Bolsonaro está sentindo o gosto amargo da troca de mitô mitô por outro coro. Leia e escute o vídeo da festa de Caruaru. “Quem planta colhe”


Em uma das festas mais populares do Nordeste, onde tem apenas 19% das intenções de votos, Bolsonaro foi calado diante de uma multidão que rechaçou a tentativa de transformar o evento em palanque.

Mesmo com o DataFolha apontando um nocaute de Lula (PT) no Nordeste – onde o atual presidente tem 19% das intenções de votos frente a 58% do petista -, Jair Bolsonaro (PL) subiu ao palco da festa de São João de Caruaru, em Pernambuco. No entanto, durante o discurso relâmpago de 23 segundos teve que ouvir o coro que ecoa pelo Brasil: “Ei, Bolsonaro, vai tomar no cu”.

May be an image of text that says 'Panificadora Massa Fina Aqui também é lanchonete e o produto é de qualidade!! MassaFin Massa F Massa ina Venha comprar seu pão na certeza que estará levando um ótimo produto para sua casa. Aqui também você faz o seu lanche, onde pode escolher dentre a nossa variedade de salgados e sanduiches. Entre e fique a vontade!!! Estamos em Planaltino, ao lado da Feira Livre, aguardando você.'

A presença de Bolsonaro foi anunciada por Gilson Machado (PL), ex-ministro do Turismo e pré-candidato a senador pelo PL. Após o breve discurso, que resultou na reação da plateia, o presidente ficou escondido em um canto do palco, ao lado do pré-candidato a governador Anderson Ferreira (PL).

May be an image of text that says 'MERCADO RPM Sua satisfação em 10 Lugar! 73 3533 -2850 VISA AUGUSTO ELOY, 11, MARACAIZINHO MARACÁS BA MasterCard'
Diferentemente dos eventos convocados por ele, onde só comparecem a horda de apoiadores, a festa de São João do Caruaru, uma das mais tradicionais do nordeste, é aberta ao público.

Nas redes, diversos vídeos mostram o momento constrangedor, quando Bolsonaro sobe ao palco e inicia seu breve discurso abafado pelo coro da plateia.

“Caruaru, Pernambuco, boa noite. Capital do forró. Uma satisfação muito grande estar no Nordeste acompanhado de um ex-ministro de Pernambuco, o Gilson Machado. A todos vocês: que Deus ilumine cada um. E que Deus abençoe todo o Brasil. Muito obrigado a todos vocês”, foram as breves palavras do presidente, que foram encobertas pelo “datapovo”, como ele costuma falar da reação das pessoas nas ruas.

Esse coro vem acontecendo por todo país onde em shows de grandes artistas e consequentemente grandes plateias. Recentemente em um show de Elba Ramalho, também na abertura das festas juninas no Nordeste, ela, que é bolsonarista, caiu na besteira de durante intervalo perguntar pra uma multidão que lotava o espaço: “O que vamos cantar agora?” perguntou e já foi ouvindo esse mesmo coro.

Deve ser difícil pro presidente, no lugar de soar no seu ouvido o mitô mitô, soar esse barulho bem diferente que é quase unânime na plateia. É aquele velho ditado que vem se confirmando sempre: “Quem planta colhe”

Fonte Revista Fórum