente deposta Dilma Rousseff pretendia usar os recursos do pré-sal para investir em educação e saúde, o modelo de Pedro Parente, que é o coração do golpe, entregou o pré-sal, transferiu a conta para a sociedade e, depois da grita dos caminhoneiros, decidiu cortar gastos sociais – incluindo em educação e saúde.

De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, o governo cortou incentivos para setores da indústria para bancar os R$ 13,5 bilhões destinados aos subsídios ao diesel. Desse total, R$ 4 bilhões virão com o aumento da arrecadação gerado pelo fim de programas de incentivos às empresas.

Os R$ 9,5 bilhões restantes serão pagos com reservas financeiras do governo e corte de verbas para várias áreas, inclusive saúde, educação, moradia e saneamento básico. O Sistema Único de Saúde (SUS) deixará de receber R$ 135 milhões.

O governo também cancelou despesas de 40 obras em rodovias, além de patrulhamento.

Em entrevista exclusiva à TV 247, a presidente deposta Dilma Rousseff explicou como a mudança do regime de exploração do pré-sal está relacionada ao projeto do golpe que a tirou do poder.  “Nós descobrimos o pré-sal. Nós sabemos onde está: tem um polígono no meio do oceano. Nós sabemos onde o petróleo está, qual é a qualidade dele e sabemos que há muito petróleo.

“O modelo do pré-sal foi pensado para que o Brasil tirasse o maior proveito das riquezas naturais, que agora, com a mudança promovida por Michel Temer, acabam nas mãos dos exploradores estrangeiros”, avalia.

Dilma fala ainda da ameaça ao futuro do Brasil que veio com essa mudança. “O modelo de partilha tinha um fundo social. A parte maior, em torno de 75%, ficou para a educação, e entorno de 25% para a saúde. Era uma espécie de passaporte para o futuro, que não tem no modelo de concessão. (…) A educação funciona para o futuro e para a riqueza do País. A nação enriquece se você apostar em educação”, finaliza.  Fonte 247.

Postos de combustíveis terão multa de 9,4 milhões se não baixarem 46 centavos no preço do diesel


Mas os caminhoneiros já cogitam parar na segunda por falta de cumprimento do Governo ao que ficou prometido

Resultado de imagem para foto de uma bomba de posto de oleo diesel
O Café com Leite conversou com uma caminhoneiro na cidade de Maracás, o senhor Antônio, onde ele disse que a categoria não está satisfeita com o que foi oferecido para eles, e que o governo não está cumprindo nem com o que prometeu.”Eu trabalho em empresa, não posso dizer nada, é a empresa que vai decidir. Mas os caminhoneiros autônomos já estão de prontidão. Perguntado sobre o principal motivo desta segunda paralisação, ele disse que foi a não publicação dos acordos no diário oficial. “Mas agora, hoje cedo fiquei sabendo que já foi publicado a questão do desconto dos 46 centavos, de modos que vamos ver se o plano de parar na segunda vai continuar. Agora eles querem uma greve geral”, informou o caminhoneiro Antônio.
Outra coisa que aconteceu, é que muitos postos ao saberem da baixa de 46 centavos por litro, aumentaram os seus preços para o desconto ser menor. É preciso que os motoristas fiquem atentos e marquem bem esses postos. Teve também alguns postos que aproveitaram que estava faltando o combustível durante a paralisação e começaram a cobrar mais caro o produto, só que só aceitava em espécie, nem cartão débito queria, para não ficar prova. Que sejam marcados também. Nesse País, não é só o presidente com a sua coja que não valem nada não, muita gente espalhada pelo Brasil também, não presta e são corruptos.

Multa de mais de nove milhões para os postos

que não baixarem o preço do diesel na bomba

BRASÍLIA — Segundo o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, anunciou nesta quinta-feira uma série de punições aos postos de combustíveis que não repassarem ao consumidor o desconto de R$ 0,46 no preço do litro do diesel, conforme acordado pelo governo com os caminhoneiros para acabar com a greve da categoria. De acordo com o ministro, a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), vinculada ao Ministério da Justiça, estabeleceu sanções por meio de uma portaria, que será divulgada nesta sexta-feira, no caso de haver denúncias de que os postos não estão repassando ao consumidor o desconto da compra do diesel, que ficará mais barata. São elas: multa de até R$ 9,4 milhões, suspensão temporária das atividades, cassação da licença do estabelecimento e até a interdição do estabelecimento comercial.
Até a sexta feira ainda está o preço antigo nas bombas. O que se espera, é que no sábado os postos amanheçam com os novos preços. É 46 centavos a menos ou multa de 9,4 milhões e ainda estabelecimento fechado.

ESTUDO BRITÂNICO REVELA: POVO BRASILEIRO É O MAIS IDIOTA DO MUNDO



O instituto de pesquisas britânico Ipsos Mori fez vários tipos de perguntas para brasileiros. Os palpites passaram tão longe das repostas corretas, que renderam ao Brasil o título de terceiro país mais ignorante sobre si mesmo.

 
Brasil: será o povo mais idiota do mundo?
O estudo intitulado Perils of Perception (Perigos da Percepção) foi feito com 33 nações, de todos os continentes. O país que menos sabe sobre sua própria situação é o México, seguido pela Índia e sobrando para nós a medalha de bronze. Na outra ponta, o mais consciente do ranking foi a Coreia do Sul, em segundo ficou a Irlanda, com a Polônia em terceiro para fechar o pódio.

Para fazer o cálculo o estudo produziu 12 questões, e comparou as suposições da população com dados reais. Os brasileiros se mostraram especialmente ruins em falar sobre idade. O país teve a maior margem de erro, quando perguntaram a idade media de seus habitantes (o palpite foi 56 – 25 a mais do que os corretos 31 anos). Mas nós também lideramos os erros na questão “A cada 100 pessoas, quantas você acha que têm 14 anos ou menos?”, a média dos chutes foi 39, a resposta correta seria 24.
O povo brasileiro também tem menos mulheres no poder do que imagina. Enquanto a população acreditava que 31% dos políticos fossem mulheres, o número de verdade é menos que a metade disso: 14%. Outro erro de destaque foi na pergunta “Qual a porcentagem de imigrantes no seu país?”. As respostas do Brasil apontavam que 25% dos habitantes vieram de fora. Erramos feio. Na verdade, só 0,3% da população é estrangeira.
A pesquisa foi feita entre os dias 1 e 16 de outubro, conversando com cerca de 1000 brasileiros. Fonte:CorujaProf

Ministro divulga punições para posto que não repassar ao consumidor desconto de R$ 0,46 no preço do diesel


Segundo Eliseu Padilha (Casa Civil), postos estão sujeitos a multa de até R$ 9,4 milhões, suspensão temporária da atividade e cassação da licença. Medida compõe acordo com caminhoneiros.O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha (Foto: Isac Nóbrega/PR)

O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha (Foto: Isac Nóbrega/PR)

O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, divulgou nesta quinta-feira (31) as punições previstas para os postos que não repassarem aos consumidores a redução de R$ 0,46 no preço do litro do óleo diesel.

A redução faz parte do acordo do governo com os caminhoneiros para tentar por fim à greve da categoria.

Segundo Padilha, o posto de combustível que a partir desta sexta (1º) comprar diesel com preço menor terá de repassar o desconto ao consumidor.

De acordo com o ministro da Casa Civil, as punições possíveis em caso de descumprimento são:

  • Multa de até R$ 9,4 milhões;
  • Suspensão temporária da atividade;
  • Cassação da licença do estabelecimento;
  • Interdição do estabelecimento comercial.

Segundo o governo federal, a Secretaria Nacional do Consumidor, vinculada ao Ministério da Justiça, e a Federação Nacional do Comércio de Combustíveis assinarão um termo de cooperação técnica para que a redução no preço do combustível chegue a quem for abastecer os veículos nos postos.

Além disso, uma portaria prevendo as regras deverá ser publicada nesta sexta (1º) no “Diário Oficial da União”.

Entre as regras, o ministro Carlos Marun (Secretaria de Governo) já informou que o posto deverá estender uma faixa com o preço do diesel em 21 de maio, quando começou a greve dos caminhoneiros, e informar o preço com o desconto.

De acordo com a Casa Civil, os R$ 0,46 de desconto no preço do diesel correspondem à redução da Cide (R$ 0,05) e de PIS-Cofins (R$ 0,11), além de subvenção do governo (R$ 0,30).

Mais cedo, nesta quinta-feira, o governo federal anunciou a criação de uma rede nacional de fiscalização para verificar se o desconto no diesel será refletido ao consumidor.

Governo diz que diesel com desconto de 46 centavos deve chegar às bombas em até três dias

Governo diz que diesel com desconto de 46 centavos deve chegar às bombas em até três dias

Acordo com caminhoneiros

Eliseu Padilha deu as informações após participar de uma reunião do grupo criado pelo governo federal para monitorar a greve dos caminhoneiros e a retomada do abastecimento.

A categoria entrou em greve no último dia 21 e protesta contra o aumento no preço do diesel.

Entre outras medidas para tentar por fim à paralisação, o governo anunciou no fim de semana:

  • Redução no preço do combustível;
  • Formulação de uma tabela com preços mínimos para os fretes;
  • Isenção da cobrança de pedágio para eixo suspenso de caminhões vazios, em rodovias federais, estaduais e municipais;
  • Determinação para que 30% dos fretes da Conab sejam feitos por caminhoneiros autônimos.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, não há mais pontos de aglomeração de caminhoneiros em rodovias federais.

Na semana passada, o presidente Michel Temer acionou as Forças Armadas para desobstruir as estradas e, segundo o ministro da Defesa, general Silva e Luna, os militares deveriam atuar de maneira “enérgica”. Com informação do G1.

Rodovias baianas 100% desobstruídas, garantem PRF e SSP


 

[SSP e PRF anunciam fim de obstruções em rodovias baianas]

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) anunciaram hoje (30), no fim da tarde, que não há mais pontos de bloqueio em rodovias estaduais e federais que cortam a Bahia.

As manifestações ocorriam por causa da paralisação nacional dos caminhoneiros. A megaoperação conjunta deflagrada, com utilização do Batalhão de Choque (BPCHq), Grupamento Aéreo (Graer) e companhias independentes de Policiamento Especializado (Cipes), encerrou os protestos em seis cidades.

Durante a tarde, em Feira de Santana, equipes da Companhia de Controle de Tumulto e Distúrbio Civil do Choque nem precisaram atuar. Na BR-116, no Km 01, próximo da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), os dois pontos de manifestação foram desocupados e barracas e banheiros químicos começaram a ser retirados. Guarnições das 65ª e 66ª CIPMs ocuparam os locais após desmobilização.

Já em Itatim, Eunápolis, Itaberaba e Itacaré negociações também encerraram as manifestações e os caminhões já circulam livremente. Desde o início da paralisação até a manhã de hoje,101 multas foram aplicadas, nas rodovias estaduais, para os motoristas que, mesmo após advertência, permaneceram com veículos estacionados em acostamentos.

“Foi um grande trabalho conjunto das forças de segurança estaduais e federais garantindo o retorno da normalidade, na Bahia. Continuamos monitorando as rodovias e sempre buscando o diálogo para resolução dos problemas”, declarou o secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa. Ele também lamentou que notícias falsas sobre morte de caminhoneiro, queimas de ração e de posto de combustível foram disseminadas. “O empenho dos policiais tem de ser mais valorizado”, concluiu. com informação do Metrô 1.

Pesquisa mostra que maioria da população é a favor dos caminhoneiros e contra privatizar a Petrobrás


Resultado de imagem para foto de caminhoes parados
Pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta (30) mostra que a greve dos caminhoneiros teve apoio de 87% dos entrevistados. Outros 56% disseram que gostariam que a paralisação continuasse pressionando pela redução do preço dos combustíveis contra 42% que preferem que a greve – que chegou ao 10º hoje, em menor proporção – termine de uma vez.
Apesar do apoio, 59% disseram ao instituto que acham que as medidas anunciadas pelo governo Temer para conter a greve vai trazer mais prejuízos que benefícios para a população em geral.
A principal demanda dos caminhoneiros era a redução no preço do diesel, regulado pela Petrobras. Temer prometeu uma série de medidas para compensar os motoristas do setor pelos próximos 60 dias, mas não mexeu no preço da gasolina e etanol.
“A pesquisa aferiu que o brasileiro não concorda em ser penalizado com aumento de impostos e corte de gastos federais para atender às reivindicações dos caminhoneiros”, observou a Folha de S. Paulo.
Ainda assim, 92% disseram que a pauta de exigências dos caminhoneiros era justa. Mesmo entre aqueles que disseram ser contra a paralisação e bloqueios de estradas, 57% concordaram com as demandas dos motoristas.
Já a avaliação sobre Temer foi negativa. 96% acham que ele demorou demais para negociar com os caminhoneiros e 77% desaprovam a maneira como se deu.
PRIVATIZAÇÃO
Quando o assunto é a privatização da Petrobras, a maioria dos brasileiros, 55%, diz que é contra a medida. Só 30% apoia a venda da estatal para o setor privado e 15% não sabem ou não quiseram opinar.
Se a privatização for feita em benefício de grupos estrangeiros, a rejeição é maior ainda: 74% discordam, ante só 17% que concordam e 9% que não sabem ou não quiseram opinar.
A pesquisa Datafolha foi feita por telefone, em todas as regiões do País, com 1,5 mil pessoas, na tarde de terça (29). A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. Com informação do GGN.

Por que Danny Glover está vindo à Vigília Lula Livre em Curitiba? Por Vinicius Segalla


Todas as pessoas do planeta, que gostam de priorizar as pessoas mais carentes para cuidar, por saber que o “normal” é pessoas ou governantes massacrarem os indefesos, quando encontra outra pessoa que tem esse mesmo pensamento e atitude, logo rola uma grande possibilidade de uma amizade forte entre os dois. Foi assim com o ator norte-americano Danny Glover  e Lula quando se encontraram e trocaram algumas ideias.

Em nome dessa amizade e respeito, Danny Glover vem a Curitiba no início desta noite dar Boa Noite ao ex-presidente Lula. Não é a primeira vez que vem ao Brasil para mostrar seu apreço, seu apoio, sua parceria e solidariedade a Lula. Estrela de Hollywood que usa a fama para tentar tornar menos pobres as pessoas pobres do planeta, é conhecida a relação de Glover não só com Lula ou o PT, mas com movimentos sociais, líderes populares e partidos de esquerda em todo o mundo.

O que pouca gente sabe é o quão antiga e profunda é a relação do ator com a causa que defende. Assim como Lula, Danny Glover nasceu para lutar por justiça social, não sabe fazer outra coisa, irá até o final da vida seguindo o mesmo caminho.

Nasceu em 1946, filho de funcionários dos Correios, em São Francisco, Califórnia. Ali foi criado, ali estudou. Na Universidade Estadual de São Francisco, participou da maior greve estudantil da instituição.

 

 

Ela começou em novembro de 1968. Dois grupos estudantis a organizaram: a União dos Estudantes Negros, de Glover fazia parte, e a Frente de Libertação do Terceiro Mundo. Suas demandas: que aquela universidade pública onde estudavam expandisse as ações do “Black Studies Department” (Departamento de Estudos sobre o Negro, em tradução literal) e criasse uma Escola de Estudos Étnicos. Foram cinco meses até a reitoria decidir atender às demandas, e a greve chegar ao fim. A “School of Ethnic Studies” da Universidade Estadual de São Francisco foi a primeira do gênero em seu país.

Ao longo da década seguinte, embora não fosse membro dos Panteras Negras, grupo anti-racista norte-americano, trabalhou em um de seus programas, de distribuição de café da manhã para famílias com crianças em situação de extrema pobreza. Também ajudou os panteras negras a organizarem seu jornal impresso.

Viveu em uma casa coletiva por um ano, engajou-se nos movimentos contrários à Guerra do Vietnã, outros de luta contra a política colonialista e racista aplicada à África e também de um grupo que lutava pela equanimidade no acesso à educação.

Junto com tudo isso, virou ator de Hollywood, ficou mundialmente famoso.

Mas nunca abandonou as lutas da sua vida, que na verdade é uma luta só. Assim como aquele a quem Glover vem visitar nesta quarta, o ator norte-americano coleciona títulos e comendas de universidades, entidades de defesa dos direitos humanos, governos de países africanos. Em 2006, enquanto participava de uma passeata contra a guerra no Iraque, ele tentou explicar o que move essa luta, a luta da sua vida: “Eu tento achar esperança em lutas e resistências, não importa onde estejam ocorrendo. O crescimento do movimento contra a guerra do Iraque é um motivo para esperança, assim como a luta por tratados comerciais justos com a América Latina. Momentos de luta por justiça são momentos a ser celebrados. A celebração da energia daqueles que unem para resistir.”

É por isso que Danny Glover vem à Vigília Lula Livre. Pena que a mídia brasileira tenta passar para os brasileiros que Lula é gente da pior espécie. Para quem enxerga as coisas com os seus próprios olhos, sabe muito bem quem é gente da pior espécie no Brasil. Certamente  a Globo não vai noticiar esta boa noite do Glover a Lula. Fonte DCM.

 

Avicultores impedem sacrifício de 30 mil pintinhos no ES


 

Foto: reprodução / GazetaOnLine / Ronaldo Sales dos Santos

Produtores rurais e avicultores conseguiram impedir que 30 mil pintinhos fossem sacrificados no município de Domingos Martins, na região serrana do Espírito Santo.

Eles encontraram uma alternativa para a falta de ração, que não chega à cidade por causa da greve dos caminhoneiros, que completou nove dia nesta terça, 29.

Os pintinhos serão transferidos para uma granja do Espírito Santo que tem espaço para receber os 30 mil pintinhos

“Nós vamos ceder os pintinhos para eles e depois eles fazem a reposição para a gente. Com isso, graças a Deus, conseguimos que os pintinhos não sejam sacrificados”, disse o avicultor Ronaldo Sales dos Santos, de Domingos Martins, ao Gazeta Online.

“Não tivemos saída do frango que deveria ser levado para o abate e, por isso, as granjas que receberiam os pintinhos não foram disponibilizadas”, contou.

O avicultor tinha previsão de que os avicultores receberiam nesta terça, 29, pelo porto de Vitória, alguma matéria-prima, como milho e soja – que servem de alimentos para as aves.

“Outro problema era alojar e não ter o que dar pra comer. Então, em princípio, o problema está começando a ser resolvido”, explicou.

Enquanto a ração não chegava, os pintinhos eram alimentados com laranja.

Ronaldo explicou que, como normalmente esses pintinhos viajam, a laranja distrai, hidrata e alimenta.

Com informações da GazetaOnLine