(77) 99152-6666

Lula, mais uma vez, sai na frente de Bolsonaro e pede a Biden reunião do G20 sobre vacinas


Após atuar diretamente no diálogo com o Fundo Russo para a aquisição da Sputnik V, o petista faz sugestão ao presidente estadunidense em entrevista à CNN Internacional.

Da  Revista Fórum

Apesar de estar longe da presidência há mais de 10 anos, o ex-presidente Lula tem assumido uma postura de chefe de Estado diante da ineficiência do governo Bolsonaro no combate à pandemia do coronavírus. Após a notícia de que o petista atuou diretamente junto ao Fundo Russo de Investimento, ainda no ano passado, para viabilizar a aquisição da vacina Sputnik V ao Brasil, o ex-mandatário agora sugere um diálogo com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, para discutir a vacinação contra a Covid.

 Em entrevista concedida esta semana à respeitada jornalista Christiane Amanpour, da CNN Internacional, Lula sugeriu que Biden convoque uma reunião do G20, grupo que reúne as 20 maiores economias do mundo, para discutir uma distribuição justa de vacinas entre as nações do globo. Este trecho da entrevista foi divulgado pela própria jornalista britânico-iraniana.

 

“A responsabilidade dos líderes internacionais é enorme, então estou pedindo ao presidente Biden que faça isso, porque não posso. Não acredito em meu governo [Bolsonaro] . E, também, não poderia pedir isso para Trump , mas Biden é um alento para a democracia no mundo”, completou o petista.

Assista ao trecho da entrevista.

Influência de Lula

O retorno do ex-presidente Lula ao cenário político após ter suas condenações anuladas e seus direitos políticos recuperados não se restringe ao Brasil.

Em novembro de 2020 o petista teve um encontro com Kirill Dmitriev, diretor do Fundo de Investimento Direto Russo (RDIF) que financiou o desenvolvimento da Sputnik V.

O interesse de Dmitriev em ter uma conversa surgiu após ele descobrir que o nome de Lula era um dos signatários de um abaixo-assinado pelo Nobel da Economia Muhammad Yunus, que defende a vacina enquanto um bem comum e que seja distribuída gratuitamente.

Além disso, o encontro de Lula com Dmitriev contou com a interlocução do presidente da Rússia, Vladimir Putin, que incentivou a reunião. Além do ex-presidente, participaram da reunião com o diretor do fundo russo os ex-ministros da saúde José Gomes Temporão, Alexandre Padilha e Arthur Chioro. Todos eles garantem que Lula foi decisivo na na negociação para a compra da Sputnik V.

Error, no Ad ID set! Check your syntax!

Brasil supera a marca das 3 mil mortes diárias por Covid


 

Idosa que morreu de Covid-19 é sepultada em cemitério de São Paulo 05/08/2020

De acordo a matéria publicada no 247 O Brasil ultrapassou a triste barreira das 3 mil mortes por dia de Covid-19 nesta quarta-feira (17). O relatório do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) divulgado às 18h registrou 3.149 mortes.

O número conta com os 501 óbitos do Rio Grande do Sul que não haviam sido somados nesta segunda. “Na data de ontem (16/3), a Secretaria Estadual do Rio Grande do Sul não consolidou os dados dentro do horário limite para a atualização do painel pelo Conass. Com isso, não foram contabilizados 9.331 casos e 501 óbitos. Estes registros foram somados aos dados publicados hoje”, explicou o Conselho em nota.

Ontem, também até o fechamento do boletim, Minas Gerais havia contabilizado 28 mortes. Nesta quarta, o estado atualizou os dados, registrando 314 óbitos em 24

Ao todo, o Brasil conta desde o início da pandemia 284.775 mortes em decorrência do coronavírus.

Foram registrados também 99.634 nas últimas 24 horas, somando 11.693.838 pessoas infectadas. Veja mais detalhes no Painel do Conass.

Traficante baiano capturado no Rio de Janeiro chega a Salvador na madrugada desta quarta


Traficante baiano capturado no Rio de Janeiro chega a Salvador na madrugada desta quarta

Foto: Alberto Maraux/ SSP-BA

O traficante baiano capturado no município de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, na manhã de terça-feira (16), chegou a Salvador na madrugada desta quarta (17). Ele foi alvo da Operação Tupinambá, deflagrada pela Polícia Civil baiana contra grupos envolvidos com tráfico de drogas, homicídios, roubos e corrupção de menores no estado.

 

O criminoso em questão veio para Salvador, algemado e custodiado por policiais, em um voo comercial. Equipes da Coordenação de Operações Especiais (COE) realizaram a escolta dele.

“Concluímos mais uma etapa do nosso trabalho interagências e esperamos que esse indivíduo pague por todos os crimes cometidos”, comentou a diretora da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), delegada Andréa Ribeiro (saiba mais aqui).

O traficante se escondia em uma casa de classe média, com piscina embutida, na Rua Projetada, bairro de Vila Santa Cruz. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), ainda no Rio de Janeiro, ele chegou a pagar R$ 9 mil em espécie, no dia 4 de janeiro, para a realização do parto de seu filho. “Contamos com um suporte muito valioso de informações repassadas pela 17ª Delegacia Territorial de Madre de Deus”, reconheceu a delegada.

FotoS: Divulgação/ SSP-BA

 

BALANÇO DA OPERAÇÃO

Coordenada pela Polícia Civil, a Operação Tupinambá contou com as participações da Polícia Militar (PM), Departamento de Polícia Técnica (DPT) e Secretária de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap-BA). Ao todo, 23 criminosos foram localizados e 18 mandados de prisão foram cumpridos, sendo que dois dos foragidos entraram em confronto com as forças de segurança e faleceram.

 

Outros cinco integrantes dos grupos criminosos acabaram presos em flagrante. Com eles, foram apreendidas duas submetralhadoras calibre 9mm, uma pistola calibre 380, um revólver calibre 38, carregador, munições, porções de maconha, cocaína e crack, além de R$ 13 mil (saiba mais aqui). BN Notícias 

Ex-assessor de secretário que fez discurso nazista ganha cargo na Fundação Palmares


Do DCM

Roberto Alvim fez discurso com apologia ao nazismo quando era secretário de Cultura.
Foto: Reprodução

O presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, anunciou que irá nomear um ex-assessor de Roberto Alvim, demitido da Secretaria Especial da Cultura após fazer apologia ao nazismo, para cargo na instituição.

Segundo Camargo, Marco Frenette será o coordenador-chefe do Centro Nacional de Informação e Referência da Cultura Negra.

Na semana passada, três gestores deixaram a Palmares por insatisfações com o trabalho de Camargo. (…)

Não quer ser criticado, então faz a coisa certa: por Walter Salles


Muito triste a forma de como este governo trata as pessoas mais pobres deste país. Percebe-se com clareza que a classe mais precisa, ou seja, a que está abaixo da linha da pobreza, é vista como um estorvo pro governo, ao inés de sentir amor e desejo de tratar de cada um com mais dignidade. A matéria do Tijolaço aí à frente, ainda pegou leve quando diz que o almoço do Guedes num restaurante é o mesmo valor do auxílio para que uma mãe de família passe um mês inteiro. Deve ser bem mais caro.  Outra coisa que dá pra perceber também com clareza, é o desmando e a falta de controle deste governo, principalmente no ministério do Paulo Guedes. No primeiro auxílio foi uma coisa quase que aleatória, onde muita gente, como a esposa do deputado bolsonarista Daniel Silveira, que recebia o auxílio. Como ela milhares. A culpa maior está no descontrole do ministério e não, em muitos casos, no recebedor do auxílio.

Só que agora, que poderia ter economizado na primeira etapa, deixando de repassar auxílio para quem não precisava, e continuar com os 600, para amenizar o sofrimento do povo carente, o que está acontecendo é a notícia de um repasse pequeno, que mal dará para comprar farinha e ainda terá que sacrificar muita gente para acontecer os repasses dessas migalhas.  Sem amor pelos mais pobres e mais o descontrole com os recursos, fica difícil os brasileiros, sobretudo os mais precisos, se quer sonhar em um futuro melhor se não mudar este governo.

Outra coisa: se não quer ser criticado, então faz a coisa certa. Porque agora, pasmem, mas está sendo criada uma lei que não se pode mais fazer críticas a um governo que governa um país que está com mais de 280 mil mortes e coloca um ministro que já avisou que vai dar continuidade ao trabalho do Pazuelo, ou seja: dar continuidade a mortandade de gente. Como não criticar um governo desse? Até aqui Café com Leite 

Auxílio não paga almoço de Guedes em restaurante. Por Fernando Brito

Publicado no Tijolaço

Paulo Guedes. Foto: Anderson Riedel/PR

Metade, praticamente, dos beneficiários do novo auxílio emergencial vão receber R$ 5 por dia, que é o que representam os R$ 150 mensais que, lê-se no UOL, o Estadão apurou ser o valor da maior parte dos benefícios (20 milhões de pessoas) a serem pagos a partir de abril. Outros 16,7 milhões de famílias terão R$ 250 (R$ 8,33 diários) e as mães que sustentam filhos sozinhas, 9,3 milhões, ganharão R$ 375.

Claro que fará diferença. Apertando, compra-se o arroz, o feijão, alguma farinha, uns pés de galinha e, nem todo dia, um pão sem manteiga…E cozinha-se na lenha, com restos de caixote e ou o que houver à mão, porque nem pensar em botijão de gás, a cem reais quase.

Preserva-se, assim, o teto de gastos, deixando a milhares de nossos irmãos o teto das marquises e viadutos.

Mas, sobretudo, o auxílio, no alcance e no valor que lhe deram não cumpre a sua principal missão: prover a sobrevivência de famílias que deveriam, para salvar-se, ficar em isolamento e ajudar a conter a propagação do vírus.

O Doutor Paulo Guedes, que larga na mesa de um restaurante, num almoço, mais do que dará a um pobre coitado num mês inteiro, está feliz.

 

Sudoeste: Celular explode durante carregamento e incendeia barraco na zona rural. VÍDEO


Família que perdeu a casa, em Ibirataia, é formada por uma senhora de idade que cria quatro netos e quatro filhos. Mulher fez apelo.

O perigo de se esquecer o telefone celular carregando na tomada é real. Uma família moradora da região do Aricangá, na zona rural de Ibirataia, descobriu isso da pior maneira possível. A casa de madeira em que eles viviam pegou fogo na manhã de segunda-feira (15) após os ocupantes saírem para trabalhar na roça.

Conforme informações de populares prestadas a reportagem, a família é formada por uma senhora de idade que cria quatro netos e quatro filhos. Por sorte, todos estavam fora da casa catando lenha no momento em que o celular, que foi deixado carregando na mesma tomada da geladeira, explodiu. A geladeira chegou a ser atirada a alguns metros de distância, bem como outros objetos. O barraco pegou fogo e todos os utensílios que estavam no seu interior foram perdidos. Assista:

Agora dona Neuza realiza uma campanha para arrecadar donativos a fim de poder refazer sua casa, uma vez que se encontra vivendo em dificuldades com sua família morando em uma casa emprestada. Ela inclusive já conseguiu algumas doações. Casos de explosão de telefone celular são raros mas tem sido registrados no Brasil. Isso geralmente ocorre por defeito de fabricação do produto ou pelo uso de carregadores genéricos, que não contam com o sistema adequado para contenção de altas temperaturas, sobrecarregando a bateria e provocando esse efeito. // Ipiaú Online. Assista o apelo da moradora que teve sua casa destruída: Blog Do Marcelo 

 

 

Dono do Magazine Luiza diz que só vacina e isolamento curam a economia e se diz pessimista com o Brasil


“Só o que funciona são isolamento social e vacina, por mais que se proteste”, diz Frederico Trajano, presidente e um dos grandes acionistas da rede de varejo.

Frederico Trajando defende contratação só de negros

O empresário Frederico Trajano, dono e presidente do Magazine Luiza, uma das maiores redes de varejo do Brasil, diz que o governo Bolsonaro cometeu erros graves na gestão da pandemia, afirma estar pessimista e também aponta o óbvio: só vacina e isolamento curam a economia.
“Hoje o Brasil não decola por uma incompetência no controle da pandemia. O País não é o único com dificuldade de controlar a crise sanitária, mas, na minha opinião, está sendo um dos piores. A gente se planejou muito mal para a vacina, o nosso sistema de saúde está sobrecarregado. Poderíamos estar numa posição muito melhor. O erro na questão sanitária foi grave. Sem o controle da pandemia é impossível recuperar a economia”, disse ele, em entrevista à jornalista Márcia de Chiara, do Estado de S. Paulo.

Na conversa, ele deixou claro que apoia a agenda neoliberal do atual governo, que vem sendo implantada desde o golpe de 2016. “Se voltássemos quatro anos e disséssemos para um brasileiro que a reforma trabalhista e previdenciária seriam feitas, que o Banco Central teria autonomia, que teríamos o marco do saneamento, teto de gastos, marco civil da internet, open banking, Pix e os juros mais baixos da história, ele duvidaria. As pessoas iriam achar uma agenda impossível. Evoluímos significativamente nesses quatro anos. Do ponto de vista de reformas estruturais, o grosso já foi feito. Na prática, o que está faltando fazer são duas reformas importantes, a administrativa e a tributária”, aponta.

O executivo, que é filho de Luiza Trajano, diz estar pessimista com a vacinação. “A vacina é a única solução. Estou pessimista com o cronograma de vacinação. A gente deveria ter se preparado, entrado na fila e apostado no maior número de vacinas, não apenas em duas. Isso gera um risco muito grande: se alguém não entrega, vai ter ruptura. É muito difícil reverter essa situação no curtíssimo prazo. As medidas de restrição, os lockdowns, devem perdurar por muito mais tempo do que a gente imaginava no início do ano. Ao longo do ano todo, imagino que vamos ter situações de abre/fecha da economia até se ter uma parcela significativa da população imunizada”, disse ele, que preferiu não comentar o eventual ingresso de Luiza na política.

Com informação do 247

Prefeitura de Salvador inicia vacinação de idosos com 74 anos nesta quarta-feira


Prefeitura de Salvador inicia vacinação de idosos com 74 anos nesta quarta-feiraCrédito da Foto: divulgação / Secom PMs

A Secretaria Municipal da Saúde de Salvador (SMS) acrescenta mais uma nova faixa etária de idosos a partir desta quarta-feira (17/3) para vacinação conta a Covid-19. Desta vez, podem buscar um dos pontos de vacina àqueles com idade igual ou superior a 74 anos, no período da tarde.

Pela manhã, das 08 às 12h, serão vacinados os idosos com 75 anos ou mais. Pela tarde, das 13 às 16h, serão vacinados os idosos com 74 anos ou mais, nascidos entre 17 de março e setembro de 1946. Aratuon

1ª dose IDOSOS

Idosos com 75 anos ou mais: das 08 às 12h

Nascidos entre 17 de março e setembro de 1946: das 13 às 16h

Drivers:

Universidade Federal da Bahia – Campus Ondina

Arena Fonte Nova

Atacadão Akarejo – Fazenda Coutos

5ª Centro de Saúde

Parque de Exposições

Fundação Bahiana para Desenvolvimento das Ciências– Cabula

Vila Militar – Dendezeiros

Pontos Fixos:

USF Vista Alegre

UBS Nelson Piauhy Dourado (Águas Claras)

USF Resgate

USF Federação

USF Plataforma

USF Cajazeiras X

5º Centro (Barris)

Colégio da Policia Militar (CPM) – Dendezeiros

2ª dose IDOSOS (08 ÀS 16 horas):

Drivers:

Universidade Federal da Bahia – Campus Ondina

Arena Fonte Nova

Atacadão Akarejo – Fazenda Coutos

5 Centro de Saúde

Parque de Exposições

Fundação Bahiana para Desenvolvimento das Ciências– Cabula

Vila Militar – Dendezeiros

Pontos Fixos:

USF Vista Alegre

UBS Nelson Piauhy Dourado (Águas Claras)

USF Resgate

USF Federação

USF Plataforma

USF Cajazeiras X

5 Centro (Barris)

Colégio da Policia Militar (CPM) – Dendezeiros

1ª dose TRABALHADOR DE SAÚDE MÉDICOS, FISIOTERAPEUTAS e ODONTÓLOGOS AUTÔNOMOS (08 ÀS 16 HORAS):

Drivers:

Faculdade Bahiana de Medicina (Brotas)

Faculdade Católica (Pituaçu)

Pontos fixos:

Faculdade Bahiana de Medicina (Brotas)

Faculdade Católica (Pituaçu)

2ª dose TRABALHADORES DA SAÚDE (08 ÀS 16 horas):

Drivers:

Unijorge – Campus Paralela

USF San Martim III

Centro de Convenções

Pontos Fixos:

USF Eduardo Mamede (Mussurunga)

UBS Castelo Branco

USF Colinas de Periperi

CSU Pernambués

Unijorge – Campus Paralela

 

Adultos entre 30 e 59 anos configuram 60% das internações por Covid-19 em Salvador


Quantidade de adultos internados em unidades de saúde com coronavírus aumentou 20% em relação à primeira onda da pandemia

[Adultos entre 30 e 59 anos configuram 60% das internações por Covid-19 em Salvador]
Foto : Paula Fróes/GOVBA

A quantidade de pessoas na faixa etária entre 30 e 59 anos internadas com a Covid-19 superou a hospitalização de idosos a partir dos 60 anos. De acordo com o prefeito Bruno Reis (DEM), a quantidade de adultos internados em unidades de saúde com coronavírus aumentou 20% em relação à primeira onda da pandemia.

“Na primeira onda da pandemia, a cada 100 pacientes nas UPAs [Unidades de Pronto Atendimento], 60 eram idosos. Agora são 40. Isto é, hoje temos 60% de adultos de 30 a 59 anos”, informou o gestor municipal.

Bruno Reis explicou que essa mudança na taxa de internações tem relação com efeitos da vacinação em idosos e com as variantes, que retardam a recuperação da doença. “Isso mostra que a vacina começou a surtir efeito. Só ela vai permitir saímos dessa situação que nos encontramos”, afirmou. E acrescentou: “esse cenário mostra que a cepa do vírus é mais agressiva, e que ela tem, como a gente vem evidenciando, o poder de gerar sintomas mais graves, tanto que os pacientes chegam mais debilitados nas UPAs, e estão permanecendo por mais tempo nas unidades”. Do Metro1

Bahia teve 12 casos de assédio ou agressão a jornalistas em 2020, diz sindicato


Bahia teve 12 casos de assédio ou agressão a jornalistas em 2020, diz sindicato

Foto: Paula Fróes / Correio*

Somente em 2020, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado da Bahia (Sinjorba) registrou 12 casos de agressão ou assédio a profissionais da imprensa.  As ocorrências se somam ao episódio ocorrido no último domingo (15), em Salvador, quando a fotojornalista Paula Fróes, do jornal Correio*, foi intimidada por manifestantes bolsonaristas num protesto contra o fechamento do comércio na capital baiana (leia mais aqui).

O levantamento das agressões registradas no ano passado foi divulgado ao Bahia Notícias pelo Sinjorba. As ocorrências aconteceram em Salvador, Itabuna, Luís Eduardo Magalhães, Feira de Santana, Jeremoabo, Paulo Afonso e Vitória da Conquista. Confira abaixo:

– Andreia Silva (Rede Bahia) quando fazia matéria na rua sobre a Covid-19 e foi perseguida, xingada e ameaçada por um negacionista (abril de 2020);

– Alexandre Lyrio (Correio) quando fazia matéria sobre o comércio aberto em Brotas e foi ameaçado por donos de estabelecimentos (abril de 2020);

– Silvana Oliveira, jornalista da Rádio Sociedade, ameaçada e assediada moralmente pelo ex-deputado estadual Marcel Moraes (PSDB), nas dependências do veículo (maio de 2020);

 

– Silmara Souza (jornalista) e o cinegrafista de nome Dario Honorato, da TV Cabrália, estavam fazendo uma matéria sobre a morte de um traficante durante uma ação policial em Itabuna. Eles foram agredidos fisicamente (empurrados) e ameaçados por pessoas não identificadas e tiveram que sair do local (junho de 2020);

– Repórter Andreia Giovanni, do Blog Sudoeste Digital, recebeu ameaças de seguidores do prefeito Haroldo Aguiar após matéria sobre a Covid-19 no município. Ela teve o telefone pessoal divulgado pelo executivo municipal na internet e foi alvo de ataques virtuais (agosto de 2020);

– Repórter Davi Alves, da Rádio Alvorada FM, foi vítima de agressão física enquanto realizava uma reportagem em Jeremoabo, que apurava denúncia de que recursos públicos estariam sendo empregados em obras particulares. Enquanto filmava, ele foi agredido pelo secretário de Infraestrutura e Obras, João Batista dos Santos Andrade (setembro de 2020);

– Jornalista Raquel Santana, da Rádio Moderna FM, apurava uma pauta sobre gastos da Câmara Municipal de Luís Eduardo Magalhães. A matéria foi divulgada com um erro no valor dos gastos. Após o fato, reconhecido pela emissora, ela foi assediada por três advogados a serviço do presidente da Casa, Reinildo Nery, que também a teria ameaçado. Ele depois negou ameaças (setembro de 2020);

– Repórter Ney Silva, do site Acorda Cidade, cobria uma manifestação de professores e camelôs em Feira de Santana. Eles protestavam contra a prefeitura local. Enquanto filmava a atividade, foi abordado por dois manifestantes que exigiram sua saída do local. Os agressores, que estavam sem máscara, gritaram a menos de 10 cm do rosto do colega (setembro de 2020);

– Léo Dias e Larissa Baracho, de Sergipe, trabalhavam na campanha eleitoral em Paulo Afonso e foram agredidos com spray de pimenta por assessores do prefeito Luiz de Deus (outubro de 2020);

– Alexandre Lyrio (Correio), que sofreu ataques na intenet, com a prática conhecida como “cancelamento digital”, por parte de clínicas veterinárias, por causa de matérias produzidas sobre o alto custo dos serviços cobrados a donos de animais em Salvador (outubro de 2020);

– Juscelino Souza, do site Sudoeste Digital, processado pela campanha do prefeito Herzem Gusmão, de Vitória da Conquista, por matérias com denúncias de obras superfaturadas da prefeitura do município (novembro de 2020);

– Indhira Almeida, xingada durante a campanha eleitoral em Vitória da Conquista pelo programa do prefeito Herzem Gusmão. Ela apresentava o programa do candidato concorrente e em vez do ataque ser contra a campanha, o programa do prefeito atacou a profissional, chamando-a de mentirosa (novembro de 2020).

NÚMEROS NÃO REFLETEM A REALIDADE
De acordo com o presidente do Sinjorba, Moacy Neves, certamente houve mais de 12 ocorrências relacionadas a agressão e assédio na Bahia no último ano. “Agressões físicas não temos tantas mais do que a gente recebe, mas ameaças com certeza existem muito mais. Isso é muito comum de acontecer, principalmente ameaça e intimidação. Muitos dos casos terminam morrendo ali entre os envolvidos”, explica, em entrevista ao Bahia Notícias.

Ele explica que, por conta de dificuldades relacionadas a pessoal no sindicato, é difícil estabelecer com clareza os números de agressões e ameaças ocorridos nos anos anteriores. Ele também cita a importância da denúncia para que os casos sejam divulgados. “Os dados não eram muito organizados. Nosso problema é que a categoria sequer nos procura. A gente fica sabendo porque um colega em comum nos informa”, lamenta. “Alguns dos casos levantados envolveram radialistas, a gente só ficou sabendo porque temos uma boa relação com o Sindicato dos Radialistas”, acrescenta.

Na visão Neves, o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), é um dos responsáveis pelo discurso de ódio contra profissionais de imprensa. “O incentivo é muito explícito por parte do presidente da República para nos intimidar. Aquele comportamento dele quando dá entrevista à frente do Palácio é uma coisa feita de maneira deliberada”, opina.

Para acolher os membros da imprensa que sofrem dos ataques, o Sinjorba oferece assessoria jurídica.

Já o presidente da Associação Bahiana de Imprensa (ABI), Ernesto Marques, defende ser importante que haja a denúncia dos jornalistas e demais profissionais da imprensa aos órgãos competentes. “Denunciando, mobilizando as entidades para as medidas de defesa – medidas protetivas, quando é o caso -, ações judiciais e reforçando os vínculos de solidariedade na categorias… Se todo mundo botar a boca no trombone quando ocorrer uma ameaça ou quando a ameaça se consumar, com certeza inibe os agressores”, analisa.  BN Notícias 

Tuane Rocha, passista e musa da São Clemente, é encontrada morta no Rio


VÍDEO: Musa da escola de samba São Clemente é encontrada morta

VÍDEO: Musa da escola de samba São Clemente é encontrada morta

A passista Tuane Rocha, de 38 anos, foi encontrada morta dentro de casa na noite desta terça-feira (16). Tuane era musa da São Clemente e desfilou em diferentes escolas no carnaval carioca.

O corpo de Tuane estava caído no banheiro da casa dela, em Jacarepaguá. A Polícia Civil está investigando o caso.

A passista Tuane Rocha — Foto: Reprodução

A passista Tuane Rocha — Foto: Reprodução

Segundo a família, Tuane sofria de hipertensão. Parentes acreditam que ela possa ter tido um mal súbito e caiu, já que o corpo da passista estava com uma lesão na cabeça.

O corpo foi levado ao Instituto Médico-Legal (IML) na madrugada desta quarta (17). Até a última atualização desta reportagem, não havia informações sobre o enterro de Tuane.

Grife e biografia

Amigos lembraram que Tuane tinha acabado de inaugurar uma marca de roupas e assinou recentemente um contrato com uma editora para lançar uma biografia.

No mundo do samba, Tuane é lembrada como uma passista que fez história na Sapucaí.

Amigos também disseram que ela estava muito feliz e que não acreditam na hipótese de suicídio.

Tuane deixa uma filha, que mora na Austrália.

A passista Tuane Rocha — Foto: Reprodução

A passista Tuane Rocha — Foto: Reprodução

Homenagens

Artistas e escolas de samba prestaram homenagens a Tuane nas redes sociais, entre os quais Neguinho da Beija-Flor, São Clemente, Acadêmicos do Cubango e Paraíso do Tuiuti. Ela desfilou por essas agremiações como musa e destaque de abre-alas.

“Meu Deus, inacreditável que nossa querida Tuane Rocha se foi!! Excelente profissional, estivemos juntos em vários shows. Ficam a saudade e a lembrança dessa pessoa alegre e sorridente!! Descanse em paz!! @tuanerocha”, escreveu Neguinho da Beija-Flor.

Neguinho da Beija-Flor e Tuane  — Foto: Neguinho da Beija-Flor / Facebook / Reprodução

Neguinho da Beija-Flor e Tuane — Foto: Neguinho da Beija-Flor / Facebook / Reprodução

Bahia irá vacinar profissionais da educação e da segurança pública com primeiro lote da Sputinik V


206157-3

As 37 milhões de doses da vacina Sputinik V adquiridas pelo Consórcio Nordeste serão distribuídas de forma proporcional entre os estados da região. Segundo o secretário estadual da saúde, Fábio Vilas-Boas, a Bahia receberá 27% das duas milhões de doses que chegarão no próximo mês de abril.

Ele informa que a quantidade será aplicada em idosos acima de 60 anos, profissionais da educação e da segurança pública.
“Essas doses serão distribuídas proporcionalmente à população de cada estado do nordeste e a Bahia tem em torno de 27% da população. Então o primeiro lote que virá em abril de 2 milhões de doses, nós teremos 27% dessa quantidade e ser aplicado à população acima de 60 anos, profissionais de educação, de segurança, de modo a antecipar a vacinação desses grupos de risco e fazer com que a gente chegue mais rápido a uma cobertura vacinal que garanta uma queda mais sustentável da taxa de transmissão”, afirmou. Do Macaubense

Ministério da Defesa diz que barrou compra de R$ 80 mil em bonecos do Rambo para o Exército


O povo brasileiro espera ouvir ou ler ao menos uma notícia boa deste governo que aí está. Alguém sabe de ao menos uma? As redes sociais estão querendo divulgar esta boa notícia. No entanto, Infelizmente, só aparecem notícias desastrosas, o que fica dando um parecer de que o meio de comunicação que torce por um Brasil melhor, está de marcação. Não se pode esquecer que o Brasil está a caminho de 300 mil mortes pela covid, mas o presidente segue na contra mão.

Agora, a notícia que chega, (leia após a foto do rambo), é que o governo quer gastar horrores de dinheiro público com bonecos para as forças aramadas. Como elogiar?

Somente com bonecos de soldados em miniatura, de dois tipos, em forma de Rambo, Exército vai torrar 80.000 reais

O Ministério da Defesa negou, em nota enviada ao Metrópoles, que o Exército brasileiro vá adquirir R$ 80 mil em miniaturas do personagem Rambo, sucesso do cinema em série de filmes protagonizados pelo ator Sylvester Stallone.

Segundo a nota, o Exército, de fato, teve a intenção de adquirir os produtos, mas o aviso foi revogado menos de 24 horas depois.

“Foi divulgado apenas o aviso da intenção de uma Ata de Registro de Preços, relacionada à aquisição destes produtos. Este aviso foi revogado menos de 24 horas após o seu lançamento, por iniciativa da própria unidade militar. Ou seja, não houve sequer a abertura do Pregão Eletrônico no Sistema de Divulgação Eletrônica de Compras (SIDEC), conforme pode ser comprovado no próprio Sistema e no Diário Oficial desta segunda-feira (15)”, diz a publicação. (…)

Com informação do DCM.

 

VÍDEO: Ludhmila Hajjar, que recusou o cargo de ministra da Saúde, cantou “Amor I love you” para Dilma


Dra. Ludhmilla
Dra. Ludhmila Hajjar Crédito: Wanezza-Soares

A cardiologista Ludhmila Hajjar recusou o convite para substituir o general Eduardo Pazuello no ministério da Saúde.

Ludhmila se queixou de falta de “convergência técnica” e das ameaças que sofreu das milícias bolsonaristas, com direito a uma tentativa de invasão de seu quarto de hotel em Brasília quando foi falar com o presidente.

Ela foi bombardeada pelos fascistas por ser contra a cloroquina, a favor do lockdown, e por ter tratado de Dilma Rousseff no Sírio Libanês.

Fez uma live com Dilma que circulou nas redes.

Agora surge um vídeo da doutora cantando “Amor I love you”, de Marisa Monte, para a então presidenta ao lado de Roberto Kalil Filho, seu mentor, direitor do hospital e médico de Lula, Michel Temer, Fernando Collor, Sarney, entre outros.

Dilma internou-se no Sírio com frequência durante seu mandato, onde se submeteu a diversos tratamentos sob a supervisão de Ludhmila e Kalil.

A fonte Foi do DCM