Bolsonaro ataca o Nordeste: educação na região forma “militantes e desinformados”


Em mais um ataque do presidente Jair Bolsonaro, fica bem nítido que ele vê o povo nordestino com um certo diferencial, e está sempre com uma conversa e gestos que tratam o povo do amável Nordeste com uma certa diminuição. Se forma militantes então está formando pensadores, que, aliás, é o que mais tem no nordeste, pois é deste nordeste, que vem sendo massacrado pelo Governo Federal nos últimos três anos, que tem gerado as melhores cabeças, tanto na área política quanto na musicalidade, poesia e, de forma geral, o intelecto, o que matado muita gente sem expressão de raiva. Até aqui Café com Leite

Jair Bolsonaro voltou a atacar governadores do Nordeste e afirmou nesta segunda-feira (3) que, na região, a educação forma militantes e desinforma. Oito dos nove governadores nordestinos decidiram não aderir à iniciativa do Ministério da Educação (MEC) para a instalação de colégios militares na região.

“Se quiserem seguir formando militantes e desinformando, tudo bem”, disse Bolsonaro durante o lançamento da pedra fundamental do Colégio Militar de São Paulo, no aeroporto Campo de Marte.

O ataque de Bolsonaro vem no mesmo dia em que o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), anunciou que o novo piso salarial do Estado do Maranhão, Leia aqui para professores que trabalham 40 horas semanais nas escolas do será de R$ 6.358,96, mais que o dobro do piso nacional (R$ 2.886,240).

Error, no Ad ID set! Check your syntax!

Menino deixou seu cabelo crescer por 2 anos para fazer perucas para crianças com câncer


Ensinar e dar bons exemplos para as crianças desde cedo é muito importante, porém muitas vezes os pais se surpreendem com a iniciativa dos filhos que pensam em ajudar pessoas ou animais.

Um garoto de 8 anos, Thomas Moore, conseguiu ajudar três crianças somente com uma ação, na verdade, uma decisão que para quem precisa foi muito importante. 

O menino Thomas, um dia assistiu um vídeo em que uma menina contava sua experiência na luta contra o câncer, ela falou sobre a queda do cabelo por conta do tratamento de quimioterapia e radioterapia. O garoto se comoveu com a história da menina e decidiu que queria ajudar, pois tantas outras crianças deveriam estar passando pelo mesmo

problema.

 

A partir daquele momento, o pequeno Thomas não teve dúvida, ficaria sem cortar o cabelo até que crescesse o suficiente para doar e ajudar outras crianças que, assim como a menina do vídeo, também perderam o cabelo durante o tratamento contra algum tipo de câncer.

A família do menino concordou com a causa nobre, sentindo orgulho de uma criança com apenas 8 anos já ter um coração tão bom, voltado para fazer o bem.

O tempo passou e Thomas entendeu que estava na hora de finalmente realizar seu objetivo. Foram 2 anos se adaptando e aprendendo a cuidar do cabelo de maneira que evitasse ficar fraco e quebradiço, uma vez que a motivação para deixar o cabelo crescer foi para cortar e doar.

O dia de cortar o cabelo chegou e a tia do menino compartilhou na rede social, ela ficou emocionada com a atitude do sobrinho, por isso publicou fotos e escreveu na legenda; “Meu sobrinho deixou o cabelo crescer por dois anos para doá-lo a outras crianças com câncer”.

A história do menino Thomas viralizou e recebeu elogios de todo o mundo. Veja alguns:

“Por favor, diga ao seu sobrinho que ele é um jovem maravilhoso. Que Deus o abençoe”. “Menino bonito com um coração bonito.” “Crianças assim dão esperança ao nosso futuro.” “É muito bom, que criança atenciosa, meu coração derrete.”

Lorenna Vieira acusa banco Itaú de racismo: “Humilhada e esculachada”


A empresária Lorenna Vieira relatou episódio de racismo no banco Itaú. Foto: Reprodução/Facebook

A EMPRESÁRIA LORENNA VIEIRA RELATOU EPISÓDIO DE RACISMO NO BANCO ITAÚ. FOTO: REPRODUÇÃO/FACEBOOK

Empresária e esposa do DJ Rennan da Penha diz ter sido conduzida à delegacia após tentar sacar 1.500 reais de sua conta

A empresária Lorenna Vieira, esposa do DJ Rennan da Penha, afirmou ter sido vítima de preconceito e racismo em uma agência do banco Itaú, na quinta-feira 30. Em sua conta no Twitter, ela escreveu que foi retirada da agência pela Polícia Civil, “humilhada e esculachada”, por suspeita de fraude.

“Fui retirada do banco Itaú pela Polícia Civil. Humilhada e esculachada por minha conta receber um bom dinheiro. E segundo eles, é fraude e mais várias coisas. Meu dinheiro está preso e eu quase fui presa por nada!!!!!! Não é porque eu sou preta e humilde que eu sou criminosa!!!”, publicou a empresária. “Itaú, e seus funcionários, racistas ou não? Preconceituosos ou não? Me fizeram esperar até o banco fechar, dizendo que estavam resolvendo meu problema e chamaram a polícia??????”, protestou.

Lorena@badgallore

Fui retirada do banco @itau pela polícia civil
Humilhada e esculachada
Por minha conta receber um bom dinheiro
E segunda eles, é FRAUDE E MAIS VÁRIAS COISAS
Meu dinheiro está PRESO e eu quase fui PRESA por NADA!!!!!!
Não é pq eu sou preta e humilde que eu sou criminosa!!!

42,5 mil pessoas estão falando sobre isso

Ao site G1, Lorenna contou que foi a uma agência no bairro da Penha, na zona Norte do Rio de Janeiro, para desbloquear um cartão e sacar 1.500 reais. Segundo ela, as funcionárias acharam que as movimentações financeiras em sua conta eram suspeitas.

“Eu fui ao banco tirar um dinheiro e desbloquear um cartão, porque perdi cartão e o outro não chegou na minha casa. Eu tive que ir lá buscar. Chegando lá, deu que estava bloqueado. Aí elas (as funcionárias) começaram a falar ‘ah, o banco pode achar que é fraude, que você é laranja’ e me deixaram lá esperando’”, afirmou ela ao veículo.

Ela diz que, em seguida, as funcionárias disseram que só faltava “mais 15 minutinhos” para o problema ser resolvido. Então, três policiais apareceram e Lorenna foi levada para a delegacia, sem receber maiores explicações ou avisos.

“Elas [as funcionárias] estavam falando que ‘entrou uma quantidade de dinheiro e a gente não sabe de onde vem’. Eu fiquei sem entender. Eles começaram a cochichar, os funcionários do banco começaram a me olhar. Eu não estava entendendo. A funcionária falou para a gente esperar um pouco e saiu. Ela não voltou mais, quem voltou foi a Polícia Civil. Três policiais falando para eu ir para a delegacia”, disse ao G1.

Ela narra que, ao chegar à delegacia, apresentou sua carteira de identidade e o policial falou que “era quase impossível” saber se a foto era real, porque seu cabelo estava liso na imagem. O PM teria dito ainda que ela deveria jogar sua carteira fora e fazer outra com seu cabelo natural. “Se é uma pessoa branca que tem o cabelo alisado e depois deixa encaracolar, ninguém faria isso”, disse ao site.

Em nota, o banco Itaú afirmou que o procedimento adotado na agência “é padrão” e disse que é contra atos discriminatórios. “O Itaú lamenta pelos transtornos causados a Lorenna Vieira nesta quinta-feira, no Rio de Janeiro, e já entrou em contato com ela para resolver a situação. O Itaú esclarece que o procedimento adotado na agência é padrão em casos de suspeita de fraude, e não tem qualquer relação com questões de raça ou gênero. O Itaú acredita que toda forma de discriminação deve ser combatida”, escreveu a empresa.

Lorenna manifestou-se publicamente contra a nota do Itaú e contestou a alegação de que um “procedimento padrão” foi seguido pela agência.

“Procedimento padrão? Dizer que está resolvendo meu problema, me fazer esperar até depois do horário de fechar o banco. Não me informar o que estava acontecendo, mentir pra me prender lá, não deixar eu sair e chamar a Polícia Civil? Isso é procedimento padrão? Não poderia ser de outro jeito? De um jeito mais humano? Me contar o que vocês estavam pensando sobre mim? O jeito era simplesmente chamar a Polícia Civil pra eu ser retirada dali como uma criminosa, humilhada?”, escreveu.

Lorena@badgallore

Procedimento padrão? Dizer que está resolvendo meu problema, me fazer esperar até depois do horário de fechar o banco. Não me informar o que estava acontecendo, mentir pra me prender lá, não deixar eu sair e chamar a POLÍCIA CIVIL??????? Isso é procedimento padrão? Não poderia++ https://twitter.com/itau/status/1223078939834429442 

Itaú

@itau

Respondendo a @itau @badgallore

O Itaú esclarece que o procedimento adotado na agência é padrão em casos de suspeita de fraude, e não tem qualquer relação com questões de raça ou gênero. O Itaú acredita que toda forma de discriminação deve ser combatida.

Lorena@badgallore

Ser de outro jeito? De um jeito mais humano???? Me contar o que vocês estavam pensando sobre mim????? O jeito era simplesmente chamar a polícia civil pra eu ser retirada dali como uma criminosa, humilhada???????
Ah não, agora sim fiquei puta!

1.839 pessoas estão falando sobre isso

O episódio figurou entre os assuntos mais comentados do Twitter nesta sexta-feira 31. Algumas figuras públicas demonstraram indignação com a conduta dos funcionários da agência. O ator José de Abreu, por exemplo, anunciou que solicitou o cancelamento de sua conta no banco, e o youtuber Felipe Neto cobrou explicações da empresa.

José de Abreu

@zehdeabreu

Acabo de enviar para a gerente de minha conta no Itau Personnalité:
“Em função da postura racista do Banco, quero encerrar minha conta. Estou baixando todas as minhas aplicações e não sei como faço com a previdência que não posso mexer Pode me ajudar?”@itau https://twitter.com/Gledson_rec/status/1223285572409663490 

Gledson oliveira@Gledson_rec

Quem tiver conta ou débitos cobrados pelo #ItauRacista e está indignado com o procedimento padrão desse banco espúrio, pode transferir seus débitos e conta para outro banco #ficaadica #CancelaItau banqueiro só sente na margem de lucros!@zehdeabreu @erikakokay @felipeneto

1.866 pessoas estão falando sobre isso

Os deputados federais Paulo Pimenta (PT-RS), Jandira Feghali (PCdoB-RJ) e Sâmia Bomfim (PSOL-SP) também publicaram notas em defesa de Lorenna. No Instagram, dezenas de internautas publicam comentários nas fotos da conta da empresa para denunciar o caso de racismo. Fonte Carta Capital

 

“Não sei quem vai ser candidato em 2022, mas eles precisam saber que vamos ganhar as eleições”, disse Lula


Recentemente o ex-presidente Lula disse que quer percorrer o país inteiro, na busca de resgatar a credibilidade do PT, pois quando ele saiu do seu segundo mandato, a sua aprovação foi de 87%, o que deixou os grandões da direita, bem como a mídia e outras instituições eufóricos, achando que nunca mais voltariam ao poder e que alguma coisa tinha que ser feito para mudar o quadro, como de fato, conseguiram alguns anos depois com a cassação da Dilma, ainda que sem motivo, o que faz o mundo inteiro enxergar que foi um golpe. A mídia, sobretudo a Globo se encarregou de fazer aqueles 87% de aprovação do Lula, cair, pois cada vez que pronunciava o nome de Lula na TV, aparecia uma manilha saindo dinheiro sujo de dentro, o que atingiu o sub consciente de uma parte do povo brasileiro mesmo sem provas de nada, que hoje são perdoados pela sua ignorância e por acreditar nas palavras de uma mídia mercenária, quem sem saber o que estão falando dizem, apenas isso sem mais argumentos, “o Lula quebrou o Brasil”.

Agora, com o Lula ainda não livre, mas solto e podendo circular pelo país, apesar da mídia aberta não mostrar nada, ele já avisou que vai seguir levando o seu recado em cada praça, becos e esquinas deste país,  em busca de resgatar a sua credibilidade. Veja o vídeo no final da matéria. Até aqui Café com Leite .

Resultado de imagem para foto de lula falando ao microfone"

 

Durante viagem à Minas Gerais, o ex-presidente Lula falou com a militância do PT, o que foi uma verdadeira injeção de ânimo. Ele disse que o partido precisa ir à rua conversar com o povo e esclarecer o golpe contra a ex-presidenta Dilma Rousseff em 2016 e a prisão injusta a qual ele foi submetido.

Lula falou também das eleições presidenciais de 2022. Ele cravou que o PT ganhará a eleição, não importando o candidato. “Eu não sei quem vai ser candidato em 2022, mas eles têm que saber que nós vamos ter candidato e vamos ganhar as eleições deles. Eles têm que saber!”.

Ele provocou a militância ao questionar se o povo ficaria quieto diante das mentiras contadas sobre o golpe contra Dilma. “Vamos lançar candidato e vamos para a rua, vamos dizer o que está acontecendo com esse povo, vamos dizer que quem quebrou esse país não foi a Dilma, foi a safadeza deles que criaram uma mentira para poder fazer o impeachment da Dilma. Tudo isso eles criaram contra nós e nós ficamos quietos?”.

“O PT tem obrigação, tem muita gente nesse país que depende de uma palavra do PT. Muitas vezes a gente ouve as palavras das pessoas que não gostam da gente, mas deve ouvir das pessoas que gostam da gente. Quando a gente tiver problema com o papel da gente vamos para a rua conversar com o povo, vamos visitar os bairros mais pobres, vamos nas portas de fábricas, nas portas de comércio, vamos explicar para as pessoas que estão duvidando da gente”, concluiu o ex-presidente. Com informações do 247

 

Governo anuncia plano de resgate aos moradores Brasileiros que moram na China, por conta do Coronavírus


Mais de 8 mil casos do novo coronavírus foram confirmados até agora - Reuters

 

Mais de 8 mil casos do novo coronavírus foram confirmados até agora

De acordo a UOL o  Ministério das Relações Exteriores afirmou em nota que o governo está adotando todas as medidas necessárias para trazer de volta ao Brasil os cidadãos brasileiros que se encontram na província de Hubei, especificamente na cidade de Wuhan, na China, região de origem da epidemia do coronavírus.

Segundo o ministério, todos os brasileiros que se encontram naquela região e que manifestarem desejo de retornar ao Brasil serão trazidos de volta. Assim que chegarem ao Brasil, eles deverão ser submetidos a um período de quarentena, de acordo com procedimentos internacionais, sob a orientação do Ministério da Saúde.

Encantador de serpentes morre após ser mordido por cobra-rei, veja vídeo


Durante uma apresentação, um encantador de serpentes foi mordido duas vezes por uma cobra-rei e morreu. O caso aconteceu na Indonésia. O homem, conhecido como Norjani, havia prendido a cobra por uma semana em uma casa de madeira para uso medicinal. No entanto, resolveu mostrá-la para o público e acabou sendo atacado pelo animal.

O momento do ataque foi gravado por quem via a apresentação. Nas imagens, é possível observar o homem segurando a cobra de 5 metros de comprimento. O animal se lança contra o rosto do homem, que ri e segura a cabeça do réptil.

Segundo o jornal britânico Metro, mais de duas horas após a apresentação, Norjani passou mal e foi levado ao hospital, onde recebeu um antídoto. No entanto, o veneno da cobra já havia se espalhado por todo o corpo e, horas mais tarde, ele foi declarado morto.

Para vingar a morte de Norjani, a família resolveu matar a cobra cortando sua cabeça. Um ato que eles acreditam que vingaria qualquer espírito maligno.

Fonte Jornal de Brasília

 

Os tempos sombrios da ditadura estão voltando: Alerta Paulo Coelho


Em vídeo, Veja aqui, o escritor parabeniza a cineasta Petra Costa, diretora do documentário Democracia em Vertigem, e relata sua prisão na ditadura em 1974, durante a ditadura militar. “Para minha surpresa, esses tempos sombrios estão de volta novamente”. Assista

Para muitos, até jovens, que por farra, porém sem imaginar o que é uma ditadura, muitas vezes pedem o regime. Mas, para quem acompanhou os acontecimentos da década de sangrenta de 70, ou, muitos que perderam parentes que foram levados pra nunca mais voltar, sabem muito bem da tenebrosa década sete zero.

Paulo Coelho fala sobre Democracia em Vertigem

Um dos escritores mais lidos do mundo, Paulo Coelho gravou um vídeo em apoio ao documentário Democracia em Vertigem, indicado para o prêmio de Melhor Documentário no Oscar 2020, e parabenizou a cineasta Petra Costa por “denunciar a situação no Brasil”.

Ele relatou como aconteceu sua prisão pelos militares em 1974, durante a ditadura militar, e lamentou que esses “tempos sombrios parecem estar voltando novamente”, agora com o governo de Jair Bolsonaro.

“Para minha surpresa, esses tempos sombrios estão de volta novamente, com Bolsonaro no governo. E quanto eles votaram pelo impeachment de uma presidente eleita, ele mencionou um dos mais selvagens e loucos torturadores como seu ídolo”, disse.

“Eu estou muito feliz que a Petra Costa está denunciando isso e tenho certeza que todos no Brasil que têm um mínimo de coração e alma verão isso como um manifesto contra os tempos sombrios que infelizmente parecem estar voltando”, completou.

Ao final, ele recomenda o filme e parabeniza Petra “em nome de todos que perderam seus filhos e filhas na ditadura, ou sua sanidade”. Assista:

Imprensa está sendo amordaçada no Brasil, diz Edward Snowden


Imprensa está sendo amordaçada no Brasil, diz Edward Snowden.
Imprensa está sendo amordaçada no Brasil, diz Edward Snowden. (Foto: Reprodução | Reuters)

O jornal francês Le Monde que chegou às bancas na tarde desta sexta-feira (31) traz um artigo de meia página assinado por Edward Snowden. O ex-analista da NSA diz que a liberdade de imprensa está em risco no Brasil e defende o jornalista Glenn Greenwald, acusado de auxiliar e orientar hackers a invadir telefones de autoridades brasileiras.

Snowden começa o artigo afirmando que as acusações contra fundador do site The Intercept Brasil são “absurdas”. Ele tece elogios ao jornalista, lembrando Greenwald foi recompensado com um Pulitzer, o equivalente ao prêmio Nobel de jornalismo, e que algumas de suas revelações respingaram em personalidades de peso da política e da justiça brasileira, como o juiz Sergio Moro.

Para Snowden, a alegação usada pela justiça brasileira, que usa o termo “conspiração” para descrever os jornalistas que fornecem e publicam os documentos vazados, “é o mesmo argumento usado pela administração de Donald Trump nos Estados Unidos para acusar o fundador do WikiLeaks, Julian Assange”.

O ex-analista Agência de Segurança Nacional americana (NSA, na sigla em inglês), que está refugiado na Rússia após ter vazado informações sobre o programa de vigilância em massa do governo dos Estados Unidos, alerta para um impacto global do caso Greenwald. Segundo ele, as acusações visando o jornalista “ameaçam a liberdade de imprensa no mundo inteiro”.

Tanto Greenwald quanto Assange irritaram muita gente, relata Snowden. Principalmente por terem publicado informações que “grandes grupos tinham dissimulado por razões políticas”. “É provável que as autoridades desses dois países [Estados Unidos e Brasil] tenham imaginado que as divergências na opinião pública desviariam a atenção da população para o perigo maior que esses processos representam para a liberdade de imprensa”, martela nas páginas do Le Monde.

Dissuadir os jornalistas mais corajosos

Para Snowden, ambos os processos têm como objetivo “tentar dissuadir os jornalistas mais corajosos de fazerem investigações agressivas”.  Por essa razão, insiste o ex-analista da NSA, logo após o anúncio das acusações contra Greenwald e Assange, dezenas de associações de defesa das liberdades civis e dos jornalistas se manifestaram.

“Em todas as épocas, o jornalismo mais essencial é justamente o que os governos tentam silenciar. As acusações atuais mostram que, se tiverem a possibilidade, os governos brasileiro e americano estão prontos para amordaçar a imprensa”.

Com informação do Brasil 247

Moro deixa miliciano “capitão Adriano”, ligado ao clã Bolsonaro, fora da lista dos mais procurados


“Naquela Lista está faltando ele e muito mais eles o Queiroz também”...Pois é: seria bom que na lista dos mais procurados, enviada pelo Ministro Sergio Moro, estivessem figuras que ficaram famosos pela mídia digital, já que a mídia aberta está fechada com o governo, dentre eles o Queiroz, o Adriano citado aí na matéria do 247 e muitos outros.

É muito triste quando se percebe que nitidamente o Sergio Moro tem tratado a questão justiça, desde o tempo em que era Juiz lá em Curitiba, como uma especie de pessoas que sofreram um derrame, e que geralmente ficam com um lado do corpo meio esquecido e dormente. A população tem observado que existe uma ala das pessoas que cometeram e cometem crimes, pelo menos com bastante vestígios, que não é tocada. À medida em que alguma investigação chega perto de desvendar o caso, sempre algo é feito para desfazer tudo e a imprensa grande, a aberta, nada diz.

Na verdade, a imprensa brasileira hoje já não tem a liberdade de publicar os fatos reais, ainda que muito jornalistas sintam essa vontade, pois os patrões não deixam, o que faz a liberdade de imprensa ir pro esgoto. Como disse o ex-analista da NSA, Edward Snowden, a impressa está amordaçada no Brasil.

Em artigo no jornal Le Monde, o ex-analista da NSA defendeu Glenn Greenwald e diz que a alegação usada pela justiça brasileira, que usa o termo “conspiração” para descrever os jornalistas que fornecem e publicam os documentos vazados, “é o mesmo argumento usado pela administração de Donald Trump para acusar o fundador do WikiLeaks, Julian Assange”. O pior de tudo é que o jornalismo verdadeiro no Brasil, que hoje é basicamente ligado aos grandes sites, muitas vezes são criticados pelo próprio povo, que, por ser desinformado e nem perceber que está se alienando de tanta manipulação, termina chamando os profissionais verdadeiros de “jornalistazinhos”. Leia aqui.

Bom. No caso da lista do Moro, seria mais descente para o ministro, que ele colocasse a lista completa dos procurados. Até aqui café com Leite; 

 

Blindando o clã Bolsonaro, o ministro da Justiça, Sergio Moro, não incluiu na lista dos mais procurados do Brasil o ex-capitão Adriano da Nóbrega, acusado de comandar a mais antiga milícia do Rio de Janeiro e suspeito de integrar um grupo de assassinos profissionais do estado.

Adriano teve duas parentes nomeadas no antigo gabinete do senador Flávio Bolsonaro, na Alerj, e clã se preocupa com a eventual vinculação do gabinete com o sobrenome do ex-capitão, como revelou mensagens trocadas entre o ex-assessor de Flávio, Fabricio Queiroz, e Adriano.

“Sobre seu sobrenome… Não querem correrem risco, tendo em vista que estão concorrendo e visibilidade que estão. Eu disse que vc está separada e está se divorciando”, escreveu Queiroz para Danielle, ex-esposa de Adriano, que também era funcionário do gabinete, em dezembro de 2017.

Segundo reportagem do jornal Folha de S.Paulo, Adriano está foragido há mais de um ano e é citado na investigação que apura a prática de “rachadinha” no antigo gabinete do senador Flávio Bolsonaro (sem partido-RJ) na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro).

De acordo com o Ministério da Justiça, acrescenta a reportagem, o ex-capitão não foi incluído na lista porque “as acusações contra ele não possuem caráter interestadual, requisito essencial para figurar no banco de criminosos de caráter nacional”. Fonte 247

Governo assina contrato para obras de nova ponte sobre o Rio de Contas


  Governo assina contrato para obras de nova ponte sobre o Rio de Contas

O governo do estado, através da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), assinou, nesta terça-feira (28), o contrato com a empresa vencedora da licitação para a implantação de uma nova ponte sobre o Rio de Contas, na região de Jequié. Conforme informações do diário dficial do estado desta quinta (30), além da nova ponte sobre o Rio de Contas, as obras incluem uma articulação viária do entorno e a requalificação urbana da Avenida Tote Lomanto e do seu entroncamento com a BR-116, no município de Jequié. A empresa contratada, Top Engenharia Ltda., receberá R$ 25.569.507,03 para realizar as obras, que têm um prazo de execução de 18 meses. Fonte: Bahia Notícias.

 

Enfermeira é suspeita de envenenar cinco bebês prematuros com morfina


As investigações apontaram que a mulher agiu de forma premeditada e “aceitou que os bebês poderiam morrer”

Na última quarta-feira (29), uma enfermeira foi presa suspeita de envenenar cinco bebês prematuros com morfina, incluindo uma criança de um dia, em um hospital alemão. De acordo com o jornal DailyMail, os investigadores encontraram uma seringa com leite materno e vestígios de morfina no armário da enfeira no  no hospital universitário de Ulm, no sul do país.

Segundo o chefe de polícia de Ulm, Bernhard Weber, os bebês, que tinham entre um dia e um mês de idade, subitamente desenvolveram problemas respiratórios “quase ao mesmo tempo” nas primeiras horas de 20 de dezembro de 2019.

“Somente por causa da ação imediata da equipe, as cinco vidas foram salvas”, contou Bernhard Weber em entrevista coletiva.

Na mesma coletiva, o promotor de justiça   Christof Lehr disse que a enfermeira foi levada sob custódia e ainda não foi formalmente acusada, mas enfrenta cinco acusações de tentativa de homicídio culposo.

Coronavírus acaba de ser decretada emergência sanitária global pela OMS


A Organização Mundial da Saúde (OMS) decidiu declarar nesta quinta-feira (30) o novo coronavírus 2019 n-CoV como uma emergência de saúde pública de interesse internacional. Para a OMS, o surto é “sem precedentes”

(Foto: Xinhua)

A Organização Mundial da Saúde (OMS) decretou nesta quinta-feira, 30, situação de emergência sanitária global por conta do novo coronavírus.

Após reunião em Genebra entre especialistas e governos atingidos pelo vírus, a OMS declarou que o surto é “sem precedentes”. “Isso não é uma declaração de não confiança com a China”, indicou a OMS. “Esse é o momento para que os fatos prevaleçam, não o medo”, declarou a OMS, segundo o jornalista Jamil Chade.

A entidade alertou também que não há necessidade de restrição de viagens e nem de comércio e que a decretação de emergência é uma maneira pragmática de apoiar países que não teriam a capacidade de lidar com um eventual surto. Fonte 247

 

Chico Buarque: temos um país governado por loucos


(Foto: Divulgação)

247 – O cantor e compositor Chico Buarque defendeu nesta quinta-feira, o documentário Democracia em Vertigem, da cineasta Petra Costa, que concorre ao Oscar de melhor documentário.

Em vídeo divulgado nas redes sociais, Chico avalia que Petra Costa retratou com precisão os bastidores do golpe de 2016.

“A cineasta Petra Costa soube captar, com sensibilidade os bastidores da cena política, principalmente a partir de 2014, quando os derrotados não aceitaram o resultado das urnas e passaram a tramar, com apoio de grande parte da classe política, com a grande mídia e com a complacência da Justiça, começaram a tramar contra o governo de Dilma Rousseff. Não souberam esperar mais quatro anos, quando talvez pudessem implantar um governo liberal”, afirma Chico Buarque.

AUTOR DE CANETA AZUL VAI REALIZAR TURNÊ PELA EUROPA: “BLUE PEN, PEN BLUE”


Autor de Caneta Azul vai realizar turnê pela Europa: “Blue pen, pen blue”. Foto: Reprodução/Globo

 

Da reportagem de Carlos Dias no G1 Sorocaba e Jundiaí.

“Blue pen, pen blue”? Os versos do compositor de “Caneta Azul” atravessarão as fronteiras brasileiras depois de ultrapassarem os limites da internet. Aos 50 anos, o maranhense Manoel Gomes planeja uma turnê na Europa para os próximos meses.

A informação foi revelada ao G1 durante uma visita em uma barbearia de Sorocaba, no interior de São Paulo, em uma das viagens pelo Brasil na carreira meteórica com shows, comerciais e presença VIP em eventos.

“Já tirei o passaporte e o jeito é andar pelo mundão. Só não dou conta do inglês, tem que ser português”, brincou.

Segundo o empresário que o acompanha, as viagens devem começar em março ou abril para seis países, entre eles Portugal e Espanha.

“A rotina está boa, está muito corrida e andando de avião para cima e para baixo. Estou seguindo o que eu queria no mundo e graças a Deus estou ganhando espaço.Eu esperava ter uma vida assim porque sempre tive a esperança. Lá na minha cidade o pessoal já gostava das minhas músicas”, disse. Com informação do DCM.

Secretário de Trump fala em tom de comemoração: Coronavírus pode criar empregos nos EUA


“Acredito que ajudará a acelerar o retorno de empregos para a América do Norte, alguns para os Estados Unidos e, provavelmente, para o México também”, afirmou o secretário de Comércio dos EUA, Wilbur Ross, sobre o Coronavírus, que já matou 170 pessoas na China

O novo coronavírus já deixou 170 mortos na China.
O novo coronavírus já deixou 170 mortos na China. (Foto: Reuters)

Da AFP – O secretário de Comércio dos Estados Unidos, Wilbur Ross, disse nesta quinta-feira (30) que o novo coronavírus, que já deixou 170 mortos na China e deflagrou temores mundiais, pode criar empregos em seu país.

Ross comentou que o vírus é “muito infeliz”, mas também é um “fator de risco” a ser considerado pelas empresas para operarem, ou não, na China.

Até agora, 15 países foram afetados pelo novo vírus.

“Então, acredito que ajudará a acelerar o retorno de empregos para a América do Norte, alguns para os Estados Unidos e, provavelmente, para o México também”, afirmou.