Jovem que vendia bombons no ônibus para pagar faculdade se forma em medicina!



Jessé Soares é um jovem que mora no Pará. No final de outubro de 2015, ele concluiu o curso de medicina na Universidade do Estado do Pará (UEPA).

Jessé nasceu em uma pequena cidade no interior do Pará, Limoeiro do Ajuru, com 25 mil habitantes. Ele veio de uma família simples e o esforço de seus pais foi fundamental para que Jessé concluísse o ensino médio e continuasse seus estudos.

No ano de 2009, o jovem conseguiu uma vaga na faculdade de medicina, então, mudou-se para a capital do estado, Belém. Nesse mesmo período, sua namorada engravidou da primeira filha do casal. A vinda da filha fez com que Jessé procurasse uma forma de aumentar a sua renda, e foi aí que ele teve a ideia de vender bombons nos ônibus coletivos da cidade. Cada bombom tinha o valor de R$ 0,50. Jessé chegou até mesmo a fazer uma campanha através das redes sociais em 2013, para conseguir manter-se até o final do curso.

 

No final do ano de 2015, Jessé colheu os frutos de todo o seu esforço e perseverança.  Ele conseguiu seu registro profissional e com o seu primeiro salário poderá comemorar com as pessoas que o apoiaram durante a sua jornada.

Em uma entrevista ao G1, Jessé comemora sua conquista: “Foram vários momentos em que batia uma angústia de querer estudar e não ter condições, mas sempre vinha um sentimento de que, quando eu terminasse, as coisas seriam melhores. E estão melhorando”. Jessé não deseja parar por aqui e já está pensando em qual especialização deseja fazer. “Eu quero oncologia ou neuro, que são áreas que exigem bastante dedicação e estudo. Ainda não decidi se vou fazer as provas no final do ano ou em 2016”.


A história de Jessé é inspiradora e um grande exemplo de que, por mais que as coisas estejam difíceis e todas as probabilidades estejam contra nós, sempre temos o poder de criar nossas realidades e manifestar coisas positivas em nossas vidas através de nossas ações. Que mais pessoas possam ser como Jessé!