Homem é preso por manter esposa em cárcere privado por 10 anos


Desde 2009 em situação de cárcere privado, uma mulher vítima de violência de gênero foi resgatada na tarde desta quinta-feira (7), por equipes da Delegacia Especia de Atendimento à Mulher, conforme a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA).
O companheiro dela foi preso em flagrante no bairro de Tubarão, Subúrbio Ferroviário de Salvador. De acordo com a SSP, uma denúncia anônima levou os policiais ao imóvel dividido por Edilton Pereira Santos, 41 anos, e a companheira. Ao notar a presença da polícia, a vítima correu em direção a viatura e pediu socorro. “Edilton a ameaçava e agredia constantemente. No dia anterior havia batido nela com um facão por não arrumar a cama”, revelou a delegada.
Ainda de acordo com a SSP, a mulher era proibida de sair de casa desacompanhada, além de ser impedida de ir ao dentista e usar anticoncepcional. Ela foi encaminhada para perícia e ficará amparada por medida protetiva, já solicitada. Edilton foi flagranteado e responderá por cárcere privado, ameaça e lesão corporal.
Fonte Notícias de Santaluz
Error, no Ad ID set! Check your syntax!

Após renúncia, ex-presidente do Supremo Tribunal Eleitoral da Bolívia é presa


TSE boliviano foi alvo de críticas depois das eleições de 20 de outubro, que apontaram vitória de Evo Morales

[Após renúncia, ex-presidente do Supremo Tribunal Eleitoral da Bolívia é presa]
Foto :Reprodução/Youtube/Unitel Bolívia

A ex-presidente do Supremo Tribunal Eleitoral da Bolívia, Maria Eugenia Choque Quispe, foi presa, na noite de ontem (10), depois de renunciar ao cargo.

O presidente do país, Evo Morales, também anunciou a renúncia ao posto horas depois.

Maria Eugenia foi exibida com algemas pela polícia, em uma entrevista coletiva, após a prisão.

“Queremos anunciar que, graças a um trabalho minucioso da polícia boliviana, se conseguiu a detenção da presidente do Tribunal Supremo Eleitoral, María Eugenia Choque”, afirmou o comandante geral da polícia, Vladimir Yuri Calderón.

O vice-presidente do TSE boliviano, Antonio Costas, também foi preso e exibido ao lado dela.

O pedido de investigação e prisão partiu de Juan Lanchipa Ponce, chefe do Ministério Público da Bolívia.

O TSE boliviano foi alvo de críticas depois das eleições de 20 de outubro, que apontaram vitória em primeiro turno para Evo. Metro1.

Lula recebe visita do seu advogado que lhe disse confiante em soltura ainda hoje


Advogado Cristiano Zanin pediu alvará de soltura de Lula pra hoje

 

O advogado de Lula, Cristiano Zanin chegou hoje por volta das 10 goras da manhã na sede da polícia federal, em Curitiba para a primeira reunião com o ex-presidente, para então seguir os próximos passos, mas já informou aos jornalistas, que está muito otimista com a soltura do petista ainda hoje.

Naturalmente que haverá alguns trâmites, para então haver a liberação total, inclusive na questão segurança do presidente, mas tudo está sendo visto.

Muita gente não acreditava que o Ministro Dias Toffli fosse dar o seu voto contra a prisão logo após segunda instância, mas foi o que aconteceu e sem dúvida ele está muito melhor que se tivesse dado o voto contrário. Além da pressão do mundo que queria a liberdade do Lula, o álibi maior do ministro que ficou pra decidia o futuro do país, que é a constituição a seu favor. Hoje Jurista de todo Brasil e até do exterior, estão parabenizando o Teffoli pela sua decisão.

Questão segurança

Como foi dito no começo do texto, a seguração do Lula pós saída de Curitiba é algo que não se deve vacilar. De acordo ao jornalista Pepe Escobar, que disse que o Lula pode ser alvo de milícia, ele está querendo dizer que com essa gente não se pode brincar. Veja o que diz o jornalista: “A segurança do Lula é algo muito sério. Ele vai ser alvo de milícias. Não se joga leve neste universo. Estou falando do Lula ter um comando tipo Delta Force protegendo ele em viagens pelo Brasil inteiro. Não é um ônibuzinho, tomando aguinha, com alguém, com um motorista… não é isso. É um sistema de segurança para protegê-lo. Ele vai ser alvo dos milicianos idas a respeito” disse o jornalista no Bom Dia 247.

O tema da segurança de Lula está preocupando jornalistas, políticos e líderes dos segmentos progressistas em todo o país. Mauro Lopes, no Paz e Bem, pontuou sobre a necessidade de a direção do PT estruturar um esquema de segurança rigoroso ao redor de Lula: “tanto as milícias como os fundamentalistas e os bolsonaristas radicais tentarão atingir Lula”.

No julgamento desta quinta, os ministro do STF Marco Aurélio, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Rosa Weber  e Celso de Mello votaram contra a prisão em segunda instância, além do presidente da Corte, Dias Toffoli. Votaram a favor Edson Fachin, Alexandre de Moraes, Luiz Fux, Luís Roberto Barroso e Cármen Lúcia.

Advogados do ex-presidente disseram pedirão a soltura imediata dele, condenado no processo do triplex em Guarujá (SP), numa sentença questionada por vários juristas. Ele foi acusado de ter recebido um apartamento da OAS como propina, mas nunca dormiu no local. Enquanto isso a filhota do presidente já se apressou para receber o pai.

Já estou em Curitiba esperando meu pai sair

Disse a filha mais velha de Lula, a Lurian Lula da Silva, que com um sorriso largo não vê a hora de abraçar o velho pai e levá-lo pra casa, assim como milhares de pessoas estão sonhando com a sua liberdade.

Riobranquenses se mobilizam para ajudar mulher com câncer que teve benefício negado pelo INSS


Que o INSS é uma das instituições que mais gera reclamação dentre a população isso é fato, mas o que impressiona é o nível de omissão e negligência do órgão frente aos inúmeros casos de pessoas que necessitam dos serviços da Previdência Social.
A senhora Maria Rosângela comoveu o Acre durante reportagem veiculada em um jornal local. A mesma mostrou a situação de miséria em que se encontra, uma realidade social de milhares de brasileiros.

Maria Rosângela sofre de Câncer, mora em uma casa simples no Bairro Taquari, periferia da capital. Ela chora e implora para alguém lhe socorrer. O INSS negou o benefício de Prestação Continuada – BPC – um auxílio garantido para pessoas como ela.

Para piorar a situação, Rosângela teve o Bolsa Família dos filhos cortado. Era a única renda, usada para comprar comida. Depois da reportagem ir ao ar, diversas manifestações de revolta e apelo foram feitas nas redes sociais, por centenas de pessoas. Grupos de apoio as questões sociais, internautas de todos os locais de Rio Branco, iniciaram campanhas pedindo ajuda para Rosângela.

Uma postagem do internauta Francisco Panthio alcançou centenas de compartilhamentos em pouco tempo. Muitas pessoas comentaram indignadas. Outras de imediato se mostraram solidárias e pediam contato, endereço, para levar sua ajuda à família necessitada.
Assim como Rosângela, muitas pessoas vivem em situação de penúria social, sem amparo, sem comida, um retrato do descaso e da desigualdade de um País onde muitos têm pouco e pouco êm muito.

Aos que quiserem ajudar, seguem o endereço e contato via celular da Maria Rosângela.
Loteamento Praia do amapá: Rua Praia Futuro nº 238
Fone: 9227-9780

 

 

 

Glenn Greenwald e Augusto Nunes brigam durante programa ao vivo


Ao ser rebatido, Augusto agride o americano com um tapa no rosto e os dois trocam empurrões

[Glenn Greenwald e Augusto Nunes brigam durante programa ao vivo; veja]
Foto : Reprodução/Jovem Pan

O jornalista americano Gleen Greenwald brigou com o também jornalista Augusto nunes durante o programa Pânico, na rádio Jovem Pan. A dupla participava de um embate sobre o trabalho do site Intercept Brasil e o episódio conhecido como a Vaza Jato. Ao ser rebatido, Augusto agride o americano com um tapa no rosto e os dois trocam empurrões. Após a agressão, o programa foi encerrado. Confira:

Proposições que vão mudar sua vida@proposicoes

Atenção, jornalista Augusto Nunes acabar de agredir @ggreenwald ao vivo no programa pânico na radio.

Por Metro1.

OAB quer investigação sobre espionagem da Lava Jato em conversas de Lula com advogados


A Ordem dos Advogados do Brasil pedirá investigação contra procuradores da Operação Lava Jato que grampearam conversas de advogados com Lula. O pedido será feito ao Conselho Nacional do Ministério Pùblico (CNMP)

 

(Foto: ABr | Ricardo Stuckert | 247)

A OAB entrará com um pedido para que o CNMP investigue procuradores da Operação Lava Jato por terem grampeado conversas de advogados com Lula, usando o conteúdo delas para traçar a sua própria estratégia de atuação processual contra o ex-presidente, informa a jornalista Mônica Bergamo 

A Folha de S.Paulo e o The Intercept Brasil revelaram que conversas de Lula com o advogado Roberto Teixeira foram grampeadas em 2016.

Deltan Dallagnol e outros procuradores debateram o assunto intensamente e enviaram o conteúdo das conversas ao então juiz Sergio Moro.

“O grampo ilegal, que violava o sigilo entre advogado e cliente, foi utilizado para planejar as estratégias jurídicas da Lava Jato”, diz o presidente da OAB, Felipe Santa Cruz.

 

 

‘A Fazenda’: Câmera é demitido após chamar Sabrina de ‘macaca’


Senta aí, macaco’: Sabrina denuncia frase racista vinda da produção de A Fazenda 11
 

que um operador de câmera de A Fazenda posicionado atrás de um dos espelhos da sala fez um comentário racista sobre Sabrina Paiva na noite anterior.

Em comunicado, a emissora informou que o funcionário foi contratado pela produtora Teleimage, que presta serviço à rede de televisão.

“[A empresa] identificou o ofensor. Ele foi repreendido e teve seu contrato de trabalho rompido sumariamente”, diz a nota enviada à imprensa.

Na noite desta terça-feira, 5, enquanto os peões aguardavam o início da prova do fazendeiro, Sabrina disse ter ouvido alguém falar “senta logo aí, macaca” após ela se levantar do sofá. Outros participantes disseram ter ouvido o mesmo.

Ainda no comunicado, a Record TV afirmou que “repudia veementemente esta atitude e qualquer tipo de preconceito”. Por se tratar de ofensa racial, Sabrina Paiva será informada sobre a consequência e ela terá o direito de fazer a representação legal ao ofensor, “se assim quiser e no momento que desejar”.

A assessoria jurídica da participante informou que vai notificar o Ministério Público do Estado de São Paulo a respeito da injúria racial “para que sejam adotadas todas as medidas judiciais cabíveis para a punição do autor da ofensa”.

Ao finalizar a nota, a Record TV e a produtora Teleimage disseram que “lamentam o fato e não admitem que algo dessa natureza aconteça em suas produções”. Fonte: Correio

Com leilão das áreas mais ricas do pré-sal, País entrega soberania por migalhas


Leilão do pré-sal: vitória das estrangeiras e derrota da Petrobras

LEILÃO DO PRÉ-SAL: VITÓRIA DAS ESTRANGEIRAS E DERROTA DA PETROBRAS

Entidades de engenheiros denunciam que o leilão do excedente da cessão onerosa da reserva será um dano irreparável ao Brasil

Engenheiros, geólogos, ex-diretores da Petrobras e professores universitários representados no Clube de Engenharia, na Associação dos Engenheiros da estatal e no Instituto de Energia e Ambiente da USP intensificaram esforços para esclarecer a população e barrar na Justiça o leilão marcado para esta quarta-feira 6 das áreas mais ricas do pré-sal, os campos gigantes e supergigantes do chamado excedente da cessão onerosa. Caso a venda se realize, provocará prejuízo de até 1,2 trilhão de dólares e um rastro de destruição na economia, calcula o Instituto de Energia e Ambiente da USP, em nota técnica assinada pelos ex-diretores da Petrobras Ildo Sauer e Guilherme Estrella.A desistência das gigantes estrangeiras BP e Total, notícias sobre efeitos negativos do desaparelhamento da Pré-Sal Petróleo SA (PPSA) para o gerenciamento dos contratos complexos originados a partir da licitação e questionamentos de participantes sobre o modelo geraram dúvidas no próprio governo sobre o êxito da operação.

 

“Precisamos entender o que acontece no Brasil e em especial, o Brasil precisa se informar sobre a gravidade do crime contra o povo brasileiro que se comete com o desmonte da Petrobras e a entrega do nosso petróleo para as empresas estrangeiras”, chama atenção o Clube de Engenharia em editorial do jornal da entidade. “O que não é dito para a população é que, caso esse leilão se concretize, o País estará dando mais um passo para jogar no lixo da história a sua posição de detentor da maior jazida petrolífera do planeta, conquistada com a descoberta, em 2008, do pré-sal.” Posicionado entre os maiores produtores de petróleo do mundo, diz a entidade, o País comemorou naquela ocasião a “perspectiva de um acelerado crescimento econômico, soberano, com justiça social e garantia de vida digna para a população brasileira.”

A Petrobras planejou extrair da exploração pré-sal o máximo benefício para a sociedade brasileira mas, para isso, precisava fortalecer-se e capitalizar-se para investir pesadamente na sua extração, refino e distribuição. A forma engenhosa encontrada para arrebanhar o maior montante possível de recursos foi aumentar o capital integralizando a parte da empresa com a cessão de blocos do próprio pré-sal, pois se entrasse com sua parte em dinheiro, reduziria o montante para investir, detalha o Clube de Engenharia:

“Para maximizar os benefícios, para o Brasil e para os brasileiros, obtidos com a exploração do pré-sal, foi aprovado no final de 2010 o Regime de Partilha (Lei nº 12.351 de 22/12/2010) para a produção nessas reservas. Visando fortalecer a Petrobras para liderar a exploração do pré-sal, a União, sua maior acionista, promoveu o aumento de seu capital social. Isso ocorreu subscrevendo a parcela que lhe cabia com a cessão de blocos do pré-sal com reservas estimadas em 5 bilhões de barris equivalentes de Petróleo. Essa operação, denominada cessão onerosa, propiciou à Petrobras aumentar seu capital social também com um aporte significativo dos acionistas minoritários, resultando na maior oferta que se conhece, cerca de 70 bilhões de dólares ao câmbio da época.”

A boa surpresa foi que o investimento da Petrobras em exploração durante décadas, ao contrário das multinacionais detentoras de concessões, que não fizeram desembolsos para não correr riscos, premiou a empresa brasileira com a descoberta do triplo do que havia sido projetado e em vez de 5 bilhões de barris de petróleo, constatou-se um total de 15 bilhões e é o excedente daquela estimativa que, em vez de ser incorporado ao patrimônio da companhia, o governo, seu acionista majoritário, resolveu oferecer para as concorrentes estrangeiras, como detalha o Clube de Engenharia:

“As pesquisas realizadas nestes blocos resultaram em uma reserva comprovada cerca de três vezes maior. Ao invés de tomar as providências societárias para manter esse excedente no patrimônio da Petrobras, o governo atual resolveu vender esse excedente em um leilão do pré-sal. Além disso, foram feitas durante o governo Temer mudanças na legislação que retiram da Petrobras, dentre outros direitos, o de atuar como operadora única na exploração do pré-sal. Com o megaleilão previsto para vender o excedente da cessão onerosa, o governo estima arrecadar cerca de 106,6 bilhões de reais. Consuma-se portanto uma perda extraordinária para o Brasil e os brasileiros”, dispara a entidade.

 É preciso buscar todos os caminhos, prossegue, inclusive o judicial “no sentido de alertar a sociedade brasileira, alertar o País, para o crime que está se cometendo vendendo a nossa soberania por migalhas.”

O Clube de Engenharia e a Associação dos Engenheiros da Petrobras consideram o pedido de falência da Odebrecht, a maior construtora brasileira e uma das maiores do mundo, integrante da cadeia produtiva de óleo e gás, “um fato dramático para a engenharia brasileira. A nossa engenharia estava presente em 41 países, nos Estados Unidos, em toda a Europa, na África, no Oriente Médio”.

“É de uma ignorância absurda”, sublinham os engenheiros, “criticar a exportação de serviços para Angola, uma imensa província petrolífera. Se nós lá não estivermos, estará a China. Quando entramos na Venezuela não havia o bloqueio que estrangula a sua economia e por isso ela deixou de pagar. Isso não se fala.”

“Cuba é um colosso comercial na cara da costa leste americana. Isto estava em mãos brasileiras, no canal de Panamá que foi recém-duplicado. Será o principal entreposto para comercialização de produtos da Ásia para a costa leste americana. Isso não era só engenharia brasileira, era equipamento brasileiro. E está sendo destruído.”

Cabe acrescentar que, em consequência da ação destrutiva do governo, da diretoria da Petrobras e da Operação Lava Jato, o País saiu do ranking das empresas de engenharia da América do Sul. O Clube de Engenharia lamenta: “Perdemos para o Chile. Há cinco anos éramos o primeiro na América Latina, com mais faturamento que os demais países do continente. Hoje ficamos abaixo do Chile, o maior faturamento de engenharia da América do Sul, que tem população menor que São Paulo. A sociedade brasileira não está vendo isto! Estávamos em 41 países e agora vamos precisar de engenharia estrangeira, porque a nossa está destruída. Destruída e calada. É preciso reagir à venda de nossas riquezas e à destruição da nação brasileira.” Com informações  do Carta Capital.

 

Novo tipo de HIV é descoberto por cientistas


A informação foi divulgada hoje em jornal dos EUA

[Novo tipo de HIV é descoberto por cientistas]
Foto : Divulgação/MS

Cientistas do laboratório Abbott, no Estados Unidos, anunciaram hoje (6) a descoberta de um novo tipo do vírus da imunodeficiência humana (HIV), causadora da Aids.

O estudo foi publicado no jornal científico Journal of Acquired Immune Deficiency Syndromes (JAIDS). Essa é a primeira descoberta de um novo tipo em quase 20 anos.

Denominado cepa L, o tipo está enquadrado no grupo M e agora faz parte de outras 10 cepas já identificadas ao longo dos anos. Por Metro1.

 

Nomes da oposição de Planaltino se abraçam em busca de dias melhores


Deputado Federal Daniel Almeida com Sandro, Luciana e Rome em Brasília

Café com Leite Notícias: Em conversa com o atual presidente da Câmara, Sando Silva, ele passou uma certa tranquilidade e pouca ambição por poder em Planaltino, mas sim uma grande preocupação com o futuro do município e seus moradores.

Na campanha passada Silva estava do lado oposto, ou seja com fazendo campanha para o atual prefeito, Zeca Braga, e foi vitorioso, trabalhou inclusive durante dois primeiros anos como secretário, mas terminou se desentendendo por motivos particulares, porém reconhecendo que é preciso a oposição se unir para poder fazer Planaltino ser uma terra melhor de se viver.

Sandro com Otto Alencar. Foto Blog Marcos Frahm

Vale lembrar que o Sandro possui uma bagagem grande de conhecimento na área pública, passando por muitos cargos e assim, sem dúvida foi uma figura importante por muitos benefícios para o município e sua gente no passando, podendo fazer muito pelo município no futuro. Até porque, ele tem como aliado e amigos figuras renomadas, dentre elas Otto Alencar.

Campanha passada:  Sandro reconhece que não foi fácil o seu candidato, hoje oposição, ganhar a política de Rome, quando era oposição, pois sabe que trata-se de um nome forte para as eleições do ano que vem. Por isso é que agregando força e conhecimento Planaltino tende a passar para uma nova página da sua história, a partir do ano que vem.

Na verdade, atualmente a oposição de Planaltino possui três nomes fortes, pois os três estão sendo comentado pelo povo, que são: Rome, Sandro e a sindicalista  Luciana. Desses três nomes certamente irá surgir um para ser candidato a prefeito ou prefeita de Planaltino. A boa notícia que foi dada, e dentro de total democracia, é que esses três nomes estão unidos e, na hora certa, haverá uma prévia, e aquele que se sair melhor junto a opinião popular, será o candidato com total apoio dos outros dois.

O que se acredita é que, com essa união e vontade de elevar Planaltino a um patamar melhor, pelos três nomes, certamente dias melhores virão para o município.

 

STF deve derrubar prisão provisória de 2a. instância, admite senador lavajateiro


Claro que todos os políticos que querem fazer valer a prisão após segunda instancia, é devido a permanência de Lula preso em Curitiba e não pela preocupação em existir milhares de presos que podem ser solto. Mas, entretanto, diante das evidências nem só de inocente preso, mas, também, verdadeiros bandidos soltos, pode ser que o Toffoli resolva entender que o certo é fazer a coisa certa, além de estar na constituição brasileira, derrubando a validez da prisão em segunda instancia. Por outro lado, já que ele demonstrou muitas vezes em fazer a vontade da extrema direita, esse voto e, na verdade, um incógnita que ninguém teria coragem de apostar pra que lado vai pender esse voto. Se apitar uma partida de futebol numa final de copa do mundo, onde o juiz tem que marcar o pênalti nos segundos finais, já não é uma tarefa fácil, imaginem uma situação dessa? Tem muita coisa a ser avaliada. Até aqui Café com Leite Notícia.

De Rafael Moraes Moura no Estado de S.Paulo.

Ninguém queria estar na pele deste ministro.Às vésperas de o Supremo Tribunal Federal (STF) retomar o julgamento sobre execução antecipada de pena, um grupo de 12 senadores se reuniu nesta terça-feira, 5, com o presidente do STF, ministro Dias Toffoli. Os parlamentares entregaram ao ministro uma carta contra a mudança da atual jurisprudência, que permite a prisão após condenação em segunda instância – a medida é considerada um dos pilares da Operação Lava Jato. A discussão pelo plenário do Supremo será retomada na sessão desta quinta, 7. 

O senador Marcos do Val (Podemos-ES) saiu do encontro com a impressão de que Toffoli vai votar pela possibilidade de prisão apenas depois do esgotamento de todos os recursos (o chamado “trânsito em julgado”, em juridiquês).

 

Comissão da Câmara aprova projeto para liberar Lei Rouanet para música gospel


Eles

Da Folha de S.Paulo.

A Comissão de Cultura da Câmara de Deputados aprovou nesta segunda (4) um projeto de lei que reconhece a música religiosa e eventos promovidos por igrejas como manifestações culturais que podem utilizar mecanismos de fomento via Lei Rouanet.

Trata-se de um texto substitutivo a um projeto de 2015, do deputado Jefferson Campos (PSB-SP). O projeto original pedia o reconhecimento da “música gospel como manifestação cultural”, no âmbito da Lei Rouanet

Hoje é o dia da entrega (de mão beijada) do futuro do Brasil e dos brasileiros


No dia da entrega do “ouro” o Moro com um grande requinte de crueldade, pediu para o STF aprovar a prisão de Dilma sem nenhuma culpa ou investigação, mas sim, por saber que o pre-sal, nos planos dela, tinha outro caminho, que era servir ao próprio Brasil e não ser entregue pros “ratos” de plantão. Para alimentar o sadismo de uma cúpula que ainda tem poder, no dia da entrega do ouro mais precioso do país, eles e principalmente o Moro queria vê a Dilma presa, mas, para sua tristeza,  o Fachin negou.
Dilma abre o jogo e disputará Senado por Minas
Dilma abre o jogo e disputará Senado por Minas (Foto: Ricardo Stuckert)

O roubo do século acontecerá nesta quarta-feira, 6 de novembro, com o leilão cessão onerosa do pré-sal, quando o Brasil, sob um governo de ocupação, entregará às petroleiras internacionais as áreas mais lucrativas do pré-sal. Segundo um estudo da Associação dos Engenheiros da Petrobrás (Aepet), o prejuízo com esta entrega será de pelo menos R$ 340 bilhões – ou seja, 85 bilhões de dólares (saiba mais).

O pré-sal, como todos sabem, foi a maior descoberta de petróleo ocorrida no mundo, nos últimos cinquenta anos. Quando as primeiras reservas foram divulgadas, ainda no governo Lula, o que diziam os entreguistas? Era preciso vender tudo, o quanto antes, porque a Petrobrás jamais seria capaz de explorar tamanha riqueza.

Mentira! Em pouco tempo, a Petrobrás bateu recordes sucessivos de exploração em águas profundas e o pré-sal passou a responder pelas áreas  mais lucrativas da empresa. Mais do que isso, sob o modelo de partilha, e não mais de concessão, o petróleo serviria a dois grandes propósitos: de um lado, desenvolver toda uma cadeia nacional de fornecedores de navios, sondas e equipamentos na cadeia de óleo e gás e, de outro, gerar recursos para investimentos em educação. Daí o slogan “Pátria Educadora”, que deveria marcar o segundo mandato da ex-presidente Dilma Rousseff.

O sonho brasileiro de, a partir das descobertas da Petrobrás, produzir um salto de desenvolvimento, no entanto, começou a ser atacado em 2014, com o início da Operação Lava Jato, que teve focos milimetricamente calculados: a Petrobrás, evidentemente, mas também as empresas brasileiras de engenharia e até mesmo o Almirante Othon, que, na Marinha, desenvolvia o projeto dos submarinos nucleares, que serviriam para patrulhar os mares brasileiros.

Se Dilma tivesse sido derrotada por Aécio Neves em 2014, talvez não tivessem sido destruídas todas as empreiteiras nacionais e a cadeia produtiva do setor de óleo e gás. Isso poque o tucano dizia, em campanha, que o Brasil deveria seguir o modelo mexicano, ou seja, vender todo o pré-sal pelo modelo de concessão – modelo, diga-se de passagem, do qual só agora, o México, sob o governo nacionalista de López Obrador, tenta se libertar. Pena que só tenha restado o bagaço do petróleo mexicano.

Como Dilma foi reeleita, foi necessário derrubá-la – e também destruir praticamente toda a engenharia nacional – para que o assalto do século pudesse avançar. Para quem não se lembra, qual foi o primeiro projeto enviado ao Congresso pelo usurpador Michel Temer? O projeto de entrega do pré-sal. Escrito por quem? Pelo senador José Serra (PSDB-SP), que, nas gravações do Wikileaks, aparecera prometendo entregar o pré-sal à petroleira estadunidense Chevron.

Derrubar Dilma, no entanto, não era suficiente. Era também necessário prender o ex-presidente Lula, porque se ele voltasse, em 2018, o golpe de 2016 não se completaria. Dito e feito. Lula foi preso e, na eleição fraudada do ano passado, elegeu-se o “capetão” que diz “Brasil acima de todos”, mas bate continência para a bandeira de um outro país. E o duro é que, com esse discurso fajuto, ainda engana muita gente e também conta com os aparelhos de dominação ideológica.

Basta lembrar que todo esse processo de entrega das riquezas nacionais contou com o amplo apoio dos meios de comunicação corporativos. Em seus editoriais, Globo e Folha atacam o autoritarismo de Jair Bolsonaro, mas celebram em suas páginas noticiosas a entrega do pré-sal e as políticas econômicas de Paulo Guedes. Entre elas, a desvinculação de recursos do orçamento, com o fim de gastos obrigatórios em saúde e educação. Com o golpe de 2016, o Brasil saiu de um modelo em que o pré-sal, majoritariamente explorado pela Petrobrás, seria investido em educação, para outro, em que ele é entregue a multinacionais internacionais e os gastos com educação, pesquisa, ciência e tecnologia são reduzidos.

É uma tragédia, o maior suicídio de uma ex-nação em toda a história da humanidade, mas não se imaginava que haveria ainda um requinte de crueldade: o pedido de prisão da ex–presidente Dilma Rousseff nesta quarta-feira, que, felizmente, foi negado pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal.

Qualquer brasileiro com mais de dois neurônios tem plena ciência de que Dilma foi alvo de uma das maiores farsas da história da humanidade: o golpe dos ladrões contra a presidente honesta. Basta lembrar de quem a derrubou: Eduardo Cunha, Geddel Vieira Lima, Aécio Neves, Michel Temer… e a lista é bem mais longa.

Por que então prendê-la a esta altura do campeonato? Para que fazer isso na véspera daquele que será, como dito no primeiro parágrafo deste artigo, o maior assalto da história da humanidade? Para passar uma mensagem contundente a todos os brasileiros desta e das futuras gerações. Barbosa Lima Sobrinho já dizia que no Brasil só existem dois partidos: o de Tiradentes e o dos Silvérios. Se Dilma fosse presa, na cereja do bolo oferecida pela Lava Jato às petroleiras internacionais que se refestelarão com a entrega do pré-sal, a mensagem seria cristalina: jamais tente ser um Tiradentes, seja sempre um Silvério. Jamais seja uma Dilma. Seja um Temer, um Aécio, um Serra. Todos soltos, por sinal.

Com informação do 247.

 

Pacote de Guedes acaba com fundos públicos e direciona dinheiro para banqueiros e rentistas


O pacote econômico de Paulo Guedes e Jair Bolsonaro apresentado ao Congresso Nacional nesta terça-feira (5) prevê o direcionamento de recursos públicos inéditos para os ricos do país,  sob o eufemismo de “pagamento da dívida pública”. Nada menos que 248 fundos públicos devem ser extintos. Um deles é o FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador), que destina recursos para programas como o seguro-desemprego e o abono salarial. Todos os recursos serão destinados ao pagamento dos juros da dívida pública, que beneficia banqueiros e rentistas. Só com a extinção dos fundos R$ 220 bilhões serão direcionados para a o pagamento dos juros da dívida pública.

No total, existem 281 fundos públicos de diferentes tipos. Ficariam preservados apenas 33 deles, como o FPM (Fundo de Participação dos Municípios), o FPE (Fundo de Participação dos Estados), o FCO (Fundo de Financiamento do Centro-Oeste), o FNE (Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste) e o FNO (Fundo Constitucional de Financiamento do Norte). 247.

Sem agenda, Bolsonaro tumultua sessão da Câmara e mostra seu desprezo pelo Nordeste


Jair Bolsonaro apareceu sem avisar na Câmara dos Deputados na manhã desta terça. Entrou numa solenidade do Dia do Nordeste imaginando estar numa sessão sobre a reforma administrativa. Ao saber do que se tratava, saiu do local rapidamente, ignorando o evento

 

247 – A presença de Jair Bolsonaro, que apareceu sem aviso a uma sessão solene em homenagem ao Dia do Nordeste, comemorado nesta terça-feira (5),  tumultuou a  Câmara dos Deputados. Ao chegar de surpresa, Bolsonaro  revelou que não sabia do que se tratava o encontro e acreditava estar em uma sessão ordinária na qual pediria apoio à reforma administrativa que pretende implantar. Segundo reportagem do site Piauí Hoje, apesar de convidado para integrar a mesa, Bolsonaro mostrou “mais uma vez o desrespeito e desprezo ao povo nordestino, demorou pouco e retirou-se sem fazer sequer uma saudação”.

A avaliação geral dos parlamentares e autoridades presentes à sessão foi que, além de ter mostrado “sua pequenez e despreparo para ser o mandatário do país”, Bolsonaro é um presidente com “uma falta de educação sem paralelo na história política brasileira”.

A sessão solene pelo Dia do Nordeste foi proposta pela deputada federal piauiense Rejane Dias (PT) e contou com a participação do governador piauiense Wellington Dias (PT).

Triste é ver nordestino babando e querendo matar o seu conterrâneo por amor ao Bozo.