Locutora Maria Botelho: “Eu não suportei mais vê tanto descaso e sofrimento do povo, então resolvi ser candidata a vereadora”


Maria Botelho, que ficou conhecida por Maria Locutora, por fazer um programa  na Tribu’s FM de Maracás, aos domingos, disse ao site Café com Leite, que de tanto presenciar pessoas sendo esquecidas lá no seu bairro e só serem lembradas em época de eleição, ela resolveu sair candidata para levar indicações e reivindicar algo que é direito do povo, mas que geralmente são negados esses direitos. “Moro no bairro Irmã Dulce e conheço de perto o sofrimento daquela gente e quanto os seus direitos são negados. Como trabalho em rádio, termino sabendo que muitas famílias de outros bairros também sofrem esse tipo de descaso e por isso me candidatei a vereadora. Se o povo me der esse direito, eu irei representar essa classe sofrida e tentar amenizar o sofrimento de cada um”, afirmou a candidata Maria, acrescentando que a sua paciência chegou no seu limite, e como eleitora esperar o socorro do povo e nunca chegar.

Maria trabalha na Rádio Tribu’s F M, fazendo um programa aos domingos, de muita audiência diga-se de passagem, onde passa a saber do sofrimento de uma grande camada da população que reivindica o que pertence a eles por direito, mas, no entanto recebem abandono e promessas vãs. “Sabemos que um vereador ou vereadora não tem o poder de executar obras, mas podemos sim fazer indicações e cobrar do gestor que atenda ao pedido, pois é  para os que mais precisam que estarei pedindo”, disse a candidata.

Maria está na corrente do F&F, (Fábio e Fal) e o seu partido é o PSD 55, acreditando que  com a gestão de Fábio Pena e Flávio Guimarães realmente vai acontecer uma renovação em Maracás, pois ela vem acompanhando as conversas e os planos da dupla e sabe que é a vez dessa linda e amável cidade ser renovada e seguir num caminho mais promissor. A candidata também acredita que a câmara de vereadores também terá uma renovação de nomes para representar o povo.

Que o maraense e moradores de todo Brasil saiba escolher bem os seus candidatos. Vejam quem realmente demonstra preocupação com a melhoria na qualidade de vida dos moradores de cada comunidade, principalmente a classe mais precisa e aí sim dê seu voto com consciência.