(77) 99152-6666

COVID-19: Luciano Hang, dono da Havan, está internado em São Paulo


Apoiador do presidente Jair Bolsonaro e divulgador da cloroquina, empresário está em um hospital do Morumbi. A mulher dele e a mãe também estão internadas. Até agora foram muitos que incentivaram às pessoas a não levarem a sério o vírus, mas que só contaminados é que entenderam que as coisas não são como diz e age o presidente. O vírus é letal e mata, admitem. 

Hang incentivava a contramão do presidente

Luciano Hang, de 58 anos, está em uma unidade da rede Sancta Maggiore, do grupo Prevent Senior, no Bairro do Morumbi, que fica na Região Oeste de São Paulo. A mulher dele, Andrea, também está internada na unidade de saúde, em tratamento da COVID-19.

  • Empresário de Santa Catarina, Hang vem propagando, assim como o presidente, o uso da hidroxicloroquina e da ivermectina como “tratamento precoce” para a doença causada pelo novo coronavírus. São medicamentos sem eficácia comprovada, segundo estudos científicos feitos em várias partes do mundo.

Segundo a Folha de S.Paulo, a informação é de que Hang está internado já há alguns dias e que o estado dele e da mulher é estável.

 

A mãe de Hang, Regina Modesti Hang, de 82, também está internada em um hospital da rede Prevent Senior, mas em estado mais grave, de acordo com a Folha.

O que é o coronavírus

Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.

Como a COVID-19 é transmitida?

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.

Fonte Estado de Minas

Error, no Ad ID set! Check your syntax!

Mercadante: sem governo, a vacina está longe de chegar ao povo brasileiro


O Café com Leite Notícias vem alertando os leitores e pedindo que repassem a verdade para a população. Tem muita gente que, ao ver descer um avião aqui outro ali, com uma quantidade pequena de vacinas, pensam e propagam que a vacina chegou. Teria sim, chegado em maior quantidade, já para vacinar a população em geral, se o presidente, ao invés de ficar se aparecendo em cercadinho pra falar idiotice, tivesse fazendo um papel de presidente de verdade, não tivesse irado o Mandeta do Ministério, mas sim incentivando o mesmo a correr atrás de conseguir vacina para o Brasil, além de ter feito campanhas para que a contaminação fosse em menor escala.

Leiam depois da foto a matéria, que na verdade foi uma entrevista em vídeo de Aloísio Mercadante no Diário do Centro do Mundo ao Meio dia.

Em entrevista ao programa DCM Ao Meio-Dia, clique e veja desta terça-feira (19/1), o ex-ministro e presidente da Fundação Perseu Abramo Aloizio Mercadante, fez uma análise detalhada sobre a situação da vacina contra a Covid-19 no Brasil. Segundo Mercadante, há um abismo entre o início da vacinação e o povo vir a ter acesso à vacina.

“Nós estamos diante de um cenário da pandemia grave, retornando ainda mais agressiva e estamos sem governo, sem planejamento, sem calendário e a vacina, que é a única forma de evitar o distanciamento social, está longe de chegar”, afirmou. “A fila vai ser longa e o tempo de espera também muito longo, portanto, não há expectativa de otimista em relação à vacina para o povo brasileiro”, disse.

O ex-ministro explicou que as 6 milhões de doses autorizadas pela Anvisa não são suficientes para vacinar sequer metade dos profissionais de saúde do Brasil. “O que a Anvisa autorizou, 4 milhões da CoronaVac e 2 milhões da AstraZeneca, que são 6 milhões de doses e como são duas doses são 3 milhões de pessoas, não chega à metade dos profissionais de saúde. Então, metade dos profissionais da saúde não tem ainda direito à vacina”, explicou.

Em sua análise, o ex-ministro apontou que o Brasil tem 2,7% da população mundial, mas tem mais de 9% das pessoas contaminadas e mais de 10% das mortes. “Ou seja, nós temos quatro vezes mais mortes por Covid do que a média mundial e temos mais de três vezes a contaminação do que a média mundial”, explicitou.

Falta de vacinas e de planejamento

Para o ex-ministro, pelo tamanho da população brasileira, pela importância da economia e pelo nível de contaminação havia um grande interesse dos laboratórios e das empresas que produzem vacina em fazerem parecerias com o Brasil. “Agora, como nós temos um governo negacionista, que sempre negou a gravidade da crise, que obstruiu todas as iniciativa da medicina, inclusive a vacina, porque eles nunca acreditaram na vacina e fizeram até manifestações contra a vacina, o Brasil não fez nenhuma parceria e os convênios indispensáveis para poder ter um acesso acelerado às vacinas”, pontou.

Para exemplificar o despreparo do governo Bolsonaro, Mercadante relembrou o acordo da Organização Mundial da Saúde e com a OPAS, segundo o qual o Brasil poderia ter acesso privilegiado à metade da sua população, cerca de 212 milhões de vacinas, uma vez que são duas doses por pessoa. “Com muita pressão, o general, que se diz especialista em logística e tem mostrado que nem isso faz com competência, nós tivemos 44 milhões de doses, assinado o acordo”, lamentou.

CornaVac

Mercadante relembrou a obstrução do governo Bolsonaro à CoronaVac, vacina chinesa contra a Covid-19. “O Governo Federal não apoiou, o presidente subestimou a vacina chinesa, agrediu e objetivamente nós não temos os insumos para produzir as vacinas chinesas”, disse.

O ex-ministro apontou ainda que a China não liberou os insumos, o IFA, para poder produzir a vacina no Brasil. “Então, se forem liberados todos os insumos para que o Butantan produza e o Butantan tem uma capacidade que eles anunciaram de produzir 1 milhão de doses por dia, o governo do PT faz muito investimento na Farmanguinhos da FioCruz e no Instituto Butantan, nós precisaríamos de 424 dias para vacinar a população, já que são duas doses, ou seja, nós precisaríamos de um ano e meio, se for a vacina chinesa e se os insumos chegarem, o que não está assegurado”, prosseguiu.

AstraZeneca

Sobre a vacina da AstraZeneca, Mercadante disse que a situação é ainda mais complexa. “A Índia é um país com mais de 1,3 bilhão de pessoas que está começando a vacinação e o seus parceiros do entorno são prioridade, inclusive pela contaminação da população”, afirmou.

“Então, também eles correram atrás agora de forma humilhante de 2 milhões de doses para tentar entrar nessa vacinação originária, porque objetivamente para vacina da FioCruz com a Oxford e a AstraZeneca não foram liberados os insumos para o envasamento. Ela não conseguiu produzir até agora nenhuma vacina, nenhuma vacina está pronta. Além disso, eles não compraram as injeções”, explicou.

Sputnik

Mercadante relembrou que o consórcio do Nordeste pactuou 50 milhões de vacinas da Sputnik com a Rússia, mas a Anvisa não liberou. “A Sputnik está fazendo uma parceria com Oxford/AstraZeneca, então eles vão testar essa nova vacina, mas eles alegam que os dados não foram encaminhados, não houve testagem no Brasil e a Anvisa não liberou”, argumentou.

Balanço geral

“Então, você tem 50 milhões de vacinas Sputnik paradas, você tem direito a 44 milhões de vacinas da OPAS e da Organização Mundial da Saúde, não temos previsão de quando as vacinas indianas poderão vir e o volume e não temos capacidade de produção, menos de um ano e meio, se for a vacina chinesa”, avaliou. “Portanto, nós não abrimos os leques, algumas vacinas chegaram a ser ofertadas, a Pfizer ofereceu 70 milhões de doses e o Brasil descartou, é verdade que a logística é difícil em razão da temperatura de armazenamento, mas objetivamente não temos um programa de vacinação”, lamentou.

O ex-ministro avaliou que a luta pela vacina vai gerar um movimento cada vez mais forte, a população vai ficar cada vez mais incomodada, principalmente porque a nova cepa do vírus também ataca a juventude e o índice de mortalidade é muito alto. “Nós estamos realmente em um quadro dramático, mesmo com todos os alertas que nós fizemos de que haveria uma segunda onda, que o Brasil precisava fazer a vacina, que tinha que liberar recursos, que tinha que dar prioridade”, relembrou.

Por fim, Mercadante explicitou o isolamento política internacional de Bolsonaro, que agrediu a China, o presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, a União Europeia e o presidente da argentina, Alberto Fernandez. “Então, o Brasil está completamente isolado, não fez as parcerias necessárias, não houve planejamento, não houve coordenação e é isso: essa tragédia. Por tudo isso, a melhor vacina para o Brasil é o impeachment de Bolsonaro”, finalizou.

Fonte DCM

Sargento da Marinha morre e PM se desespera após serem surpreendidos por “bonde” em Salvador; “pelo amor de Deus”


Sargento da Marinha morre e PM se desespera após serem surpreendidos por "bonde" em Salvador; "pelo amor de Deus" Créd
ito da Foto: leitor/Aratu On
Nenhuma descrição de foto disponível.

Um sargento da Marinha foi morto a tiros e um soldado da Polícia Militar sofreu arranhões após eles serem surpreendidos por um “bonde” de traficantes na localidade conhecida como “Coroado”, no bairro de São Marcos, em Salvador.

O caso aconteceu no final da madrugada desta terça-feira (19/1) e vitimou fatalmente Jéfferson Jorge Santos da Silva, de 29 anos.

De acordo com as primeiras informações, a dupla entrou na região a bordo de um carro para deixar outras duas pessoas quando traficantes da região foram avistados. Houve um intenso tiroteio e Jéfferson morreu na hora. Desesperado, o PM pediu ajuda aos colegas por meio do WhatsApp, em áudio.

“Pelo amor de Deus. O ‘bonde’ entrou no ‘Coroado’. Me socorre aqui. Atiraram no cara, véi. Mataram o cara. Estou sem munição”, descreveu.

Jefferson-Jorge

Guarnições da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT/Rondesp Central) e da 47ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Pau da Lima) foram acionadas para atender a ocorrência. Na troca de tiros, um dos bandidos foi ferido e encaminhado para o Hospital do Subúrbio. Já o soldado foi levado para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), para prestar depoimento.

O caso já está sendo investigado pelo DHPP. O Serviço de Investigação de Local de Crime (SILC) foi acionado e fez as primeiras apurações na região. O corpo do sargento da Marinha foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Salvador. Aratuon

 

A imagem pode conter: 6 pessoas, texto que diz "Bigsol Acar Bigsol Açai Entre e fique a vontade!!! Aqui você agrega ambiente espetacular ao sabor do açaí outras iguarias, o que certamente você se sentirá muito a vontade, confortável feliz. Bigsol -Açai I Estamos instalados à Praça Rui Barbosa, ao lado da Câmara de Vereadores, em Maracás."

Nenhuma descrição de foto disponível.

Nenhuma descrição de foto disponível.

A imagem pode conter: 1 pessoa

Nenhuma descrição de foto disponível.

Nenhuma descrição de foto disponível.

Acuado, Bolsonaro faz ameaça a Dória: “A hora dele vai chegar”


O que circula nas redes sociais, inclusive a grande mídia, é a tristeza e até vergonha que o presidente Jair Bolsonaro vem passando com a chegada da vacina primeiro em São Paulo. O diretor da Rádio Metrópole em Salvador, Mario Kertész disse no seu programa que o Brasil é o único país em que a chegada da vacina derrota o presidente. O DCM, publicou que aliados do presidente Jair Bolsonaro dizem que ele dará o troco no governador de São Paulo, João Doria, em breve. Bolsonaro não perdoa o inimigo político por ter saído vitorioso na guerra pela vacina contra o novo coronavírus.

Na verdade, se o presidente quisesse realmente ser vitorioso e ganhar um pouco de credibilidade perante ao povo brasileiro, quando o seu ministro Pazuele disse que estava comprando da China uma grande quantidade de vacinas, ele não teria humilhado o seu ministro diante das câmeras e tinha aceitado a compra. Aí sim ele teria saído na frente. Mas o que foi que ele fez? Disse que o presidente era ele e que a compra teria que ser anulada. O Pazuele, cabisbaixo, disse, também diante das câmeras, “quando o chefe manda o subordinado obedece”. E o povo ficou sem a vacina.

Desde o fim de semana, quando ficou claro que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovaria o uso da CoronaVac, fabricada pelo Instituto Butantan, o presidente da República vem se remoendo de raiva e busca uma forma de partir para cima de Doria.

“A hora dele vai chegar”, teria dito Bolsonaro a alguns interlocutores. Doria posou como o grande salvador da lavoura ao insistir na fabricação da vacina em parceria com o laboratório chinês Sinovac. O governador paulista tirou do governo federal a tão desejada foto do primeiro brasileiro vacinado em solo nacional contra a covid-19.

Fonte DCM.

 

Brasil é ‘o único país em que a chegada da vacina derrota o presidente’, diz MK; ouça


MK ainda criticou o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que mentiu ao dizer que nunca recomendou o “tratamento precoce” com hidroxicloroquina

[Brasil é 'o único país em que a chegada da vacina derrota o presidente', diz MK; ouça]
Foto : Matheus Simoni / Metropress

Em comentário na Rádio Metrópole, na manhã de hoje (19), Mário Kertész celebrou a distribuição da vacina Coronavac aos estados brasileiros. As primeiras doses chegaram ontem a Salvador e já foram enviadas aos municípios do interior baiano. Além de comemorar o início da imunização, MK alfinetou o presidente Jair Bolsonaro e seus apoiadores.

“Eu acho que o pessoal que é mais ligado ao presidente não deve se vacinar, ou pode virar jacaré, o homem começar a falar fino, nascer barba na mulher… Ou será que eles vão deixar isso de lado? O Brasil é um país tão peculiar… A gente, aliás, tem que começar dando risada, e com alegria, porque estamos vivos, fortes alguns, outros nem tanto, mas lutando pra ficar, embora tenhamos mais de 200 mil brasileiros e brasileiras mortos. O Brasil é o único país do mundo em que a chegada da vacina derrota o presidente. Ele diz que é gripezinha, que atleta não precisa”, disse.

MK ainda criticou o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que mentiu ao dizer que nunca recomendou o “tratamento precoce” com hidroxicloroquina. “Quando o couro começou a comer lá em Manaus, o ministro Pazuello, aquela figura portentosa, mandou 120 mil comprimidos de hidroxicloroquina, pra quê? Se os diretores da própria Anvisa, na maioria nomeados pelo presidente atual, pelo Messias, disseram que não serve pra nada. Em vez de mandar oxigênio e respiradores e outras coisas, mandou cloroquina. Depois, o ministro faz uma ginástica para se desdizer, ele fala e depois ele vem dizer que não foi tratamento precoce. Em verdade vos digo, esse povo não sabe de nada”, pontuou.

Ouça o comentário completo:

 

Juiz aplica sermão em cantor acusado de agredir e estuprar ex-namorada


Duda Reis Nego do Borel
Duda Reis e Nego do Borel

Cantor acusado de agressão entrou na Justiça para deletar das redes as denúncias publicadas pela ex-namorada, mas acabou tomando sermão de juiz: “Diante de crescentes quantidades de casos de feminicídio, não se pode admitir qualquer utilização de meios jurídicos para que o suposto ofensor possa desqualificar os relatos de sua ex-companheira”

 

 

A Justiça do Rio de Janeiro rejeitou nesta segunda-feira (18) um pedido de liminar feito por Nego do Borel contra Duda Reis. A defesa do cantor fez uma solicitação com urgência para que os posts da influenciadora sobre o ex-casal fossem excluídos das redes sociais, além de exigir uma proibição para a publicação de novos vídeos, fotos ou textos sobre a relação. O juiz negou a liminar e aplicou um sermão no artista.

“Sem adentrar no mérito, entendo que, atualmente, diante de crescentes quantidades de casos de feminicídio, não se pode admitir qualquer utilização de meios jurídicos para que o suposto ofensor possa desqualificar os relatos de sua ex-companheira”, escreveu Marco Antonio Cavalcanti de Souza, juiz da 4ª Vara Cível do Rio de Janeiro.

“Isto é, tentar obstar a divulgação de informações relatadas pela pretensa vítima, que se mostram, à primeira vista, como atitudes abusivas e, consequentemente, evitar que tais fatos passem pelo crivo da opinião pública, ainda mais quando praticados por personagem artística, celebridade”, entende o magistrado.

De acordo com a influenciadora de 19 anos, ela foi estuprada enquanto estava dopada por remédios, chegou a ser ameaçada com uma faca, era xingada, agredida e foi afastada da família. Ela registrou as acusações na Delegacia da Mulher de São Paulo, que lhe concedeu medidas protetivas contra o cantor.

Além disso, Duda detalhou sobre o caso em entrevista ao Fantástico no último domingo (18). Nego do Borel nega todas as acusações. Na decisão liminar, o juiz citou o programa da Globo.

“De se acrescer que os fatos, que o autor afirma ‘manchar’ sua boa imagem, foram objeto de programa dominical de grande emissora de televisão, no dia de ontem, não se vislumbrando, nos vídeos, um malferimento do direito à imagem do autor”, destacou o magistrado.

Para o juiz da 4ª Vara Cível do RJ, Duda tem o direito de liberdade de expressão: “Dessa forma, entendo que ao deferir a tutela de urgência, em cognição sumária, estaria afrontando a garantia fundamental à liberdade expressão, sobre fatos ilegais e abusivos, que serão minuciosamente investigados pelo Juízo Criminal, em detrimento ao direito de imagem de personagem público”.

via Notícias da TV

1º Coração artificial certificado pela União Europeia será comercializado


Foto: Carmat
Foto: Carmat

O coração artifical produzido pela empresa francesa Carmat  ganhou a certificação – CE – da União Europeia e será comercializado.

O dispositivo artificial será usado para transplante cardíaco de pacientes com insuficiência cardíaca irreversível que se encontra em fase terminal.

A empresa planeja aumentar a produção para permitir o lançamento do dispositivo no segundo trimestre de 2021.

Invenção

O coração artificial veio da combinação da experiência do cirurgião cardíaco Alain Carpentier, que foi pioneiro no reparo da válvula mitral e inventou as válvulas cardíacas Carpentier-Edwards, e a tecnologia da empresa aeroespacial Matra Défense – Grupo Airbus.

A Carmat conseguiu a marca CE após 10 anos do desenvolvimento do dispositivo cardíaco, informou o CEO da empresa, Stephane Piat.

“É um recorde, dada a complexidade de um dispositivo deste tipo.

Agora temos que trabalhar com médicos e centros de saúde para oferecer nossa terapia e temos que encontrar pacientes. A fase de produção será delicada ”.

Como funciona

O sistema eletro-hidráulico da Carmat imita a ação do coração humano, restaurando a circulação sanguínea normal por todo o corpo.

O sistema inclui um componente implantável em forma de coração humano.

O coração bioprotético inclui quatro válvulas biológicas que mantêm o sangue pulsando através da unidade em uma direção, duas cavidades ventriculares separadas por uma membrana, uma unidade de bomba de motor e componentes eletrônicos e sensores integrados que permitem que a unidade responda às necessidades fisiológicas do paciente.

Uma cavidade ventricular contém sangue e a outra contém fluido de acionamento. Uma bolsa externa também contém líquido de acionamento.

O sistema eletro-hidráulico da Carmat imita a ação do coração humano, restaurando a circulação sanguínea normal por todo o corpo.

Fotos: Divulgação
Fotos: Divulgação

Com informações da BioWorld

Conquista planeja vacinar 90 mil na 1ª fase, mas número de doses deve limitar imunização


Conquista planeja vacinar 90 mil na 1ª fase, mas número de doses deve limitar imunização

Foto: Reprodução

A expectativa da Secretaria de Saúde de Vitória da Conquista, no Sudoeste Baiano, é que cerca de 90 mil pessoas sejam vacinadas na cidade contra a Covid-19 após a distribuição das doses por parte do governo do estado. O número preciso dos imunizados com o primeiro lote do imunizante, cuja previsão de desembarque na Bahia continua nesta segunda-feira (18), não deve ser divulgado. Além das 42 unidades de saúde, a vacina também deve ser disponibilizada em outros quatro pontos fixos.  

De acordo com a secretária de Saúde, Ramona Cerqueira, o município já concluiu o plano de vacinação que será executado, mas ainda não é possível dizer quantas doses serão aplicadas com exatidão. “Nossa equipe está pronta para fazer toda operação de vacinação da primeira fase do grupo prioritário. O que nos falta agora é saber o quantitativo da primeira fase e quando iremos receber. Essa resposta o governo do estado deve passar para os municípios, mas até então não temos essa informação”, disse.

  Ainda segundo a secretária, o município adquiriu cerca de vinte novos refrigeradores para as unidades de saúde que estavam sem o equipamento, outros insumos também foram adquiridos para atender à demanda. “Toda vacina vem casa com o seu kit de seringa enviado pelo Ministério da Saúde, mesmo assim, também adquirimos mais seringas e insumos para se precisar ter reposição. Nossa intenção é vacinar no primeiro momento cerca de 90 mil pessoas de acordo com o grupo prioritário do ministério. São idosos, trabalhadores da saúde e segurança, indígenas e quilombolas”, disse, sem saber precisar o número de seringas adquiridas. 

De acordo com Ramona, as 42 unidades de saúde de Vitória da Conquista estão preparadas para a distribuição do imunizante. Além disto, outros quatro pontos fixos de drive-thru estão sendo preparados para atender a população. A vacina será disponibilizada no Estágio Municipal Lomanto Júnior, no Centro Municipal de Atenção Especializada (Cemae), no Batalhão da Polícia Militar e um quarto ponto que está sendo definido ainda nesta segunda. 

A secretária concluiu pedindo que a população se atente ao calendário de vacinação que será disponibilizado nas redes sociais, mídias, rádios e veículos de imprensa da região, a fim de evitar aglomerações nos postos. “Pedimos para que procure a unidade de saúde apenas quando for seu momento de ser vacinado, assim evitaremos possíveis contaminações”, salientou. 

 

Na manhã desta segunda-feira (18), a pasta divulgou que por uma questão de segurança, não iria divulgar o número de doses que seriam enviadas a cada um dos municípios baianos (lembre aqui). A Sesab declarou ainda que o primeiro lote de será de 376.600 doses e que Salvador ficará com 45 mil doses. BN Noticías

Zema: ‘Ainda hoje, haverá profissionais de saúde vacinados em MG’


Governador diz que doses chegarão a todos os municípios até a noite de terça-feira (19/1), distribuição por cidade ainda não foi acertada, segundo SES-MG.

Zema afirma que profissionais de saúde de MG começarão a ser vacinados ainda nesta segunda (18/1), mas detalhes sobre esquema de vacinação ainda aguardam ‘alinhamento’.(foto: Twitter/reprodução)

“Assim que vacina chegar na central de distribuição, deveremos já começar o envio para as unidades da região metropolitana, e também para o interior, de forma que, hoje ainda, nós teremos profissionais de saúde sendo vacinados em Minas Gerais”.

 

Informada em entrevista à rádio CBN, a previsão otimista é do governador Romeu Zema (Novo). Segundo o chefe do executivo estadual, as 561.120 doses da CoronaVac reservadas pelo Ministério da Saúde a Minas Gerais chegarão aos todos os municípios mineiros esta noite.

Continua depois da publicidade

Zema foi a Guarulhos (SP) esta manhã participar do ato simbólico de entrega dos imunizantes comandado pelo ministro da Saúde, General Eduardo Pazzuelo. O produto foi desenvolvido pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês SinoVac. A princípio, o Butantan entregou ao governo federal 6 milhões de ampolas, que foram divididas proporcionamente entre os 26 estados e o Distrito Federal.
Zema afirmou que as doses até então separadas para Minas são suficientes para vacinar os grupos prioritários – profissionais de saúde, indígenas e idosos que vivem em instituições de longa permanência.
“Mas eu quero lembrar que, já nesse próximo fim de samana, uma segunda leva de vacinas estará saindo (de Butantan). Nós não podemos pensar que o Brasil vai receber apenas essas 6 milhões de doses. Essas 6 milhões de doses são o pontapé inicial. Mais dez milhões de doses devem sair de São Paulo, provavelmente, no próximo fim de semana. E, a medida que a produção aumentar, essa velocidade será ampliada. Então eu quero tranquilizar o mineiro, todos terão vacina”, garantiu Zema.
Questionada pelo Estado de Minas, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) informou que quantidade de doses reservada a cada cidade ainda não foi acertada. Ainda de acordo com a SES-MG, outros detalhes, como locais e horários da vacinação em cada município também “aguardam alinhamento”.

Bahia: “Vitória da ciência”, diz Rui Costa após aprovação do uso emergencial das vacinas contra a covid-19


Rui Costa (PT) comemorou a aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), por unanimidade, do uso emergencial das vacinas Coronavac e da Universidade de Oxford contra a covid-19.

O governador da Bahia usou as redes sociais, neste domingo (17), para dizer que a aprovação das vacinas foi uma “vitória da ciência” e classificou este domingo como o “dia de esperança” para todos os brasileiros.

“Vitória da ciência! Finalmente a Anvisa autorizou o uso emergencial das vacinas #CoronaVac e da Universidade de Oxford no #Brasil. Dia de esperança para todos nós brasileiros”, disse o governador. Rui também falou que quer “salvar vidas e combater o negacionismo” e que a Bahia está pronta para começar as vacinação.

“Vamos salvar vidas e combater o negacionismo. Que as vacinas cheguem logo à #Bahia. Já estamos a postos”, afirmou. Mais cedo, o prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), também usou as redes sociais para comemorar a aprovação do uso emergencial das vacinas Coronavac e da Universidade de Oxford contra a Covid-19.

Ainda neste domingo, o governo estadual anunciou que as vacinas contra a Covid-19 ficarão na sede do Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer) antes de serem distribuídas para os 417 municípios baianos.

Plano de vacinação na Bahia
O plano de imunização estadual contra a Covid-19 foi divulgado pelo governo da Bahia na sexta-feira (15). Ele será dividido em quatro etapas e cada fase da campanha de vacinação terá a duração de um mês.

De acordo com o governo do estado, estão previstas 5.114 salas de vacina em todo o estado e serão necessárias 10,2 milhões de seringas e agulhas, considerando que os imunobiológicos possuem duas doses.

Segundo informações da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), é possível que os idosos com mobilidade limitada ou que estejam acamados sejam vacinados em casa.

Nos centros urbanos, o drive-thru será estimulado e no caso dos profissionais de saúde que trabalham nos hospitais, a vacinação ocorrerá nas próprias unidades.

O plano de vacinação estadual é semelhante ao de Salvador, divulgado pelo prefeito Bruno Reis, na terça-feira (12). Na ocasião, ele detalhou que a capital pode aplicar 100 mil doses por dia e que tem material para a vacinação, assim como os locais de armazenamento. Texto base do G1.

 

“Choveu” dinheiro na Barra: pessoa misteriosa joga “mais de R$ 10 mil” pela janela e faz a festa na rua; assista


"Choveu" dinheiro na Barra: pessoa misteriosa joga "mais de R$ 10 mil" pela janela e faz a festa na rua; assista Crédito da Foto: leitor/Aratu On

Quem passava pelo bairro da Barra, em Salvador, passou por um dos momentos mais icônicos da história da cidade. É que “choveu” dinheiro, na noite deste sábado (16/1).

Um dos felizardos de contemplar a festa foi o motorista e influenciador “Atan Uber”. “Acho que uma mulher brigou com um homem e jogou para mais de R$ 10 mil”, postou ele no Instagram. Confusão ou não, muitas pessoas se aglomeraram, na frente de um hotel, e faturaram muito.

As imagens gravadas pelo influenciador mostram diversas pessoas com notas de R$ 50 e R$ 100 em mãos. A Polícia Militar foi acionada e conseguiu conter a situação. Até o momento, não se sabe o real motivo da “chuva”.Do Aratuon

Manaus recebe vacinas de SP e oxigênio da Venezuela nesta 2ª feira


Cilindros de oxigênio chegam nesta 2ª em Manaus - Foto: Raphael Alves / EFE
Cilindros de oxigênio chegam nesta 2ª em Manaus – Foto: Raphael Alves / EFE

Mais ajuda chega a Manaus e outras cidades do Amazonas nesta segunda-feira, durante o colapso no sistema de saúde abarrotado de pacientes com Covid-19, após as festas de fim de ano.

Venezuela enviou um carregamento com 107 mil metros cúbicos de oxigênio. As carretas, cada uma transportando cerca de 25 mil metros cúbicos, atravessaram a fronteira com o Brasil na tarde deste domingo e deverão chegar a Manaus nesta segunda-feira, 18.

O ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza, informou que os primeiros caminhões partiram no sábado da fábrica do SIDOR, em Puerto Ordaz, a 1.500 quilômetros de Manaus.

O governado Wilson Lima agradeceu:

“Esta é uma das cargas significativas de oxigênio chegando aqui no estado do Amazonas. Deve chegar até terça-feira, vinda do Distrito de Bolívar, na Venezuela, e é uma doação que está sendo feita pelo governador daquele estado, que também está vindo ao Amazonas para fazer essa entrega aqui. Isso vai contribuir significativamente para que haja uma estabilidade na nossa rede hospitalar, tanto na capital quanto no interior”, disse o governador do Amazonas.

Vacina

Outra boa notícia é que os trabalhadores da linha de frente do combate à Covid-19 receberão a vacina Coronavac, agora liberada pela Anvisa.

As vacinas chegam no mesmo dia em que serão entregues ao Ministério da Saúde parte das seis milhões de doses que o Instituto Butantan importou da China – tirando a quantidade a que SP tem direito.

O governador de São Paulo, João Doria, prometeu prioridade ao Amazonas, que vive a situação mais crítica no momento.

O governador amazonense, Wilson Lima chegou na capital paulista esta madrugada para uma espécie de recebimento simbólico de 50 mil doses oferecidas pelo governo do estado. Elas serão usadas para o início imediato da vacinação no Amazonas.

Wilson gravou um vídeo no Twitter e desmentiu fake News de que teria recusado as vacinas.

Assista:

Com informações do Metrópoles

 

Bahia não confirma início de vacinação contra Covid-19 nesta segunda


Bahia não confirma início de vacinação contra Covid-19 nesta segunda

Foto: Rodrigo Nunes/MS

Apesar da sinalização do Ministério da Saúde para início da vacinação contra a Covid-19 nesta segunda-feira (18) (veja aqui), a Bahia não confirma se vai iniciar a aplicação de doses do imunizante ainda hoje. Uma decisão final deve ser informada ao longo do dia.

 

A vacinação estava marcada para começar na quarta-feira (20), mas a pasta federal antecipou e abriu possibilidade para que os estados iniciem logo após receber as doses, que já começaram a ser distribuídas a alguns estados. 

 

O secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, afirmou ao Bahia Notícias não ter recebido, até o momento, comunidado oficial sobre a autorização de antecipação. Além disso, segundo ele, o voo com as doses para a Bahia estava previsto para sair de São Paulo, inicialmente, às 8:50, mas o horário foi mudado para as 18h. “Se for assim dificilmente haverá possibilidade de iniciar hoje na Bahia”, disse. 

 

A Bahia não está entre os 10 primeiros estados a receberem as doses. Serão destinadas 319.520 doses das 6 milhões disponíveis no Brasil, segundo o G1 Bem Estar (saiba mais aqui).

 

“O importante é fazer a distribuição com muita cautela e responsabilidade. São produtos imunobiológicos perecíveis que necessitam cuidado especial. Além da questão de segurança”, destacou Vilas-Boas.  Do BahiaNotícias

 

Vacinação contra COVID-19 começa às 17h desta segunda no país, diz Pazzuelo


Ato simbólico de recebimento da CoronaVac pelos estados teve início na manhã desta segunda-feira (18); Zema foi a São Paulo receber doses de MG

Segundo o ministro da Saúde, general Eduado Pazzuelo, a vacinação contra a COVID-19 terá início às 17h desta segunda-feira (18/1) em todo o país. O anúncio foi feito esta manhã em Guarulhos (SP), durante o ato simbólico de recebimento de vacinas com os governadores dos estados.

Na ocasião, o ministro deu início à distribuição das doses da CoronaVac, imunizante do Instituto Butantan desenvolvido em parceria com o laboratório chinês Sinovac, aos demais estados. Minas vai receber 561 mil doses, conforme planilha divulgada no domingo (17/1) pelo Ministério da Saúde.

“A todas as famílias das vítimas, recebam a nossa solidariedade, é muito difícil perder alguém que amamos. Está dado o primeiro passo para a maior campanha de vacinação do mundo”, afirmou o Ministro

 

Pazzuelo também aproveitou a oportunidade para ‘alfinetar’ o governador de São Paulo, João Dória (PSDB): “Nós poderíamos, num ato simbólico, ou numa jogada de marketing, iniciar a primeira dose em uma pessoa. Mas, em respeito a todos os governadores, prefeitos e todos os brasileiros, o Ministério da Saúde não fará isso. Não faremos uma jogada de marketing”, disse o chefe da pasta.

 

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, participou do evento, que não contou com a presença de Dória. Ele enviou o vice, Rodrigo Garcia.

 

Continua depois da publicidade

As caixas com os lotes da CoronaVac começaram a deixar o centro de distribuição de logística do Ministério da Saúde em Guarulhos, Região Metropolitana de São Paulo, por volta das 5h desta segunda (18/1), sob escolta de carros da Polícia Federal. Também  foram escalados para a missão aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) e companhias aéreas, que farão o transporte gratuitamente.

São Paulo ficou com 1.349.200 doses. O restante foi dividido proporcionamente para os demais estados. De acordo Pazzuelo, cada unidade da federação ficará responsável pela distribuição aos municípios.

PLANALTINO: Prefeito Romi fala das dificuldades para organizar o que foi encontrado desorganizado, mas que vai arrumar bem a casa


“Só para se ter uma ideia, no setor de Infra Estrutura não foi encontrado se quer uma vassoura”, informou o prefeito demonstrando indignação com o fato.

Prefeito Romi no seu gabinete

 

O Café com Leite esteve conversando com o prefeito de Planaltino Ronaldo Lisboa da Silva, o Romi, onde ele esclareceu algumas dificuldades encontradas para iniciar uma gestão como ele pretende. O setor de Infra-estrutura foi encontrado em total devastação. De acordo às palavras do prefeito, nem uma vassoura se quer foi encontrada para iniciar a limpeza da cidade. “Tivemos que providenciar tudo. Confesso que fiquei nem só indignado, mas também assustado ao perceber a capacidade maldosa do ser humano”, Lamentou. Outro setor que vinha funcionando de forma precária, de acordo ao prefeito, era o abastecimento de água para a população que necessita do líquido, pois o Exercito tinha parado com o programa mas já vai começar sem demora a normalidade. “Sabemos que a carência é grande e água é vida”, salientou.

Encontramos o setor de Educação em bom estado

O prefeito destacou que é preciso que seja reconhecido de forma positiva o que merecer. Segundo ele, o setor de Educação foi encontrado em condição plena de funcionamento com tudo nos seus devidos lugares. “A gente tem que falar a verdade. Jamais eu iria dizer que a Educação está em situação ruim se não está”, reconheceu.

Mas infelizmente nem só de educação vive uma administração. A informação do prefeito é que a frota de veículos e máquinas pesadas foi encontrada quase que sucateada. Muitas peças de grande porte estão danificadas, falta pneu, falta bateria, mas que logo tudo estará funcionando perfeitamente.
O prefeito comentou também sobre a água que abastece a Angélica e adjacências, que tem chegado às residências com 50% do que poderia chegar, mas que o problema já está sendo detectado. Trata-se de uma bomba de potência boa, mas que fica em local fechado de muito capim e outras sujeiras, o que tem danificado a bomba. “Já vamos tomar providência do caso, vamos limpar o local de capitação da água no manancial, vamos fazer um reparo na bomba para que a mesma trabalhe com 100% do seu potencial. Parece uma coisa pequena, mas isso vai poder levar água em abundância para os moradores”, assegurou. Ainda falando sobre os problemas que irão surgir, Romi disse que é importante a participação da população no sentido de informar cada problema que ocorrer, seja um mata-burro e pontes com defeitos, estrada que se esburacou com as chuvas, se acontecer atraso na chegada de água nas regiões e outros problemas para que a prefeitura imediatamente tome providência.

Teste de Covid 19

O prefeito informou que não foi encontrado relatórios coerentes com o que foi divulgado e que certamente estavam soltando boletins aleatórios, o que é um perigo para população que fica sem saber de fato como está a situação do município em relação às contaminações e curas. “A partir de agora vamos notificar cada caso para que os boletins sejam com informação de fato que está o quadro de infectados. Tem mais, se caso vier a crescer o número de infectados, vamos conversar com os nossos comerciantes para encontrar uma forma de diminuir os casos. Isso numa parceria responsável com o comércio e a população, pois será para o bem de todos.

A equipe do Café com Leite Notícias dá as boas vindas ao novo prefeito Romi, sua vice Luciana e toda equipe, desejando assim que um bom trabalho seja feito nesta nova gestão.