Dilma disse que impedir Lula de se candidatar seria o segundo golpe


Resultado de imagem para foto de dilma
“Atividade política eu nunca vou deixar de fazer”, disse a ex-presidente Dilma Rousseff, que completa: “eu não afasto a possibilidade de eu me candidatar para esse tipo de cargo: senadora, deputada…”.
A declaração foi dada em entrevista exclusiva à agência francesa AFP, nesta sexta-feira (17), em Brasília, onde participou de uma mesa redonda sobre o papel da mulher na política. À plateia, disse: “o golpe ainda não acabou”.
“O segundo golpe que esse País pode sofrer é que impeçam Lula de ser candidato (à Presidência da República em 2018)”, completou a frase no Encontro Nacional de Mulheres Eleitas pelo PT, na capital.
Mas na entrevista exclusiva, quando foi questionada, Dilma Rousseff foi direta: “Eu não serei candidata a presidente da República, se é essa a sua pergunta. Agora, atividade política, nunca vou deixar de fazer (…) Eu não afasto a possibilidade de eu me candidatar para esse tipo de cargo: senadora, deputada, esses cargos”.
Alvo de impeachment parlamentar em agosto do último ano, a ex-presidente não teve os seus direitos de exercer a política cassados, podendo ocupar cargos do Executivo, Legislativo, que são eletivos.
Ao se recordar do processo que denominou como golpe parlamentar, Dilma diz que repassou “sistematicamente” os documentos do impeachment, fazendo-a concluir que “as pedras de Brasília e as emas da Alvorada sabiam que eles estavam inventando um motivo para me afastar”.
“Foi a chamada justiça do inimigo: não se julga, se destrói”, completou.
Lembrando, ainda, que foi o ex-deputado Eduardo Cunha o responsável pela aceitação de seu afastamento, comparou o peemedebista ao que viveu no passado, durante a ditadura do regime militar no país, mas afirmou que não há sentimento de vingança: “Eu não tenho em relação ao Eduardo Cunha nenhum sentimento de vingança ou qualquer coisa que o valha. Eu não tive em relação ao torturador. Não dou luxo para torturador de ter ódio de torturador, nem tampouco para o Eduardo Cunha”. Fonte de informação GGN.
Error, no Ad ID set! Check your syntax!

Governo libera venda de terras brasileiras para estrangeiros


Projeto de lei libera venda de terras a estrangeiros

 

O governo federal está acertando os últimos detalhes de um projeto de lei para liberar a venda de terras brasileiras a empresas e investidores estrangeiros.

A proposta autoriza a venda de até 100 mil hectares de terra (cerca de 1 mil km²) para grupos internacionais. Além disso, o investidor poderá ainda arrendar outros 200 mil hectares. Com isso, ele teria a sua disposição uma área equivalente a seis vezes a área da cidade de Belo Horizonte (MG).

O governo estima que a medida pode destravar cerca de R$ 50 bilhões em investimentos no país. A proposta está sendo tratada diretamente pelo ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha.

A venda de terras brasileiras a estrangeiros é alvo de polêmica há décadas. Em 1971, a Lei Nº 5.709, do governo Médici, autorizou a venda de terras brasileiras a empresas estrangeiras desde que elas tivessem sede no país e a “a soma da área das propriedades rurais não exceda um quarto da área do município onde estejam situadas”. Essa lei vigorou até 1998, quando a Advocacia-Geral da União, no governo Fernando Henrique Cardoso, emitiu o parecer 181/1998 abolindo as restrições para venda de terras a estrangeiros. No parecer, a AGU argumentava que empresas nacionais e estrangeiras não poderiam ser tratadas de maneira diferente.

Porém, na metade dos anos 2000, o apetite voraz da China por aquisições de terras brasileiras deixou em alerta o governo Lula, empresas nacionais e ativistas socioambientais. Diante da pressão, em 2010, o governo restabeleceu a lei de 1971, tornando a impor restrições à venda de terras a estrangeiros. O governo Dilma Rousseff considerava fora de questão suspender as restrições.

Agora, a expectativa do governo de Michel Temer é aprovar no Congresso até o Carnaval o novo projeto de lei que elimina as restrições. Segundo o relator da proposta, o deputado Newton Cardoso (PMDB-MG), o projeto não afeta terras da região amazônica nem em áreas fronteiriças. No entanto, o projeto tem sido alvo de duras críticas de ativistas socioambientais.

Enquanto outros países têm tido mais cuidado com apenas corpos estrangeiros cruzar as fronteiras, no Brasil as porteiras se abrem para estrangeiros comprar terras, montar empresas e fazer do nosso país o seu jardim do quintal, como dizia o Raul. Só que o dólar deles Raul, não vai pagar o nosso lingam! Vamos ter que assistir os gringos ter liberação de impostos, explorar a mão de obra daqui a custo de bananas podres e dizer que está tudo bem. Essa é a terra de muitas riquezas, inclusive na área de mineração, que vai do vanádio ao diamante, mas quem lucra são os forasteiros, que muitas vezes ainda recebem agradecimentos dos brasileiros por ter conseguido um empreguinho, como é o caso do vanádio em Maracás. Fico triste quando vejo um brasileiro ou brasileira expondo com orgulho a sua traseira, por ter uma bandeira americana no bolso da calça, enquanto boa parte teria vergonha de ter uma bandeira brasileira. Fazer o que? Esse é o Brasil e nós os brasileiros. Informações do Opinião e Notícia. Último paragrafo Café com Leite.

Ex-governadores baianos perdem pensão vitalícia aprovada em 2014


 

 

04

São esses benefícios que os deputados aprovam na última hora

 

A Justiça baiana decidiu, em medida liminar, suspender a concessão da pensão especial vitalícia aos ex-governadores do estado, determinada por meio de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), no ano de 2014.

A decisão foi publicada no Diário de Justiça desta quarta-feira (15).

A decisão, do juiz da 7ª vara da Fazenda Pública, Glauco Dainese de Campos, pede o afastamento da aplicação da PEC, por violação direta à Constituição Federal de 1988, no prazo de 15 dias, sob pena de cometimento de crime de desobediência, e multa pessoal diária ao servidor responsável pela exclusão da folha de pagamento.

O juiz ainda determina que o Estado da Bahia descreva em uma planilha discriminada os valores pagos a cada um dos ex-governadores, pensionistas e demais pessoas beneficiadas pela pensão.

G1 procurou a Procuradoria Geral do Estado (PGE), que ficou de se pronunciar sobre a decisão.

Na decisão, o juiz analisa uma ação popular movida por Fábio Brito, secretário-geral da Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares do Estado da Bahia (Aspra).
A decisão da Justiça baiana ainda lembra a determinação do Supremo Tribunal Federal (STF) que suspendeu a pensão vitalícia a ex-governadores no Pará.

O juiz ainda destaca que o país “vive um momento de grande discussão sobre a necessária Reforma da Previdência. Não há dinheiro público para custear benefícios sem obediência ao Princípio da Contributividade”, afirma na decisão.

 

Pensão vitalícia

Os deputados da Bahia aprovaram no dia 25 de novembro de 2014 a Proposta de Emenda à Constituição 141/14 que criou a aposentadoria vitalícia para ex-governadores da Bahia. A PEC foi de autoria do deputado Adolfo Menezes (PSD) e aceita por unanimidade em votação realizada na Assembleia Legislativa.

Para ter direito ao benefício, os ex-gestores devem ter cumprido mandatos por quatro anos consecutivos ou cinco intercalados, além de contribuído por 30 anos para a Previdência Social.

A emenda prevê que os ex-governadores recebam pensão de cerca de R$ 20 mil mensais. Em caso de morte, a viúva do gestor passará a ter o benefício. A PEC foi aprovada no dia 31 de dezembro daquele ano pelo governador do estado, Jaques Wagner.

Enquanto isso, os eleitos destes vão tendo que se aposentar sabe-se lá quando. Realmente alguma coisa vai ter que acontecer neste país, pois as injustiças são muitas. Os senhores parlamentares, sejam no âmbito federal ou estadual, parecem serem eleitos pelo povo para ficar contra o próprio povo. Mas, ao contrário do que muitos pensam, o povo não é tão alienado assim, prova disto, é que alguns nobres deputados, ao invés do calor humano quando costumam chegar nas cidades pequenas do interior, angariando votos, a notícia é que receberam vaias por votar a favor da PEC 241. Nesse caso o nobre parlamentar mereceu ser vaiado.

 

Trump castiga a Toyota por fabricar carros no México


O presidente eleito dos EUA Donald Trump está ameaçando impor severos impostos a montadoras de automóveis que fabricam carros no México e os vendem nos EUA. A última vitima foi a Toyota, que foi alvo de uma manifestação do novo mandatário americano no Twitter, onde ameaçou impor impostos aos veículos da Toyota importados para os EUA a partir do México.

A Toyota foi a última, mas Trump já ameaçou a GM por conta do Cruze Hatch, e a Ford cancelou a construção de uma fábrica de 1.6 bilhões no México depois de uma reclamação de Trump.

Em relação à Toyota, a fúria de Trump se volta contra os planos de uma nova fábrica da Toyota em Baja, no México, para construir carros Corolla para os EUA. Trump disse no Twitter: “DE JEITO NENHUM! Construa uma fábrica nos EUA ou pague um imposto de importação enorme“.

Vamos ver agora a reação da Toyota. A FORD já abriu mão da nova fábrica no referido país.

MILAGRES: Prefeito acusa a polícia de fazer “corpo mole” propositalmente


 

Resultado de imagem para foto de cesar de adério

Prefeito César disse estar revoltado com a situação

Segundo o prefeito da cidade de Milagres, César Rotondano Machado (PP), a violência tem crescido, assustadoramente, nos últimos cinco meses na cidade, onde tem ocorrido a constante troca de tiros entre bandidos a qualquer horário. Atualmente, a situação ficou tão fora de controle, que na noite deste domingo um bando invadiu uma residência na periferia da Cascalheira e, por volta das 21h00, matou um jovem com 13 tiros. O fato chegou à redação do jornal O Paraguaçu, através mensagens de watszapp, por volta das 11h00, sem que ninguém soubesse quais foram as providencias da Policia Militar, cuja viatura não havia ainda comparecido ao local.

 

foto-reproducao-facebook

A pacata Milagres precisa oferecer segurança ao povo, assegura o prefeito.

 

Revoltado, diante da situação de medo e apreensão que toma conta do povo milagrense e causa tantas vítimas, o prefeito, popular César de Adério, revela através da sua assessoria, que há uma proposital indiferença e omissão no combate à violência, por parte do Cap.PM Joseron de Castro Souza, que comanda o destacamento local e não esconde sua admiração e vinculação política ao ex-prefeito derrotado Raimundo Galego.

A reclamação não é apenas do prefeito Cezar de Adério, pois muitos populares já se queixaram para a redação deste jornal (O Paraguaçu) que, “por causa do corpo-mole do capitão em combater o crime”, são frequentes os roubos na BA-046, nas imediações do Lixão, um trecho deserto onde pessoas tem sido vitimas de assaltos a mão armada. Conforme informações de representantes da Secretaria Municipal de Educação, tem acontecido a invasão e furtos nas escolas do município. Na cidade, muitas pessoas se queixam de roubos ao longo da Avenida da Coréia, que é formada pela travessia da BR 116 (Rio-Bahia) que corta a cidade. Fala-se ainda que, em plena luz do dia, são requentes os furtos no comercio e residências.

Populares comentam que, enquanto a população sofre com a violência, as viaturas sob o comando de Cap.PM Joseron, ao invés de atender aos chamados, faz a segurança do Grande Hotel Elite, de propriedade do prefeito derrotado Galego.

Chantagem politica

Foi notório e público, durante a campanha eleitoral de 2016, que o capitão Joseron “vestiu a camisa da campanha do Galego” e na época houve muitas reclamações contra seu comportamento, quando utilizou do seu posto para intimidar eleitores, prender veículos e motos, deter pessoas sem motivo aparente, mostrando claramente de que lado estava. “Por ser um parceiro do ex-prefeito, esse capitão PM tem em seu objetivo desarticular o novo governo”, denuncia o prefeito César de Adério, afirmando que encaminhará pedido de providencia junto ao gabinete do governador Ruy Costa e ao Comando Geral da Policia Militar da Bahia. “Milagres não pode ficar à mercê da chantagem politica, nem do desmando de autoridade, que deixa de combater a violência para espalhar o caos e prejudicar nossa administração”, reagiu o prefeito Cezar de Adério.

Informações do Paraguaçu

Aposentados e aposentadas fazem protesto contra reforma da Previdência no senado federal


Aposentados e pensionistas protestam contra PEC da reforma da Previdência
Centenas de pessoas foram dizer que não estão satisfeitas
Café com Leite: Nesta segunda (13), cerca de 300 aposentados e pensionistas foram ao Senado Federal protestar contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016, que fala da reforma da Previdência.
A PEC tramita na Câmara dos Deputados e pode ser votada ainda no primeiro semestres por senadores e deputados. A manifestação foi organizada pela Confederação Brasileira dos Aposentados, Pensionistas e Idoso e pelo Movimento dos Servidores Público Aposentados e Pensionistas.
Pela manhã, os manifestantes, que representavam 180 entidades de todo o país, participara de uma missa na Catedral de Brasília, e depois seguiram em caminhada pela Esplanada dos Ministérios até chegar no Senado.
A Polícia Legislativa do Senado afirma que todos os participantes do ato entraram na galeria do plenário para acompanhar uma sessão de homenagem ao Dia Nacional do Aposentado, convocada pelo senador Paulo Paim (PT-RS).
Nos próximos dias, os aposentados pretendem entregar para os parlamentares, propostas de mudanças para a reforma da Previdência. Eles pretendem interromper a tramitação da matéria e são contra a idade mínima de 65 anos para aposentadoria e o tempo de contribuição de 49 anos para ter o valor integral do benefício.
Para o movimento, é necessário que a reforma considera as diferenças entre as regiões e entre os trabalhadores das áreas rural e urbana. Os manifestantes também planejam ir ao Ministério da Fazenda e realizar um panelaço contra a PEC.
Informação Agência Brasil

Você não gosta do seu nome? então troque por desses.


Resultado de imagem para foto de multidão

No meio dessa multidão aí tem nomes bonitos, mas também deve ter algum Arame Farpado Enferrujado da Silva

já pensou você respondendo a chamada na sala de aula com um deses nomes? Pois é, se você tem um dome que não gosta, tipo quando a mãe quer colocar um pedacinho de cada nome dos pais, como: o pai se chama Marivaldo e a mãe se chama Josefina, seu nome seria Marifina. diante desses aí, que são todos registrados, Marifina é lindo. Pois é; não queira processar o seu pai por te lhe colocado o nome de Marielton, esse nome também é muito bonito. Veja só esses à frente.

Aberta Demais De Oliveira, Abias Corpus Da Silva, Ácido Acético Etílico Da Silva, Afília Demaria De Nazaré, Alfredo Prazeirozo Texugueiro, Amável Pinto,
Ambrísia Estilingue Morretes, Ana Baiana Meleva Daqui Pratinhos, Antonio Buceta Agudim, Antonio Donizete Bobo, Antonio Manso Pacífico De Oliveira Sossegado,
Antônio Morrendo Das Dores, Antônio Veado Prematuro, Ava Gina, Barrigudinha Seleida, Benvindo Viola, Bucetildes Fernandes, Carabino Tiro Certo, Chevrolet Da Silva Ford,
Colapso Cardíaco da Silva,, Defuntina De Souza Cruz, Delícia Costa Melo, Deuzivaldo Ferreira, Domingos Pinto Justo, Dosolina Piroca Tazinasso,Elvis Presley Da Silva, Eraldonclóbes Souza, Espere Em Deus Mateus, Eva Gina Melo, Falidora Da Fortuna Dopai Ramiro, Faraó do Egito Sousa, Finadina de Souza Cruz, Flávio Cavalcante Rei da Televisão, Fodelícia Dos Santos, Francisco Zebedeu Sanguessuga, Himineu Casamenticio Das Dores Conjugais, Inocêncio Coitadinho, Jacinto Leite Aquino Rêgo, Jacinto Pinto
Jacinto Regoroxo, Jafa Lei Dos Santos, Janeiro Fevereiro de Março Abril, Jean Claude Van Dame Da Silva, João Da Cú Da Luz, João Manuel Boceta Portas, João Sem Sobrenome, Joaquim Pinto Molhadinho, José Catarrinho, Josefina Grosso, Jotacá Dois Mil e Um, Júlio Santos Pé-Curto, Juvenalda Datia Gulosa, Letsgo Daqui, Madeinusa
Maiquel Edy Marfy, Manuel Sola De Sá Pato, Maria Bastarda Dequem, Maria Buceta Paranhos Pinto, Maria Cristina Do Pinto Magro, Maria Da Boa Morte, Maria Da Delícia Dazona, Maria Do Bom Despacho, Maria José Brochado, Maria Panela, Maria Tributina Prostituta Cataerva, Mariana Daxana Laranjal, Maycom Géquiçom, Merdolino Mendonça
Metia Paula Da Silva, Mijardina Pinto, Miquetiçon Dos Santos, Mitiko Kudo Endo, Necrotério Pereira Da Silva,Orlando Modesto Pinto, Patricia Pinto Grosso, Pernilonguildo Tentofaz Furão, Piá Motel Das Dores, Pinto Brochado, Pinto Crespo Magalhães, Produto do Amor Conjugal De Marichá E Maribel, Putassa Frescura, Rego Penteado
Remédio Amargo, Rolando Caio da Rocha, Rolando Escadabaixo, Safada Da Sogra Vitorina, Safira Azul Esverdeada, Salvador Das Dores, Seriaela Deu, Sextavado Obtusângulo, Reto Silvio Dubroca, Simplício Simplório Da Simplicidade Simples, Timétio Pinto, Tobiniana Matusquela, Última Delícia do Casal Carvalho, Um Dois Três de Oliveira Quatro, Vanessa Cachorroski, Vicente Mais Ou Menos de Souza, Vitor Hugo Tocagaita, Zélia Tocafundo Pi.

Aos 94 anos a senhora Amy Craton se forma na universidade


Foto: reprodução / InsideEdition

A vovó afirma ser só o começo de uma nova temporada

Você está pensando em voltar a estudar, mas ainda está indeciso? Acha que é tarde?

A história de Amy Craton poderá te inspirar.

Aos 94 anos ela acaba de se formar na faculdade, na SNHU – Southern New Hampshire University – nos EUA.

A idosa fez o curso à distância, online como se diz nos Estados Unidos.

Agora é bacharel em Artes, com graduação em escrita criativa em inglês.

Mesmo com a idade avançada ela conseguiu pontuação média de 4,0.  A nota máxima é 5,0.

Como Amy não podia ir até New Engladn para a cerimônia de graduação, o presidente da universidade, Paul LeBlanc, voou até a casa dela, no Havaí, para fazer uma festa surpresa de formatura.

História

A idosa parou de estudar em 1964, há mais de 50 anos, para poder criar seus filhos e ficar com eles em tempo integral.

Quando decidiu voltar a estudar ela escolheu a SNHU porque cresceu na região da universidade.

“É bom me formar, terminar essa parte da minha vida. Eu não consigo me ver assistindo Netflix o tempo todo”, disse.

E foi além: “Sinto que ainda estou na estrada”, falou em entrevista divulgada pela escola.

Com quase 100 anos Amy afirmou: “Tenho muito mais a aprender”.

Ela já se matriculou para fazer mestrado.

Assista:https:

Donald Trump sofre sua primeira derrota na justiça americana.


Foto: AP/Charlie Neibergall

 

O 9º Tribunal de Apelações Federais, em San Francisco, suspendeu temporariamente a polêmica proibição da entrada de refugiados e imigrantes de 7 países nos EUA.

O juiz federal de Seattle, James Robart, negou o pedido do Departamento de Justiça para uma reintegração imediata da ordem assinada pelo presidente Donald Trump – para proibir a entrada de refugiados e imigrantes de países de maioria muçulmana.

Robart bloqueou o decreto de Trump em resposta a um recurso apresentado pelo procurador-geral do estado de Washington, Bob Ferguson.

A medida, que vale para todo país, foi o golpe mais duro até agora contra o decreto que gerou protestos nos Estados Unidos.

A decisão, tomada na última sexta-feira, 3 e divulgada por agências internacionais neste domingo, pede que o governo apresente mais argumentos sobre o caso nesta segunda-feira (6).

O governo Trump já apelou da decisão.

Na noite deste sábado, o procurador-geral interino, Noel Francisco, disse que a autoridade presidencial é “amplamente imune ao controle judicial” quando se trata de decidir quem pode entrar ou permanecer nos Estados Unidos.

Trump alega que as ações visam manter “terroristas islâmicos radicais” fora do país.

Porém, o governo afirmou que cumpriria a medida judicial.

Resposta de Trump

No Twitter, Trump classificou a posição do juiz como “ridícula”.

“Quando um país não é mais capaz de dizer quem pode e quem não pode entrar e sair, especialmente por razões de segurança – grande problema!”, escreveu o republicano.

“A opinião desse suposto juiz, que essencialmente leva a aplicação da lei para longe do nosso país, é ridícula e será anulada”.

O presidente argumentou ainda que “certos países do Oriente Médio concordam com a proibição”.

E agora?

A diplomacia americana anunciou a revisão da suspensão provisória de cerca de 60 mil vistos concedidos a cidadãos dos países afetados pela medida, e o Departamento de Segurança Interna disse que “suspendeu todas as ações que aplicam” o decreto.

Em vários países, imigrantes que moram há anos nos Estados Unidos, mas se viram impedidos de voltar para o país depois da ordem executiva de Trump, aproveitaram a decisão judicial para antecipar o retorno.

Outros Estados

Washington foi o primeiro estado a processar a ordem de Trump que proíbe temporariamente a emissão de vistos para pessoas do Irã, Iraque, Síria, Sudão, Somália, Líbia e Iêmen .

Minnesota juntou-se à ação dois dias depois.

Recursos similares foram apresentados em outros estados. Entre eles, Califórnia, Nova York e Virgínia.

Com informações do G1

A “casa começa a desabar entre os ‘grandões’ de Brasilia”


 

Jucá, Sarney e Renan preocupados com o que pode vir pela frente

Ao pedir autorização do Supremo Tribunal Federal para a instauração de inquérito destinado a apurar o crime de embaraço à Operação Lava Jato – formalmente embaraço à Justiça – supostamente cometido pelo ex-presidente José Sarney, os senadores do PMDB Renan Calheiros (AL) e Romero Jucá (RO), e o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, se refere ao grupo como ‘quadrilha’ e ‘organização criminosa’.

“Está em curso um plano de embaraço da investigação por parte de integrantes da quadrilha e seus associados. Como sói acontecer em organizações criminosas bem estruturadas, o tráfico de influência é apenas uma das vertentes utilizadas por esses grupos”, afirma Janot.

No documento, Janot afirma que a atuação da Lava Jato, que resultou na prisão de dezenas de pessoas e recuperação de milhões em dinheiro desviado, gerou “grande preocupação de todos os integrantes da organização criminosa”. “Esse temor, no caso do núcleo político, gestou um plano para obstrução da Operação Lava Jato, com a utilização desvirtuada das funções e prerrogativas do Poder Legislativo, cooptação do Poder Judiciário e desestruturação, por vendita e preocupação contra futuras atuações, do Ministério Público”, afirma o procurador no documento.

Segundo o procurador-geral, houve uma “atuação planejada e concentrada de congressistas” para, entre outras coisas, dificultar que investigados e réus celebrem acordos de colaboração premiada, rever e reduzir os poderes do Ministério Público e anistiar agentes públicos envolvidos. Janot também descreve a atuação do grupo para tentar exercer tráfico de influência junto ao então ministro relator das ações penais no Supremo Tribunal Federal, Teori Zavascki.

O pedido se fundamentou no termo de colaboração premiada assinado por Machado, no qual são transcritos trechos de mais de seis horas de conversas gravadas com Sarney, Jucá e Renan. Para o procurador, as conversas “demonstram a motivação de estancar e impedir, o quanto antes, os avanços da Operação Lava Jato em relação a políticos, especialmente do PMDB, do PSDB e do próprio PT, por meio de acordo com o Supremo Tribunal Federal e da aprovação de mudanças legislativas’”.

Segundo o procurador-geral, o objetivo dos congressistas era ‘construir uma ampla base de apoio político para conseguir, pelo menos, aprovar três medidas de alteração do ordenamento jurídico em favor da organização criminosa’ – 1) proibição de acordos de colaboração premiada com investigados ou réus presos; 2) a proibição de execução provisória da sentença penal condenatória mesmo após rejeição dos recursos defensivos ordinários, o que redunda em reverter pela via legislativa o julgado do STF que consolidou esse entendimento; 3) e a alteração do regramento dos acordos de leniência, permitindo celebração de acordos independente de reconhecimento de crimes.

Janot argumenta que há ‘elementos concretos de atuação concertada entre parlamentares, com uso institucional desviado, em descompasso com o interesse público e social, nitidamente para favorecimento dos mais diversos integrantes da organização criminosa”.

Há alguns meses esse assunto veio à tona, mas terminou sendo abafado e muita gente achava que teria sido arquivado definitivamente, mas agora o que se espera é que o Janot, que tem gozado de certa credibilidade,  não feche a pasta e guarde o assunto, pois o Brasil presisa se limpar de tantas sujeiras que vem inundando e imundando os olhos e ouvidos dos brasileiros de bom senso, que ainda resta neste país. Fonte o Cafezinho

Carmem Lúcia, em carro popular, visita os pais em Espinosa, Norte de Minas


Resultado de imagem para foto de carmen lucia

A ministra comeu coxinha no bar do Osvaldo e a balconista disse que é gente boa

BELO HORIZONTE – Nada de aeronaves ou carros oficiais. A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, desembarcou discretamente no norte de Minas para visitar parentes no fim de semana passado. Usou avião de carreira, alugou veículo popular no aeroporto de Montes Claros, comeu coxinha e chupou pirulito no trajeto até Espinosa, cidade de 35 mil habitantes onde mora seu pai, Florival Rocha, de 98 anos.

A passagem da ministra por Minas foi registrada em fotos publicadas nas redes sociais. Na chegada ao aeroporto de Montes Claros, na sexta-feira, 3, foi parada para selfies. A diária do veículo popular que Cármen Lúcia alugou para ir até Espinosa, a 230 quilômetros de Montes Claros, custa R$ 115.00.

No trajeto até a cidade dos pais, a ministra fez parada para lanche em Porteirinha, a 170 quilômetros de Montes Claros. Cármen Lúcia comeu coxinha no bar do Osvaldo, no centro da cidade. A ministra foi atendida por Célia de Castro Brito, de 24 anos. “Não a reconheci. Depois, uma mulher chegou aqui perguntando se a ministra tinha comido na lanchonete. Aí, entrei em um grupo de WhatsApp e vi que a pessoa que eu tinha atendido era ela”, disse Célia. “É gente muito boa.”

Na saída, conforme a atendente, Cármen Lúcia também comprou pirulitos.

Simples. Nascida em Montes Claros, Cármen Lúcia é conhecida pela simplicidade. Solteira e sem filhos, a ministra usa imóvel funcional em Brasília e carro próprio para ir ao trabalho. Em Belo Horizonte, onde tem apartamento, durante as eleições municipais do ano passado, chegou de táxi, sozinha, para votar em uma escola do bairro Santo Agostinho, na região centro-sul da cidade.

Quando está em Belo Horizonte, Cármen Lúcia também vai à padaria e, nas palestras que faz, costuma relatar casos em que, ao fazer deslocamentos de táxi, ouve dos motoristas, que às vezes não a reconhecem, comentários sobre o STF e sua própria atuação como ministra. Cármen Lúcia afirma nunca se identificar para o conduto. ESTADÃO.

 

‘Decisão é ridícula’, diz Trump sobre liminar da Justiça


 

Por Folhapress: O presidente dos EUA, Donald Trump, criticou neste sábado (4), em uma rede social, a liminar concedida por um juiz federal de Seattle que suspende o decreto anti-imigração assinado em 27 de janeiro. “A decisão deste pseudo juiz, que essencialmente tira do nosso país o cumprimento da lei, é ridícula e será derrubada!.”

Horas depois, ele voltou a criticar a decisão pelas redes sociais. “Para onde nosso país está indo quando um juiz pode paralisar um veto de viagem do Departamento de Segurança Doméstica e qualquer um, inclusive com más intenções pode entrar nos EUA?”

E concluiu: “Porque o veto foi derrubado por um juiz, muitas pessoas muito ruins e perigosas podem estar entrando aos montes no nosso país. Uma decisão terrível.”

Na noite de sexta (3), o porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, divulgou um comunicado segundo o qual o governo entraria com um recurso já neste sábado (4) contra a decisão “ultrajante” do juiz James Robart.

Para a oposição, o ataque de Trump foi uma falta de respeito ao Judiciário. “Ele está minando todo o sistema de governo, não só as decisões das que discorda”, disse o senador democrata Ben Cardin.

O líder democrata da Comissão de Inteligência Doméstica na Câmara, Adam Schiff, foi mais duro. “Leia a ‘pseudo’ Constituição”, disse.

Com a suspensão do decreto, os cidadãos dos sete países de maioria muçulmana (Iêmen, Irã, Iraque, Líbia, Síria, Somália e Sudão) que estavam impedidos de entrar nos EUA por 90 dias passaram a ser aceitos pelas companhias aéreas no embarque de voos para solo americano.

A Qatar Airlines foi a primeira a voltar a permitir esses passageiros, desde que estejam com vistos válidos. Air France, Emirates, Iberia e Lufthansa, entre outras, fizeram o mesmo.

A mudança nas regras provocou uma correria a aeroportos na Europa e no Oriente Médio. No entanto, para algumas pessoas que haviam mudado seus planos devido ao veto, a nova mudança nas regras não dá garantias suficientes.

Em Dubai, Tariq Laham, 32, e sua noiva polonesa Natalia abandonaram os planos de viajar aos EUA após se casarem, em julho. O casal não irá rever a decisão. “É muito arriscado, disse Laham, sírio que trabalha numa empresa de tecnologia em Dubai. “A cada dia você acorda e há uma nova decisão.”

Quem conseguiu embarcar neste sábado comemorou: “Vamos viajar hoje, estou muito feliz. Finalmente, conseguimos”, afirmou o iraquiano Fuad Sharef, que foi impedido de ir a Nova York com a família na semana passada.

O iemenita Ammar Alnajjar gastou US$ 1.000 para conseguir voltar no sábado de Istambul para Memphis, onde estuda. Ele afirma ter ficado uma hora sendo interrogado no aeroporto de Nova York e esbravejou contra o presidente: “É um racista que estragou meu futuro.”

Apesar das críticas de Trump, que passará o fim de semana em seu resort de Mar-a-Lago, na Flórida, o Departamento de Segurança Doméstica orientou seus funcionários, em e-mail interno divulgado na noite de sexta (3), a cumprir a decisão judicial.

O impasse, porém, ainda gera confusão. A Embaixada dos EUA em Bagdá informou que ainda esperava orientação do Departamento de Estado para comunicar aos iraquianos se as restrições estavam realmente suspensas.

“Marisa, descanse, o seu Lulinha Paz e Amor vai continuar na luta”


Resultado de imagem para foto de lula com marisa

Marisa cuidando de Lula quando ele estava doente, fazendo um tratamento para curar um câncer

 

Após discurso emocionado, bispo católico Dom Angélico Bernardino disse a Lula: “Esse bispo velhinho, quer lhe dar um conselho: a partir de amanhã, descanse. Porque o Brasil precisa muito de você.”

 

Por Patrícia Faermann: “Se alguém tem medo de ser preso, esse que está enterrando a sua mulher hoje não tem, porque primeiro eu tenho a consciência tranquila. Não sou eu que tenho que provar que sou inocente, eles que tem que provar que as mentiras que estão contando são verdadeiras. Marisa, descanse em paz, o seu Lulinha paz e amor vai continuar em luta, para defender a sua honra e a sua luta”.

Foram as últimas palavras do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no velório de Marisa Letícia, na tarde deste sábado (04), no Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo, onde Lula a conheceu.
Em discurso emocionado, Lula agradeceu a todos os presentes, familiares, amigos, políticos e simpatizantes, que deram apoio a Lula e homenagearam dona Marisa. No local onde conheceu a ex-primeira-dama, lembrou a importância daquele salão: “Possivelmente a minha vida não seria um décimo do que é se não fosse esse sindicato, se não fosse esse salão. Vocês não tem noção que a representatividade que esse espaço teve na minha vida.

“Aqui aprendi a falar, aqui decidimos a combater a ditadura militar, aqui criamos um novo sindicalismo, aqui foi onde pensamos em criar a CUT, o PT, todas as greves nessa categoria e do movimento sindical brasileiro, e aqui eu conheci a Marisa, aqui eu casei com a Marisa.”
Resumiu Lula: “Eu sou resultado das greves, mas também sou resultado de uma menina que parecia frágil e que me deu a garantia de que eu poderia viajar para ajudar a criar a CUT. Ela segurava a barra dos filhos”.
Muito emocionado, o ex-presidente recordou que nunca esteve presente, “por causa do PT e da CUT”, mas que Marisa Letícia deu todo o suporte e apoia à família. “Ela praticamente criou os filhos sozinha, era ela que ia na escola,  na verdade ela foi mãe, ela foi pai, foi tia, foi tudo, cuidou de todos e nunca reclamou de nada”.
Em homenagem a ela e às lembranças da vida de Marisa, Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que “o casamento é o maior exercício de democracia que se pode ter,”. “É no casamento que você tem que ceder, você cede para a mulher, para o filho, eles cedem para você. Se você não tem a paciência do exercício da democracia, o casamento não se mantém”.
“Eu e a Marisa nunca brigamos, eu já brigava muito no PT, brigava muito no sindicato”, completou, dizendo ainda que viu nela a “companheira humilde” e que a ex-primeira-dama era “muito mais importante do que os ministros” de seu governo. “Ela sempre me dizia: você nunca se esqueça de onde você veio e para onde você vai voltar”.
“Eu tenho orgulho, ela viajou comigo esse mundo inteiro e nunca me pediu 10 dólares para comprar nada lá fora. Desde 1975, a minha conta bancária é no nome da Marisa”, narrou. “A Marisa se foi. Eu sofro menos do que as pessoas que não acreditam em Deus e não acreditam em outro mundo. Ela deixou muita gente, sobretudo os filhos e os netos”, disse Lula emocionado.
Antes de concluir, o ex-presidente mostrou a amargura de ver dor em Marisa nos últimos momentos de sua vida. “Eu tenho orgulho desta mulher, junto comigo a gente construiu um partido que a direita quer destruir. Na verdade, ela morreu triste”, disse com a voz paralisada pelo choro. “A canalhice que fizeram com ela, a imbecilidade que fizeram com ela, eu vou dedicar, eu tenho 71 anos, e vou provar que os facínoras que levantaram leviandade tenham um dia a humildade de pedir desculpas a ela”, finalizou.
Após as palavras emocionadas de Lula, o bispo católico Dom Angélico Bernardino, que conduziu a cerimônia religiosa, afirmou: “Esse bispo velhinho, porque eu que sou velho, quer lhe dar um conselho: a partir de amanhã, descanse. Porque o Brasil precisa muito de você.” Fonte jornal GGN

Morador de Lajedo do Tabocal que pediu ajuda no fim do ano para salvar sua irmã, volta e diz; “minha irmã recebeu um milagre”


Morador de Lajedo do Tabocal diz “minha irmã recebeu um milagre”
O antes e depois (Foto: Montagem)

 

Matéria na íntegra do blogelymorais.com.br:  No dia 18 de dezembro do ano passado, o Blog do Ely Morais, publicou uma matéria sobre o estado de saúde de Rosilda Nunes Almeida de 36 anos que estava internada na UTI do Hospital Vila Alpina, zona leste de São Paulo. Rosilda que é irmã de José Carlos Nunes Almeida (Zé Carlos), diácono da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Lajedo do Tabocal e atual Secretário Municipal de Infraestrutura em seu município, deu entrada no hospital no dia 11 de dezembro, oito dias antes da matéria ser publicada.

A família de Rosilda entrou em desespero quando o médico que a acompanhava disse que o seu estado era gravíssimo, e que ela teria que ser transferida com máxima urgência para o Hospital São Paulo para realização de uma drenagem devido o seu quadro clinico ter piorado bastante. Rosilda chegou ao hospital da Vila Alpina com uma infecção pulmonar que acabou se transformando em uma inflamação generalizada. Começa aí uma verdadeira corrida contra o tempo, os desafios para salvar a vida da mulher só aumentavam.

Daniela Nunes Almeida (Dani) irmã de Rosilda, que mora em Salvador, teria que ir urgente para São Paulo para tentar a transferência para o Hospital São Paulo, porque os recursos no Hospital Vila Alpina já tinham encerrado. Os médicos daquela unidade hospitalar já não podiam fazer mais nada para salvar a vida daquela mulher. Mas para piorar, os seus familiares aqui na Bahia não tinham recursos financeiros para que Daniela viajasse para São Paulo de imediato, deixando todos ainda mais desesperados. Zé Carlos já estava há alguns meses desempregado e não tinha como fazer nada naquele momento para ajudar salvar a sua irmã e acabou tomando uma decisão muito dura para ele naquele momento, que foi pedir ajuda as pessoas, usando os Blogs da região, Facebook e WhatsApp e outros, pois ele viu nas redes sociais um meio de pedir socorro para não ver sua irmã morta.

Pastor David de Renato e Adailton Costa Sena 1º Líder de Missões da Igreja Assembleia de Deus
Pastor David de Renato no púlpito e o 1º
Líder de Missões Adailton Costa Sena

Mais um fato muito importante no seu pedido foi o essencial para o melhor acontecer, além de ajuda financeira ele que é evangélico pediu que todos orassem a Deus pela saúde de sua irmã. Varias Igrejas e pessoas não só da Bahia mais de outros estados aonde chegou o pedido daquele irmão aflito, entraram em uma corrente de oração muito forte em favor da doente. O 1º Líder de Missões da Igreja Evangélica Assembleia de Deus, da Praça da Alegria, na Vila Maria Alta, zona norte de São Paulo, Adailton Costa Sena que também é baiano de Lajedo do Tabocal, ficou sabendo da situação de Rosilda na mesma semana que foi divulgada a notícia e juntamente com o pastor David de Renato líder da igreja foram até o Hospital Vila Alpina e oraram por ela pedindo que Deus a curasse e abençoasse também seus familiares.

Mesmo com as dificuldades Dani conseguiu viajar para São Paulo, para cuidar da irmã que já morava lá há 21 anos no bairro São Mateus e também conseguir a transferência.  A batalha continuava, Rosilda foi transferida para o Hospital São Paulo e seus familiares ainda tiveram que sofrer mais um duro golpe, quando os médicos informou que devido o estado em que Rosilda se encontrava era necessário autorização da família para poder opera-la, pois a chance dela resistir era praticamente zero, ou seja “Só um Milagre”, mas a ultima coisa que os médicos podiam fazer para salva-la, era operar . A autorização para a operação foi dada e Rosilda que se encontrava em estado grave suportou a operação. Os dias foram passando e a mulher que chegou ser desenganada pela medicina, começa reagir para a surpresa de todos.

Na noite deste sábado Zé Carlos entrou em contato com a redação do Blog do Ely Morais, para informar que sua irmã já saiu da UTI, e já anda pelos corredores do Hospital. No final desta semana Rosilda fez as unhas e chegou brincar dizendo que queria um par de sapatos de salto alto para poder andar. A família foi informada pelos médicos que em breve ela estará recebendo alta e voltando para casa, onde estará recebendo o aconchego da família. Zé Carlos disse que não tem duvida alguma, que foi Deus que realizou o milagre na vida da irmã dele através das orações de todos. Feliz, Zé Carlos agradece a Deus e a todos em nome de Jesus, que contribuíram atendendo o seus pedidos para poder salvar a vida de sua irmã e manda este recado “Deus realizou um milagre na vida da minha irmã Rosilda através de suas orações”.

Zé Carlos que estava desempregado quando sua irmã foi internada e se encontrava triste por não poder ajuda-la financeiramente quando ela mais precisou, tendo que usar as redes sociais para pedir ajuda, foi nomeado Secretário de Infraestrutura do Municipal de Lajedo do Tabocal, tendo hoje um dos melhores salários da região.

E assim se cumpre mais uma vez o que está escrito em João 14:13

“E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho”.

A equipe do blog e jornal Café com Leite também fica feliz com a bela notícia, na certeza que Deus Pai, Filho e o Espírito Santo foram os autores deste milagre. A hora é de agradecer muito a Deus, por Ele ter enviado os seus anjos para ficar 24 horas por dia ao lado de Rosilda naquele hospital, onde ela estava longe de casa, mas com certeza sentindo confortada por Deus, amém? Aqui vai meu abraço para Zé Carlos, Dani, a própria Rosilda e a todos da família e amigos que oraram pela vida dessa lajedense. Ao amigo Ely Moraes, fica aqui as considerações de amizade e respeito pelo seu trabalho no blogdoelymorais.com.br.  Walter Salles

Senado Brasileiro: Já era de se esperar que ia dá PMDB na cabeça, pois essa é a fase do partido


Resultado de imagem para foto do senador eunicio oliveira

Senador Eunício Oliveira obteve 61 votos

Por Walter Salles: Sai PMDB e entra PMDB no senado! Com essa brincadeira de negociar votos, como acontece no Brasil de canto a canto, a começar pelo senado, já era de se esperar mais um peemedebista na cadeira do centro da mesa diretora daquela casa. O partido vai pra nada menos que uma dúzia de anos sendo o “leme do navio”. O PMDB  é considerado o maior partido do Brasil, só que ele nunca toma a linha de frente para, por exemplo, lançar um candidato à Presidência da República. Na verdade, o “grande” PMDB está sempre numa “corda bamba”, não que esteja sempre correndo o risco de cair, mas sim, o que acontece é que ele está sempre de olho em quem der mais para receber o seu apoio. Isso vem acontecendo em várias políticas para candidaturas de governadores e presidentes. Mas aí o leitor pergunta: mas não é um peemedebista que está Presidente da República na atualidade? Sim, claro, mas como foi que entrou?

Mas falando do Senado, o que houve, na verdade,  foi uma troca de cargos entre o ex-presidente da casa, Renan Calheiros, que passou a ocupar o cargo de liderança do partido na casa, cargo que era de Eunício e, naturalmente, Eunício Oliveira o cargo que era de Renan. Deu pra entender?

Resultado de imagem para foto do senador jose medeiros

Senador José Medeiros obteve 10 votos e outros 10 senadores votaram em branco

Bom, mas como não se deve julgar o político pela sigla e sim pelo seu perfil como cidadão, o que se espera é que o novo presidente, o Senador Eunício Oliveira, (PMDB CE) tenha uma boa atuação como presidente do Senado Brasileiro. Lembrando que o concorrente de Oliveira foi o Senador José Medeiros do (PSD MT) , que mesmo nadando contra a correnteza não abriu mão da sua candidatura.

Fique triste não, Medeiros. De acordo aos que já tiveram grandes êxitos na vida, nadar contra a correnteza deixa o “atleta” mais “musculoso” e encorajado para outras disputas.