(77) 99152-6666

Mais uma jovem médica, de 27 anos, perde a vida para o coronavírus em MG


Lamentavelmente, morre mais uma jovem médica vítima do coronavírus. Paloma Alves dos Santos, de apenas 27 anos, nascida em Teófilo Otoni e trabalhava na linha de frente no combate ao COVID-19 no Pronto Socorro de Nanuque. Paloma ficou internada na UTI em um hospital de sua cidade natal, durante duas semanas, porém não resistiu. A morte da jovem médica foi divulgada no último sábado (15).

Em sua última postagem nas redes sociais, ela que estava no hospital trabalhando disse: ”Quando tudo se amenizar é que teremos noção do quão fortes fomos e do quanto fizemos.”

A prefeitura de Nanuque, onde Paloma trabalhava também fez uma postagem homenageando a médica.

Veja abaixo as postagens:

Error, no Ad ID set! Check your syntax!

Pai ameaça jogar a própria filha de ponte em Brasília para se “vingar da esposa”


 

Roneliton Furtado Moraes
Roneliton Furtado Moraes

Antes de atentar contra a vida da própria filha, que é uma bebê, áudios mostram que o homem ameaçou a esposa de morte. Polícia afirma que homem estaria insatisfeito com o fim do relacionamento

A Polícia Civil de Brasília (DF) impediu um homem de jogar a própria filha de cima da Ponte JK na última semana na capital federal. O pai desistiu de atirar a menina na água após ter seu plano descoberto.

Antes de atentar contra a vida da criança, Roneliton Furtado Moraes, de 43 anos, ameaçou a mãe da menina e revelou que se jogaria no Lago Paranoá junto com a pequena.

Em áudios enviados à mulher, Roneilton a ameaça de morte e diz que vai fugir com a filha. “Vou mandar uma foto de mim e da neném dentro de um carro e vou te mandar a placa só para tu ver a distância. Está brincando com a minha cara?”, disse ele em uma gravação.

“Eu vou gastar esse dinheiro todinho, mas a neném vai ficar tão longe que tu não vai vê-la nunca mais na sua vida. Tu não estava brincando? Compartilha minha foto. Eu vou mandar um amigo meu meter bala aí na tua casa”, ameaçou.

“Manda ela vir aqui para ela ver. Eu estou só um ódio com dessa dona. Safada, essa guria é uma safada”, disse ele em outro áudio, supostamente se referindo à mãe da criança.

Segundo informações da Polícia Civil, o homem estaria insatisfeito com o fim do relacionamento. Após as ameaças, ele acabou fugindo e entregou a criança para o Conselho Tutelar da Cidade Ocidental. Até a publicação deste texto, Roneilton permanece foragido.Fonte:Pragmatismo´Político

Marcão de Clóvis, “o trator da câmara”, disse que o seu dever é trabalhar pelo povo e para o povo de Maracás


Marcão, como é popularmente conhecido pela população de Maracás, vem realizando um trabalho com um certo diferencial, dentre esse seu trabalho está ‘mapear1 a cidade e registrar o que tiver precisando de reparos, o que tem mudado muito a cara da cidade, quando o executivo acata a sua reclamação. Para ele, um vereador é eleito para representar da melhor forma as comunidades, e que esse é o seu dever. Veja apenas um pouco da atuação do vereador Marcão e o que tem conseguido para a população de Maracás, tanto da sede quanto da zona rural.

Em muitos casos, as reclamações do vereador Marcos tem somado para muitas melhorias na cidade.

Café com Leite: A primeira foto dessa matéria já mostra uma das vertentes do papel do vereador, que é mostrar as mazelas da cidade e cobrar do poder executivo, providências. Isso vem ocorrendo durante os quase quatro anos do mandato do parlamentar, onde, em muitos casos, ele tem obtido atenção por parte da prefeitura e quem ganha é o povo. São inúmeras cobranças que o vereador Marcão tem dirigido ao executivo e colhido bons resultados.

Saúde para o povo

Vale lembrar que o vereador tem atuado fortemente na questão de ajudar as pessoas que necessitam de atendimento médico, principalmente em se tratando de deslocar para Salvador. Esse trabalho de Marcão, que pode ser considerado o ‘trator da câmara’, tem sido incansável. Logo no começo da sua gestão ele conseguiu uma ambulância nova, junto ao Governador Rui Costa, o que foi de fundamental importância.

Ao contrário do vício e costume de muitos políticos brasileiros que deixam para trabalhar no final do mandato para tentar uma reeleição, Marcos Fonseca, o Marcão, trator da câmara, começou trabalhar desde um primeiro dia do seu mandato e não parou mais. Num rápido bate papo com o Café com Leite  ele disse que não  trabalha só para tentar uma reeleição, mas sim para representar bem àqueles que nele confiou colocando o voto na urna. “O dever do vereador é representar o seu povo, as comunidades e procurar fazer o melhor. Eu fui eleito para trabalhar e é isso que vou fazer até o último dia do meu mandato”, assegurou o vereador, acrescentando que se o povo mais uma vez lhe conduzir à câmara para um próximo pleito, será novamente de muita luta e trabalho em busca, como tem sido, de benefícios para as comunidades, além de cobrar do executivo melhorias para a cidade e zona rural, como vem fazendo.

Marcão visita moradores dos cantos e recantos da cidade e recebe muitas queixas da população, sobre abandono de ruas.

Em outros pontos da cidade Marcão está lá com a sua câmera para documentar o que o seu olho biônico vê.

É muito comum a população de Maracás se deparar com o vereador Marcos numa missão de fiscal e cobrador ao mesmo tempo. Como ele mesmo disse, são muitos os problemas de Maracás, sempre  relacionados com entulhos, buracos nas ruas, ruas que viram lagoa quando chove, árvores sem os devidos cuidados, mas que ele não vai se cansar de fiscalizar e cobrar mais benefícios para a população.

Elogio aos profissionais de Saúde e todos que trabalham na linha de frente contra o Corona vírus.

O vereador Marcos Fonseca relembrou e disse ter sentido muito pelas vítimas pelo Covid 19, mas que não poderia deixar de elogiar toda a equipe que está diretamente no combate do corona vírus e consequentemente em defesa das pessoas. “Todos nós sabemos que em todo Brasil, quem corre mais risco são os profissionais da Saúde. Por isso quero deixar aqui o meu apoio, admiração e respeito pela equipe de profissionais da nossa cidade. O trabalho é dez”, ressaltou Marcão.

Atuação na zona rual

Sobre o trabalho do parlamentar, vale ressaltar que a sua atuação também se estende pela zona rural, Foram vários os benefícios que muitas localidades receberam através da sua luta junto às secretarias, através do seu deputado Bôbô que tem ajudado muito a população de Maracás, sempre que o seu vereador lhe procura.
O vereador informou que foram 30 cisternas que ele conseguiu para a população de diversas localidades da zona rural, através do secretário de Direitos Humanos Carlos Martins.  Na verdade, lembrou Marcão, estava pra sair agora uma quantia grande de cisternas, algo em torno de 170 unidades, mas, devido a pandemia ficou para depois, mas assegurou que a luta vai continuar e que ele tem muitos planos para trazer mais conforto para a população maracaense.

Funcionários dos Correios decretam greve por tempo indeterminado


Funcionários dos Correios decretam greve por tempo indeterminado(Arquivo/Agência Brasil)

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Os sindicatos dos trabalhadores dos Correios decidiram nesta segunda-feira (17) decretar greve por tempo indeterminado já que não houve acordo na proposta de reajuste salarial em curso. A informação é do Uol. De acordo com o site, os funcionários afirmam que a greve precisa acontecer para que os direitos dos trabalhadores sejam mantidos. Eles também se colocam contra a privatização da estatal.

A assessoria dos Correios informaram que estão cientes do estado de greve nos estados do Amapá, Bahia, Brasília, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Piauí, Rio de Janeiro, além dos municípios de Santos (SP) e no Vale do Paraíba (SP).

O presidente dos Correios, general Floriano Peixoto, afirmou à coluna de Carla Araújo, do Uol, que “a divulgação de informações deturpadas ou inverídicas prejudica os funcionários, a empresa e a população em geral”.

“O que testemunhamos é uma tentativa de confundir os empregados acerca de temas sobre os quais a direção dos Correios não tem influência: os estudos de desestatização são conduzidos pelos órgãos competentes e baseados em minucioso planejamento que visa, ao fim e ao cabo, à determinação da melhor alternativa para a empresa e para a sociedade”.

De acordo com o secretário da Fentect (Federação Nacional dos Trabalhdores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares), Emerson Marinho, a greve será nacional.

“Todos os sindicatos decidiram pela paralisação hoje”.

Segundo ele, nos locais onde há terceiro turno de trabalho a greve começou às 22h desta segunda. Já nos demais locais, em todo o país, a paralisação começa a partir da meia-noite.

Por se tratar de um serviço essencial, inclusive salientado no decreto de calamidade pública assinado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), os sindicatos avisam que o mínimo de trabalhadores será mantido.

Marinho disse ao Uol que a proposta da estatal é injusta e tira benefícios, por exemplo, de filhos dependentes dom necessidades especiais. “Não podemos permitir esse retrocesso de direitos”.

No fim do mês passado, Floriano Peixoto afirmou que a proposta apresentada pela empresa “é condizente com sua situação financeira e a realidade do país”.

“Considerando a missão do gestor público em zelar pela boa administração, é dever da Diretoria dos Correios implementar os ajustes propostos, pois, sem eles, haverá grave comprometimento da situação econômica da empresa”, disse.

O argumento é rebatido pelos trabalhadores, que alegam que a estatal vem dando lucros e que há uma discrepância elevada entre os salários da diretoria e dos funcionários.

Segundo a Fentect, Floriano escalou pelo menos dez militares em cargos estratégicos da direção dos Correios e suas subsidiárias ganhando salários de R$ 30 a R$ 46 mil, que é o salário do presidente. “Enquanto isso, o trabalhador de carreira de nossa empresa ganha o salário de R$ 1,7 mil por mês”. Fonte:CorreiodaBahia

Tio acusado de estuprar e engravidar menina de 10 anos é preso no ES, diz governador


Tio acusado de estuprar e engravidar menina de 10 anos é preso no ES, diz governador

Caso gerou discussão nacional sobre aborto | Foto: Shutterstock

A polícia do Espírito Santo prendeu na madrugada desta terça-feira (18), em Betim (MG), o homem de 33 anos apontado como responsável por estuprar e engravidar a sobrinha de 10 anos, no interior do estado.

O anúncio foi feito nesta manhã pelo governador do ES, Renato Casagrande, em postagem no Twitter. A identificação do tio da criança não foi informada. Na publicação, Casagrande não traz mais detalhes sobre as circunstâncias da prisão, mas afirma que novas informações sobre a operação serão divulgadas ainda nesta terça.

“Que sirva de lição para quem insiste em praticar um crime brutal, cruel e inaceitável dessa natureza”, afirmou o governador.

O suspeito de 33 anos será encaminhado ao Complexo Penitenciário de Xuri, em Vila Velha, na Grande Vitória. Ele foi indiciado por estupro de vulnerável e ameaça e estava foragido desde a última semana.

 

O caso ganhou repercussão nacional neste fim de semana após a possibilidade de o feto gerado pelo estupro ser abortado pela criança. Grupos religiosos de fundamentalistas e extremistas, incluindo deputados e vereadores, passaram a criticar a interrupção da gravidez, alegando que isto seria um assassinato. No entanto, o Código Penal brasileiro permite o aborto em casos de o feto ter sido gerado por violência sexual.

 

A Justiça do Espírito Santo ordenou que o procedimento fosse feito, respeitando, inclusive, a vontade da criança. Entretanto, um hospital no estado se negou a realizá-lo, alegando razões técnicas.

 

A garota, então, foi transferida para uma unidade de referência no Recife, onde iniciou o processo de interrupção no domingo (18), concluído nesta segunda (19) (veja aqui). Na porta do hospital, grupos se reuniram para tentar impedir o aborto, chamando a criança e os médicos de “assassinos” (veja aqui). 

 

Vale lembrar que a criança era estuprada desde os 6 anos. A Polícia Civil do Espirito Santo afirma que teve conhecimento do caso quando a menina deu entrada em um hospital público da cidade de São Mateus, a 220 km de Vitória, com suspeita de gravidez. Fonte:BahiaNotícias

 

ornalista cego revela como foi discriminado nos bastidores do Caldeirão do Huck


jornalista cego caldeirão huck
O jornalista Marcos Lima no Caldeirão do Huck

“O programa em si foi uma experiência fantástica, mas os bastidores foram muito cruéis. Muita gente vai achar ‘mimimi’, mas talvez essa pessoa nunca tenha passado por isso”. Jornalista cego revela discriminação nos bastidores do Caldeirão do Huck

 

 

Vitor Fernandez, Bhaz

O jornalista Marcos Lima, que é cego e tem um canal com quase 180 mil inscritos, revelou ter sido discriminado durante sua participação no quadro “Quem Quer Ser Um Milionário?”, do Caldeirão do Huck. O caso aconteceu em dezembro de 2018, mas só foi contado pelo jornalista nesta semana, no seu canal Histórias de Cego.

O profissional revelou que a situação desagradável ocorreu nos bastidores, pouco antes de entrar no palco. Ele foi chamado para uma conversa reservada com dois produtores do programa, que tentaram convencer o participante a usar óculos de sol para entrar no estúdio (vídeo abaixo).

A justificativa era que o quadro poderia sofrer críticas por explorar a deficiência de Marcos. Contudo, para o jornalista, a ação foi discriminatória, feita apenas para “preservar a estética” do programa.

“Quem tem o direito de me pedir para usar óculos, ainda mais para tapar a minha deficiência? Nisso os dois ficaram muito sem graça, nitidamente não estava partindo deles, eles estavam sendo só enviados. Eu sei que [essa ordem] não veio do Luciano [Huck], eu sei exatamente de quem veio. Veio de cima, mas não tão de cima, veio da direção do programa, que quer preservar, botar aquela estética, tapar meu olho. Meu olho deve ser horrível, não pode aparecer na TV“, disse.

Durante a discussão com os produtores, o jornalista disse que a razão de seu trabalho como palestrante é justamente falar de aceitação da deficiência. E que, por isso, não aceitaria esconder seus olhos.

Siga-nos no Instagram | Twitter | Facebook

“O programa em si foi uma experiência fantástica, o Luciano foi ótimo comigo, mas os bastidores foram muito cruéis. […] Sei que muita gente vai achar mimimi, que era só usar óculos, mas talvez essa pessoa nunca tenha passado por isso”, continuou o jornalista.

“Só sei que isso me impactou e felizmente essa experiência só me fez crescer, ter a certeza de quem eu sou, com óculos porque eu quero e sem óculos porque eu quero. Eu decido quem eu vou ser e o que vou fazer“, desabafou. Do PragmatismoPolítico

DEPOIMENTO:

Siga-nos no Instagram | Twitter | Facebook

Empresário ajuda a mobiliar casa do menino engraxate do relógio de R$ 30


Mário e Fritz Paixão - Fotos: reprodução / Instagram
Mário e Fritz Paixão – Fotos: reprodução / Instagram

Um empresário brasileiro, que mora nos Estados Unidos, se comoveu e ajudou a mobiliar a casa da família do Mário, o menino engraxate que emocionou o Brasil no vídeo que viralizou após sair no Instagram SóNotíciaBoa, no último dia 7.

Perto do dia dos pais, Mário entrou numa loja de Catalão, em Goiás, para comprar um relógio de R$ 30, com o dinheiro que juntou engraxando sapatos. O dono da relojoaria, que também foi engraxate quando menino, se identificou com a história, deu o relógio de presente para Mário e devolveu o dinheiro o menino.

Assim que ficou sabendo da história, o empresário brasileiro Fritz Paixão fez uma corrente do bem com amigos nas redes sociais e juntos, eles ajudaram a família do menino.

“Compramos geladeira, fogão, armário, computador, vídeo game, colchão. Pagamos cirurgia da avó dele, que precisava fazer uma cirurgia no rim”, contou Fritz Paixão em entrevista ao SóNotíciaBoa.

As compras dos produtos da casa foram feitas online no aplicativo da Magalu. Uma parte a família já recebeu o restante deve ser entregue esta semana.

Ajuda ao seu Paulo

O dono da relojoaria, seu Paulo César da Silva, que deu início a toda essa história, também recebeu ajuda do empresário para pagar o aluguel atrasado da loja.

“Comprei 100 relógios pro dono da loja pagar as dívidas, mesmo ele não querendo. Ele doou os relógios, uma parte pra um asilo na cidade e outra parte pra quem precisava”, disse Fritz.

O empresário fez duas lives com Mario e seu Paulo no Instagram e agradeceu aos amigos que participaram da corrente do bem.

“Obrigado @lissadarly por se doar e doar seu tempo em achar o Mário. Obrigado @merciasales_arqedesign pela doação do fogão. Obrigado @anne_padrao pela doação do colchão. E acabamos de conseguir a geladeira! Obrigado @mauriciokduran @drikalopes4 . Obrigado @2id_interiors por doar o armário da cozinha. Aqui não temos patrocínio, é a corrente do bem que nos motiva a transformar a realidade de quem precisa”, escreveu Fritz.

Perguntamos ao empresário de quem foi a ideia de ajudar a família do Mário e ele respondeu:
“Não tive ideia. Apenas me emocionei e deixei Deus falar por mim. Essas coisas não se explicam. Se sentem. É um impulso que vem e eu faço”, revelou.

Fritz Paixão tem 35 anos, nasceu em Salvador na Bahia e é CEO da @cleannew, uma franquia de higienização e blindagem de estofados.

Há 1 ano e meio ele vive com a família em Miami, nos EUA, de olho no que acontece aqui no Brasil.

Assista:

Dp SóNotíciaBoa

Tumulto e correria: PM “invade” festa de “paredão” que acontecia no Subúrbio; veja vídeos


Tumulto e correria: PM "invade" festa de "paredão" que acontecia no Subúrbio; veja vídeos
Crédito da Foto: leitor/Aratu On

A Polícia Militar acabou, na noite de domingo (16/8), com um “paredão” no bairro de São Tomé de Paripe, no Subúrbio Ferroviário de Salvador. O grupo, desobedecendo aos decretos que proíbem a realização de aglomerações e eventos durante a pandemia do novo coronavírus, se reuniu na praia.

Além de tudo, os integrantes não usavam máscara de proteção facial. Através de denúncias anônimas, a 19ª Companhia Independente (CIPM/Paripe) foi solicitada para coibir a ação do grupo. Com a chegada das guarnições da PM, houve muita correria e confusão, tudo registrado em vídeos.

Por meio de nota, a corporação confirmou a ocorrência e disse ainda que os integrantes do “paredão” tentaram agredir os policiais com garrafas de vidro. Os agentes, então, revidaram “usando a força necessária”. Apesar de tudo, ninguém ficou ferido.

“PAREDÃO”

Esse tipo de festa tem acontecido com frequência em Salvador em plena pandemia e tem preocupado as autoridades. Na semana passada, após registros nos bairros de São Caetano e Nordeste de Amaralina, o prefeito ACM Neto (DEM) comentou a situação.

“Agora, infelizmente, a Prefeitura tem suas limitações no poder de coibir. Não temos informações prévias sobre os ‘paredões’. Pedi ações intesificadas no Nordeste de Amaralina, Santa Cruz e Pernambués. Eles são campeões em tudo. O papel do morador é decisivo para saber se o bairro vai caminhar com tranquilidade ou não”, argumentou.  Do Aratuon.

 

Falha na linha 2 do metrô de Salvador deixa estações lotadas


Falha na linha 2 do metrô de Salvador deixa estações lotadas

Foto: Leitor BN/ WhatsApp

Usuários do metrô de Salvador relataram ao Bahia Notícias que há longa espera pelos trens na manhã desta segunda-feira (17). Uma mulher disse que tem meia-hora na Estação Aeroporto e ainda não conseguiu fazer o embarque.

 

Foto: Leitor BN/ WhatsApp

 

Procurada pelo Bahia Notícias, a CCR Metrô disse que uma falha pontual foi registrada na linha 2, onde fica essa estação, e que equipes já trabalham para solucionar o problema. Enquanto isso, os trens estão operando com velocidade reduzida, veículos extras entraram na operação e “PAs”, como chamam os avisos sonoros, estão sendo emitidos tanto nos trens quanto nas estações para informar os usuários.

De acordo com a passageira que procurou o BN, os funcionários da estação chegaram a fechar as catracas para que mais pessoas não desçam a passarela e se aglomerem ainda mais na área de embarque. Segundo a concessionária, a linha 1, da Lapa à Pirajá, não foi afetada. Fonte;Bahiaotícias

Ativistas iniciam boicote contra marcas de café ligadas à empresa que está por trás de despejo no Quilombo Campo Grande


Segundo a jornalista Elisa Lucinda, as marcas Pilão, Café do Ponto, Cacique, Café Pelé e Damasco, da holandesa Jacobs Douwe Egberts (JDE), são algumas das que compram da companhia. Ela fez a denúncia no Twitter, neste domingo (16).

“As marcas Pilão, Café do Ponto, Cacique, Café Pelé e Damasco compram da Terra Forte, que está por trás do despejo do Quilombo Campo Grande. Já que todos gostam tanto da racionalidade estrita do mercado, adianto que nunca mais comprarei café dessas marcas”, escreveu.

O acampamento Campo Grande ocupava há mais de 20 anos a fazenda da antiga usina Ariadnópolis, que faliu em 1996. Desde então, o empresário Jovane de Souza Moreira tenta reativar a usina e, para isso, fez um acordo com um dos maiores produtores de café do Brasil, João Faria – dono da Terra Forte. Após publicidades continua a matéria.

Segundo reportagem do Repórter Brasil, o documento firmado prevê o arrendamento de parte dos 4 mil hectares do local para o plantio de café, enquanto outra parcela seria destinada ao cultivo da cana-de-açúcar.

Apesar de ser um dos maiores produtores de café do Brasil, João Faria entrou com pedido de recuperação judicial em 2019 para evitar a falência com R$ 1,1 bilhão em dívidas.

Clique no gráfico abaixo e leia também os comentários.
Com informação da Revista Fórum

Os crimes que Sara Winter cometeu no caso da criança que engravidou depois de estupro


É preciso que as pessoas entendam as circunstâncias que levam a sociedade ser contra ou a favor de abortos. Ser a favor de um aborto do tipo que aconteceu com essa criança de 10 anos apenas, e ainda proveniente de um estupro, vai estar dentro do rege o Código penal, que permite uma interrupção de uma gravidez em determinados casos, onde um deles é se a gravidez for devido a um estupro. No caso dessa garota, ela se encaixa, como diz a matéria à frente, em 2 itens. O outro é devido a formação corporal que pode não resistir na formação da criança. Até aqui Café Com Leite.

DCM

Sara Fernanda Geromini, conhecida pela alcunha Sara Winter, violou a lei hoje ao incitar seguidores para que tumultuassem o ambiente no hospital onde uma criança de 10 anos estava internada para passar pelo procedimento de aborto absolutamente legal. Ele engravidou depois de ser estuprada pelo tio durante quatro anos.

É a avaliação de quem já foi conselheiro do Conanda (Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente) e também vice-presidente da Comissão da Criança e do Adolescente do Conselho Federal da OAB, o advogado Ariel de Castro Alves, atualmente membro Conselho Estadual dos Direitos Humanos no Estado de São Paulo.

“Ela (Sara Winter) precisa ser investigada por meio de inquérito policial e pela promotoria da infância e juventude por violações à Constituição Federal, ao ECA e ao Código Penal (incitação à crime)”, disse.

O artigo 227 da Constituição determina:

“É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança, ao adolescente e ao jovem, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão. (Redação dada Pela Emenda Constitucional nº 65, de 2010)”.

Esse artigo da Constituição, que é de 1988, gerou o Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 8.069), sancionado em 1990. O artigo 4o. diz que é “dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e do poder público assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária.”

“Sara Winter violou direito ao respeito e à dignidade da criança”, comentou.

Em seu artigo 17, o Estatuto desdobra o princípio legal que garante o direito da criança ao respeito e à dignidade. “O direito ao respeito consiste na inviolabilidade da integridade física, psíquica e moral da criança e do adolescente, abrangendo a preservação da imagem, da identidade, da autonomia, dos valores, idéias e crenças, dos espaços e objetos pessoais”, diz o dispositivo.

Ariel explica que, ao postar o nome da criança na rede social, Sara Winter também violou esse artigo.

E não é só.

Ao incitar seguidores para comparecem ao hospital, cujo endereço divulgou, a ativista de extrema direita violou o artigo 286 do Código Penal: “Incitar, publicamente, a prática de crime. A pena é de detenção, de três a seis meses, ou multa.”

“Ela incitou as pessoas a irem ao hospital para praticarem violência contra a criança e os profissionais da saúde que iriam atendê-la”, comentou Ariel.

Sara Winter não está sozinha na prática criminosa. Como ela soube o endereço do hospital? Foi um funcionário público?

Ariel lembra que o artigo 325 do Código prevê punição para quem “revelar fato de que tem ciência em razão do cargo e que deva permanecer em segredo, ou facilitar-lhe a revelação. A pena é de detenção, de seis meses a dois anos, ou multa, se o fato não constitui crime mais grave.”

“Deve ser investigado quem passou informações para a Sara Winter, que pode ser alguém do Ministério de Direitos Humanos, da Prefeitura de São Mateus (ES), do Judiciário ou da Área de Saúde”, observou.

Sara Winter cumpre medida cautelar em razão do inquérito do STF que apura sua participação em atos antidemocráticos. Ela usa tornozeleira eletrônica, não pode manter contato com outros investigados no mesmo inquérito e tem que se manter a um quilômetro de distância da corte suprema.

Reportagem do Fantástico informa que o Ministério Público vai apurar a pressão que ativistas estão sobre a família da criança, para que ela não tenha a gravidez interrompida.

O Código Penal admite a interrupção da gravidez em três hipóteses:

1) Quando há risco de vida para a mulher causado pela gravidez;

2) Quando a gravidez é resultante de um estupro;

3) Se o feto for anencefálico (má formação cerebral do feto).

A criança que está sendo violentada por Sara Winter e seus seguidores se enquadra em dois desses três itens. Ela foi vítima de estupro e corre risco de vida se levar a gravidez adiante, em razão de sua estrutura física.

Ela é uma criança e, segundo relato do juiz, não queria levar a gravidez adiante. Chorava só de ouvir falar que terá de dar à luz um bebê resultante do estupro continuado.

Na noite deste domingo, a Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco confirmou que o procedimento de interrupção da gravidez da criança foi concluído.

Agora é dever da sociedade garantir o direito dela à vida, ao respeito e à dignidade. Essa criança precisa ser amparada e protegida.

Médica canta pra paciente terminal e se emociona com a reação: vídeo


Médica e irmão cantando para paciente - Foto: reprodução / Instagram

Um exemplo de amor e afeto em um hospital de Goiás. Uma médica residente em geriatria fez uma surpresa para uma paciente terminal, que estava inconsciente.

Acompanhada do irmão Tarihan Chaveiro Martins no violão, Luhan Chaveiro Martins foi até o quarto da dona Rogéria Maria Gonçalves cantar para ela.

Luhan soube que a paciente adora MPB numa conversa com Rogéria, antes de o quadro clínico se agravar.

Nesta sexta, 14, enquanto cantava, a médica se emocionou. Rogéria, que responde a estímulos mas não consegue mais falar, abriu os olhos e começou a mexer uma das pernas pra acompanhar a canção Simples Desejo, de Luciana Mello. (vídeo abaixo)

A irmã, que acompanha a paciente, chegou a dizer “olha, mexendo a perna” em certo momento.

A reação positiva da paciente emocionou a médica e a voz dela embargou no meio da canção… mas Luhan continuou, ao perceber que o estímulo musical tinha dado certo.

“Ficamos felizes em poder levar a música como acalento! Dona Rogéria é uma paciente que e nos ensina e inspira todos os dias!”, disse a médica residente Luhan, em entrevista ao SóNoticiaBoa.

O irmão da médica também se emocionou.

“A Dona Rogeria não esboçava reação até quando começamos a cantar… ela estava com um olhar distante e perdido. Nesse exato momento do vídeo ela olhou pra nós e começou a mexer os braços no ritmo. Por isso todos se emocionaram!”, contou Tarihan.

História

Dona Rogéria tem 62 anos, é professora e artista plástica.

Ela sofreu um AVC em julho e quando chegou no Hospital Estadual Alberto Rassi – HGG – em Goiânia, os médicos descobriram um câncer no pâncreas com metástase no fígado e cérebro.

Eles contaram a ela sobre a gravidade do caso e ela aceitou começar um tratamento com cuidados paliativos.

Como existem estudos que dizem que pacientes inconscientes percebem tudo a seu redor, Luhan Chaveiro Martins, quis fazer uma homenagem a dona Rogéria.

Ela disse: “Dona Rogéria, a gente veio fazer uma homenagem pra senhora, pra dizer que a senhora é muito especial pra nós. A nossa professora. A senhora tem nos ensinado muito”. E começou a cantar e a paciente teve reações surpreendentes que causaram emoção.

Com informação do Só Notícias Boas

Filha de Belchior e namorada são presas por suposto envolvimento em assassinato de suspeito de pedofilia


 Isabela Menegheli Belchior, de 26 anos, filha do cantor Belchior, que morreu em 2017, e sua namorada, Jaqueline Priscila Dornelas Chaves, 31, foram presas nesta quinta-feira (13) em São Carlos, de acordo com o G1.

As duas são acusadas de estarem envolvidas no assassinato do metalúrgico Leizer Buchiwieser dos Santos, em agosto de 2019. O metalúrgico era pedófilo, de acordo com a polícia, e marcava programas pela internet oferecendo um valor maior pela participação de crianças. A matéria continua após publicidades.

Em depoimento, Isabela confessou o crime alegando que se defendeu das agressões de Leizer. O metalúrgico teria marcado um programa com Jaqueline no valor de R$ 500, que disse que levaria sua sobrinha. A criança não participou do ato, segundo a defesa do casal.

O delegado diz que Isabela e a namorada atraíram Leizer para uma emboscada com o objetivo de extorquir o homem. O plano teria dado errado e, em uma briga, o metalúrgico teria sido golpeado com faca.

A informação foi do 247

 

Russia sai na frente com 1ª vacina contra a Covid e filha de Putin testou


Vladimir Putin - Foto: Alexei Nikolskyi / Sputnik/Reuters
Vladimir Putin – Foto: Alexei Nikolskyi / Sputnik/Reuters

O presidente da Rússia Vladimir Putin anunciou nesta terça 11, o registro de 1ª vacina do mundo contra a Covid-19 e disse que uma das filhas dele participou do teste.

“Tanto quanto sei, nesta manhã foi registada, pela primeira vez no mundo, uma vacina contra a COVID-19”, disse ele em reunião com integrantes do governo, informou a agência Russa Sputnik.

Putin garantiu que a vacina é eficaz e segura.

“Sei que ela age de forma bastante eficaz, formando uma imunidade estável e, volto a dizer, passou em todos os testes necessários”, afirmou Putin.

A filha

O presidente russo revelou que a filha, que participou dos testes, teve efeitos colaterais leves, como febre:

“Uma das minhas filhas foi vacinada, nesse sentido ela participou dos testes. Após a primeira vacinação, ficou com 38 graus de temperatura, no dia seguinte tinha 37 graus e pouco. E é tudo. Depois da segunda injeção, da segunda vacinação, a temperatura também subiu um pouco e, pouco depois, já estava tudo bem, ela se sente bem e [os anticorpos] estão altos.”, afirmou Putin.

Testes continuam

De acordo com o ministro da Saúde, Mikhail Murashko, a primeira vacina russa contra a COVID-19 continuará passando por testes clínicos com a participação de milhares de pessoas.

“Os documentos estão sendo preparados para a continuação dos testes clínicos com a participação milhares de pessoas. Para monitoramento operacional da saúde dos vacinados e controle da eficácia e segurança, o Ministério da Saúde da Rússia está criando um circuito digital, que vai permitir monitorar a segurança e a qualidade da vacina em todas as fases”, afirmou o ministro.

Distribuição

A vacina russa começará a ser distribuída à população em 1º de janeiro de 2021, indicam os dados do registro estatal de medicamentos do Ministério da Saúde da Rússia.

A vacina foi desenvolvida pelo Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamalei e pelo Ministério da Defesa russo.

Ela será distribuída em duas doses que, em conjunto, produzem uma imunidade a longo prazo contra o vírus.

Os testes clínicos começaram na Universidade Sechenov, em Moscou, no dia 18 de junho.

Nos testes iniciais, a segurança da vacina foi confirmada apenas 38 voluntários e todos os que testaram desenvolveram imunidade ao vírus.

Controvérsias

A comunidade internacional coloca vacina russa sob suspeita.

A página da OMS, Organização Mundial da Saúde, diz que a vacina russa consta na fase 1 de testes, sem completar a segunda e a terceira etapas.

A página mostra os estágios de desenvolvimento das pesquisas de vacinas ao redor do mundo.

A última atualização foi feita em 31 de julho e nela consta que a vacina russa do Instituto Gamelaya está na fase 1 do processo.

A OMS diz que seria necessário observar três fases completas para começar a vacinar em massa.

Com informações do site Notícias Boas.


Foto: reprodução twitter
Foto: reprodução twitter

Uma história de superação e vitória. Aos 18 anos, Chris Atoki morava nas ruas, sem ter onde morar, comer, ou dormir, vivia sem dinheiro e quase desistiu da vida.

Hoje, aos 22 anos, acabou de comprar sua primeira casa e ele nem consegue acreditar.

“Há 4 anos, eu era sem-teto e dormia no meu carro, tomava banho na academia. Eu me perguntava: ‘de onde viria minha próxima refeição?’ Hoje eu oficialmente possuo uma casa!” comemorou o jovem no Twitter. (veja abaixo)

História difícil

Aos 18 anos, Chris trabalhava duro em longos turnos e estudava, mas acabou perdendo o emprego. O gerente considerou que a carga horária dele ainda era insuficiente.

“O problema é que sem o salário e sem a ajuda dos meus pais perdi ainda mais ”, contou Chris.

Ele não conseguia mais ir à escola e, embora se inscrevesse para centenas de bolsas, só conseguiu uma.

Expulso de casa

Após uma discussão com mãe, acabou sendo expulso de casa. Ele tentou um refúgio, mas ninguém o acolheu.

“Fui expulso em novembro. Tentei dormir no sofá da minha avó, mas não durou. Tentei ir à casa da minha namorada e o pai dela não gostou. ” Chris Atoki continuou.

O carro virou sua casa na Philadélfia, EUA e foi então que percebeu que havia chegado ao fundo do poço.

“Estacionei em frente ao Walmart com menos de um dólar. Acho que tinha $ 0,83, algo assim. Sem família. Sem amigos. Sem dinheiro. Eu estava com fome. Eu chorei, pensando que iria admitir a derrota. E tentei dormir ”, disse.

Foi quando Chris olhou no retrovisor e viu que a única pessoa que podia contar, era com ele mesmo e a vida dele começou a mudar.

Volta por cima

Chris foi procurar emprego: “Eu fiz de tudo. Trabalhei como técnico, embalando carnes, auxiliando DJ em casamentos, em painéis solares, fui vendedor de seguros… e por fim, vendedor de colchões” , lembra.

“Economizei o necessário, fiz empréstimo de um carro, até que dirigir por longas distâncias começou a me cansar. Comecei então na empresa de colchões e voltei a estudar na Lambda School, com a opção de pagar quando recebesse o salário”, contou.

Depois de tanta luta, ele se tornou como professor-assistente e queria retribuir o que havia aprendido.

“Queria ajudar alunos a atingirem os mesmos objetivos e o rumo que desejavam para as suas vidas. Dei tudo [de mim] a cada um deles e eles sabem disso. Aos cerca de cem alunos que pude ajudar”.

Chris então se candidatou a um emprego em tecnologia na Filadélfia. O salário dele dobrou e finalmente, ele comprou a casa dos sonhos.

Contra todas as probabilidade, ele venceu.

Com informação do Notícias Boas