Regina Duarte ironiza perda de Petra Costa no Oscar 2020


Crédito: Marcos Corrêa/PR

A atriz Regina Duarte ainda não foi oficializada no cargo de secretária da Cultura (Crédito: Marcos Corrêa/PR)

A atriz Regina Duarte usou sua conta oficial no Instagram na noite deste domingo (9) para ironizar o desempenho do documentário “Democracia em Vertigem”, de Petra Costa, no Oscar 2020. A produção brasileira perdeu a estatueta de melhor documentário para o filme “Indústria americana”.

“Um oscar pra você que foi pra rua derrubar o governo mais corrupto da história”, diz a imagem postada por Regina acompanhada de uma foto de uma manifestação pró-impeachment contra a ex-presidente Dilma Rousseff na Avenida Paulista, em São Paulo.

Regina Duarte foi convidada para assumir o cargo na Secretaria de Cultura logo após a exoneração do dramaturgo Roberto Alvim, demitido por parafrasear discurso do nazista Joseph Goebbels. Ela ainda não foi oficializada no cargo.

Na postagem, alguns internautas criticaram o posicionamento da atriz. “A senhora deveria ter o mínimo de decoro. O mínimo que se esperaria de uma suposta secretária da Cultura é que parabenizasse e torcesse pelo filme brasileiro no Oscar. Pra falar besteira irônica sobre um filme que está concorrendo ao maior prêmio do cinema no mundo, era melhor ficar quieta”, escreveu um usuário.

Muito triste vê uma atriz que tem história, como Regina Duarte, e só porque foi convidada, (ainda não tomou posse) por  Bolsonaro para assumir a pasta de Secretária de Cultura, já começa falar agradando o chefe. Tudo bem que a democracia permite que as opiniões se dividam entre tal e tal político ou presidente. Mas declarar que o Goverdo PT foi o mais corrupto da história e ironizar a perda do Óscar da Petra, é ser ante cultura na pasta da Cultura, como está acontecendo em outras pastas de ministérios. O do Meio Ambiente é inimigo do Meio Ambiente; o da educação é inimigo de uma boa educação para os brasileiros; o da Justiça deixou de fora da lista dos mais procurados o miliciano Adriano da Nóbrega, morto recentemente, mas não estava na lista dos procurados. Por que?

Na opinião de muitos patriotas e que enxergam as coisas como devem, o Governo mais corrupto da história é quem afundou o país tomando dinheiro no FMI; quem vendeu parte das riquezas e quem está vendendo o resto que ainda existe. Mas quem pagou a dívida e ainda deixou uma gorda reserva de 377 bilhões de dólares para o Guedes vender agora, o trato tem que ser melhor.

Mas as coisas são bem preparadas. A mídia, sobretudo a Globo,  cuidou de distorcer a mente e o coração do povo brasileiro, e o moro fez  delação com presos para atingir o Lula, que aos poucos viu a sua popularidade de 87% de aprovação no segundo mandato, ser transformado em um “ladrão”, pois a mídia e outras instituições tem capacidade para isso. O povo, por sua vez,  foi preparado, em parte,  para ter uma cabeça assim. Fonte ISTO É, mas os três últimos parágrafos Walter Salles Café com Leite Notícias

Error, no Ad ID set! Check your syntax!

Donos de postos abusam dos preços e gasolina passa de 5 reais na Bahia.


noticias-08754d5872
Os donos de postos de combustíveis em Porto Seguro, na Bahia, estão metendo a mão no bolso do consumidor e praticando uma espécie de furto legalizado, o preço do litro da gasolina está variando de R$ 5,09, se for pagamento em dinheiro, até R$ 5,32 no cartão de crédito.
As férias para os turistas que forem de carro para a cidade do descobrimento vai ficar salgada nos fim das contas. No litoral norte da Bahia, um dos mais procurados pelos turistas, os postos de combustíveis da linha verde (BA 099) estão comercializando a gasolina a R$ 4,46.
Recentemente a Petrobrás reduziu em quase 10% o valor do litro da gasolinas nas refinarias, mas o consumidor não ver isso se refletindo nas bombas. Em Jequié, por exemplo, a gasolina custa em média R$ 4,70.  Fonte blog Jr.Mascote

Prefeito de Andaraí tem contas rejeitadas pelo TCM e é multado em mais de R$55 mil


O órgão fiscalizador apontou para a extrapolação do limite para despesa total com pessoal como causa da rejeição das contas.

As contas do exercício financeiro de 2018 do prefeito do município de Andaraí, na Chapada Diamantina, João Lúcio Carneiro (PSD), foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA) durante sessão desta terça-feira (11). A causa da rejeição das contas do gestor chapadeiro foi a extrapolação do limite para despesa total com pessoal, segundo aponta o TCM.

Em nota para a imprensa, o órgão fiscalizador frisa que “os gastos com pessoal representaram 59,34% da receita corrente líquida, superior, portanto, ao limite de 54%”. Quem relatou o parecer foi o conselheiro substituto Antônio Emanuel de Souza, que multou o prefeito João Lúcio em R$51.840,00.

Essa multa equivale a 30% dos subsídios anuais do gestor, pela não redução dos gastos na forma e nos prazos estabelecidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). O prefeito de Andaraí também sofreu multa de R$4 mil, pelas demais ressalvas contidas no relatório técnico. A decisão do TCM ainda cabe recurso do atual gestor da cidade da Chapada Diamantina. Fonte:Jornal da Chapada

A imagem pode conter: 1 pessoa, barba e texto

 

ÓDIO, MENTIRAS E DEFESA DO NAZISMO: COLABORADOR DO DCM SE INFILTROU NA REDE BOLSONARISTA


Matéria na íntegra do DCM: Entre os milhares de grupos de conversa de WhatsApp mantidos por simpatizantes e políticos de direita, em que se espalham notícias falsas e mensagens de ódio desde antes das Eleições de 2018, um novo perfil de fórum de debates tem surgido, de cunho ainda mais radical, assumidamente defensor de teorias e políticas nazi-fascistas.

Eu, Vinícius Segalla, jornalista, ao longo dos últimos seis meses, tenho participado de dezenas desses grupos. No início de agosto do ano passado, obtive convites para entrar em três grupos de discussão de WhatsApp. Eram eles: “Mito 2022”, “Apoiadores de Bolsonaro” e “Brasileiros Conservadores”. A partir daí, utilizando meu telefone celular pessoal e sem jamais esconder minha foto ou meu nome, passei a integrar cada vez mais grupos, sempre por meio de convites que surgiam dentro dos próprios grupos.

 

Assim, atualmente, pelo menos até a publicação desta reportagem, participo de 49 grupos de WhatsApp de direita. Entre eles, estão “Michelle Bolsonaro”, “Agora é 38“, “Viva Sergio Moro!“, “Militantes Bolsonaristas“, “Aliança Brasil 7“, “Ustra Vive 7“, e “Aliança Patriota“.

Algumas características de forma e conteúdo são comuns a todos os grupos de direita de que faço parte:

  • Apoio incondicional ao presidente Jair Bolsonaro e às políticas implementadas por seu governo
  • Intensa proliferação de notícias falsas e mensagens de ódio contra adversários políticos de Jair Bolsonaro e seu governo
  • Apoio incondicional à pessoa e às ideias do escritor Olavo de Carvalho
  • Proibição de divulgação de links e notícias produzidas por veículos de comunicação da imprensa tradicional brasileira, tratada genericamente como “Extrema-Imprensa”, “Mídia Esquerdopata” ou nomes semelhantes. Apenas são aceitos links e notícias produzidas por veículos alinhados ao governo Bolsonaro, como “Terça Livre”, Jornal da Cidade” ou “Presidentebolsonaro.com”.
  • Expulsão sumária daqueles que desrespeitam as regras acima

Circulam pelos grupos com frequência listas de nomes e números de telefones que já foram expulsos de um ou mais fórum de debates, identificados como “sabotadores, infiltrados da Esquerda e defensores da corrupção”. Também não se permite a defesa de ex-membros do governo ou ex-simpatizantes de Bolsonaro, como Alexandre Frota, Gustavo Bebiano, Joice Hasselmann e Nando Moura.

Interessante notar que o youtuber conservador Nando Moura ainda mantém centenas de milhares de seguidores em suas redes, mas foi definitivamente banido dos grupos de Whatsapp, o que evidencia o alinhamento completo desses grupos com o governo, e não simplesmente com o pensamento de direita ou conservador. De fato, são grupos bolsonaristas, e não de direita ou conservadores, como mostra a descrição abaixo, do grupo “Brasileiros Conservadores” apenas um exemplo entre todos de que participo.

Descrição do grupo deixa claro seu alinhamento inegociável com Jair Bolsonaro

São incentivadas e compartilhadas críticas e ataques a todos os órgãos de imprensa que publiquem qualquer reportagem considerada demeritória a Bolsonaro, seu governo e apoiadores. Tais veículos, não importando sua linha editorial, ganham apelidos que – via de regra – remetem ao comunismo ou ao pensamento de Esquerda. Assim, a Rede Globo se tornou Red (Vermelha) Globo, o Estadão virou Esquerdão, a Folha de S.Paulo foi batizada de Foice de S.Paulo, o site Antagonista passou a ser Antagobosta, o site de buscas Google se tornou Goolag. A rádio Jovem Pan é o veículo que mais recentemente caiu em desgraça dentro dos grupos.

Abaixo, alguns exemplos de críticas aos meios de comunicação tradicionais.

O termo “comuno-nazi-fascista” é utilizado com frequência para identificar aqueles que criticam Jair Bolsonaro ou seu governo. No caso acima, serve para criticar a Rádio Jovem Pan e o STF

 

Deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Rede Globo: alguns dos alvos favoritos dos ataques nos grupos bolsonaristas

 

 

 

 

Pastor é filmado furtando dinheiro de igreja e perde o cargo


O pastor foi destituído da instituição religiosa, que ressaltou, em nota, considerar a atitude dele um “delito gravíssimo”

Um pastor foi filmado furtando dinheiro da Igreja Universal do Reino de Deus, onde celebrava cultos, na cidade de São José do Rio Preto (SP), no último fim de semana. A própria instituição flagrou o delito e acionou as autoridades, denunciando o fato. A quantia, não especificada, foi devolvida à congregação.

O caso foi registrado na Central de Flagrantes e, como ocorreu no bairro Vila Macedo, foi encaminhado ao 1º Distrito Policial (DP) do município. Procurado, o delegado responsável pelo DP não quis comentar a ocorrência.

O pastor foi destituído da instituição religiosa, que ressaltou, em nota, considerar a atitude dele um “delito gravíssimo” e afirmou estar “cooperando com as autoridades para que o infrator responda e seja punido pelo crime que cometeu”.

Foto: reprodução

Leia abaixo, na íntegra, o comunicado da Igreja Universal do Reino de Deus:

“A Igreja Universal do Reino de Deus não comenta dados relativos à segurança interna pela Imprensa, mas destaca que o crime foi identificado pela própria instituição, a partir de imagens de câmeras de monitoramento, e que esse valor furtado foi devolvido.

Assim que a Universal descobriu o crime em suas dependências, levou os fatos ao conhecimento da autoridade policial, a quem cabe investigar a ocorrência, dentro do que a lei determina.

O autor do furto no templo de São José do Rio Preto (SP) foi desligado do quadro de pastores da Universal, em decorrência do crime que praticou.

A Universal considera o delito gravíssimo, e está cooperando com as autoridades para que o infrator responda e seja punido pelo crime que cometeu.

Além das medidas de segurança que a Universal já toma, e que permitiram a imediata identificação do furto, novas ações já foram adotadas para que fatos como esse não se repitam”. Com informações do Ibahia.

 

Lamborghini Huracán de R$ 1,6 milhão atingida por enchente em SP não tinha seguro


Lamborghini Huracán avaliada em R$ 1,6 milhão foi pega por alagamento em São Paulo — Foto: Fernando Santos/Arquivo Pessoal

Lamborghini Huracán avaliada em R$ 1,6 milhão foi pega por alagamento em São Paulo — Foto: Fernando Santos/Arquivo Pessoal

As fortes chuvas que causaram alagamentos em São Paulo no início da semana provocaram destruição pela cidade. Estacionamentos foram invadidos pela água e vários carros, até mesmo uma Lamborghini Huracán avaliada em R$ 1,6 milhão, foram atingidos.

Ao G1, o projetista Fernando Santos, que estava com o carro de luxo em sua residência no dia do incidente, disse que o veículo não era segurado.

“Não sei o tamanho do prejuízo, e se o carro tem recuperação. O carro não tem seguro, porque ele ia entrar em preparação”, afirmou Santos, que tem o nome profissional de Fernando Mutant.

 

O veículo estava em um condomínio na Vila Leopoldina, em São Paulo, quando as enchentes da última segunda-feira (10) começaram. “O que era um sonho acabou virando um pesadelo”, disse o projetista, que ainda não conseguiu dormir desde que a garagem do edifício foi tomada pelas águas.

O modelo pertence uma produtora de conteúdo e está envolvido em um projeto chamado de “Mutant Supercars”, que iria produzir uma série de vídeos mostrando a preparação do carro, que seria feito no Brasil.

No processo, o superesportivo passaria por mudanças no motor, conjunto mecânico e até mesmo na aerodinâmica.

De acordo com Fernando Santos, o carro foi recebido por uma doação, e o dinheiro levantado em um futuro leilão, ao final do projeto, seria destinado a alguma entidade assistencial.

“Como era um carro que não seria utilizado no dia-dia, ele não tinha mais seguro. Então isso deixou a gente um pouco sem rumo, mas estamos confiantes que possamos reverter”, afirmou Vinícius Vilela, CEO da Trend Innov Action, a produtora responsável pelo projeto.

Lamborghini Huracán antes de ser atingida por enchente em São Paulo — Foto: Reprodução/Mutant SupercarsLamborghini Huracán antes de ser atingida por enchente em São Paulo — Foto: Reprodução/Mutant Supercars

Lamborghini Huracán antes de ser atingida por enchente em São Paulo — Foto: Reprodução/Mutant Supercars

‘O carro não é de milionário’

Sobre a grande repercussão que o caso teve, ele afirma que tem acompanhado o que as pessoas estão falando nas redes sociais.

“Tem muito comentário negativo, mas ninguém imagina o que tem por trás dessa história”, explicou o preparador.

Ele afirma que o carro faz parte de um projeto que pretende levar a Lamborghini passar de 610 cavalos para 1.500 cavalos.

O cupê sai de fábrica com motor V10 5.2 com 57,1 kgfm de torque com injeção direta e indireta, câmbio automatizado de dupla embreagem de sete marchas e tração nas quatro rodas.

De acordo com dados da montadora, a aceleração de 0 a 100 km/h é feita em apenas 3,2 segundos, e de 0 a 200 km/h em 9,9 segundos. A velocidade máxima é de 325 km/h.

“É uma história que tem o outro lado da moeda. Tem um lado solidário. Não é um milionário igual todo mundo está comentando, que teve um prejuízo, e amanhã vai comprar um outro carro zero de novo. É uma ação social que foi prejudicada”, completou.

Fernando 'Mutant' Santos é o projetista que estava com a Lamborghini atingida pelas águas — Foto: Reprodução/Mutant SupercarsFernando 'Mutant' Santos é o projetista que estava com a Lamborghini atingida pelas águas — Foto: Reprodução/Mutant Supercars

Fernando ‘Mutant’ Santos é o projetista que estava com a Lamborghini atingida pelas águas — Foto: Reprodução/Mutant Supercars

“Me preservar é uma questão de segurança. As pessoas se assustam vendo uma mulher negra juíza”, diz magistrada


Foto: Arquivo Pessoal da juíza / enviada ao Cidadeverde.com
Mariana Marinho Machado

Publicado originalmente no CidadeVerde

POR JORDANA CURY

 

“Perdi as vezes de quando entravam na sala, nem ao menos davam bom dia, só diziam que queriam falar com o juiz. Às vezes eu era ríspida, outras, virava a cadeira e dizia: ‘bom dia, eu sou a juíza’”. Quem conta essa história é Mariana Marinho Machado. Segundo ela, chegar a um cargo de tanta autoridade sendo mulher, negra e jovem parece que “confunde” as pessoas, mas na verdade, escancara um preconceito que tanta gente teima em dizer que não existe.

Aos 35 anos, Mariana é responsável pela comarca de Itainópolis (a 365 km de Teresina), que atende também os municípios de Vera Mendes e Isaías Coelho. Natural da Bahia, Mariana já exerceu a magistratura no Pará e está no Piauí há sete anos. Atualmente, tem 2 mil processos distribuídos e já finalizou, somente neste ano, 980 processos.

“Hoje as pessoas já me conhecem na comarca, já estou aqui há dois anos, então essas situações são mais raras”, pondera. Mas a discriminação por seu biotipo físico sempre aconteceu. Ela conta que desde pequena ouvia comentários indesejáveis na escola, porém, foi depois que passou no concurso para magistratura que percebeu o preconceito mais presente.

“Eu sempre passei por situações como alguém falar do meu cabelo, por exemplo, na escola. Era bullying, mas não tinha esse nome. Mas eu senti mais o preconceito foi quando eu entrei na magistratura, porque é um lugar de autoridade. Várias vezes, quando me viam trabalhando pensavam que eu era assessora. Quando fui professora também senti os olhares. Na primeira vez que entrei numa sala de aula, as pessoas me olharam diferente. É tão institucional que as pessoas se assustam vendo uma mulher, negra, nova, juíza”, explica.

Mariana passou no concurso aos 27 anos, sem cotas. Mas defende o sistema de cotas para oportunizar a entrada de negros no serviço público. “Meus pais são negros. Sempre tivemos muito orgulho da nossa raça. Eu e meus irmãos estudamos em colégios bons. Quando eu fiz concurso não tinha cotas, mas hoje vejo que é necessário. Os negros são maioria no Brasil, mas são minoria em cargos públicos. Na magistratura somos apenas 1,6% no Brasil”, ressalta.

Para a juíza, o maior problema no combate ao preconceito é não aceitar que ele existe. “Quando você entra numa loja, as pessoas não vão para você, as vendedoras de lojas chiques não são negras. É assim que acontece”, resume.

No dia-a-dia, Mariana opta por uma vida mais resguardada, evita muita exposição, mas não abre mão de reagir à situações de discriminação e preconceito.

“Em casos de racismo e injúria racial, com certeza eu dou voz de prisão, mas nunca precisei chegar a isso. Uma vez, uma pessoa que trabalha comigo foi xingada e eu acredito que a pessoa queria atingir a mim, mas falei que isso geraria processo e fui atrás. Já julguei vários casos de racismo e injúria racial, vários”, destaca.

Especificamente com ela, a juíza lembra de uma vez que um advogado questionou sua capacidade de julgamento. “Um advogado começou a se exaltar e disse: ‘não sei se a senhora teria capacidade para julgar’. Ele queria buscar uma suspeição minha, mas eu não sou de perder a cabeça, até para ninguém dizer que não tenho imparcialidade. Só disse: ‘Doutor, o senhor não quer retificar o que disse?’. Um amigo dele deu um toque e ele se acalmou, voltou atrás”, conta.

Por casos como esses, Mariana sempre atende as pessoas na presença de alguém, nunca sozinha. “Nós, magistrados, sempre estamos no olho do furacão. Se eu faço qualquer coisa, até fora de casa, não é a Mariana, é a juíza. Então, me preservar é uma questão de segurança. Aqui no Piauí, além do racismo há também muito machismo e isso é refletido nos feminicídios. Aqui na cidade, chega um homem juiz, vai para academia e é normal. Chega uma magistrada, vai para academia é porque quer se mostrar”, compara.

“Às vezes ouço: ‘a senhora é tão nova, vem sozinha para o Piauí, como seu marido deixa?’ Como é que pode? Meu marido tem que deixar eu vir trabalhar? Isso não existe”, indigna-se.

Apesar de todos os desafios enfrentados, Mariana Marinho não tem do que se queixar da vida que leva hoje. “Aqui em Itainópolis as pessoas já se acostumaram comigo e me tratam muito bem. Eu fico lisonjeada com o reconhecimento, o respeito e o carinho. Fiquei 12 dias afastada cuidando do meu pai e quando cheguei ganhei um bilhetinho: ‘Que bom que a senhora voltou’. As pessoas me perguntam como eu aguento ficar no interior. É por todo carinho que recebo. Só peço muita saúde para eu conseguir fazer meu trabalho. Quando vou numa escola que as crianças me vêem, elas se sentem representadas, isso é gratificante. Elas sabem que elas também podem chegar lá”, declara. Fonte  DCM

 

Ainda sem cargo, Regina Duarte é mantida em Brasília com o dinheiro do povo


A data da posse de Regina Duarte ainda não foi marcada, mas a atriz continua sendo mantida em Brasília (DF) com gastos que já custaram R$ 15 mil aos cofres públicos. Para assumir o cargo, ela precisa encerrar o seu contrato com a Globo.

(Foto: Divulgação)

A data da posse de Regina Duarte ainda não foi marcada, mas a atriz continua sendo mantida em Brasília (DF) com gastos que já custaram R$ 15 mil aos cofres públicos. O valor foi publicada na coluna Painel. Os números foram obtidos via Lei de Acesso à Informação, pois a pasta se recusou a informa-los.

“É importante destacar que os deslocamentos e os valores pagos foram solicitados pela Secretaria Especial da Cultura no dia 21/01/2020. As passagens aéreas foram compradas para viagens entre os dias 22/01/2020 e 23/01/2020”, diz o ministério na resposta via lei de acesso.

Na verdade mesmo, não se sabe o que passa nesse momento na cabeça da Regininha. Não se sabe se ela lá se arrependeu mesmo antes de começar ou se aguarda o dia da posse com tranquilidade. O que se sabe é que o contrato com a Globo é bem maior do que o que ela vai ganhar no Governo. Mas, como se diz por aí…Todo louco tem o seu modelo de mania. Fonte 247 

Americana é 1ª mulher curada com vacina para câncer de mama


Vacina contra o câncer de mama mostrou sucesso em primeiro teste nos EUA e pode chegar ao mercado brasileiro em até 8 anos

Um novo método de combate ao câncer de mama vem sendo testado nos Estados Unidos e os resultados iniciais do tratamento já estão deixando muita gente entusiasmada.

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

Ainda sob estudo de pesquisadores, a vacina contra o câncer de mama acaba de mostrar o primeiro caso de sucesso, registrado no Estado da Flórida.

A norte-americana Lee Mercker foi a primeira paciente a participar de testes clínicos em humanos, realizados pela Mayo Clinic, entidade que tem estudado e desenvolvido a imunização.

Diagnóstico precoce do câncer de mama

Um fator essencial que contribuiu para a cura da doença foi o diagnóstico precoce: Lee descobriu, em março deste ano, o câncer de mama ainda em estágio inicial.

Além disso, a americana também mantinha uma vida saudável, com alimentação equilibrada e rotina de exercícios físicos – o que pode contribuir na prevenção da doença.

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

Vacina para câncer de mama apresentou sucesso em seu primeiro teste em humana - Foto: Shutterstock
Vacina para câncer de mama apresentou sucesso em seu primeiro teste em humana – Foto: Shutterstock

Durante 12 semanas (três meses), Lee Mercker tomou de três a quatro doses da vacina. As doses eram dadas a cada duas semanas.

Nesse período, o tumor da norte-americana foi diminuindo e ela já não apresentava mais células cancerígenas em seu organismo ao final das doses.

De acordo com a entidade criadora da vacina, o objetivo da imunização é justamente este: fazer com que o sistema imunológico seja capaz de reconhecer substâncias anormais relacionadas a tumores e, a partir disso, destruir as células cancerígenas, extinguindo o câncer.

Apesar dos resultados positivos, Lee foi submetida a uma mastectomia dupla (cirurgia para remoção das duas mamas) para garantir que o câncer estaria eliminado por completo – já que se tratava de um teste.

Próximos testes

Cientistas da Mayo Clinic apontam que outras duas voluntárias com câncer de mama estão testando a vacina. Por enquanto, os resultados registrados foram promissores somente no estágio inicial da doença.

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

A ideia agora é que sejam feitos novos testes com a vacina em pessoas com câncer de mama em todos os estágios da doença, do mais leve ao mais grave.

Lee Mercker foi a primeira mulher submetida à vacina contra o câncer de mama - Foto: Divulgação
Lee Mercker foi a primeira mulher submetida à vacina contra o câncer de mama – Foto: Divulgação

Dessa forma, a esperança é de que em 2020 também sejam iniciados testes em pessoas saudáveis. O foco será verificar a menor propensão de contrair câncer a partir da vacinação.

Disponibilidade da vacina

Os pesquisadores afirmam que a expectativa é que a vacina interrompa a ação do câncer de mama e de ovário, sendo capaz também de promover a prevenção das duas doenças.

Como as análises estão em fase inicial, é esperado que até 2022 a imunização seja testada em um grande número de pacientes, com diversos estágios da doença.

O pesquisador Keith L. Knutson, que lidera o projeto, revelou para a imprensa que acredita que a vacina contra o câncer de mama deve estar disponível em até oito anos, em farmácias e postos médicos.

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

Sintomas do câncer de mama

Os principais sinais do câncer de mama são:

Foto: Getty Images

Ao apresentar algum dos sintomas, procure atendimento médico o mais rápido possível.

Tratamentos

Enquanto a vacina contra o câncer de mama ainda não está disponível, outros tratamentos podem ser indicados:

  • Cirurgia para remoção do tumor ou das mamas (mastectomia).

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

  • Radioterapia para casos em que o tumor não pode ser retirado ou ainda não se espalhou.
  • Quimioterapia para destruir ou inibir o crescimento das células cancerígenas.
  • Hormonioterapia para impedir a ação dos hormônios que fazem as células cancerígenas crescerem.
  • Imunoterapia para bloquear alvos específicos de determinadas proteínas ou mecanismos celulares que poderiam influenciar no crescimento do tumor.

Quanto antes o câncer de mama é diagnosticado, maior são as chances de cura pelo fato da doença ainda estar em estágio inicial. Portanto, é importante estar em dia com a mamografia e outros exames de rotina. Fonte: Minha Vida

Chuva abre cratera na pista e ‘engole’ carro e caminhão em Júlio Mesquita; uma pessoa morreu


Chuva abre cratera na pista e 'engole' carro e caminhão em Júlio Mesquita — Foto: TV TEM/Reprodução

Chuva abre cratera na pista e ‘engole’ carro e caminhão em Júlio Mesquita — Foto: TV TEM/Reprodução

A chuva que atingiu a região de Marília (SP) na madrugada desta terça-feira (11) abriu uma cratera na Rodovia Leonor Mendes de Barros (SP-333) e um caminhão e um carro foram “engolidos” pelo buraco, em Júlio Mesquita (SP). Uma pessoa morreu.

Segundo a Polícia Rodoviária, o caminhão parou próximo do local onde a cratera se abriu, no quilômetro 308, e também cedeu. O motorista conseguiu sair do veículo e não sofreu lesões, segundo a polícia.

Na manhã desta terça, quando a água abaixou, a polícia e o Corpo de Bombeiros perceberam que um carro também caiu no buraco e que havia uma pessoa morta. A rodovia foi interditada em ambos os sentidos.

A concessionária que administra a rodovia confirmou a morte do funcionário, que estava trabalhando e que um carro da empresa caiu na cratera. Ainda conforme a empresa, um duto de água que passa sob a rodovia cedeu e causou o desabamento da pavimentação.

Um dia antes, um acidente parecido foi registrado na Rodovia Marechal Rondon (SP-300), em Botucatu (SP). Um caminhão caiu no buraco aberto na pista, que continua interditada nos dois sentidos no quilômetro 258. O motorista foi encontrado morto a cerca de 1,3 quilômetro do lugar onde caiu.

Em Botucatu, um caminhão também caiu em uma cratera aberta na Rodovia Marechal Rondon (SP-300), na segunda-feira (10) — Foto: Arquivo pessoalEm Botucatu, um caminhão também caiu em uma cratera aberta na Rodovia Marechal Rondon (SP-300), na segunda-feira (10) — Foto: Arquivo pessoal

Em Botucatu, um caminhão também caiu em uma cratera aberta na Rodovia Marechal Rondon (SP-300), na segunda-feira (10) — Foto: Arquivo pessoal

Rota alternativa

Segundo a concessionária, para quem trafega sentido Marília – Júlio Mesquita, deve desviar pela Rodovia Transbrasiliana (BR-153), acessando a Rodovia Marechal Rondon (SP-300) no quilômetro 447, em Lins.

Já para quem segue de Júlio Mesquita para Marília deve acessar a Rodovia da Comunidade (SP-349), seguindo sentido Álvaro de Carvalho – Garça e acessando a Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294).

O local está sinalizado por uma equipe da concessionária, que permanecerá 24 horas, orientando e desviando o trânsito, conforme a necessidade.

A vicinal Guaimbê-Júlio Mesquita não está sendo utilizada como desvio, pois também está interditada por erosão.

Pelé sofre de depressão e está recluso devido a problema de saúde, diz filho


O jogador de futebol Pelé. Foto: Sandro Baebler/Getty Images/AFP

O JOGADOR DE FUTEBOL PELÉ. FOTO: SANDRO BAEBLER/GETTY IMAGES/AFP

Aparições públicas de Pelé, considerado por muitos como o maior jogador de futebol da história, são cada vez mais raras

Fragilizado devido aos problemas no quadril, Pelé vive recluso e está abatido, revelou seu filho nesta segunda-feira 10. “Ele está bastante fragilizado em relação à mobilidade. Ele fez o transplante do quadril e não fez uma reabilitação adequada, ideal. Então, ele está com esse problema da mobilidade, que acaba acarretando uma certa depressão”, explicou Edinho ao site GloboEsporte.com sobre o estado de seu pai.

Pelé comemorou seus 79 anos em outubro e tem se internado diversas vezes no hospital nos últimos anos. “Ele não consegue andar normalmente. Só com o andador. Até melhorou um pouco em relação a essa época recente (em que apareceu de cadeira de rodas), mas ainda tem bastante dificuldade para andar”, acrescentou o filho do tricampeão do mundo.

“Imagina, ele é o rei, sempre foi uma figura tão imponente, e hoje ele não consegue mais andar direito. Ele fica muito acanhado, muito constrangido com isso”, disse Edinho.

As aparições públicas de Pelé, considerado por muitos como o maior jogador de futebol da história, são cada vez mais raras. Em abril de 2019, ele foi a Paris para participar de um evento comercial com o jovem craque francês Kylian Mbappé, mas teve que ser hospitalizado devido a problemas renais. Pelé só tem um rim desde os tempos em que ainda era jogador. Uma costela quebrada durante uma partida atingiu seu rim direito, que acabou sendo removido.

Mas ele também sofre muito com os quadris, principalmente devido ao implante de uma prótese que teria sido, segundo uma equipe de médicos americanos, um “erro médico” cometido durante a cirurgia realizada no Brasil. Além dos problemas de mobilidade e suas conseqüências no aspecto psicológico, Pelé “está indo bem” no nível físico, sublinhou Edinho na entrevista.

A equipe de Pelé não respondeu aos pedidos da AFP nesta segunda-feira. A saúde do astro preocupa seus fãs há vários anos. No final de 2014, ele já havia sido vítima de uma infecção urinária grave e colocado em tratamento intensivo e em diálise. Com informações do Carta Capital.

Rui Costa sobre ação que matou miliciano na Bahia: “Isso é um assunto policial”,


Rui Costa evita falar sobre ação que matou miliciano: 'Isso é um assunto policial'

O governador da Bahia, Rui Costa, evitou comentar a operação da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) que culminou na morte do miliciano Adriano Magalhães da Nóbrega, na cidade de Esplanada, mas garantiu que a solicitação partiu do Ministério Público do Rio de Janeiro. 

 

De acordo com o governador, cabe ao Ministério Público, da Bahia e do Rio de Janeiro, e as polícias darem a declaração. “Minha atribuição é colocar a polícia para funcionar, é equipar, é gerenciar, é garantir a atuação cidadã da polícia”, disse o governador durante inauguração da Policlínica Regional de Barreiras, na manhã de hoje (10). 

 

“Eu não quero falar sobre isso. Eu não quero politizar um assunto que, ao meu ver, não tem nada de político. Esse é um assunto que está sendo tocado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, pelo Ministério Público da Bahia e pela Polícia Civil do Rio e da Bahia. Isso é um assunto policial. Eu não fico comentando as ações da polícia”, completou.  Fonte Bahia Notícia

EUA restringem benefícios comerciais ao Brasil, sendo mais um “canto de carroceria” para Bolsonaro,


PLANALTINO: O denominado “sábado de adesão” reuniu muita gente no sítio do amigo Duca


 

Prefeito Zeca e uma grande galera no sítio do Duca

O denominado sábado de adesão a Zeca Braga no dia 09 de fevereiro foi de muita descontração no sítio do amigo Duca, em Planaltino. Naturalmente o prefeito Zeca não poderia faltar bem como, fazendeiros, comerciantes e o empresário popular (Badim) que também estava fazendo parte da reunião, além  de boa parte da população planaltinense. Foi uma tarde e começo de noite  de vários assuntos, mas o carro-chefe  como sempre em ano de eleição, foi a política.

Vale lembrar que o nome de Badim também é cotado para um possível candidato a prefeito. Muita gente acha que a chapa ideal no momento seria o prefeito Zeca Braga na reeleição e Badim na vice dando uma grande sustentação na chapa, uma vez que trata-se de um nome que tem agradado ao povo da terra. Em tom não se sabe de brincadeira ou falando sério, Zeca Braga disse que em 2024 Badim será o seu sucessor com seu apoio total, caso ele, [Zeca] vá pra reeleição.

A conversa continuou entre a galera e, entre uma mordida e outra na carne que saía da churrasqueira, um bate papo com Zeca Braga e a reportagem do Café com Leite não poderia deixar de acontecer. Dentre a boa conversa com o prefeito, o trato com o ser humano, sobre tudo o mais carente da cidade, foi abordado, onde Braga disse que ele está sendo prefeito para todos os planaltinenses, não importando qual foi a sigla que recebeu  o voto de cada eleitor. Falou na melhoria na saúde e que logo terá médico 24 horas na cidade. Sem tocar em reeleição, mas sim trabalho, Zeca falou do que tem conseguido para Planaltino e o que está por vir. Informou que a primeira parte da Praça nova da cidade já está pronta para ser inaugurada, faltando apenas marcar o dia da inauguração.  Nesse caso, o que se espera é que não demore, pois a população está curiosa para ver como é a praça. Bom, pelo que foi informado, será um espaço ultramoderno que dentre os itens que serão utilizados pelo povo, consta uma academia ao ar livre com aparelhos básicos que podem mudar a saúde de quem os utilizarem.

O prefeito falou também da grande reforma que está recebendo o mercado municipal, construído há quase cinco décadas pelo saudoso Lauro Ribeiro de Novaes, porém, pela primeira vez está recebendo uma reforma de tal magnitude, na verdade, quase uma reconstrução.

Outra obra que está a caminho com recurso conseguido através do deputado federal José Nunes, é a futura praça que será atrás do mercado municipal, que será um espaço voltado mais para crianças e adolescentes.

A imagem pode conter: 4 pessoas, incluindo Zeca Braga, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre

Zeca Braga informou ainda, que está fazendo o possível com recursos próprios e pretende continuar na zona rural e todos os povoados, que é calçamento de ruas, construção de praças e muitos outros benefícios que tiver dentro das condições da prefeitura.

finalizou o bate papo dizendo que tem consciência de que o tempo passa muito rápido e que ele tem que aproveitar para fazer o máximo que puder pela sua cidade e pelo povo, pois quando o tempo como gestor passar, ele vai poder olhar para trás e vê o que ele pode fazer e seguir a vida sendo um planaltinense junto com seus amigos.

O Café com Leite teve um breve bate papo também com o empresário Badim, sobre o que ele pensa na questão política de planaltino, uma vez que ele é um dos nomes que têm sido ventilados para futuro prefeito da cidade, também sobre a possibilidade de fazer parte da chapa de Zeca Braga, como vice. Ele respondeu que muitos assuntos ainda vão rolar, mas nem uma possibilidade pode ser descartada. Disse que o que ele mais quer é o melhor para sua cidade e toda a população. Completou dizendo que não tem críticas a fazer à atual administração, mas que é normal ele querer mais para Planaltino.

Gerson Paulo deu uma palhinha dizendo ser suspeito de falar alguma coisa sobre a administração de Zeca Braga, por fazer parte do chamado cargo de confiança, sendo secretário de administração, mas assegurou que essa gestão atual bateu todos os recordes, até mesmo de outras administrações do próprio Zeca. Gerson aproveitou e deixou ali um lembrete para a população de Planaltino, que ele é pré-candidato a vereador da cidade, pois quer dar a sua contribuição como vereador, para que Planaltino continue avançando.

Sandra ao lado do esposo Sandro e Luciney

Quando todo mundo continuava ali conversando de vários assuntos, algo fez lembrar de uma velha canção da Jovem Guarda, que diz: “Olha só quem chegou de repente, Roberto Carlos com seu novo carrão”. Não foi o Roberto, mas foi a Sandra Rabelo, conhecida em Planaltino como Sandra apenas, que desceu do seu carro vermelho e caminhou em direção do povo, sendo abraçada por muitos amigos ali presentes. Para alguns é Sandra Polêmica, mas para uma maioria é a Sandra que entra numa briga para decidir.

Claro que o Café com Leite não titubeou e logo convocou a simpática  Sandra para uma rápido Bate papo. O que surpreendeu na Sandra Rabelo, foi a sua sinceridade para responder perguntas. Quando foi perguntada sobre como está a situação dela com Zeca Braga, politicamente falando, ela foi taxativa e direta: “Apoiei Zeca na outra, depois tivemos divergências, mas tudo passa. Quando perguntada se ela vai apoiar o Zeca, pois as perguntas tinham de ser diretas para combinar com as respostas, ela respondeu que não entra numa briga pra perder, pois procura sempre estar aonde o povo estiver. ”Vou fazer uma pesquisa. Eu mesma pretendo fazer, não vou confiar em pesquisa dos outros, se der Zeca Braga na frente, é porque o povo está aprovando o seu trabalho e aí já foi. Vou apoiar mais uma vez o Braga.

Na verdade, muitas águas ainda vão passar por baixo da ponte do rio do Poço das Pedras e, quem sabe, até por cima dela já que a meteorologia indica que muitas chuvas virão daqui até outubro. Ou seja: muitos reajustes vão acontecer até lá, bem como muitos churrascos podem acontecer no sítio do amigo Duca, que aliás, ele está de parabéns pela beleza que é a sua morada, diga-se de passagem.

 

“Você faz faxina? Não, faço mestrado. Sou professora”


A professora e historiadora Luana Tolentino viralizou nas redes sociais após relatar um caso de racismo sofrido em Belo Horizonte. Na quarta 19, a docente caminhava pela rua quando foi abordada por uma senhora branca que perguntou se ela fazia faxina. Luana escreveu um depoimento sobre o caso, refletindo sobre os impactos do racismo na sociedade.

Hoje uma senhora me parou na rua e perguntou se eu fazia faxina.

Altiva e segura, respondi:

– Não. Faço mestrado. Sou professora.

Da boca dela não ouvi mais nenhuma palavra. Acho que a incredulidade e o constrangimento impediram que ela dissesse qualquer coisa.

Não me senti ofendida com a pergunta. Durante uma passagem da minha vida arrumei casas, lavei banheiros e limpei quintais. Foi com o dinheiro que recebia que por diversas vezes ajudei minha mãe a comprar comida e consegui pagar o primeiro período da faculdade.

O que me deixa indignada e entristecida é perceber o quanto as pessoas são entorpecidas pela ideologia racista. Sim. A senhora só perguntou se eu faço faxina porque carrego no corpo a pele escura.

No imaginário social está arraigada a ideia de que nós negros devemos ocupar somente funções de baixa remuneração e que exigem pouca escolaridade. Quando se trata das mulheres negras, espera-se que o nosso lugar seja o da empregada doméstica, da faxineira, dos serviços gerais, da babá, da catadora de papel.

É esse olhar que fez com que o porteiro perguntasse no meu primeiro dia de trabalho se eu estava procurando vaga para serviços gerais. É essa mentalidade que levou um porteiro a perguntar se eu era a faxineira de uma amiga que fui visitar. É essa construção racista que induziu uma recepcionista da cerimônia de entrega da Medalha da Inconfidência, a maior honraria concedida pelo Governo do Estado de Minas Gerais, a questionar se fui convidada por alguém, quando na verdade, eu era uma das homenageadas.

Não importa os caminhos que a vida me leve, os espaços que eu transite, os títulos que eu venha a ter, os prêmios que eu receba. Perguntas como a feita pela senhora que nem sequer sei o nome em algum momento ecoarão nos meus ouvidos. É o que nos lembra o grande Mestre Milton Santos:

“Quando se é negro, é evidente que não se pode ser outra coisa, só excepcionalmente não se será o pobre, (…) não será humilhado, porque a questão central é a humilhação cotidiana. Ninguém escapa, não importa que fique rico.”

É o que também afirma Ângela Davis. E ela vai além. Segundo a intelectual negra norte-americana, sempre haverá alguém para nos chamar de “macaca/o”. Desde a tenra idade os brancos sabem que nenhum outro xingamento fere de maneira tão profunda a nossa alma e a nossa dignidade.

O racismo é uma chaga da humanidade. Dificilmente as manifestações racistas serão extirpadas por completo. Em função disso, Ângela Davis nos encoraja a concentrar todos os nossos esforços no combate ao racismo institucional.

É o racismo institucional que cria mecanismos para a construção de imagens que nos depreciam e inferiorizam.

É ele que empurra a população negra para a pobreza e para a miséria. No Brasil, “a pobreza tem cor. A pobreza é negra.”

É o racismo institucional que impede que os crimes de racismo sejam punidos.

É ele também que impõe à população negra os maiores índices de analfabetismo e evasão escolar.

É o racismo institucional que “autoriza” a polícia a executar jovens negros com tiros de fuzil na cabeça, na nuca e nas costas.

É o racismo institucional que faz com que as mulheres negras sejam as maiores vítimas da mortalidade materna.

É o racismo institucional que alija os negros dos espaços de poder.

O racismo institucional é o nosso maior inimigo. É contra ele que devemos lutar.

A recente aprovação da política de cotas na UNICAMP e na USP evidencia que estamos no caminho certo. Fonte: CartaCapital.