(77) 99152-6666

Coronel relata ameaça de ‘encher sua boca de chumbo’ após CPMI das Fake News


“É um negócio assustador. Nunca vi nada parecido”, disse o senador, que teve segurança reforçada nesta semana

[Coronel relata ameaça de 'encher sua boca de chumbo' após CPMI das Fake News]
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

O senador Angelo Coronel (PSD-BA) relatou à coluna de Bernardo Mello Franco, do jornal O Globo, que a ameaça mais agressiva que recebeu após a instalação da CPMI das Fake News foi a que prometia “encher sua boca de chumbo”.

A mensagem foi encaminhada à Polícia Legislativa, que reforçou a proteção ao parlamentar.

“É um negócio assustador. Nunca vi nada parecido”, disse o senador.

Error, no Ad ID set! Check your syntax!

Coelba vai vender placas de energia solar pela metade do preço


O projeto será lançado hoje e o primeiro lote terá 150 sistemas para compra

[Coelba vai vender placas de energia solar pela metade do preço]
Foto : Divulgação/Elite Engenharia

Um programa da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) oferece desconto na compra de placas de energia solar. O primeiro lote, com 150 sistemas, será lançado hoje (16).

Os interessados precisam ter um consumo mensal mínimo de 350kWh. Os preços variam entre R$ 5.195,81 e R$ 9.349,40, o que corresponde a um desconto de 50% em relação aos valores do mercado.

Até 2020, serão cerca de 700 sistemas colocados à venda pela metade do custo. A promoção, no entanto, só será validade após avaliação técnica feita pela empresa.

Mulher fica cega após colocar panela de pressão debaixo da torneira


single-image

 

Em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, uma cozinheira de 26 anos, foi atingida no olho por regulador de pressão, enquanto manuseava uma panela debaixo da torneira com água corrente. De acordo com as enfermeiras que atenderam a mulher, os sinais vitais da moça estavam bons, mas a mulher está cega do lado direito.

Após o acidente a mulher foi imediatamente encaminhada ao hospital, e depois de uma radiografia, foi possível constatar que a mulher havia sofrido uma fratura na órbita óssea.

A vítima foi encaminhada a cirurgia, aonde o objeto foi removido. Ainda não se sabe muito sobre o estado de saúde da moça, mas até agora os médicos afirmam que não houve nenhuma hemorragia no local em que o regulador foi retirado.

Um alerta para quem não se programa com horário e põe panela em baixo da torneira pra ir mais rápido.

 

Alter do chão em chamas: paraíso não ficou de fora das queimadas amazônicas


O povo Borari chora por suas terras, suas florestas, e por toda riqueza que vem sendo transformada em cinzas em decorrência da ganância de muitos e do descaso governamental.A Vila de Alter do Chão – que esse ano ficou mais conhecida em outras regiões do país por meio de reportagens na televisão ressaltando suas belezas naturais – fica localizada no oeste do Pará, à margem direita do Rio Tapajós, e é território do povo Borari.

 

As queimadas desenfreadas que avançam sobre a Amazônia chegaram na vila na noite do último sábado 14. O início do foco de incêndio foi identificado em uma área no entorno do Lago Verde, onde existe um loteamento ilegal e uma invasão de terras que, há pelo menos três anos, vem transformando essa parte do paraíso que é Alter do Chão em uma zona de conflito agrário.

AFTER DO CHÃO EM CHAMAS. FOTO: REPRODUÇÃO

Alter do Chão é uma vila paradisíaca que atrai muitos turistas, possui praias de água doce com belezas inigualáveis, e por esse motivo cada centímetro de terra está sendo muito valorizado pelo setor imobiliário. As mais disputadas são as próximas ao rio, lago e nascentes de igarapé.

Foi na invasão de terra denominada Capadócia onde começou o incêndio que até o momento já se alastrou até a Comunidade de Ponta de Pedras, a 26 km de Alter. Acredita-se em incêndio criminoso e sabemos que o governador do Estado do Pará, Helder Barbalho, solicitou a Polícia Civil que investigue o caso.

O fogo vem destruindo uma grande área de um tipo de vegetação rara na Amazônia, a Savana Amazônica. O INPA, Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia, pesquisa e monitora a região há mais de 30 anos e já foram catalogadas espécies de animais endêmicos, ou seja, animais que só vivem nessa área que no momento está em chamas.

Todos os anos, nesse período, há presença do fogo na região, mas que fique claro: não dessa proporção. E nas savanas, o combate ao fogo é muito mais complicado pois a vegetação está seca e qualquer faísca representa perigo.

A queimada está acontecendo dentro de uma APA – Area de Proteção Ambiental. Criada em 2003, essa área até hoje não possui um Plano de Manejo, o que, com as crescentes e invasões de terra, construções irregulares, entre outros problemas relacionados ao ordenamento territorial, é de grande necessidade.

A população de Alter, por conta própria, tem se articulado para proteger a região. Há dois anos foi instituída a Brigada de Incêndio Florestal de Alter do Chão, um grupo independente composto por homens e mulheres que trabalham de forma voluntária para proteger a floresta e as pessoas. Com treinamento do corpo de bombeiros, esse grupo que, na semana passada formou mais 30 voluntários com ajuda de doações para os custos mínimos do curso, está atuando com força desde sábado.

Conseguiram, além de atuar na linha de frente do fogo, fazer a mobilização dos órgãos governamentais, organizações comunitárias e ONGs. Porém, é necessário mais equipamentos e pessoas capacitadas para atuar na ação do combate ao incêndio (para conhecer mais o trabalho da Brigada e colaborar acesse aqui).

Ao pôr do sol as equipes se retiram do local, e da orla de Alter do Chão, dá para ver as enormes chamas avançarem, um cenário devastador.

QUEIMADAS EM AFTER DO CHÃO. FOTO: ARQUIVO PESSOAL

O povo Borari chora por suas terras e pela situação de risco, mas não chora sentado. Estamos de pé, combatendo o fogo, e pedindo apoio. Por mais suporte do governo no combate ao fogo; por um plano de manejo urgente para a APA de Alter do Chão; por mais rigor com as ocupações de terra irregulares.

 

O CANTOR GOSPEL ANDERSON FREIRE PEDE ORAÇÕES PARA IGREJA AO REVELA LUTA CONTRA DOENÇA


Um dos maiores e talentosos cantores no meio gospel ,Anderson Freire tem feito posts diários sobre sua luta contra grave doença que enfrenta.Estamos falando sobre a obesidade mórbida.Anderson sentiu que estava acima do peso,mas descobriu que não era só isso.A sua qualidade de vida e saúde,estariam comprometidas no futuro se ele continuasse a manter os kilos extras.

O cantor vem mostrando rua rotina de treinamentos e dieta regrada.Fotos de shows e publicações ,tem dado lugar a postagens de vida saudável que parece ser o foco do cantor no momento.Anderson Freire parece não querer aderir a famosa cirurgia bariátrica que é muito popular hoje em dia.O cantor tem trilhado um caminho de emagrecimento natural de dietas,exercícios e acompanhamento médico.Embora este seja um caminho de maior esforço,é também um caminho de menos riscos colaterais para a saúde.

Desde então o cantor,com muita humildade tem se engajado numa luta diária contra a balança.O índice de massa corporal excedente o cantor está buscando diminuir.Seus fãs e família tem apoiado a decisão do cantor,que é uma das principais referências do mundo gospel,no quesito composição.

Músicas como “Ressuscita-me” ,”Raridade”, “fidelidade” que são amplamente conhecidas  e uma infinidade de outras canções de sucesso são de autoria do cantor que é considerado um dos maiores compositores da da atualidade.Ele agora anuncia a sua luta contra a obesidade,a fim de que seu próprio talento não seja desperdiçado.

Anderson Freire é um dos cantores mais queridos do meio gospel.Ele pauta sua vida em muita simplicidade e nunca se envolveu em polêmicas.Aliás,suas músicas caracterizam a busca por Deus e pela santidade.Anderson Freire é conhecido por ser um dos poucos nomes do gospel muito bons de Bíblia e consegue traduzir com muita facilidades histórias bíblicas em músicas.

Anderson Freire ganhou o grammy latino no ano de 2016 como melhor álbum da língua portuguesa.

Itália paga R$ 3 mil para quem se mudar e abrir negócio em cidades pequenas


Gambatesa, comuna de Molise - Foto: Unsplash/@audejpeg
Gambatesa, comuna de Molise – Foto: Unsplash/@audejpeg

Oportunidade para morar na Itália. A região de Molise, no sul do país, está oferecendo 700 euros por mês – pouco mais de R$ 3.100 – para quem se mudar para alguma das cidades pequenas da região e abrir um negócio por lá.

“Queríamos que as pessoas investissem aqui. Elas podem abrir qualquer tipo de atividade: uma padaria, uma papelaria, um restaurante, qualquer coisa. É uma maneira de dar vida às nossas cidades e ao mesmo tempo aumentar a população”, disse Donato Toma, presidente de Molise.

De acordo com  The Guardian o valor será pago durante três anos para quem se mudar para povoados com menos de dois mil habitantes e se comprometer a abrir um negócio.

O incentivo é para reestruturar a região, que sofreu com a perda de moradores nos últimos anos.

De acordo com o Instituto Nacional de Estatística da Itália (Istat), Molise, com uma população de 305 mil habitantes, está entre as regiões que perderam mais moradores nos últimos anos – mais de nove mil já saíram desde 2014. Em 2014 e 2018, o número de cidadãos italianos residentes no país caiu em 677 mil.

Mas não se trata apenas de aumentar a população.

Segundo o governante, as pessoas precisam de infraestrutura e um motivo para ficar. Por isso, cada cidade com menos de dois mil habitantes receberá dez mil euros (R$ 44,8 mil) destinados a infraestrutura e promoção de atividades culturais.

A proposta por parte das autoridades regionais será publicada no dia 16 de setembro no diário oficial e foi autorizada pelo Ministério de Desenvolvimento Econômico, informou a mídia local.

A partir dessa data, os interessados na proposta poderão enviar suas solicitações ao Conselho Regional pelo período de 60 dias.

O conselheiro Antonio Tedeschi, membro do Conselho Regional e autor da ideia, pretende repovoar as cem aldeias da região que estão sendo esvaziadas, revitalizar a economia e criar emprego.

A medida foi batizada de ‘renda ativa de residência’ e o valor total alocado e autorizado pelo governo italiano chega a um milhão de euros.

Tedeschi disse em redes sociais que “a iniciativa nasceu para deter o triste fenômeno da despovoação” e confia que seja “um primeiro passo até a revitalização” da região.

Com informações da EFE e Estadao

Fim da exigência de simulador para CNH e suspensão de aulas para cinquentinha valem a partir desta segunda


Processo para tirar CNH vai ser mais curto a partir de setembro. — Foto: Divulgação

Processo para tirar CNH vai ser mais curto a partir de setembro. — Foto: Divulgação

O número de aulas para tirar a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) vai ser reduzido a partir desta segunda-feira (16). A mudança determinada pelo governo federal em junho passado também altera o processo para obter a ACC (Autorização para Conduzir Ciclomotor), documento exigido para guiar cinquentinhas, como são conhecidos os ciclomotores com motor de até 50 cm³.

Entenda as mudanças em detalhes:

CNH (categoria B, carros)

  • acaba a exigência de uso do simulador nas autoescolas para quem quiser tirar a CNH na categoria B. Fazer aulas no aparelho passa a ser facultativo;
  • com isso, cai o número de horas/aulas obrigatórias. Ele passará de 25 para 20 horas. É a mesma carga-horária de antes de o simulador ter sido adotado.

ACC (cinquentinha)

Rio Grande do Sul mantém simulador

Por decisão liminar, em agosto, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), manteve a obrigatoriedade de realizar aulas em simulador para obter a CNH no Rio Grande do Sul.

A ordem foi dada após uma ação movida pelo Sindicato dos Centros de Formação de Condutores do estado (SindiCFC-RS). Essa solicitação tinha sido negada em primeira instância.

Governo diz que custo vai cair

Na época em que as alterações para habilitação foram anunciadas, o governo disse que elas tinham como objetivo desburocratizar esses processos e reduzir custos.

“O simulador não tem eficácia comprovada, ninguém conseguiu comprovar que é importante para o condutor. Nos países ao redor do mundo não é obrigatório, mesmo em países com excelentes níveis de segurança no trânsito”, disse o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, em junho.

O secretário-executivo do ministério, Marcelo Sampaio, disse que esperava que autoescolas que saíram do mercado pudessem voltar com o fim do simulador, o que, segundo ele, também deve contribuir para baixar os custos para tirar habilitação.

Críticas de especialistas

As mudanças foram criticadas por especialistas em trânsito. “Quando reduzimos a carga para baratear custos, aumentamos o risco de acidentes no futuro, e, como consequência, aumentar custos na área da saúde, por exemplo”, afirmou Renato Campestrini, gerente técnico do Observatório Nacional de Segurança Viária.

Para Mauricio Januzzi, advogado especialista em direito do trânsito, “o governo está tirando algumas áreas essenciais para formação do condutor, em detrimento de um custo mais baixo”.

“Talvez, em nome da ‘desburocratização’, tenhamos um cenário triste com o aumento de acidentes e mortes no trânsito”, disse Flavia Vegh Bissoli, vice-presidente da comissão de trânsito da OAB-SP.

Para o presidente do Sindicato das Autoescolas do Estado de São Paulo, Magnelson Carlos de Souza, desburocratizar o processo é positivo, mas os condutores deveriam continuar fazendo aulas em simuladores.

“O simulador tem algumas vantagens. Ele é mais rápido e mais barato. Se somar as duas coisas, não tenho dúvidas de que ele [o aluno] vai optar pelo simulador. Mas o mercado é quem vai moldar”, afirmou.

No início deste mês, o Instituto Latinoamericano de Segurança Viária (Ilasv), com sede no Rio Grande do Sul, pediu à Justiça que anulasse a resolução.

Mudanças no Código de Trânsito

Também em junho passado, o governo federal propôs outras mudanças no Código de Trânsito, mas que precisam ser aprovadas pelo Congresso, entre elas o aumento da pontuação máxima para suspensão da CNH por infrações e o fim da multa para quem transportar crianças sem cadeirinha. Não há previsão de quando elas serão analisadas.

 

Preços do petróleo disparam após ataques a estatal na Arábia Saudita


Cotação do barril disparou quase 20% na abertura do mercado em Londres

[Preços do petróleo disparam após ataques a estatal na Arábia Saudita]
Foto : Reprodução / TV Globo

O preço do petróleo disparou hoje (16) em Londres, após os ataques ocorridos no final de semana contra instalações da petroleira estatal Aramco, na Arábia Saudita, que fizeram com que a produção do maior exportador mundial fosse reduzida à metade.

Às 9h30 GMT (6h30 de Brasília), o barril de Brent do Mar do Norte, referência na Europa, para entrega em novembro registrava alta de 9,52% na comparação com sexta-feira, sendo negociado a US$ 65,97 no Intercontinental Exchange (ICE) de Londres. Ao mesmo tempo, o barril de “light sweet crude” (WTI) para o contrato de outubro subia 8,71%, a US$ 59,63, no New York Mercantile Exchange (Nymex).

A cotação do barril disparou quase 20% na abertura do mercado em Londres, a maior alta em uma sessão desde a guerra do Golfo em 1991, segundo a agência France Presse.

Os ataques de drones, ocorridos no sábado (14), provocaram incêndios na unidade saudita de Abqaiq, a maior do mundo dedicada ao processamento de petróleo, e na instalação de Khurais, provocando a redução da produção da petroleira em cerca de 5,7 milhões de barris, o que corresponde a mais de 5% do suprimento global de petróleo.

Pluntc, Blact, Zum…Não vai a lugar nenhum: Rui Costa diz que alianças do PT não devem ser condicionadas a “Lula Livre”


Na verdade existem duas alas no PT, ou seja um PT ao modo de quando o partido foi fundado e um PT, que parece só usar a sigla, no entanto, faz questão de não se alinhar ao grupo do PT que vem lutando a mais de 500 dias, pela liberdade do líder maior no PT, que é o Lula. Percebe-se com clareza que petistas querem ser líder como o Lula é, porém, não percebe que qualquer petista ou esquerdista só decola uma candidatura tendo o apoio do Lula, esteja ele preso ou não. Tanto o Rui Costa como o seu antecessor Jaques Wagner, foram, e eles sabem disto, que quem originou as suas carreiras na política foi o Lula.

De acordo a matéria na Veja, no momento em que o PT se esforça para encontrar novas lideranças políticas capazes de se mostrar eleitoralmente viáveis, o governador da Bahia, Rui Costa, tomou a dianteira: nesta entrevista a VEJA, ele assume pela primeira vez que poderá ser pré-candidato à Presidência da República em 2022. Reeleito para o segundo mandato com 75% dos votos, o petista conclama os partidos de esquerda a se unirem em uma frente para pensar um projeto de país em oposição ao governo de Jair Bolsonaro, que contemplaria até a discussão sobre a legalização da maconha. Costa considera que essa aliança não deve ser condicionada a uma defesa da liberdade do ex-­presidente Lula. E vai contra a direção nacional do PT ao criticar as violações de direitos humanos na Venezuela e pedir o endurecimento de punições a assassinos. Segundo ele, o PT se desconectou da sociedade brasileira e não devia ter lançado Fernando Haddad como candidato em 2018. (…)

O PT deve exigir a defesa do “Lula livre” para formar alianças? Não, não acho que esse é o ponto que deve ser usado pelo PT para condicionar qualquer diálogo com as oposições para formar uma frente. Mas o PT não deve nem pode abrir mão dessa bandeira. Hoje mais do que nunca está claro que Lula não teve direito a um julgamento justo. A condenação no caso do tríplex é uma aberração gigantesca.
Veja alguns comentários sem corte e sem escolha.
  •  

    Esse Ruimzinho é conhecido pelos Servidores aqui da Bahia. Ele se esconde atrás do PT, mas tem comportamento de direita. Ajudou a entregar o pré-sal em troca dos créditos da Lei Kandir. Não votei nele. Não é confiável.
    Criou aqui no Estado uma Estatal não dependente, ou seja, um empresa privada, para gerenciar os créditos fiscais e desviar os recursos do orçamento para os banksters, chamada BAHIAINVEST.
    Só confio no LULA, só !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Vai logo para o p$db, tucano enrustido! E pede pra sair do PT.

  • Outro petista cheira peido do Ciro pilant

    Avatar

    O que ele anda falando?! Pirou?! Quem quer fazer aliança com o PT deve carregar essa bandeira.
    O PT e o partido mais forte e quem procura aluança é porque quer ter vantagens políticas.
    Não vejo razão para retirar o Lula Livre da pauta.

    • Tá se achando maior que o PT porque teve votação alta…na próxima vai junto com o Ciro e Jaques Wagner para o PDT. Se não querem o Lula Livre, literalmente, sai fora. A condição sine qua non é essa, não quer se manda e leva os seus junto.

       

      É um péssimo governador a votação expressiva só foi porque ele “era”do PT.

Uma vez, num debate com um militante da direita do PT, fã de Rui Costa, quando afirmei que o governador da Bahia é de direita, ele me respondeu: “e quem é de esquerda? Cuba, Venezuela?” Parei ali por que a resposta que eu queria ele me forneceu. Isso é a direita do PT. Sempre fui crítico co Rui Costa embora tenha votado nele por falta de opções à esquerda no estado. Esse sujeito está mais para Ciro e PDT do que para PT. Ele é o responsável pela “direitização do PT” na Bahia e tem perfil truculento: no início do seu primeiro mandato quando a PM matou 13 pessoas, ele comemorou como o Witzel e comparou a tragédia a um jogo de futebol. Na Bahia de 2019, em minha cidade, já existem duas escolas estaduais militarizadas. Nessas escolas, determinados funcionários bolsonaristas, que não têm nada a ver com educação e com o apoio tácito de policiais que lá mandam, estão tocando terror e até ameaçando colegas professores que critiquem Jair Bolsonaro e sua gangue miliciana. É, companheiros, isso é o estado da Bahia governado pela ala direita (aqui se chama “reencantar”; ridículo, não?) do PT. Rui Costa é tão de esquerda quanto Ciro Gomes – não à toa suas agendas se assemelham. Acredito que em 2022 o PT perca a hegemonia no Estado justamente por essa direitização: as pessoas estão com raiva de Bolsonaro e seus parceiros e querem o PT, mas não o PT de direita. Querem o PT que enfrente e que tenha uma agenda, discursos e ações à esquerda, para fazer a luta dialética com a extrema e a direita. O PT do tipo Rui, Wagner, Santana, Quáquá, Genro e outros não em representa nem à verdadeira militância com que convivo. Força Gleisi, continuamos apoiando a Venezuela chavista e rechaçando os golpistas da oposição de lá; continuamos sendo contra execuções sumárias da PM na Bahia (mesmo de “bandidos perigosos”) e continuamos a favor de que LULA LIVRE é condição sine qua non para qualquer aliança do partido dos trabalhadores com outras agremiações políticas. Professor Ismael, perseguido profissionalmente em meu estado e em meu município, o primeiro governado por um PT que se assemelha ao PSDB e ao bolsonarismo em muitos aspectos.

 

Gleisi a Ciro. Quem levou Haddad ao segundo turno foi o povo e não você


A deputada Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT, rebateu as declarações do ex-ministro Ciro Gomes, candidato a presidente pelo PDT nas eleições presidenciais de 2018, de que teria vencido Jair Bolsonaro no segundo turno da disputa, ao invés de Fernando Haddad.

“Está claro pq Ciro fugiu p/ Paris em 2018: não aceitou o jogo democrático.  Respeite ao menos o eleitor, Ciro. Foi ele quem escolheu levar Haddad, e não vc, ao 2o. turno #LulaPresoPolitico #LulaLivre”, escreveu Gleisi pelo Twitter.

Em entrevista à BBC Brasil, Ciro disse que deixou o Brasil, não para Paris, mas para Portugal, após ter sido derrotado no primeiro turno porque “era o limite mínimo para guardar coerência” com o que estava pensando no País.

De acordo com o ex-ministro, que também governou o Ceará, “Haddad é uma fraude cuja origem eu denunciei ancestralmente, porque foi transformado num vice, convidou a Manuela para ser um terceiro não sei de quê de uma candidatura do Lula” (leia mais no Brasil 247). 

 

Ciro Gomes se transformou na caricatura de Jair Bolsonaro: bate em Lula e no PT para ocupar espaço na mídia. Por Joaquim de Carvalho


Ciro Gomes devolveu a gentileza de Haddad com uma frase amarga, dita em entrevista que a BBC Brasil está publicando hoje.

“O Haddad é uma fraude cuja origem eu denunciei ancestralmente, porque foi transformado num vice, convidou a Manuela para ser um terceiro não sei de quê de uma candidatura do Lula”, disse ele.

Há duas semanas, quando esteve em Fortaleza na Caravana Lula Livre, Fernando Haddad publicou uma foto com Ciro Gomes e comentou: “Revi meu amigo”.

Ciro Gomes devolveu a gentileza de Haddad com uma frase amarga, dita em entrevista que a BBC Brasil está publicando hoje.

“O Haddad é uma fraude cuja origem eu denunciei ancestralmente, porque foi transformado num vice, convidou a Manuela para ser um terceiro não sei de quê de uma candidatura do Lula”, disse ele.

É impossível explicar a frase de Ciro Gomes pela lógica da política — com declarações como esta, ele não conquista apoio entre os 47 milhões de eleitores que votaram em Haddad no segundo turno das eleições de 2019.

Também não ocupa espaço no campo da direita, congestionado pelas candidaturas de Bolsonaro, João Doria e Sergio Moro, além de Luciano Huck, que corre por fora.

O ressentimento explica o comportamento de Ciro Gomes. Mas não só.

Ciro Gomes certamente sabe que a única maneira de conquistar espaço na mídia é dando o que ela quer: uma língua para bater no PT e no seu ex-candidato.

Ciro Gomes não tem mandato, não ocupa cargo público, não preside partido, não tem ocupação profissional conhecida. Na entrevista à BBC, ele disse que é advogado e dá palestras.

Diz que seu partido quer que seja candidato a presidente em 2022. Até lá, toca a vida e, para não ser completamente esquecido, dá entrevista.

E para que ela tenha alguma repercussão, bate no PT. E agora bate abaixo da linha da cintura. Não só contra Haddad, mas contra Lula. O que ele disse:

“O Lula se corrompeu. Desculpa, é doído dizer isso, mas o Lula se corrompeu. Ele virou sabe o quê? Um caudilho sul-americano. É o culto à personalidade. Toda a agenda do país agora é refém do egoísmo do Lula.”

No TRF-4, onde um cartel confirmou a condenação de Moro, a frase de Ciro Gomes deve ter sido recebida com brindes de taça de espumante.

Lá, em janeiro de 2018, se disse algo parecido.

É uma colocação injusta.

Se fosse caudilho, Lula teria se deixado seduzir pela tentação do terceiro mandato em 2010, com a repetição do que Hugo Chavez fez na Venezuela e Evos Morales, na Bolívia.

Se fosse caudilho, Dilma Rousseff não teria sido candidata à reeleição em 2014, já que era grande o número de pessoas que queriam que ele concorresse à presidência.

Aos que o procuravam, inclusive grandes empresários, Lula dizia que só seria candidato se Dilma dissesse que abriria mão da reeleição.

“É direito dela se candidatar”, disse mais de uma vez.

Se fosse caudilho, Lula não teria nomeado adversários ideológicos para o Supremo Tribunal Federal.

Se fosse caudilho, teria feito como Bolsonaro e ignorado a lista tríplice da Associação Nacional da Procuradoria da República para a indicação do chefe do Ministério Público.

Um caudilho não daria autonomia à Polícia Federal.

Lula pode ser criticado por várias razões, inclusive por excesso de republicanismo.

Pode ser criticado também por não ter instituído sob seu governo a tributação sobre lucros e dividendos, como lembra Ciro na entrevista — nesse ponto, ele está certo.

Mas acusá-lo de caudilhismo — ainda que o termo não seja necessariamente pejorativo — é desonesto.

Lula não impôs sua liderança — até porque isso não é possível.

Ele conquistou espaço com uma estratégia inteligente, gestada desde que era líder sindical.

Empenhou-se na fundação de um partido, de uma central de trabalhadores e ocupou espaço gradativamente, crescendo de baixo para cima.

Queria chegar à presidência, como Ciro Gomes, mas se colocou como produto de um projeto coletivo.

É isso que Ciro Gomes e outros políticos profissionais não perdoam: Lula está conectado a raízes sociais como nenhum outro líder no Brasil.

 

E é por isso que, mesmo preso, continua com apoio no mundo todo e conta ao lado do cárcere com uma vigília que talvez seja a mais longa da história.

Atacar Lula por sua liderança, na tentativa de desqualificá-lo, não levará Ciro Gomes a lugar nenhum.

Ou melhor, a um ponto apenas:

Com esse espaço na mídia, no futuro ele terá de disputar com Jair Bolsonaro o posto de quem xinga mais o ex-presidente, que concluiu seu mandato com índice de aprovação jamais visto no país: 87% de brasileiros consideraram sua gestão ótima ou boa.

Deve ser doído para outros políticos encarar um fato destes.

Na verdade, o que o Ciro Gomes é, de forma bastante clara, é uma figura transparente. Qualquer pessoa percebe logo a sua transparência de ficar irritado em não conseguir o que o Lula conseguiu sem xingar ninguém. Está bem transparente a falta de amor do Ciro, por pessoas que ele deveria ter amor e afeto, como o próprio Lula; como fica transparente também o seu desespero em vê que não está adiantando bater no Lula e no PT, pois nas pesquisas de opinião pública o seu nome aparece num gráfico cada vez menor. E agora, Ciro, o que fazer pra crescer nas pesquisas de opinião pública? vai lutar por eleições Indiretas Já, para que o Lula, que os indicativos mostram que a sua liberdade não está longe, não possa ser o candidato indicado pela Direita, mas que talvez você seja? Não seria, pois a Direita também não lhe apoia. A verdade é que o desgaste foi grande e com o voto popular, ja que você não está bem nem com a Esquerda nem com a direita, fica difícil sentar na cadeira espaçosa. Quem está de fora consegue enxergar melhor.

Fonte DCM, último parágrafo Café com Leite Notícias.

Mulher despenca ao tentar usar lençóis amarrados para escapar de incêndio no Hospital Badim


Mulher que caiu do terceiro andar mandou, ferida, áudio desesperado para marido

Mulher que caiu do terceiro andar mandou, ferida, áudio desesperado para marido

Uma imagem feita pelo Globocop simboliza o desespero de quem estava dentro do Hospital Badim, no Rio de Janeiro, quando o incêndio começou na noite desta quinta-feira (12). Pelo menos 11 pessoas morreram.

Lençóis amarrados um no outro aparecem saindo pela janela do terceiro andar do prédio, em uma aparente tentativa de escapar do fogo ou da fumaça.

Uma das pessoas que tentou usar a “teresa” – como é popularmente chamada essa corda improvisada – foi Gigiane dos Santos, que acompanhava uma paciente.

Gigiane dos Santos acompanhava paciente e tentou fugir usando uma corda feita de lençóis — Foto: Reprodução/TV Globo

Gigiane dos Santos acompanhava paciente e tentou fugir usando uma corda feita de lençóis — Foto: Reprodução/TV Globo

Logo após a queda, ela mandou um áudio desesperado para a família pedindo socorro.

“O hospital, que eu estava tomando conta de uma senhora, está pegando fogo, eu tentei pular do terceiro andar, estou toda quebrada no chão, no Badim, aqui no Maracanã, pelo amor de Deus, me ajuda”, disse a mulher no áudio.

Lençóis amarrados na janela do Hospital Badim, que pegou fogo no fim da tarde desta quinta-feira (12) no Rio — Foto: Reprodução / TV GloboLençóis amarrados na janela do Hospital Badim, que pegou fogo no fim da tarde desta quinta-feira (12) no Rio — Foto: Reprodução / TV Globo

Lençóis amarrados na janela do Hospital Badim, que pegou fogo no fim da tarde desta quinta-feira (12) no Rio — Foto: Reprodução / TV Globo

Segundo o marido, Gigiane e outros pacientes não estavam conseguindo sair por corredores e escadas, e a mulher acabou caindo da janela do terceiro andar ao tentar escapar.

“Ela falou que já estava muito escuro, muita fumaça, e eles não estavam conseguindo sair, se aproximaram da janela para pedir socorro”, afirmou Leonardo dos Santos.

Gigiane sofreu fraturas nos dois tornozelos e na região do quadril, foi levada para o Hospital Quinta D’Or e passará por cirurgia.

A paciente que ela acompanhava, Maria Alice Teixeira da Costa, é uma das 10 vítimas identificadas.

Sobre o hospital

O Hospital Badim é uma unidade de saúde particular que faz parte da Rede D’Or São Luiz. O prédio que pegou fogo foi construído há 19 anos no Maracanã. Outro prédio, anexo a ele, foi inaugurado em 2018. Ao todo, o complexo hospitalar tem 15,7 mil m² de área construída, 128 leitos de internação, 32 leitos de tratamento intensivo e cinco salas de centro cirúrgico, de acordo com o site institucional.

A direção do hospital disse que criou um comitê de apoio para atender familiares de pacientes e funcionários. Foram criados ainda o número de Whatsapp (21) 97101-3961 e o e-mail [email protected] para que os familiares de vítimas possam receber informações sobre sua localização.

‘Perco tudo, mas não dou um centavo’, diz ex-Pânico sobre dívida de pensão


Carlinhos Silva está foragido por dever R$ 650 mil para o filho

O humorista Carlinhos Silva, conhecido como Mendigo do Pânico, que está foragido da Justiça por dever cerca de R$ 650 mil em pensão alimentícia, afirmou que parou de fazer os pagamentos “porque não existe penitência para a mulher”.

Em entrevista ao Fofocalizando, Carlinhos disse que está “cuidando da minha cabeça”. “Tenho dois acordos assinados que não foram cumpridos. Parei de pagar a pensão porque não existe penitência para a mulher. A Justiça e a mãe do meu filho não me respeitam. Tenho todos os documentos. Não é possível que chegou a esse ponto! Há seis anos não tem acordo. Para eles virou questão de honra me colocar na prisão. Sei o que o menor precisa. Acabaram com a minha família, não sei o que meu filho pensa de mim. Por que tenho que respeitar a Justiça se ela não me respeita?”, afirmou.

Ele contou que não vê mais o filho e contou que seu apartamento foi penhorado por conta da dívida. Disse ainda que está sendo injustiçado. “A minha cobertura, que é marvilhosa, está penhorada. Não posso trabalhar para pegar a pensão. Sou um pai injustiçado, sempre implorei para estar com meu filho. Dinheiro vai depois, primeiro é meu filho. Tentei de novo o acordo, pagar escola, plano de saúde e comida. Mas ela não quer acordo! A pensão está em quase sete mil reais e eu tenho que trabalhar”, argumenta.

Para ele, a sua ex-mulher está interessada apenas em sua prisão. “Caso eu vá preso hoje, deve ter uma festa preparada. Quando eu descobri que o problema não era mais dinheiro, deixei de pagar. Eu perco tudo, volto para a m…, mas não dou um centavo. Ninguém vai devolver os oito anos de vida do meu filho. Meu apartamento está penhorado, preciso trabalhar. Que direito do menor esses caras defendem?”.

Carlinhos e a assistente de palco Aline Hauck têm juntos o filho Arthur Henrique, de 8 anos. Em 2018 ele já tinha dito que não pretendia pagar a dívida. “Se for para ser preso, eu vou, mas não vou mais pagar pensão para não ver meu filho. Não tenho medo de cadeia. Criança virou um bem, cara. Mesmo se eu tivesse [dinheiro], não iria pagar, a não ser que ela pague o tempo que perdi com meu filho”, disse ele.

 

Uma menina, seu irmão caçula e a história por trás da foto que comoveu o mundo


“Eles deixaram de brincar juntos na escola e em casa para ficar sentados em um quarto frio do hospital”.

menina irmão câncer
Aubrey consola o irmão Beckett

A imagem de uma menina de 5 anos consolando o seu irmão de 4 anos com câncer viralizou no Facebook nesta semana e alcançou diversos países do mundo.

Aubrey Burge, como qualquer menina da sua idade, poderia estar brincando, correndo, pulando ou nadando. Mas ela optou por ficar ao lado do pequeno Beckett enquanto ele vomitava após uma sessão de quimioterapia.

A foto foi compartilhada pela mãe das crianças, Kaitlin Burge, 28, moradora de Princeton (Texas). Ela queria transmitir sobre como sua filha está vivendo desde que o irmão foi diagnosticado com leucemia linfoblástica aguda –um tipo de câncer que começa na medula óssea –, em abril de 2018.

Kaitlin escreveu que decidiu postar a foto para lembrar da importância da família em momentos difíceis. A jovem conta que a filha ficou o tempo todo ao lado do irmão, enquanto ele passava mal no banheiro, massageando suas costas. A menina ainda o ajudou a lavar o rosto e as mãos, o levou de volta para o sofá na sala, e se ofereceu para limpar o banheiro.

“Uma coisa que ninguém te conta sobre câncer infantil é que ele afeta a família inteira. Você sempre escuta sobre as dificuldades médicas e financeiras, mas com que frequência você ouve sobre os apertos que as famílias que têm outras crianças vivem? ”, questiona Kaitlin.

A mãe diz que a diferença entre os seus dois filhos é de apenas 15 meses e conta como eles deixaram de brincar juntos na escola e em casa para ficar sentados em um quarto frio do hospital.

“Para alguns, isso pode ser difícil de ler e ver. Meus dois filhos, com 15 meses de diferença de idade, foram de brincar juntos na escola e em casa para se sentar juntos em um quarto frio de hospital. Minha menina, então com 4 anos, viu seu irmão ir de uma ambulância para a UTI. Ela viu uma dúzia de médicos colocarem uma máscara no rosto dele, colocar várias agulhas, colocar uma dúzia de medicamentos no corpo dele, tudo enquanto ele estava ali, deitado, sem poder fazer nada. Ela não tinha certeza do que estava acontecendo. Tudo o que ela sabia era que algo estava errado com o irmão dela, com seu melhor amigo”, disse.

“As crianças precisam de apoio e de companheirismo e não devem ser mantidas à distância de quem está doente. O mais importante é mostrar que eles estão sendo cuidados, independentemente da situação”, continuou Kaitlin.

Segundo a mãe, o menino já apresentou melhoras, mas deve continuar em tratamento por mais dois anos. Aubrey e Beckett têm ainda uma irmã mais nova, Chandler, de 2 anos.

“Vomitar entre as sessões de brincadeira. Ficar e apoiar seu irmão e acariciar suas costas quando ele se sente mal. Passar de 13 quilos para nove. Isso é o câncer infantil. Ou você lida com isso. Ou o abandona”, finaliza a mãe.

 

PANIFICADORA PAPITO’S INFORMA


NA  PAPITO’S PODE ESTÁ A SUA SORTE

A imagem pode conter: atividades ao ar livre

Neste sábado dia 14 já vai acontecer o primeiro sorteio de uma Pop 0 Km, e você pode ser o ganhador dela. Compre na PAPITO’S e exija o seu cupom, coloque na urna e Boa Sorte!