NA SEQUÊNCIA DOS FATOS, PRISÃO DE DANIEL SILVEIRA SERÁ MANTIDA, DIZ LIRA A BOLSONARO


Tem jeito não. O assunto que rola na mídia nacional, principalmente na independente, como o modesto Café com Leite e outras, pois é preciso que a democracia seja respeitada. O silêncio do presidente em relação ao caso, já mostra que ele quer proteger o parlamentar desequilibrado. Só que a coisa é tão séria  e, como o Bolsonaro já não desfruta do poder na sua caneta como antes, que lhe resta ficar na torcida. A votação no STF foi unânime para permanecer a prisão do deputado Daniel Silveira, assim como o Lira, presidente da Câmara dos Deputados, já avisou o ao Bolsonaro que vai confirmar a prisão do deputado. Café com Leite.

Jair Bolsonaro e Daniel Silveira

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, afirmou nesta quinta (18) ao presidente Jair Bolsonaro que a prisão do deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ) deve ser mantida pelo plenário da Casa.

Ela foi determinada pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), e referendada na quarta (17) por unanimidade pelo plenário da Corte. Daniel foi preso por fazer diversas ofensas a magistrados, além de ameaçá-los e defender a ditadura militar em um vídeo.

A Câmara tem a palavra final sobre o assunto.

Bolsonaro e Lira se reuniram nesta manhã para discutir as pautas do governo no parlamento. Havia uma preocupação, por parte da equipe do presidente, de que a crise gerada com a prisão de Daniel Silveira paralisasse o andamento de projetos considerados prioritários pelo governo, como a PEC emergencial, a aprovação do orçamento e a reforma administrativa. (…)

Com informação do DCM.