França fecha 70 escolas uma semana após a volta às aulas devido a novos casos de Covid-19


De  acordo à matéria publicada no G1, o ministro da Educação da França, Jean-Michel Blanquer, confirmou na segunda-feira (18) que 70 escolas do país fecharam uma semana após a volta às aulas, devido ao surgimento de casos confirmados e suspeitos de Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus. Ao todo, 40 mil escolas voltaram às aulas na França em 11 de maio.

Segundo ele, a maior parte dos casos foi identificada fora das escolas, mas envolvia a comunidade escolar, como estudantes, professores ou autoridades municipais em contato com crianças.

Blanquer disse que havia “necessidade de ser rigoroso”, mas que “o fato de ter que fechar uma escola não [deveria] trazer preocupação”.

Portugal também, bem como outros países da Europa pretendem reiniciar as aulas, porém o temor de acontecer novas contaminações é grande.

No ponto de vista de muitos pais de família no Brasil, em um levantamento rápido pelo Café com Leite, o melhor seria o Brasil e o mundo aceitar que o ano de 2020 já foi perdido, esperar deixar passar a pandemia, para então, depois de um grande preparo, começar o ano com ais segurança em 2021.

  • Coronavírus na educação: na França, professora leciona com máscara nesta segunda-feira (18). — Foto: Sebastien Bozon/AFP

Na França professora, muito assustada, leciona com máscara nesta segunda-feira (18).