(77) 99152-6666

Mulheres que perderam a mama por causa do câncer podem ter reconstrução de mamilos de graça no DF


Mulheres participam do Outubro Rosa — Foto: TV Globo/ Reprodução

Mulheres participam do Outubro Rosa — Foto: TV Globo/ Reprodução

Uma empresa de micropigmentação, de Brasília, está realizando ações para reconstruir gratuitamente as mamas e aréolas de mulheres que tiveram que retirar o seio por causa do câncer de mama. “O tratamento é oferecido para quem não pode arcar com os custos do procedimento”, explicam os voluntários (veja abaixo como se inscrever).

A ação surgiu depois que a idealizadora do projeto, Aline Martins, descobriu que tinha câncer. Em 2015, ela precisou passar por uma mastectomia – que é a retirada da mama por completo .

“Me afetou muito ficar sem as mamas, foi um ano até fazer a reconstrução.”

Aline conta que após a reconstrução ainda teve um problema que levou à retirada da prótese. “Voltar para o centro cirúrgico para tirar a mama, e saber que eu ia ter que ficar um período sem, foi muito duro”, afirma.

Ela lembra que havia decidido recolocar a prótese e fazer reconstrução dos mamilos, mas por causa da nova cirurgia acabou desistindo da reconstrução. Foi quando decidiu “camuflar” os mamilos por meio da micropigmentação médica.

Empresária passou por câncer de mama em 2015 e hoje reconstrói mamilos de paciente — Foto: Arquivo pessoalEmpresária passou por câncer de mama em 2015 e hoje reconstrói mamilos de paciente — Foto: Arquivo pessoal

Empresária passou por câncer de mama em 2015 e hoje reconstrói mamilos de paciente — Foto: Arquivo pessoal

“Falei com a minha irmã, expliquei que queria aprender a fazer reconstrução de mamilos através de micropigmentação”, recorda.

“Eu sabia da importância dessa parte estética para as mulheres. E sabia que seríamos muito felizes fazendo isso, já pensando em realizar ações sociais, já que muitas mulheres não têm condições de fazer esse procedimento.”

Outubro Rosa

Catedral Metropolitana de Brasília ganhou iluminação rosa como parte da campanha "Outubro Rosa", lançada nesta segunda-feira (1º) pelo governo do Distrito Federal (GDF). — Foto: Raquel Oliveira/ G1Catedral Metropolitana de Brasília ganhou iluminação rosa como parte da campanha "Outubro Rosa", lançada nesta segunda-feira (1º) pelo governo do Distrito Federal (GDF). — Foto: Raquel Oliveira/ G1

Catedral Metropolitana de Brasília ganhou iluminação rosa como parte da campanha “Outubro Rosa”, lançada nesta segunda-feira (1º) pelo governo do Distrito Federal (GDF). — Foto: Raquel Oliveira/ G1

A Campanha Internacional de Conscientização da Luta contra o Câncer de Mama é realizada durante outubro, que é chamado de Outubro Rosa. No Distrito Federal, a Secretaria de Saúde promete ações para atender 100 mil mulheres até o final do mês.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o Distrito Federal é a quarta unidade da federação em novos casos de câncer de mama.

São aproximadamente mil novos casos por ano. Cerca de 60% das pacientes dependem do Sistema Único de Saúde (SUS) para o tratamento.

Como conseguir o tratamento

As mulheres interessadas na micropigmentação médica dos mamilos e aréolas devem entrar em contato com a clínica pelo telefone (61) 98134-0445. A clínica enviará um questionário para saber se a paciente está apta para o procedimento e também para comprovar a renda.

Depois disso, se a mulher atender aos requisitos, a clínica entra em contato, agenda uma avaliação e conversa para saber das necessidades da paciente. Outras informações podem ser acessadas pela internet, no perfil da clínica.

Durante a campanha Outubro Rosa, todos os serviços oferecidos pela clínica terão parte do lucro revertido para a compra de materiais para a ação voluntária de reconstrução de mamilos de mulheres que fizeram mastectomia.

 

Error, no Ad ID set! Check your syntax!

Sete hábitos simples para um coração saudável Fonte


Conheça medidas fáceis de adotar que podem evitar doenças cardiovasculares

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda sete práticas simples para quem quer garantir a saúde do coração . Adotá-las pode evitar doenças cardíacas graves como o acidente vascular cerebral (AVC) ou o infarto .

Basta seguir essas sete dicas para manter o coração funcionando perfeitamente

shutterstock

Basta seguir essas sete dicas para manter o coração funcionando perfeitamente

Conheça os hábitos para um coração saudável e coloque-os em prática:

  • Não fume

As doenças causadas ou agravadas pelo fumo correspondem a 63% das mortes do planeta. Em 2011, o cigarro foi responsável pela morte de quase 6 milhões de pessoas em todo o mundo – dessas, 600 mil eram fumantes passivos.

Até 2030, serão oito milhões de vítimas . O cigarro começa a destruir o DNA do fumante poucos minutos depois que a fumaça é inalada. Parar de fumar é difícil, mas possível.

O exercício físico não deve fazer parte da rotina apenas de quem quer entrar em forma. A atividade é um dos itens mais importantes para fazer o corpo funcionar corretamente. Os exercícios afastam doenças cardiovasculares , reduzem a necessidade de medicação em quem tem hipertensão, reduzem a enxaqueca , fazem bem ao cérebro e melhoram a performance sexual e a capacidade pulmonar.

 

  • Controle o peso

O excesso de peso é prejudicial à saúde. O ideal é manter o índice de massa corpórea (IMC) entre 20 e 25. A obesidade praticamente dobrou no mundo nos últimos 30 anos, afetando 500 milhões de adultos, a maioria mulheres. O excesso de peso predispõe à doenças cardiovasculares, diabetes, hipertensão e colesterol alto.

  • Controle a pressão arterial

Cheque sua pressão com frequência. Quando for ao médico, seja de qualquer especialidade, peça para ele medir sua pressão arterial e fique atento se ela está acima de 12 por 8, o valor considerado normal.

Se tiver histórico de hipertensão na família, faça o acompanhamento a partir dos 30 anos e não descuide da quantidade de sal ingerida. A hipertensão arterial aumenta a probabilidade de ter um derrame, infarto, insuficiência cardíaca, doença renal e morte prematura. No Brasil, 27% das mulheres e 21% dos homens sofrem da doença, segundo o Ministério da Saúde.

Excesso de açúcar, sal ou gordura são os principais vilões de uma alimentação adequada. Uma dieta balanceada inclui porções de frutas, legumes e verduras, além das proteínas advindas das carnes, de preferência, as magras.

 

  • Controle o colesterol

No Brasil, 40% da população tem colesterol alto e boa parte não sabe que tem a doença. A gordura ruim presente na circulação sanguínea é proveniente da dieta rica em alimentos com gordura saturada e gordura trans, como os embutidos, cortes gordurosos de carne, margarinas, biscoitos recheados, sorvetes entre outros.

Controlar o índice de glicose é ficar de olho no diabetes . Com esse índice sob a mira, dificilmente a doença pegará você de surpresa.

‘Queiroz cuida da vida dele, eu cuido da minha’, diz Bolsonaro na China


O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira (24/10) em Pequim, após jantar com empresários brasileiros, que não ouviu o áudio que mostra o ex-assessor parlamentar do senador Flávio Bolsonaro discutindo cargos no Congresso em junho deste ano.

Ele, como presidente da República brasileira, deveria ser o primeiro interessado em saber do áudio, ao invés de mais uma vez passar ‘pano quente” e deixar correr. Vai ser às claras agora? E a credibilidade da justiça brasileira, do parlamento, do brasil, dos brasileiros e do próprio governo, fica como?

Jair Bolsonaro concede entrevista a jornalistas brasileiros ao chegar à China em visita oficial
Jair Bolsonaro concede entrevista a jornalistas brasileiros ao chegar à China em visita oficial

Foto: BBC News Brasil

“Eu não sei dessa informação. Por favor, por favor. O (Fabrício) Queiroz cuida da vida dele, eu cuido da minha”, disse o presidente a jonalistas.

“Por favor, a minha preocupação aqui para eu não acabar a entrevista com vocês é tratar das questões do interesse de todos os brasileiros”, prosseguiu.

Mais tarde, questionado novamente sobre as falas do ex-assessor, divulgadas nesta quinta pelo jornal O Globo, Bolsonaro pergunta: “Ele falou que está negociando cargo, é isso?”

Em seguida complementa: “Eu não falo com o Queiroz desde que aconteceu esse problema”, em referência às primeiras denúncias sobre as suspeitas de prática da rachadinha (quando assessores devolvem parcela de seu salário a políticos), no final de 2018.

Segundo áudio de WhatsApp datado de junho e divulgado pelo jornal O Globo, Queiroz continuaria negociando cargos no em gabinetes e comissões do Poder Legislativo federal.

Fonte Terra

Queiroz na ativa: “tem cargo pra caramba, 20 continhos caía como uma uva…”. Por Fernando Brito


Queiroz e Flávio Bolsonaro

PUBLICADO NO TIJOLAÇO

POR FERNANDO BRITO

Onde está Queiroz?

Onde sempre esteve, cuidando de nomeações de cupinchas para Flávio Bolsonaro, agora “terceirizadas”, em gabinetes de políticos que “fazem fila” no gabinete do filho-senador, talquei.

Nele, o ex-assessor do “Filho 01” mostra que ainda continua, informalmente no cargo de agente-laranja do político:

Tem mais de 500 cargos lá, cara, na Câmara e no Senado. Pode indicar para qualquer comissão ou, alguma coisa, sem vincular a eles (família Bolsonaro) em nada, em nada.
20 continho aí para gente caía bem para c***, meu irmão, entendeu?
Não precisa vincular ao nome. Só chegar lá e, pô cara, o gabinete do Flávio faz fila de deputados e senadores, pessoal para conversar com ele, faz fila.
Só chegar lá e, pô meu irmão, nomeia fulano aí para trabalhar contigo aí, salariozinho bom desse aí, cara, para a gente que é pai de família, cai como uma uva.

Aqui, para quem quiser escutar:

Ou seja, para ficarem amigos do “príncipe”, deputados e senadores abrigariam, nos cargos para os quais podem indicar, os recrutados por Queiroz para os esquemas políticos da familícia, com a vantagem que será “sem vincular a eles”

Queiroz, procurado pelo jornal, admite que tem influência, ou melhor “algum capital político” junto a Flávio. Este, por sua vez, manda dizer pelo advogados que “pode ser qualquer um falando ali” e que não conversa com Queiroz há meses.

Fica bem claro, porém, que Fabrício não pode estar prometendo cargos sem poder indicar, porque a receita da “rachadinha” é justamente abocanhar parte dos vencimentos dos nomeados, para ele próprio e para a “chefia”.

Quando todos achavam que o ex-PM estava politicamente morto, esquecido após o engavetamento da ação contra Flávio, ele “levanta” e vem cuidar da salada de frutas, juntando caindo como uma “uva” nos bagaços das laranjas.

E, neste momento, caindo como uma luva, para usar a expressão certa, na briga dos bivaristas contra os filhotes pelo controle dos muitos “vinte continhos” do Fundo Partidário.

E fica a pergunta dos bons brasileiros: Por que a justiça blindou o Queiroz?

Com informações do DCM

Surto em Jequié: de Vitória da Conquista, homem desce de ônibus e bota fogo em seu próprio corpo


Foto: BLOG DO ANDERSON

Encontra-se no Hospital Geral Prado Valadares, em Jequié, um paciente de 43 anos que chegou através do Resgate da ViaBahia apresentando graves ferimentos em decorrência de queimaduras. De acordo com o site Jequié Repórter, o homem teria surtado ao descer de um ônibus do Transporte Coletivo Interestadual na Rodovia Santos Dumont, BR-116, e atear fogo no próprio corpo. Ele viria para Vitória da Conquista, onde reside no bairro Ibirapuera. O HGPV não informou as condições do Cidadão Conquistense. Com informações BlogdoAnderson.

 

 

Defensoria Pública contesta fake news de Barroso, por Luis Nassif


Barroso fomenta o mito da elitização, mas a presunção de inocência tem viés racial, diz Pedro Carriello.

Se você é um Ministro da Suprema Corte, e desenvolve um discurso que compromete sua reputação junto ao meio jurídico, mas aumenta a popularidade junto ao público leigo, qual é o seu objetivo? A lógica diria que é usar a Justiça de palanque para seguir carreira política.

Ontem o Ministro Luis Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu a demonstração definitiva de qual é o público que visa com seus discursos.

Um dos seus argumentos recorrentes, a favor da prisão após julgamento em 2ª instância, é que a medida só beneficiaria meia dúzia de ricos, que dispõem de advogados. Sustentou que os pobres, que só tem a Defensoria Pública para defende-los, não serão afetados.

Da Defensoria Pública do Rio de Janeiro, Pedro Carriello contesta os números de Barroso.

Seu principal sofisma é só trabalhar com a ideia da absolvição. “Com habeas corpus, a Defensoria tem conseguido diminuição de pena, mudança de regime e algumas nulidades processuais que acabam acarretando significativas melhoras ou absolvição de forma indireta, anulando o processo”, explica ele.

Mais que isso, o ponto central é que os tribunais de 2ª instância, em geral, não seguem o entendimento do STJ (Superior Tribunal de Justiça) e do STF. Cabe à Defensoria utilizar habeas corpus ou interpor recursos para demonstrar aos tribunais estaduais a interpretação dos tribunais superiores. “Quem cria o emaranhado de recursos são os juízes de segunda instância”, explica ele.

Barroso fomenta o mito da elitização, mas a presunção de inocência tem viés racial, diz Carriello. E as decisões do Supremo têm impacto forte na ponta, na polícia. “O ataque ao direito fundamental da presunção de inocência, acaba por se irradiar na ponta, com a PM no morro relativizando também. Hoje mães do Rio torcem para que seus filhos sejam presos, porque a alternativa é serem mortos. Hoje preto é presunção de que é culpado caminhando pela periferia”.

Leia também:  Organizações da sociedade civil alertam para fragilização das Áreas Protegidas Brasileiras

Trata-se de uma questão racial, que se comprova nas audiências de custódia, em que se prendem mais os pretos e soltam menos os pretos.

As estatísticas corretas

Em artigo publicado no site do Grupo Prerrogativas, Pedro Carrielo e Rodrigo Pacheco desmontam a tese da elitização do Judiciário. As defensorias têm conseguido cinco vezes mais sucesso do que a banca privada.

De acordo com o levantamento, dos 27.779 recursos da Defensoria, em 12,28% houve diminuição da pena e em 8,44%, a alteração do regime prisional.  Juntando todos os benefícios, absolvição, substituição da pena restritiva de liberdade por restritiva de direitos e prescrição, chega-se a 1.155 pessoas, ou 4,16% dos casos, que teriam sido presas injustamente até a decisão do STJ.

Dados da Defensoria Pública de São Paulo mostra resultados ainda mais expressivos. Estudos de Davi Eduardo Depiné Flho e Rafael Muneratti mostram que, somando concessões totais ou parciais, no STJ o índice de algum êxito ficou entre 45% em 2015 a 75% em 2010. Em dez anos, ficou em 54,5%.

A Defensoria analisou 770 decisões de mérito concedidas pelo STJ em 2016.

Com informação do GGN.

REVOLTA | População cobra punição ao casal que agrediu idoso em Conquista


As redes sociais foram invadidas por postagens denunciando a agressão a um idoso de 69 anos praticada pelo empresário Lucas Maltez no último final de semana.

O ato que provocou repulsa geral foi flagrado por câmeras e monitoramento, o que possibilitou a identificação do agressor e da esposa dele, Hanah Marielly, envolvida num acidente de transito que culminou com o crime de lesão corporal.

VEJA O VÍDEO ( CENAS FORTES)




Nas redes sociais, além de prints com as imagens do casal, internautas relatam o ocorrido. “Um idoso foi brutalmente espancado depois de um acidente de trânsito. Tudo aconteceu depois que um HB20 de cor branca, dirigido pela arquiteta Hanah Marielly, teve uma colisão com um veículo Hilux dirigido por Rodinei, de 69 anos de idade”, conta uma das postagens.

Conforme relato da ocorrência feita pelo Simtrans, foi exatamente isso que ocorreu. De acordo com as postagens, “como a motorista do HB20 não é habilitada, ligou para o esposo, o engenheiro Lucas Andrade Maltez (proprietário da Comercial Andrade, na Av. Presidente Vargas) para resolver o problema”.

Testemunhas asseguram que o esposo já chegou em tom alterado, “e sem querer fazer a ocorrência como a lei determina, ele ordenou para que a esposa entrasse no carro e se evadisse do local, e munido de tamanha covardia o engenheiro agrediu severamente o idoso de forma cruel e desumana, o desferindo chutes,murros e empurrões”.

A reportagem do Sudoeste Digital tenta contato com o casal. Em contato com a imprensa, o advogado do casal não informou se a mulher possui habilitação para conduzir veículo automotor, mas antecipou que os clientes irão ser apresentados na Delegacia de Polícia Civil, que apura os fatos. A família do idoso não informou sobre seu estado de saúde. Fonte:SudoesteDigital.

Campeã paralímpica morre aos 40 anos por eutanásia


Atleta tinha acordo para realizar procedimento desde 2008

 

A belga Marieke Vervoot, velocista de cadeira de rodas, morreu na última terça-feira (22) aos 40 anos. A atleta optou pela eutanásia para encerrar o sofrimento causado por uma tetraplegia degenerativa.

Foto: reprodução/Instagram

Vervoot tinha assinado em 2008 um acordo que permitia um médico aplicar uma injeção letal caso ela quisesse. O procedimento é permitido na Bélgica desde 2002. Mesmo com a iminente possibilidade de encerrar o sofrimento, a belga competiu nas Paralimpíadas de 2012 e 2016. Em Londres, foi medalha de ouro. Já no Rio de Janeiro, quatro anos depois, ganhou uma prata e um bronze.

A atleta começou a sofrer com problemas relacionados a doença com 14 anos, após inflamação no pé, segundo o GE. Com 20, quando já usava cadeira de rodas, precisou abandonar os estudos e tentou reverter o quadro com diversas cirurgias, mas não teve sucesso.

 

 

Sergio Moro ignora esforços do povo para limpar óleo no Nordeste


Sergio Moro ignora esforço da população no Nordeste e diz que é o governo Bolsonaro que recolhe óleo nas praias. Ministro foi surpreendido com pergunta durante entrevista em Recife, e ao responder mostrou desinformação sobre o mais grave crime ambiental do litoral brasileiro

sergio moro óleo praias nordeste
Diante do descaso do governo, retirada de óleo das praias do Nordeste tem sido feita pela população (Imagem: Wellington Pereira)

O derramamento de petróleo nas praias do Nordeste do país respingou hoje (21) no ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

Ao participar de uma coletiva de imprensa na região metropolitana de Recife para falar de um programa de segurança pública do governo Bolsonaro, o ministro foi surpreendido com uma pergunta sobre o crime ambiental de responsabilidade ainda desconhecida e a falta de ações por parte do governo.

“A gente quer saber quando e quanto o governo federal vai enviar de ajuda para este desastre ambiental que a gente está enfrentando”, afirmou uma jornalista.

Moro respondeu que essa não era a pauta da reunião, mas no afã de falar disse que “pelo que eu tenho acompanhado, sim, o governo tem feito sua parte, tem recolhido toneladas expressivas de óleo que foram derramados por causas que ainda estão sendo investigadas, mas o governo federal tem sim trabalhado. Mas de todo modo a coletiva aqui é para falar do ‘Em Frente Brasil’”, afirmou, referindo-se ao programa de segurança pública.

“Mas quem está recolhendo são os voluntários e os agentes do estado”, retrucou a jornalista, citando diversos vídeos que estão sendo publicados nas redes sociais.

A deputada Marília Arraes (PT-PE) usou as redes sociais para lembrar que “já são quase dois meses de um vazamento de óleo que ninguém sabe ao certo de onde veio. Pelo menos 200 praias do Nordeste já foram atingidas. 12 unidades de conservação foram contaminadas. A população continua fazendo o trabalho que é dos Governos”, afirmou.

Segundo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), até agora foram atingidas 201 praias em 74 municípios do Nordeste.

Marília também cobrou o governo federal: “Onde está a tecnologia, os equipamentos e a expertise da Marinha, do Ibama e de outras instituições vinculadas ao Executivo Federal, que deveriam estar na linha de frente das ações?”

Segundo Marília, o governo de Pernambuco também falhou ao não ter montado um planejamento eficiente com a antecedência necessária.

“A população está tirando os rejeitos com as próprias mãos, arriscando sua saúde e segurança! Especialistas ambientais já falam em prejuízos com duração superior a dez anos a diversos ecossistemas. Economicamente o impacto para os municípios e milhares de pequenos, médios e grandes empreendimentos ligados ao turismo na região também já preocupa. Enquanto isso, o silêncio do presidente Bolsonaro e de toda a sua equipe ministerial chama a atenção dentro e fora do Brasil. O Nordeste está sendo atacado: pelo descaso, pela irresponsabilidade, pela falta de ação deste desgoverno.”

Audiência

A Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados realiza nesta terça, às 10h, no Plenário 14, audiência pública para discutir o crime ambiental. Estarão presentes um representante do Ministério do Meio Ambiente; o presidente do Ibama, Eduardo Fortunato Bim; um representante da Marinha do Brasil; um representante da Agência Nacional do Petróleo (ANP); um representante da Petrobras; e um representante do Greenpeace.

VÍDEOS:

RBA


lguns manifestantes da ONG Greenpeace foram presos após uma ocupação na frente do Palácio do Planalto, onde encenaram a tragédia que ocorre no litoral brasileiro. Pelo menos 17 pessoas teriam sido detidas. Ação tem como objetivo denunciar a negligência do governo no combate ao derramamento de óleo na região litorânea do Nordeste

De acordo a matéria publicada no 247, manifestantes da ONG Greenpeace ocuparam a frente do Palácio do Planalto nesta quarta-feira (23) e encenaram no local a tragédia que ocorre no litoral brasileiro. Alguns ativistas foram presos. O número de detenções teria chegado a pelo menos 17.

Ação tem como objetivo denunciar a demora e irresponsabilidade do governo Bolsonaro para combater o derramamento de óleo na região litorânea do Nordeste, que já causa impactos ambientais e econômicos incalculáveis.

O deputado Ivan Valente (PSOL-RJ) elogiou a ação: “Golaço do @GreenpeaceBR. Eles resolveram jogar óleo sujo na frente do Palácio do Planalto para denunciar a letargia do governo para lidar com a tragédia ambiental no litoral nordestino. Esse governo precisa ser mesmo desmascarado! #ForaSalles #MeioAmbiente

VÍDEO: no Jornal Nacional, Joice denuncia esquema de fake news comandado por filhos de Bolsonaro


Resultado de imagem para foto de joice hasselmann

Joice denunciou no Jornal Nacional a fábrica de “fake news” dentro do gabinete de Bolsonaro. O conteúdo das palavras da deputada é vasto e que pode complicar a vida do presidente. vejam o vídeo e analisem se há ou não parecer de ser real a fala da pslista.

O deputado Eduardo, o filho 3 do presidente, que é um dos acusados, disse, e você vai ver no vídeo, que as pessoas podem falar o que quiserem, mas que cabe provar. Mas, cá entre nós leitores e que de certa forma temos uma boa camada de inteligência, se fosse mentira o que essa deputada está falando, qual seria a reação do deputado Eduardo? sem dúvida, abrir um processo contra a deputada Joice é claro. Até mesmo pelo teor das acusações.
Bom, o que todo brasileiro que ama a sua pátria deve fazer, é torcer para que a verdade venha a tona e que justiça seja feita duela quem duela. O que não pode é os apaixonados por Bolsonaro, seus filhos, Queirós, Moro e companhia limitada, aceitar mais esse amor incondicional. É hora de começar a clamar por justiça, pois quem está em jogo, sendo uma salsicha no meio do pão preste a ser devorado com recheio e tudo, por um sistema de engano e que traça um caminho obscuro é o povo brasileiro de um modo geral.

Veja o vídeo da Joice que foi cedido pelo DCM.

Eduardo Bolsonaro flagrado correndo na Câmara para fugir da imprensa (vídeo)


 

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (SP), que conseguiu destituir o líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir, e assumir seu lugar, foi flagrado correndo da imprensa pelos anexos do Congresso Nacional.

Após uma aparição surpresa no Plenário da Câmara, onde fez uma breve fala contra o Foro de São Paulo, o filho 03 de Jair Bolsonaro proporcionou a seguinte cena, conforme contou o Congresso em Foco nesta terça-feira (22):

“Quando a imprensa foi abordá-lo (Eduardo) correu, e muito, por três anexos do Congresso Nacional. Se esbarrou em pessoas, seu segurança derrubou um celular no caminho e no final, desceu as escadas que dá acesso ao anexo quatro da Casa.”

Veja também uma entrevista em vídeo do deputado Marcio Gerry do PC do B  do Maranhão sobre a Base e Alcântara, fornecida pelo Brasil 247. 

 

MC Gui faz piada com criança e é criticado por internautas


MC Gui foi criticado por internautas que o acusaram de ter feito bullying com uma criança. O cantor, que está curtindo dias de folga na Disney, compartilhou um vídeo em que tira sarro do visual de uma menina que, aparentemente, não é brasileira.

“Chegamos na Disney e, mano, olha isso. Gente do céu!”, declara Gui, entre risadas enquanto filma a criança. Visivelmente incomodada e sem entender o motivo da “piada”, a menina vira o rosto.
Nas redes sociais, a atitude do cantor foi reprovada e a “brincadeira” classificada como de mau gosto. “Coitada, uma criança vítima de bullying extremamente desconfortável sem nem entender nada”, criticou uma internauta. “Não sei como consegue achar graça constragendo uma criança, que horror”, comentou outra. “Sem noção demais”, escreveu mais uma.
Diante da repercussão negativa, MC Gui apagou os vídeos e se justificou dizendo que o que chamou a atenção dele foi a semelhança da criança com a personagem Boo, do filme Monstros S.A.. “Não fiz bullying. Fiquei impressionado porque estava muito parecido. Dei risada porque nunca vi aquilo.

 

– Pra quem não está entendendo, o Mc Gui fez bullying com uma garotinha, mesmo sabendo que ela estava olhando e vendo que estavam rindo dela. Já saiu que ela tem câncer, está de peruca e não tem sobrancelhas e ele estava rindo justamente da aparência dela dizendo que parecia um personagem de filme de terror. A pior parte é a reação dela, ela olha pra eles, com um olhar tão triste, quase de choro. Ela ajeitava a peruca pensando que estava aparecendo algo. Certeza que isso marcou ela ali, porque bullying marca a vida de alguém para sempre.Mc de merda, pau no c* do crl 🤬😡

Posted by Débora Motta on Monday, October 21, 2019

 

Pesquisa brasileira descobre como bom humor ajuda no processo de cura


Foto: Pixabay

Foto: Pixabay

Veja a força de manter o bom humor. Uma pesquisa feita por pesquisadores brasileiros, da USP de Ribeirão Preto, descobriu que o humor positivo pode ajudar pacientes a se recuperarem de doenças graves.

O estudo mostra que a serotonina, conhecida como o “hormônio do bem-estar”, tem a capacidade de controlar inflamação sistêmica severa – como a que ocorre durante a infecção generalizada, conhecida como sepse – e também de prevenir a hipotermia e a queda da pressão arterial.

É a primeira vez que esse neurotransmissor é descrito na literatura científica como um possível mediador da interação neuroimunológica, sendo capaz de amenizar inflamação não só no sistema nervoso central, como em todo o organismo.

A equipe descobriu que a administração da serotonina diretamente no sistema nervoso central de animais de laboratório apresenta efeitos anti-inflamatórios e faz diminuir os níveis de moléculas sinalizadoras do sistema imunológico (citocinas pró-inflamatórias) no plasma sanguíneo e no baço.

“Não se tinha conhecimento até então de que a serotonina poderia inibir a inflamação sistêmica. Concluímos isso em dois estudos, um publicado em 2017, sobre inflamação sistêmica leve – como a que ocorre durante uma gripe ou infecção urinária – e agora este, sobre a inflamação sistêmica severa, que nos surpreendeu ainda mais por termos observado um efeito tão positivo em um quadro muito mais grave, que corresponde à sepse,” disse o professor Luiz Guilherme Branco, um dos responsáveis pela pesquisa.

Como

Durante a sepse, observa-se uma resposta inflamatória desregulada do organismo na presença de um agente infeccioso, ou seja, o sistema de defesa passa a combater o patógeno de forma exagerada.

O quadro inclui aumento ou redução da temperatura corporal, queda da pressão arterial e consequente redução da irrigação sanguínea, o que leva à disfunção de vários órgãos.

Nesses casos, a falência dos órgãos é agravada pela queda acentuada e repentina da pressão arterial, o estágio mais grave da doença, conhecido como choque séptico.

A gravidade da sepse também está nas estatísticas: é a doença que mais mata em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) no Brasil.

Os testes

Na comparação entre os animais com serotonina e o grupo de controle, que recebeu apenas as toxinas indutoras da inflamação, os cientistas observaram que o neurotransmissor apresentou efeitos anti-inflamatórios tanto no sistema nervoso central quanto no periférico e foi capaz de reduzir a febre causada pela inflamação sistêmica leve.

Os efeitos positivos da serotonina se mantiveram mesmo quando a equipe aumentou a dose da toxina em 15 vezes, o que deu aos animais um quadro de inflamação sistêmica severa semelhante ao da sepse.

Nesse experimento, além de reduzir os níveis de citocinas pró-inflamatórias, o neurotransmissor foi capaz de prevenir a hipotermia e a hipotensão causadas pela inflamação sistêmica severa.

“Acreditamos que o efeito da serotonina se dá pela ativação de um reflexo anti-inflamatório que ocorre durante a inflamação sistêmica. Esse reflexo consiste na noção de que a atividade neuronal modula a imunidade, atuando por meio de conexões neurais do cérebro para outros órgãos, sobretudo o baço, reduzindo a produção de citocinas inflamatórias,” disse a pesquisadora Clarissa Mota, responsável por estes experimentos.

Mais estudos

De acordo com a pesquisadora, os próximos estudos vão investigar, de modo mais aprofundado, os mecanismos relacionados às regiões cerebrais que produzem serotonina, ou que comprometam a inflamação sistêmica.

“A descoberta de que a serotonina também atua na modulação da inflamação abre caminho para estudos referentes ao desenvolvimento de novas terapias contra a sepse e outras desordens inflamatórias. Estamos juntando as peças de um quebra-cabeça para o melhor entendimento da fisiopatologia da inflamação e das funções terapêuticas da serotonina. Há décadas, os sistemas eram estudados em separado. Hoje, sabemos que o organismo é como uma rede conectada, com todos os sistemas trabalhando em conjunto,” disse Clarissa.

Dessa forma, a serotonina, um produto do metabolismo do triptofano, atua nessa rede conectada, desempenhando uma série de funções dentro do cérebro e de outros órgãos.

Por ser um neurotransmissor, a serotonina opera como um mensageiro nas sinapses – a conexão entre os neurônios -, modulando a comunicação.

A atuação vai desde a regulação de comportamentos fisiológicos, como função do sono, respiração e humor, até a coagulação de plaquetas, função gastrointestinal e a modulação do sistema imunológico, como foi comprovado pelos pesquisadores da USP de Ribeirão Preto.

Com informações do Diário da Saúde

 

 

Enquanto Lula não tiver sua inocência reconhecida, Justiça não terá credibilidade, dizem juízes europeus em carta ao STF


“A Operação Lava Jato, sob o pretexto de combater a corrupção, se transformou em um partido político […]. Essa perseguição funcionou, pois permitiu a eleição de Jair Bolsonaro para a presidência da República”, afirma o documento. Leia a íntegra

 

 

Em uma carta aberta enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF), três ex-presidentes de cortes superiores da Europa afirmam que “enquanto o ex-presidente Lula não tiver sua inocência e sua liberdade plena restabelecida, a justiça brasileira não recuperará credibilidade”.

O documento é assinado por Tomás Quadra-Salcedo, ex presidente do Conselho de Estado da Espanha de 1985 a 1991 e ex-ministro da Justiça do país, Franco Gallo, que presidiu a Corte Constitucional da Itália em 2013, e Giuseppe Tesauro, que comandou o mesmo tribunal superior em 2014.

“A Operação Lava Jato, sob o pretexto de combater a corrupção, se transformou em um partido político, contribuindo para a destituição de Dilma Rousseff em 2016, bem como para a perseguição política contra ao ex-presidente Lula. Essa perseguição funcionou, pois permitiu a eleição de Jair Bolsonaro para a presidência da República”, afirmam citando análises de colegas de todo o mundo e as reportagens da Vaza Jato, divulgadas pelo site The Intercept.

Para eles, “devido aos procedimentos ilegais e imorais adotados contra o ex-presidente Lula, a justiça brasileira hoje está passando por uma verdadeira crise de credibilidade”.

“Portanto, é essencial que os juízes da Suprema Corte exerçam plenamente seu papel de garantidores do respeito à Constituição e ponham fim às injustiças cometidas pelos promotores e pelo ex-juiz Sergio Moro”.

Leia a carta na íntegra

“Aos colegas magistrados do Supremo Tribunal Federal

Como ex-presidentes de Cortes Superiores de Justiça, gostaríamos de chamar à reflexão os nossos colegas magistrados do Supremo Tribunal Federal e, mais amplamente, a opinião pública deste país para os vícios dos processos iniciados contra Lula.

Como já foi mencionado por muitos colegas, brasileiros e de outros países do mundo, as revelações do jornalista Glenn Greenwald e sua equipe do site de informações The Intercept, em parceria com os jornais Folha de S. Paulo e El País, a revista Veja e outras mídias, reforçaram a natureza política da acusação contra Lula. Elas também confirmaram aos olhos do mundo, como sempre foi afirmado por Lula e seus advogados, o caráter tendencioso do ex-juiz Moro e do ministério público, e, como resultado, a ausência de um julgamento justo e independente contra o ex-presidente.

Essas revelações confirmaram que a Operação Lava Jato, sob o pretexto de combater a corrupção, se transformou em um partido político, contribuindo para a destituição de Dilma Rousseff em 2016, bem como para a perseguição política contra ao ex-presidente Lula. Essa perseguição funcionou, pois permitiu a eleição de Jair Bolsonaro para a presidência da República.

Numa época em que as democracias são postas à prova pela ascensão da extrema direita, e especialmente no Brasil, a justiça deve ser erguida como um baluarte contra o autoritarismo e a arbitrariedade. No entanto, devido aos procedimentos ilegais e imorais adotados contra o ex-presidente Lula, a justiça brasileira hoje está passando por uma verdadeira crise de credibilidade. Portanto, é essencial que os juízes da Suprema Corte exerçam plenamente seu papel de garantidores do respeito à Constituição e ponham fim às injustiças cometidas pelos promotores e pelo ex-juiz Sergio Moro. Enquanto o ex-presidente Lula não tiver sua inocência e sua liberdade plena restabelecida, a justiça brasileira não recuperará credibilidade. A falta de confiança no sistema de justiça brasileiro está corroendo o estado de direito e a democracia, com repercussões para todos os juízes do mundo.”

com informações da Forum.