(77) 99152-6666

Cientistas dizem que objeto interestelar pode ter sido direcionado por alienígenas


Cientistas do Centro de Astrofísica da Universidade de Harvard acreditam que objeto interestelar pode ter sido enviado à Terra por alienígenas. O objeto é o primeiro do tipo a entrar no nosso sistema solar

objeto interestelar Oumuamua
Imagem do ‘Oumuamua’

Segundo matéria publicada em sites de credibilidade, afirma que Cientistas da Universidade de Harvard levantaram a hipótese de que a rota do ‘Oumuamua’ pode ter sido direcionada, e não aleatória. O objeto interestelar (imagem acima) foi visualizado pela primeira vez no ano passado, com a ajuda de telescópios.

Dois pesquisadores do Centro de Astrofísica da renomada instituição norte-americana publicaram suas suspeitas ao tentar explicar a aceleração do objeto.

Os autores do estudo são Abraham Loeb e Shmuel Bialy. “Pode ser parte de uma sonda totalmente operacional enviada intencionalmente para as proximidades da Terra por uma civilização alienígena”, dizem os pesquisadores.

De acordo com o estudo, o ‘Oumuamua’ é o primeiro do tipo a entrar no nosso sistema solar.

Na pesquisa, os astrofísicos de Harvard discutiram a possibilidade de que a pressão da radiação solar poderia estar por trás da aceleração do Oumuamua.

Se esse for o caso, então o objeto “representa uma nova classe de material interestelar fino, ou produzido naturalmente, ou de origem artificial”, afirmam os autores do estudo.

“Considerando uma origem artificial, uma possibilidade é de que o ‘Oumuamua’ seja uma vela solar, flutuando no espaço interestelar como detrito de um equipamento tecnológico avançado”, dizem os cientistas, que acrescentam que o objeto tem formato de ‘panqueca’.

A tecnologia de vela solar pode ser utilizada para transporte de cargas entre planetas ou entre estrelas, conforme afirmam os cientistas.

No primeiro caso, lançamentos dinâmicos vindos de um sistema planetário poderiam resultar em detritos de equipamentos que não estão mais em operação. Isso, dizem os pesquisadores, poderia explicar várias anomalias do ‘Oumuamua’, como a geometria pouco comum.

“Velas solares com dimensões parecidas já foram construídas pela nossa civilização, incluindo o projeto Ikaros no Japão, e a Iniciativa Starshot”, lembram.

Segundo a CNN, vários telescópios focaram no objeto por três noites para determinar o que ele era antes que se perdesse de vista.

“Nós tivemos muita sorte de que o nosso telescópio de levantamento do céu estava olhando para o lugar certo na hora certa para capturar esse momento histórico”, afirmou o oficial da Nasa Lindley Johnson no ano passado.

Para ler mais sobre Astronomia, clique aqui.

Error, no Ad ID set! Check your syntax!

Bolsonaro pode acabar com o Ministério do Trabalho


A equipe de transição do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), quer acabar com o Ministério do Trabalho. Estudam fatiar as áreas do ministério para abrigá-las em outras pastas. Também está discutindo novos modelos relacionados a questões sindicais e de fiscalização.

Aliado dos empresários, Bolsonaro vai promover o aprofundamento dos retrocessos na área trabalhista iniciada por Temer (MDB).

Entre outros, no seu programa de governo se fala em criar uma carteira de trabalho verde e amarela para que o trabalhador negocie “livre” e individualmente os termos de sua contratação. Ou seja: dê adeus aos seus direitos!

O ministério que foi criado nos anos 30 por Getúlio Vargas com o objetivo de harmonizar o conflito entre capital e trabalho e estabelecer uma rede de proteção ao trabalhador. Fonte Blog do Esmael.

Joelma desabafa e conta detalhes sobre agressões de Chimbinha


Cantora recapitulou os 18 anos de violência doméstica e detalhou traição do músico em entrevista

Foram anos sofrendo calada até que a artista decidiu se divorciar. Nos palcos, a química e o respeito pareciam admiráveis entre Joelma e Cledivan Almeida Farias, mais conhecido como Chimbinha. Quem via de fora, pouco poderia imaginar que o casal, integrante da Banda Calypso, virava o terror da vida da vocalista quando ela estava em casa. Vítima da violência doméstica, Joelma abriu o coração sobre os 18 anos em que aguentou calada um marido fora de controle e sob o efeito álcool.

Em entrevista dada recentemente para a revista Marie Claire, a cantora contou que passou três dias trancada em um quarto de hotel após a primeira agressão, apenas dois anos depois de conhecer o marido, em 2000.

 

 

“Ele reclamava que profissionalmente me respeitavam mais do que ele. Isso o deixava irado”, relata Joelma. “Sentiria muita vergonha se vissem meu rosto coberto por hematomas”, desabafa.

A artista contou que saiu do quarto após uma promessa de mudança do ex-marido. “Ele prometeu que nunca mais faria aquilo. Que se eu desse uma chance, provaria. Era o que ele sempre dizia: que não repetiria a agressão. Parecia mesmo arrependido. Acreditei”, assume.

Resultado de imagem para joelma e chimbinha

A promessa, no entanto, não foi cumprida. Dois anos depois, Joelma voltou a ser agredida por Chimbinha. “Naquela tarde ele já estava bebendo havia uns dois dias, virado. Pedi pra alguém avisar que estava passando do limite. E essa pessoa foi chamá-lo. Estávamos numa casa em Recife, que tinha um segundo andar com uma varanda sem proteção, e lá embaixo havia um muro com umas armações de ferro. Ele veio transtornado porque eu tinha mandado chamá-lo e começou a bater a própria cabeça na parede”, diz a cantora.

Detalhando o acontecimento, Joelma relata o medo das pessoas de intervirem nessas situações, o que causou falta de suporte para ela: “As pessoas escutaram e pensaram que ele estava batendo a minha cabeça na parede. Uma pessoa dizia pra outra: ‘poxa, eu queria ir lá, mas estou com medo’. Até que um cantor da banda foi. Quando ele chegou, (Chimbinha) pegou o meu cabelo, saiu me arrastando e ia me jogar lá embaixo, nos ferros. O cantor o impediu. Não sei o que aconteceria comigo. Se perderia minha vida, se ficaria aleijada”.

Apesar dos anos de agressão, o motivo principal para que a cantora pedisse a separação não teria sido o abuso. “Descobri que ele estava havia quase três anos com outra mulher. E que nesse mesmo tempo, desviava dinheiro da nossa empresa. E, apesar dos episódios de agressão anteriores, eu não sentia desconfianças ou ciúmes, não era do tipo que olhava o celular do marido. Sabia a senha e não olhava. Então um dia mandaram uma mensagem pra mim: ‘Quer saber a verdade? Olha o celular dele’. E realmente, quando peguei o celular descobri que me traía. A partir daí, parei de sorrir. Decidi na hora que me separaria”, pontuou.

Resultado de imagem para joelma e chimbinha gif

Joelma ainda afirmou que Chimbinha teve uma das reações mais violentas ao receber o pedido de separação. O músico teria partido para cima dela, mas o filho de Joelma, Yago (na época com 20 anos), o jogou no chão, na intenção de impedi-lo. “Graças a Deus que meu filho não fez nada com ele. Mas o menino ficou traumatizado com a cena, porque gostava muito do pai (Chimbinha é pai de criação de Yago). Quando vi meu filho naquele estado, eu disse ‘não, acabou‘”, relata.

Ao falar sobre os seus maiores arrependimentos, a cantora finaliza alertando outras mulheres e diz que elas não podem naturalizar uma agressão. Não ter finalizado o casamento com o músico antes é o primeiro maior arrependimento de Joelma, que ainda lamenta não ter diminuído o ritmo de trabalho. De acordo com a cantora, era o ex-marido quem marcava todos os shows e ela tinha que comparecer. “E eram muitos shows, quase todo dia. O objetivo dele parecia mais financeiro do que familiar”, desabafa.

 

 

 

Goleiro Bruno é inocentado em caso de vídeo com mulheres


Goleiro Bruno com a camisa do Boa Esporte em apresentação do clube em 2017

De acordo à matéria publicada no UOL Esportes, o goleiro Bruno, preso desde 2010 pela morte de Eliza Samudio e pelo cárcere privado do filho Bruninho, foi absolvido no processo administrativo disciplinar instaurado para apurar o caso do vídeo, divulgado no mês passado, em que ele aparece ao lado de mulheres em um bar no momento em que deveria estar prestando serviços a uma entidade de apoio aos detentos. O processo foi finalizado na segunda-feira.

Depois do ocorrido, Bruno Fernandes de Souza teve suspenso seu direito de trabalhos externos. A decisão de agora favorece o atleta para que ele obtenha a progressão de pena e seja beneficiado com o regime semiaberto.

Uma comissão formada dentro do presídio de Varginha (MG), onde Bruno cumpre pena, foi a responsável por inocentá-lo no caso do vídeo. Após ouvir testemunhas, a conclusão foi de que ele não cometeu irregularidades ao se encontrar com duas mulheres e ser flagrado com uma lata de cerveja sobre a mesa.

 

Defesa estuda pedir progressão de pena

O advogado de defesa Fábio Gama disse que a Justiça deve ser avisada oficialmente sobre a absolvição ainda nesta terça-feira, 6, e voltará a analisar o pedido de liberdade.

O Ministério Público solicitou que Bruno passe por um exame criminológico antes de ser colocado na rua, mas o juiz ainda não definiu se isso será necessário. “Acredito que ele não terá de fazer, até porque esse exame não é realizado aqui na região”, falou o advogado.

Fábio Gama afirmou ainda à reportagem que, com a progressão de pena, Bruno poderá dormir em casa e voltar a jogar futebol profissionalmente – o goleiro atuava no Flamengo. Segundo ele, no entanto, não há uma expectativa sobre quando isso ocorrerá. “Em se tratando de nossa Justiça, fica difícil ter uma previsão”, finalizou.

 

 

MPF pede condenação da Globo por reprise da novela “Belíssima”


O Ministério Público Federal, em Minas, ajuizou ação civil pública contra a Globo, pedindo “indenização por danos morais coletivos” por entender que a exibição de “Belíssima”, no “Vale a Pena Ver de Novo”, se dá em um horário inapropriado.

De acordo com o procurador da República, Fernando de Almeida Martins, autor da ação, “ao não se permitir a censura de conteúdo, a Constituição da República permite ao poder público criar mecanismos para informar ao público a natureza dos espetáculos, separando-os por faixa-etárias e indicando horários para exibição”. O jurídico da Globo já está cuidando do caso.

O que nos leva, mais uma vez, à já cansativa questão da “classificação indicativa”. Ou que nos remete ao mais recente e pitoresco exemplo, o de “Deus Salve o Rei”, que teve a sua “classificação indicativa” alterada, depois da novela encerrar a sua exibição.

Como também nos permite perguntar: o que no caso de “Belíssima” existe de tão proibido ou nocivo que um público de 10 anos não pode assistir, mas o de 12 pode? Fonte DCM.

Vitória demite Paulo César Carpegiani


No lugar dele, assumirá o técnico João Burse, treinador do Sub-23 do Vitória

[Paulo Cézar Carpegiani é demitido do Vitória]

O técnico Paulo Cézar Carpegiani foi demitido do Vitória e não comandará o time na reta final do Brasileirão. O treinador teve o contrato encerrado hoje (6), após decisão da diretoria rubro-negra.

“Eu, Paulo Cézar Carpegiani, agradeço ao Clube, funcionários, jogadores, direção, imprensa e a torcida pelo apoio durante esta passagem pelo Vitória. Não tenho nenhuma restrição à decisão tomada pelo Clube e entendo que sirva como uma grande motivação para a reta final do campeonato”, disse Carpegiani, em comunicado divulgado pelo clube.

No lugar dele, assumirá o técnico João Burse, treinador do Sub-23 do Vitória. O primeiro jogo do treinador interino é o clássico Ba-Vi, no domingo (11), pela Série A do Brasileirão. O Vitória ocupa a 17ª posição na tabela de classificação, com 34 pontos, dentro da zona de rebaixamento.

Na verdade, o novo treinador do time profissional, vai ter uma grande tarefa de ganhar do Bahia, para que seja uma entrada com o pé direito nessa sua nova função. Outra missão do João Burce é resgatar o Vitória da zona que se encontra e fazer permanecer na primeirona.

PF descobre fraude de R$ 34 milhões em 24 cidades do Sul da Bahia


Empresários de Igrapiúna e Itabuna lideravam esquema; operações pretendem prender 13 pessoas

A Polícia Federal realiza nesta terça-feira (6) duas operações para prender 13 pessoas suspeitas de fraudes a licitações e desvio de recursos públicos que atuavam em 24 municípios da região Sul da Bahia. Os valores repassados pelas prefeituras às empresas investigadas entre 2015 e 2017 chegam a R$ 34 milhões.

De acordo com a PF, as operações Sombra e Escuridão e Elymas Magus estão cumprindo 13 mandados de prisão preventiva e 50 mandados de busca e apreensão. Cerca de 115 policiais federais e mais 24 auditores da Controladoria Geral da União (CGU) participam da ação.

Na operação Sombra e Escuridão, de acordo com as investigações iniciadas há pouco mais de um ano, um empresário da cidade de Igrapiúna liderava um grupo de empresas de fachada e constituídas por “laranjas”, que fraudava licitações de obras, locação de veículos e transporte escolar. Alguns dos “sócios” estavam entre beneficiários do programa Bolsa Família, do Governo Federal.

Além das irregularidades nos processos licitatórios, essas empresas não executavam os contratos celebrados – eles eram terceirizados, mediante a cobrança de um percentual sobre o valor repassado às prefeituras. No período de 2015 a 2017, as empresas desse grupo receberam dos municípios em que atuavam a soma de R$ 19 milhões.

Através dos levantamentos realizados com o apoio do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia (TCM/BA) e também da CGU, foi possível comprovar, segundo a PF, que essas empresas não possuíam capacidade para a execução dos serviços e obras contratadas.

A Operação Sombra e Escuridão consiste no cumprimento de sete mandados de prisão preventiva, 28 mandados de busca e apreensão, além do bloqueio de valores das contas dos principais investigados, nas cidades de: Camamu, Eunápolis, Ibirataia, Ibirapitanga, Igrapiúna, Ilhéus, Ipiaú, Itagibá, Ituberá, Ubatã, Maraú, Nazaré, Valença e Wenceslau Guimarães.

Colaboração criminosa
Durante as apurações da operação Sombra e Escuridão foi descoberto que outro grupo de empresas de fachada e constituídas por “laranjas”, dessa vez liderado por um empresário de Itabuna, também fraudava licitações no Sul da Bahia, inclusive em colaboração com o grupo da cidade de Igrapiúna. Para investigar essas novas irregularidades foi iniciada a operação Elymas Magnus.

Nesse caso, a ação criminosa era “tumultuar” os processos licitatórios e se sustentava em duas condutas claramente definidas: 1º) comparecimento às sessões de licitações apenas para exigir dos demais participantes uma “compensação” para desistir do certame; ou 2º) a realização de ajustes prévios e combinações para vencer as licitações, inclusive com a participação de agentes públicos municipais, abandonando-se posteriormente os contratos.

No período de 2015 a 2017, as empresas do grupo criminoso receberam dos municípios em que atuavam a soma de R$ 15 milhões.

A Operações Elymas Magnus consiste no cumprimento de seis mandados de prisão preventiva e 22 mandados de busca e apreensão, além do bloqueio de valores das contas dos principais investigados, nos seguintes municípios: Aurelino Leal, Barra do Rocha, Buerarema, Camacan, Gongogi, Itabela, Itabuna, Itapé, Santa Luzia e Ubaitaba.

Crimes
Os investigados  – que não tiveram os nomes revelados – responderão pelos crimes de participação em organização criminosa, fraude a licitações, falsidade ideológica, corrupção passiva e corrupção ativa.

A operação Sombra e Escuridão foi assim batizada em uma alusão aos leões de Tsavo, os quais teriam aterrorizado os operários de uma ferrovia que estava sendo construída na região de mesmo nome, no Quênia, atrasando a conclusão da obra e o desenvolvimento da região.

Elymas Magus, por sua vez, significa “feiticeiro” em latim e foi escolhido porque o líder da organização criminosa agia como um ilusionista, fraudando licitações e tumultuando os processos com a utilização de pelo menos dez empresas.

Mulher reclama de falta de médicos e é eletrocutada por guarda


Paciente de 42 anos que reclamava da falta de médicos e da demora no atendimento é eletrocutada por guarda em Unidade de Pronto Atendimento

mulher eletrocutada arma de choque
Imagem de Câmera de Segurança mostra Célia deitada ao chão após ser atingida com arma de choque

A paciente Célia Ramos, de 42 anos, foi eletrocutada por um guarda civil em Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade de Sorocaba (SP), no último sábado (3).

A mulher reclamava da falta de médicos e da demora no atendimento em uma transmissão ao vivo pelo Facebook.

No vídeo, Célia afirma que estava esperando para ser atendida há muito tempo e, por isso, resolveu mostrar todas as salas da UPA para provar que não havia médicos nos consultórios.

Um médico chega a aparecer no vídeo pedindo para o guarda municipal controlar a paciente. Célia passa a discutir com o profissional, que depois se afasta do campo de visão da câmera do celular.

O guarda se aproxima e diz para a mulher: “por gentileza, desligue o telefone”, e completa falando para que ela procure a prefeitura para reclamar sobre a situação. A paciente se nega e os dois discutem, até que o guarda grita para que ela pare de gravar.

A transmissão é interrompida e, em seguida, Célia aparece caída no chão da unidade de saúde pedindo por socorro. “Socorro, o cara atirou em mim, na minha hérnia. Pelo amor de Deus, olha isso”, grita no vídeo.

A imagem mostra ele guardando a arma na cintura. Em seguida, a mulher se levanta com a ajuda do marido, que, segundos depois, é agarrado pelo guarda.

Guarda afastado

O guarda civil que usou a arma de choque contra Célia foi temporariamente afastado de suas funções. De acordo com o prefeito José Crespo (DEM), o oficial exercerá atividades administrativas até que o caso seja apurado pela Corregedoria da GCM, que tem um prazo de 30 dias para concluir as investigações do caso.

Marcos Mariano, comandante da GCM, ressaltou que a conduta do guarda será investigada. “Tudo vai ser apaurado agora pelo inquérito da Polícia Judiciária, da Polícia Civil, e por um procedimento administrativo instaurado pela Corregedoria da Guarda Civil Municipal.”

Segundo o secretário de Segurança, Jeferson Gonzaga, o guarda agiu em legítima defesa. “A informação que inclusive ele fez constar no termo de ocorrência é que a municípe, em tese, teria tentado tirar a arma de fogo do cinturão dele.”

Como a pílula anticoncepcional pode mudar a forma do seu corpo


Muitas mulheres acreditam que tomar pílula engorda. As pesquisas não comprovam isso – mas mostram que o contraceptivo pode alterar as curvas do corpo feminino.

Zaria Gorvett – BBC Future

Ela já foi acusada de poluir rios, destruir casamentos e de reduzir o desejo sexual. Rotulada de conspiração do patriarcado. E responsabilizada até mesmo por fazer as mulheres se sentirem atraídas por homens feios.

Os pesquisadores não encontraram evidências de que a pílula engorda - mas descobriram que ela pode alterar a forma do corpo da mulher
Os pesquisadores não encontraram evidências de que a pílula engorda – mas descobriram que ela pode alterar a forma do corpo da mulher

Foto: Getty Images/BBC / BBC News Brasil

Mas, para muitas mulheres, uma das acusações mais desanimadoras em relação à pílula anticoncepcional é a de que engordaria.

De fato, o ganho de peso é o efeito colateral mais relatado por quem toma pílula combinada – o tipo mais comum, que contém estrogênio e progesterona sintéticos.

Mas após décadas de pesquisa, ainda não há evidências conclusivas de que essa seja uma consequência real.

A maior revisão acadêmica realizada até hoje, que examinou 49 estudos sobre a pílula combinada, constatou que “não há nenhum grande efeito evidente”, mas adverte que não foram conduzidas pesquisas suficientes para se ter certeza.

Os pesquisadores descobriram que isso é verdade independentemente do tipo de progesterona presente na pílula combinada. Outros estudos que analisaram pílulas só de progesterona encontraram, de maneira semelhante, poucas evidências sobre o controverso efeito.

Maria Gallo, endocrinologista da Universidade de Ohio, nos Estados Unidos, e coautora da revisão acadêmica, acredita que a crença de que a pílula engorda está relacionada a uma tendência natural do ser humano. As pessoas são especialistas em identificar padrões ao seu redor, mesmo onde eles não existem.

O fenômeno cognitivo, conhecido como apofenia, é a razão pela qual identificamos rostos, animais e outras formas curiosas nas nuvens, ou nos preocupamos com os números que foram sorteados em concursos passados da loteria.

Os homens tendem a ter um percentual maior de massa muscular do que as mulheres por uma questão hormonal
Os homens tendem a ter um percentual maior de massa muscular do que as mulheres por uma questão hormonal

Foto: BBC/Getty Imagens / BBC News Brasil

Somos particularmente suscetíveis à apofenia se estivermos inclinados a enxergar determinado resultado – como ganhar peso após começar a tomar um novo medicamento.

“É a mesma razão pela qual existe a ideia de que as vacinas podem fazer mal à saúde”, explica Maria Gallo. “Se você oferecer a toda população, haverá pessoas que apresentam problemas de saúde, sejam ligados à vacina ou não.”

No caso da pílula, a endocrinologista ressalta que as pessoas ganham em geral pouco mais de meio quilo a cada ano durante a maior parte de suas vidas, a contar a partir do início da idade adulta – o que, aliás, é quando a maioria das mulheres começa a usar métodos contraceptivos.

Em alguns casos pode ser de fato reconfortante apontar a pílula como “vilã”, em vez de admitir um eventual consumo excessivo de calorias. No ano passado, um estudo identificou a falsa percepção de ganho de peso em mulheres que receberam implante de anticoncepcional.

Ainda assim, nem tudo é fruto da nossa cabeça. Embora as revisões de estudos em larga escala não tenham chegado à conclusão de que a pílula engorda, ela pode alterar a forma e a composição do corpo feminino.

Existem três grandes razões para isso, e elas têm a ver com o ganho de massa muscular, retenção de líquidos e acúmulo de gordura.

Massa muscular

Em 2009, Steven Riechman, fisiologista do exercício da Universidade A&M do Texas, nos Estados Unidos, descobriu totalmente por acaso um efeito surpreendente da pílula.

Mulheres que tomavam um certo tipo de pílula apresentaram nível mais baixo de DHEA - e menos ganho de massa muscular
Mulheres que tomavam um certo tipo de pílula apresentaram nível mais baixo de DHEA – e menos ganho de massa muscular

Foto: BBC/Getty Images / BBC News Brasil

Na época, ele estava pesquisando como a composição genética pode afetar a capacidade de alguém ganhar massa muscular por meio de exercícios. Sua equipe colocou um grupo de homens e mulheres para fazer um treinamento de resistência por 10 semanas – exercícios lentos e repetitivos, como abdominais e levantamento de peso com carga pesada.

Em seguida, os pesquisadores pesaram os participantes para ver se tinham mais músculos do que quando começaram as atividades. A equipe também coletou dados relacionados a seu estilo de vida, para se certificar de que o ganho de massa tinha sido motivado de fato pela genética – e não, por exemplo, por medicamentos que estavam tomando.

Enquanto faziam essa análise, descobriram que as mulheres que usavam pílula ganharam 40% menos músculo do que as que não tomavam.

“Isso sobressaiu como um grande impacto”, diz Riechman.

Não é novidade que os homens têm naturalmente tendência a ganhar mais músculo do que as mulheres. Um homem médio costuma ter 33 kg de massa muscular, comparado a 21kg das mulheres.

Isto acontece em parte porque os indivíduos do sexo masculino são mais altos e pesados de uma maneira geral, mas não é só isso – em relação à massa corporal total, os homens apresentam 38% de músculos, e as mulheres, 31%.

Alterar o equilíbrio hormonal da mulher pode mudar a região em que a gordura é localizada
Alterar o equilíbrio hormonal da mulher pode mudar a região em que a gordura é localizada

Foto: BBC/Getty Images / BBC News Brasil

Isso se deve aos hormônios: os homens têm mais hormônios anabolizantes correndo em suas veias, que dizem ao corpo quando ganhar mais músculos.

Isso inclui um esteroide importante, mas pouco conhecido, chamado DHEA. Ele é secretado pelas glândulas suprarrenais, localizadas acima de cada rim, e está envolvido em tudo – da conservação dos ossos à manutenção do sistema imunológico.

Esse hormônio costumava ser extremamente popular entre os atletas, em parte por causa do seu extraordinário poder de fortalecimento muscular, mas também porque até pouco tempo seu uso não era considerado doping.

Só para ficar claro, ele também apresenta muitas desvantagens, como propensão a causar problemas no fígado e atrofia dos testículos, no caso dos homens.

Mas as mulheres também produzem hormônios anabolizantes – e os pesquisadores descobriram que aquelas que tomavam pílula tinham níveis muito mais baixos de DHEA no sangue.

Mais intrigante ainda é que o baixo ganho de massa muscular não foi identificado em todas as participantes que usavam o contraceptivo, apenas naquelas que tomavam pílula com um determinado tipo de progesterona sintética, que gosta de se ligar à mesma proteína.

O estrogênio pode fazer com que o corpo retenha mais líquido, incluindo o tipo usado na pílula anticoncepcional
O estrogênio pode fazer com que o corpo retenha mais líquido, incluindo o tipo usado na pílula anticoncepcional

Foto: BBC/Getty Images / BBC News Brasil

“Temos quase certeza de que a progesterona é que está causando isso”, diz Riechman.

Uma das explicações é que, ao competir pelos mesmos locais de ligação, o hormônio pode bloquear os sinais para aumentar a massa muscular.

Os resultados não provaram de forma definitiva essa relação, mas, se for comprovado, as mulheres certamente vão querer saber mais – basta observar as últimas “obsessões fitness”, como os treinos de CrossFit e a disputa por abdomens sarados no Instagram.

“Deve haver sem dúvida um acompanhamento deste estudo. As pessoas estão interessadas, recebemos ligações regularmente a respeito”, diz ele.

Armazenamento de gordura

E a pílula pode estar mudando o corpo das mulheres de outras formas também. Assim como há impacto na proporção de massa muscular, pode haver uma influência sutil no percentual de gordura – particularmente em que região do corpo ela é armazenada.

Na puberdade, o estrogênio e a progesterona são responsáveis pelo desenvolvimento de características tipicamente “femininas”, como quadris mais largos e seios maiores, alterando em grande parte a forma como a gordura é distribuída. Pelo mesmo motivo, eles também são usados com frequência em tratamentos hormonais para transexuais.

O “corpo de violão” surge quando diferentes tipos de tecido adiposo respondem diferentemente a esses hormônios reprodutivos. Por exemplo, a gordura subcutânea – aquela que se acumula em torno das coxas, quadris e seios – contém muitos receptores de estrogênio.

É fácil entender como, em teoria, a alteração do equilíbrio hormonal feminino pode mudar a região em que a gordura é acumulada. Algumas pesquisas constataram isso: um estudo descobriu, por exemplo, que mulheres que tomam pílulas com altos níveis de estrogênio costumam ter corpos em forma de pera e mais gordura subcutânea, embora não necessariamente mais gordura corporal em geral.

Inchaço celular

Finalmente, o que muitas mulheres consideram uma das maiores ameaças da pílula: o inchaço.

A sensação desagradável de inchaço acontece porque o estrogênio também afeta a forma como o corpo metaboliza a água, influenciando a produção de certas proteínas nos rins. O resultado é que o corpo retém mais líquido do que o normal.

Um estudo descobriu que a pílula parece aumentar o tamanho dos seios, e não apenas a partir da retenção de líquido
Um estudo descobriu que a pílula parece aumentar o tamanho dos seios, e não apenas a partir da retenção de líquido

Foto: BBC/Getty Images / BBC News Brasil

E esse líquido penetra nas células de gordura, fazendo com que elas inchem. Como as mulheres tendem a armazenar mais gordura nos seios, coxas e quadris, essas áreas podem dilatar mais.

Isso também acontece em menor escala com mulheres que não tomam pílula, na semana que antecede a menstruação. Mas é exacerbado pelo uso do contraceptivo porque o estrogênio sintético é de seis a dez vezes mais potente que o natural. Além disso, é ingerido praticamente todos os dias, o que significa que os níveis de ambos os hormônios são mais constantes.

Ou seja, a pílula pode não levar ao ganho de peso no longo prazo, mas ainda assim algumas mulheres podem sentir que algumas roupas não estão vestindo bem ou não servem mais.

A retenção de líquidos também pode ajudar a explicar por que algumas mulheres relatam que a pílula aumenta o tamanho do seio. Há poucos estudos a esse respeito – compreensivelmente, a maioria das pesquisas se concentra no câncer de mama, em vez do tamanho do busto – mas, nos anos 1990, cientistas suecos decidiram investigar o tema.

A pílula anticoncepcional é conhecida por aumentar o risco de a mulher desenvolver câncer de mama, tanto enquanto ela está tomando o contraceptivo como nos 10 anos seguintes.

Os pesquisadores queriam saber se isso poderia ser motivado pelo fato de essas mulheres terem seios maiores – existe um risco inerente em ter (ou desenvolver) mais células, uma das razões pelas quais pessoas altas costumam ser mais suscetíveis ao câncer.

Para descobrir, a equipe acompanhou o ciclo menstrual de 65 mulheres saudáveis que tomavam pílula, já tinham usado ou nunca haviam recorrido ao contraceptivo. E constataram não só que quem tomava pílula tinha seios significativamente maiores, mas que eles eram especialmente grandes em determinadas épocas do mês. Aquelas que tinham usado pílula no passado apresentavam um busto de tamanho médio.

A equipe não tirou as medidas das mulheres antes de elas começarem a tomar pílula, então pode-se argumentar que elas sempre tiveram seios maiores.

No entanto, parece provável que o tamanho do busto esteja relacionado ao uso do contraceptivo, porque não estava associado a outros fatores – como altura, índice de massa corporal (IMC) ou peso – como nas mulheres que não tomavam pílula.

Exatamente como isso acontece permanece um mistério. O aumento do seio poderia representar apenas o inchaço provocado pela retenção de líquidos. Mas outra possibilidade é que os hormônios da pílula estejam realmente fazendo com que o busto das mulheres cresça.

Por exemplo, a dilatação que acontece todo mês e é necessária para manter um volume constante, pode durar um pouco mais de tempo. Isso acarretaria em mais tecido de uma maneira geral – e explicaria o risco elevado de câncer.

É claro que, independentemente dos efeitos que a pílula provoca no corpo – para o bem ou para o mal – milhões de mulheres acham que vale a pena.

Como disse um usuário do site Reddit – que reúne grupos de discussão sobre diversos assuntos -, nenhum controle de natalidade vai levar ao ganho de 11kg a 15 kg em nove meses.

Petrobras sobe preço do gás de cozinha em 8,5% nas refinarias nesta terça-feira


Por G1

Petrobras reajusta preço do gás de botijão — Foto: Rogério Aderbal/G1Petrobras reajusta preço do gás de botijão — Foto: Rogério Aderbal/G1

Petrobras reajusta preço do gás de botijão — Foto: Rogério Aderbal/G1

Petrobras elevará em 8,5% o preço médio do botijão de gás de cozinha vendido às distribuidoras para botijão de 13 kg, para R$ 25,07, a partir de terça-feira (6), informou a companhia em comunicado nesta segunda, de acordo com a Reuters.

O preço às distribuidoras estava congelado em R$ 23,10 desde julho. Segundo a estatal, o aumento ocorre principalmente devido a desvalorização do real frente ao dólar e a elevações nas cotações internacionais do GLP.

O valor do botijão vendido às distribuidoras não é o único determinante do preço final ao consumidor. Além de terem liberdade para praticar preços, as distribuidoras devem ainda incorporar o valor de impostos e outros custos.

Segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP), os consumidores pagaram em média R$ 68,59 pelo botijão na semana passada. Na semana anterior, esse valor havia ficado em R$ 68,34.

Com isso, a empresa explicou que o botijão acumulará alta de R$ 0,69, ou 2,8% desde janeiro, quando passou a ter reajustes trimestrais. A referência para os preços, segundo a Petrobras, continua a ser a média dos preços do propano e butano comercializados no mercado europeu, acrescida da margem de 5%.

Após fazer matemática e física, idoso realiza sonho de cursar química na Ufac: ‘faz a minha mente funcionar’


Por Quésia Melo, G1 AC — Rio Branco

Aos 68 anos, Klinger Pinheiro decidiu cursar química porque não queria ficar em casa na ociosidade — Foto: Quésia Melo/G1Aos 68 anos, Klinger Pinheiro decidiu cursar química porque não queria ficar em casa na ociosidade — Foto: Quésia Melo/G1

 Foto: Quésia Melo/G1

 O coronel do Exército aposentado Klinger Pinheiro afirma que não pensa em parar de estudar. Graduado em matemática e física pela Universidade Federal do Acre (Ufac), o estudante decidiu realizar o sonho de cursar química e já faz o 4º período do curso.

Pinheiro ingressou no curso de matemática ainda pelo vestibular. Porém, nas graduações seguintes ele fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Ele se formou em física há dois anos e, além do ensino superior na Ufac, também tem graduação e mestrado em ciências militares pela Academia Militar de Resende, no Rio de Janeiro.

“Eu entrei em química porque não queria ficar em casa na ociosidade. Eu sentia que a cada dia ficava mais esquecido e percebi que não podia parar de estudar, pois é isso que faz a minha mente funcionar, não tem outra maneira. Eu tinha que estimular meus neurônios. Eu me sinto bem, não penso em parar”, afirma.

Preconceito

Apesar de receber apoio dos colegas, o estudante relata que também já sofreu preconceito devido à idade. Pinheiro relata já ter ouvido que deveria ficar em casa e que após 50 anos não se aprende mais nada.

“Na hora fiquei triste e desestimulado, mas agora já voltei ao normal. Mas, ouço as pessoas dizendo para eu ir para casa, cuidar da minha fazenda. Porém, o que as pessoas não entendem é que gosto das interações sociais, das amizades, do ambiente e de conviver com os jovens”, explica.

O aposentado conta ainda que chega a ouvir de colegas jovens que eles não possuem mais cabeça para os estudos. Ele conta que ao ouvir isso lembra que possui quase 70 anos e ainda pretende fazer estágios fora do país e tenta se manter motivado.

“Eu chego até a ser grosseiro às vezes com as pessoas, digo para não me falarem besteiras, pois tenho quase 70 anos e quero colocar minha cabeça para funcionar. Essa, eu tenho certeza, é a melhor maneira de afastar o Alzheimer. Alguns até dizem que estou tomando vaga de outras pessoas, mas não é isso, eu amo o que faço”, conta.

Estudante disse que já sofreu preconceito de outros colegas devido a idade, mas que ainda pensa em fazer outras duas graduações — Foto: Quésia Melo/G1Estudante disse que já sofreu preconceito de outros colegas devido a idade, mas que ainda pensa em fazer outras duas graduações — Foto: Quésia Melo/G1

Estudante disse que já sofreu preconceito de outros colegas devido a idade, mas que ainda pensa em fazer outras duas graduações — Foto: Quésia Melo/G1

Sobre o futuro, ela afirma que cursou até o 3º ano de engenharia e quer terminar a graduação, mas, ao mesmo tempo, está em dúvida se também conclui o curso de língua estrangeira, pois já fez um estágio em Londres.

“Eu já esqueci um pouco na fase de línguas, então verifiquei a oportunidade de poder retornar para as aulas. No caso de Londres eu devo passar seis meses lá para fazer um curso, já está tudo planejado”, conta.

Para aqueles que se sentem desmotivados, Pinheiro aconselha a sempre lembrar que o conhecimento adquirido na universidade pertence apenas ao estudante que vai carregar com ele para sempre.

Para ele, a educação é o caminho para as pessoas que buscam adquirir riqueza econômica e social de forma digna.

“Adquirir riquezas de forma honesta é difícil. Então, o caminho mais rápido para quem não tem poder aquisitivo alto é o estudo. Não existe outro caminho. Para entrar na universidade tem que fazer o Enem e não é qualquer um que entra, pois, se fosse, todos estariam na faculdade. Tem muita gente que sonha em entrar, quem entra já é uma elite, então porque não dar valor a isso? É isso que as pessoas deveriam pensar sobre o estudo”, ressalta.

Redes sociais

A idade também não é empecilho para o estudante usar as redes sociais. Por ser da área de matemática e física, ela afirma que tem facilidade de lidar com aplicativos e que acha importante se manter inteirado sobre o que ocorre nas redes.

“A internet é um advento da área militar. Na época fazíamos a transmissão através de uma decodificação das mensagens. Hoje o computador faz isso, mas há 40 anos era a gente quem fazia. É importante para as nossas mentes de manter conectado, interagir e se manter atualizado”, destaca.

Igreja usa o dízimo para construir casas para quem não tem onde morar


Uma igreja na cidade de Araruama, no Rio de Janeiro, vem chamando atenção pela sua inovação na hora de utilizar o seu dízimo.

Fábio Mendonça que é pastor da Assembléia de Deus Ministério Lagoinha, está usando as doações arrecadas para construir casas para os membros que não tem moradia.

Com ajuda de outros três pedreiros voluntários que trabalham durante os fins de semana, quatro casas já estão em construção, inclusive duas dessas casas serão entregues a duas senhoras que dormem na igreja.

Uma das beneficiárias do projeto, Andréa Silva Rocha, falou que recebeu a moradia no momento em que mais precisava. “Fui amparada na hora que mais precisei, hoje tenho a segurança de um lar”.

O mais inacreditável, é que o pastor ainda recebeu críticas pela sua iniciativa. “Alguns pastores me perguntaram se eu não estava “arrumando” muito trabalho. Se Deus pensasse no trabalho que o ser humano dá a Ele em relação à desobediência a seus princípios, não teria feito o mundo.
Tudo que fazemos na vida pode nos gerar problemas, você não compra um carro, por exemplo, pensando que o pneu pode furar um dia, mas no benefício que você vai ter com o veículo”.

O pastor ainda deixou uma mensagem: “as igrejas devem ficar mais atentas à necessidade do povo. Sejam elas materiais ou espirituais. Há igrejas em que a maioria dos membros não possui necessidades financeiras, mas sempre há os que precisam de ajuda espiritual e aqueles que precisam de ajuda material”.

Assista ao vídeo: 

Informações: Gospel Prime

 

 

 

 

VÍDEO: Caetano Veloso entrevista Roger Waters


(Em tempo ). O cantor e compositor Caetano Veloso, que foi exilado na década 70, durante Ditadura Militar, inclusive foi homenageado com uma linda canção de Roberto Carlos (Debaixo dos Caracóis dos Seus Cabelos), que foi e continua sendo muito sucesso. Caetano, que é um dos muitos artistas contra qualquer tipo de Ditadura, fez uma entrevista com Roger Waters, artista fundador do pink Floyd, hoje numa carreira solo, onde numa turnê pelo Brasil, fez altas críticas ao candidato eleito Jair Bolsonaro, inclusive até tentaram processa-lo. Até aqui Café com Leite Notícias.

Ônibus cai de ponte após passageira discutir com motorista na China


Por G1

Ônibus é erguido após cair no rio Yangtze, na China, nesta sexta-feira (2). — Foto: Xinhua/APÔnibus é erguido após cair no rio Yangtze, na China, nesta sexta-feira (2). — Foto: Xinhua/AP

Ônibus é erguido após cair no rio Yangtze, na China, nesta sexta-feira (2). — Foto: Xinhua/AP

Uma briga entre um motorista de ônibus e uma passageira que perdeu o ponto de descida provocou um acidente que fez o veículo cair de uma ponte no rio Yangtze, na região de Wanzhou, sudoeste da China.

Todas as 15 pessoas que estavam no veículo teriam morrido, segundo a Associated Press. Segundo a agência Xinhua, 13 corpos foram encontrados e dois permanecem desaparecidos.

Uma câmera de segurança, comum em veiculos de transporte público na China, filmou a discussão momentos antes de o ônibus desviar do tráfego e cair da ponte.

Segundo a polícia local, a passageira de 48 anos pediu ao motorista para parar o veículo após ela perder o ponto, mas ele se negou. Ela então se dirigiu até o assento do condutor e o repreendeu. O motorista virou a cabeça para trás diversas vezes durante a discussão.

Enquanto a briga se intensificava, a mulher bateu na cabeça do motorista com o celular. O motorista tirou o braço direito do volante e lutou de volta. Ele agarrou o braço dela quando ela o atacou novamente, então apressadamente se dirigiu para a esquerda, mandando o ônibus fora de controle, disse a polícia.

O ônibus foi erguido por equipes de resgate durante a noite.

Incêndio destrói lojas do Outlet Premium em Itupeva


Por G1 Sorocaba e Jundiaí

Incêndio atinge outlet premium em Itupeva — Foto: Valdeir Marques dos Santos/Arquivo pessoal

Incêndio atinge outlet premium em Itupeva — Foto: Valdeir Marques dos Santos/Arquivo pessoal

 

Um incêndio de grandes proporções atingiu as dependências do Outlet Premium, em Itupeva (SP), na manhã desta sexta-feira (2). Não há informações sobre feridos e nem se havia funcionários no local.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o primeiro chamado chegou na unidade de Itupeva às 6h25. Os bombeiros de Jundiaí também enviaram equipes na ocorrência. Às 8h as chamas estavam controladas.

Funcionários da concessionária que administra a rodovia ajudaram no combate às chamas. Motoristas que passam pelo local devem redobrar a atenção.

Estrutura do outlet ficou destruída com incêndio em Itupeva — Foto: José Iranildo Lucas Maia/Arquivo pessoal

Estrutura do outlet ficou destruída com incêndio em Itupeva — Foto: José Iranildo Lucas Maia/Arquivo pessoal

 

Imagens enviadas à TV TEM por José Iranildo Lucas Maia mostram a estrutura do outlet sendo destruída pelo fogo.

O Outlet Premium está localizado na Rodovia dos Bandeirantes, no quilômetro 72, próximo aos parques de diversão Wet’n Wild e Hopi Hari. . De acordo com o site do empreedimento, são mais de 90 lojas de grifes nacionais e internacionais.

A área é superior a 100 mil metros quadrados e reúne lojas, praça de alimentação, restaurantes e estacionamento com quase mil vagas.

De acordo com dados do Ministério do Turismo, o outlet recebe 7 milhões de visitantes por ano, movimento que perde apenas para o público que passa pela cidade de Aparecida (SP).

Lojas do Outlet Premium, em Itupeva, são consumidas pelo fogo — Foto: Valdeir Marques dos Santos/Arquivo pessoalLojas do Outlet Premium, em Itupeva, são consumidas pelo fogo — Foto: Valdeir Marques dos Santos/Arquivo pessoal

Lojas do Outlet Premium, em Itupeva, são consumidas pelo fogo — Foto: Valdeir Marques dos Santos/Arquivo pessoal

Fumaça de incêndio no Outlet Premium de Itupeva pode ser vista de longe — Foto: Valdeir Marques dos Santos/Arquivo pessoalFumaça de incêndio no Outlet Premium de Itupeva pode ser vista de longe — Foto: Valdeir Marques dos Santos/Arquivo pessoal

Fumaça de incêndio no Outlet Premium de Itupeva pode ser vista de longe — Foto: Valdeir Marques dos Santos/Arquivo pessoal

Outlet Premium tem lojas destruídas por incêndio em Itupeva — Foto: Valdeir Marques dos Santos/Arquivo pessoalOutlet Premium tem lojas destruídas por incêndio em Itupeva — Foto: Valdeir Marques dos Santos/Arquivo pessoal

Outlet Premium tem lojas destruídas por incêndio em Itupeva — Foto: Valdeir Marques dos Santos/Arquivo pessoal