Ainda muita calmaria sobre eleições 2016


       

Maracás é uma das cidades que apresentam mais calmaria em relação a falatório de candidatos

 

Com exceção de algumas cidades da região, a política está ainda sem muita movimentação nas esquinas, nos bares e outros locais, que em épocas anteriores, nesse período difícil era falar em outro assunto. A cidade de Maracás é uma das mais calmas. Não se sabe o motivo, mas o que se sabe é que existe uma falta de motivação. Quando se fala no assunto, muitas pessoas nem sabem ainda quais são os candidatos. O prefeito Paulo dos Anjos assegura ser candidato a reeleição, porém, com o afastamento de Nelson Portela do cargo que exercia no Governo estadual, já não se sabe qual a estratégia dos lideres do grupo, ou seja, quem vai sair para candidato. Pelo outro lado, Soya, que é a principal oposição, não tem se manifestado quanto á uma pré-campanha com mais ênfase, e com isso o tempo vai passando tudo muito calmo. Na verdade, o que está acontecendo nas cidades pequenas, é que junta a falta de entusiasmo do povo e a crise que assola, algo que não vai ser uma tarefa fácil para os próximos prefeitos, o resultado é essa calmaria, se comparando com décadas passadas.

Algumas cidades já estão se agitando, a exemplo de Planaltino, Jaguaquara e outras, mas são contadas nos dedos, como se dizem. Jequié, que tem sofrido muito nas últimas gestões, a população já nem acredita mais na classe política da velha guarda, e com certeza deve surgir um nome novo, com novas ideia e, sem a velha demagogia de muitos políticos, quem entrar vai ter que tirar o município do caos em todas as áreas. Até o momento ainda não se sabe ao certo, a definição da política na cidade. O deputado Euclides Fernandes, que concorreu com Tânia Brito nas eleições passadas, mas com o passar do tempo ficou no ar uma expectativa de que seria melhor opção, mas não adianta chorar depois do “leite derramado”. Quem sabe, caso seja Euclides, ele queira mostrar que foram quatro anos perdidos e que agora é hora de reconstruir Jequié. Em Santa Inês, um novo nome está na boca do povo e com muita credibilidade, que é o professor maracaense, Emerson Elói. A verdade é que o tempo está ficando curto para cada um realizar a sua convecção, onde o  último dia será cinco de agosto.

 

Error, no Ad ID set! Check your syntax!

Téo da Van realiza grande reunião com os cooperados da COOPERTAI em Lajedo do Tabocal


 

 

 

DSCN7044[1]

Final de reunião de muitos assuntos abordados

 

O dia 15 de julho aconteceu mais uma reunião de grande importância para os cooperados da Coopertai, que é uma cooperativa em busca da regularização do transporte de passageiros, que tem sede na cidade de Lajedo do Tabocal e foi criada a um ano pelo popular Téo da Van. Muitos assuntos ligados ao aperfeiçoamento foram abordados e discutidos. Vale ressaltar que a Coopertai foi fundada há um ano, como foi dito, mas já contabiliza várias vitórias conquistadas, onde quem ganha  é o passageiro, que irá viajar em carros de qualidade com motoristas qualificados, pois tudo isso foi abordado na reunião. Na ocasião o presidente falou que uma das exigências da Cooperativa é procurar ao máximo a perfeição em todos os níveis, que vai da forma de conduzir o veiculo e as suas condições, bem como as documentações exigidas pela lei. Durante a reunião, a palavra estava aberta para quase uma centena de Cooperados, que vieram de nove estados do Nordeste, de São Paulo e de muitas regiões da Bahia. Um deles abordou um assunto que terminou entrando em pauta, que foi a possibilidade da compra de um veiculo para servir só para fiscalizar os associados, pois, ao seu ver, e é uma realidade, quando uma instituição começa a crescer, surge também a necessidade de uma fiscalização dos próprios membros, pra evitar possíveis diminuição do nome de tal instituição, que no caso aqui é a Coopertai, que já é considerada uma das mais organizadas do Brasil. Ouvindo a ideia do colega, Téo da Van disse que essa já era um pensamento dele, porém estava esperando ter dinheiro em caixa para ser uma realidade. Foi quando o associado disse que se todos concordasse e cada um contribuir com uma pequena quantia de 200 ou 300 reais, já dava pra comprar o carro sem precisar esperar e mexer na reserva do caixa da Cooperativa. Nesse momento todos concordaram.

DSCN7040[1]

Téo da Van, que é fundador e presidente da cooperativa, falou de crescimento coletivo

 

O advogado Dr. Sidney, que é o procurador jurídico da Coopertai, falou sobre a parte jurídica da Coopertai, falou das exigências dos órgãos, mas assegurou que tudo está caminhando muito bem e que com a documentação que já existe, os proprietários dos seus carros estão aptos a viajar, porém, cada um tem que estar munidos com os documentos básicos do condutor e do veiculo. Também, orientou o advogado, que é preciso agregar muitos valores, para que haja uma boa impressão tanto para os passageiros como por exemplo, na hora de uma abordagem,  que a qualidade do veiculo, todas as luzes funcionando, veiculo limpo, motorista educado com o policial e ainda o próprio traje do condutor conta muito, “´pois neste país a aparência é um dos fatores importantes em determinadas ocasiões”, enfatizou. Foi nesse momento que a ideia de Téo foi ao ar, que é de confeccionar camisas com o nome da Coopertai na fronte e, caso algum proprietário das suas empresas queiram,coloca nas costas da camisa o nome da sua empresa.

DSCN7041[1]

Cooperados atentos à cada palavra

 

Depois da reunião entre os associados, Jornal e blog Café com Leite fez uma rápida entrevista com o Dr. Sidney, onde ele disse que a Coopertai é uma das cooperativas mais organizadas do país, pois ele conhece muitas que estão há mais de dez anos lutando para obter uma organização que possa fazer o transporte dentro das regras sem conseguir, enquanto a Coopertai, com apenas um ano de existência já está alcançando um nível ótimo e a cada dia sobe mais um degrau. O presidente Téo, também deu uma rápida entrevista, onde disse está muito otimista com as conquistas da Cooperativa. Questionado sobre qual a importância de uma reunião como esta, o presidente respondeu que é a informação a todos e a união forte em prol do mesmo objetivo, que é a organização da classe. Téo disse ainda que um fator de grande importância em qualquer instituição que esteja começando, é a satisfação dos que já fazem parte, bem como o prazer em atender e receber os que estão chegando. Disse que a luta é grande, mas que pra alcançar qualquer vitória é preciso luta e dedicação.

Valdino Monteiro, que já foi prefeito de Cravolândia, também estava lá pala primeira vez, assegurando à reportagem do Café Com Leite que gostou muito da maneira com que é tratado os associados, observou a satisfação de todos e assegurou que pretende fazer parte da equipe que na verdade a cada dia cresce mais.

O Café com Leite observou exatamente a questão da seriedade da cooperativa, da satisfação dos cooperados, que apesar de muitos terem se deslocado de uma distancia de mais de mil km, chegava ao presidente para apertar a mão quando foram embora, demonstrando muita satisfação com o andamento da instituição.

Santa Inês tem nome novo na política


 

 

 

Um dos prêmios recebidos por Emerson

 

A cidade de Santa Inês, que é banhada pelo Rio Jiquiriçá deve contar com um novo nome para concorrer às eleições de prefeito. Trata-se do professor Emerson Elói, que já tem muitos serviços prestados, tanto na própria santa Inês, como diretor do Colégio ACM, como o grande trabalho realizado com fanfarras, as quais foram ganhadoras de prêmios por várias vezes nas cidades de Maracás e Santa Inês.

Emerson tem a referência de uma gestão pública exemplar no Colégio ACM de Santa Inês, como já foi dito, gestão essa premiada pelo Governo do Estado, Ministério Público, Ministério da Educação, ONU e etc. O professor tem falado sempre que a marca registrada de sua gestão no Colégio ACM de Santa Inês, são os princípios do comprometimento com as pessoas, responsabilidade com a coisa pública, compartilhamento dos direitos e deveres entre todos e, em especial, a absoluta transparência na aplicação dos  recursos públicos. Elói disse ainda que uma gestão pública precisa de visão humana e ser destinada exclusivamente para atender às demandas do povo, proporcionando melhorias na qualidade de vida e consequentemente um desenvolvimento social.  “Quando os recursos são aplicados corretamente,os benefícios vão para todos e não apenas para uma minoria. Aplicar bem os recursos públicos é muito mais que um compromisso, é uma obrigação do gestor público e estamos fazendo nosso papel há oito anos no Colégio ACM. Um Colégio referência no estado da Bahia, por aplicar bem o dinheiro público, valorizar e apostar nas potencialidades do ser humano”, enfatizou Elói. Questionado sobre a baixa popularidade do Gestor atual, que culminou na retirada da candidatura a reeleição, Emerson disse: “É preciso cautela para administrar esse momento. A baixa popularidade do atual gestor é o reflexo de uma administração que não tem nenhum compromisso com as pessoas, sendo assim, o resultado não é surpreendente, pois o município se encontra em situação de calamidade em seus serviços públicos municipais, em especial, a saúde, a geração de renda e, consequentemente, possibilidade de gerar emprego e serviços para a população.

O jornal Café com Leite já andou falando com o professor Emerson, logo quando começaram surgir os primeiros prêmios na sua gestão como diretor, mas, como ainda faltava mais de três anos para chegar as eleições, ele dizia que no momento o seu objetivo era cuidar bem do colégio. Vale ressaltar que ali foi construído um pavilhão novo, que homenageou uma zeladora; foi desenvolvido uma horta comunitária numa área no colégio e muitos outros benefícios. Isto sem contar a área educacional que muitos diziam que nem todas as escolas particulares possuíam um perfil tão bem aprimorado, tanto na área física quando na área educacional propriamente dita.

Valeu Emerson, estamos aqui para ajudar você alcançar mais este objetivo, por acreditar que essa luta não é só sua e sim bastante coletiva, a ponto de atingir toda a população de Santa Inês.

Lei da Ficha Limpa e ações eleitorais foram temas de último dia de workshop no TRE-BA nesta sexta-feira (8/7)


 Imagem inline 2

Da esquerda para direita, o ex-juiz Márlon Reis e o advogado e professor Ludgero Liberato 

 

A Lei da Ficha Limpa foi tema de debate no segundo dia do workshop de Direito Eleitoral realizado nesta sexta-feira (8/7) pela manhã, no auditório do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA). A discussão foi conduzida pelo ex-Juiz de Direito do Maranhão,  Márlon Reis,  membro fundador do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral e um dos idealizadores e redatores da Lei da Ficha Limpa, que explicou o surgimento e objetivos da norma.

De acordo com Reis, a Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar n° 135/2010) foi fruto de uma ação popular para combater a corrupção eleitoral. Essa lei – que determina a inelegibilidade por oito anos de políticos condenados em processos criminais em segunda instância, cassados ou que tenham renunciado para evitar a cassação – alterou a Lei Complementar 64/1990, sobre casos de inelegibilidade.

Segundo a Lei da Ficha Limpa, estão incluídos na condição de inelegíveis os que forem condenados por corrupção eleitoral, compra de votos, doação, captação ou gastos ilícitos de recursos de campanha ou por conduta vedada aos agentes públicos em campanhas eleitorais que impliquem cassação do registro ou do diploma. A inelegibilidade alcança ainda os detentores de cargos públicos que beneficiarem a si ou a terceiros, pelo abuso do poder econômico ou político e os políticos que renunciarem a seus mandatos.

“A finalidade da Lei de Ficha Limpa não é punir, mas prevenir a moralidade e a probidade administrativa. A inelegibilidade é um requisito para o exercício do mandato.”, ressaltou Reis. O especialista falou também do papel da Justiça Eleitoral em relação às questões da Ficha Limpa neste pleito eleitoral. “A função da Justiça Eleitoral é julgar e não punir. Quando o juiz eleitoral julga, ele não condena [o candidato]. Ele condena a perda do diploma. O juiz está, apenas, declarando o que diz a lei.” Para Márlon Reis, essa será a eleição mais transparente da história do Brasil.

Ações judiciais eleitorais

Pela tarde, o advogado criminalista e eleitoralista Ludgero Liberato trouxe as principais alterações que impactaram o procedimento de ajuizamento de ações judiciais eleitorais com a entrada em vigor do novo Código de Processo Civil (CPC). Ele lembrou que com o artigo 15 do atual CPC, na ausência de dispositivos da legislação eleitoral, o código civil deve ser aplicado de forma subsidiária (quando a lei eleitoral não disciplina determinado caso processual) e supletiva (quando, apesar da lei processual eleitoral disciplinar o instituto processual, ela não for completa). Tal aplicação vale também para os casos trabalhistas ou administrativos.

Na palestra, Ludgero, que é mestre em Direito pela Universidade Federal do Espírito Santo e professor universitário, explanou também sobre a questão probatória no processo eleitoral, lembrando que a prova testemunhal, se for exclusiva, não poderá ser aceita nos processos que levem à perda do mandato. O professor falou ainda de outros aspectos importantes presentes no âmbito das ações no âmbito da Justiça Eleitoral.

O evento, que trouxe os principais temas relacionados às eleições deste ano, começou nessa quinta-feira (7/7) e encerrou hoje com a palestra de Ludgero.

Matéria: Tainara Figueiredo e Sidnei Matos – Ascom TRE-BA

Estudantes de duas escolas de Maracás fizeram protesto contra demissões de trabalhadores e querem mudança


 

m1

Estudantes não pensam em desistir do movimento enquanto não conseguir as reivindicações 

 

Recentemente foi anunciada pelo Governo do Estado, a demissão de cerca de 1,700 funcionários terceirizados, o que causou o maior “RTT” nas escolas estaduais de muitas cidades do interior da Bahia. Na cidade de Maracás, por exemplo, estudantes de duas escolas, Edivaldo Boa Ventura e Edilson Freire, saíram às ruas em protesto contra essa triste atitude do governo, pois se o ensino já não está lá essas coisas, devido às inúmeras carências em todo estado, com as demissões destes trabalhadores a situação ficou ainda pior. Mesmo com parte dos trabalhadores ter continuado trabalhando, na esperança de o governo voltar atrás e readmiti-los, como assim foram informados, a situação ficou caótica. Ao perceberem que estavam sendo “ludibriados” como disse outra estudante, os vigilantes resolveram sair de vez, o que, segundo a categoria que fez o protesto, fica inviável de ir pra uma sala de aula, pois a merenda escolar foi prejudicada, os banheiros ficam impróprios para uso, de tanta sujeira e assim vai desencadeando outros problemas até tornar um caos total. Com tal situação, a aprovação de um protesto e até adesão foi quase uma unanimidade entre estudantes, professores e outras categorias.

Na verdade, a falta de coerência está clara, entre o governador dizer que a educação é uma das suas prioridades principais, inclusive visitando as escolas quando vai a um município, por pequeno que seja, com tal atitude tomada, onde vai de encontro a qualquer melhoramento na educação do estado. No caso de Maracás, dois motivos levaram uma unanimidade ao apoio à mobilização. Uma é pela falta de respeito do governo  estadual perante os trabalhadores pais de família, que dependem deste emprego para sobrevivência das suas famílias, e o outro é, como foi dito, pela situação que ficaram esses dois colégios, onde não tem como estudantes e professores continuarem desenvolvendo bem os seus deveres. “Resolvemos fazer essa manifestação para chamar a atenção da sociedade e a imprensa que certamente não sabem de tal situação nas escolas citadas. Precisamos de apoio e a compreensão de todos, caso causamos alguns transtornos, pois o que queremos é condições de estudarmos com dignidade e também que os professores  possam ensinar com dignidade”, desabafou uma estudante, acrescentando ainda que o movimento só vai parar quando soluções forem tomadas.

Paulo Brito, Diretor de Comunicação do Sindicato dos Vigilantes, disse que o governo alega e justifica tal catástrofe, aos ajustes nas contas do governo, mas esquece de que não pode prejudicar de tal forma uma instituição, que é o ensino nos colégios, ainda mais demitindo pais de família. Essa atitude é colocar o carro na contramão de uma educação se quer neutra. Outro fator que traz preocupação, é o perigo de arrobamento nas escolas, como já aconteceu.

O jornal e blog Café com Leite estão atentos às movimentações, sempre apoiando o que trouxer melhores condições de ensino e aprendizado e, consequentemente, uma educação que realmente mereça elogios.

Disputa de água pode virar guerra civil, diz especialista


 

O professor Altair Sales Barbosa tem sido a mais persistente voz em defesa do Cerrado, por ser reconhecido como uma das maiores autoridades científicas no estudo do Cerrado, na  verdade, ele tem sido persistente voz em defesa dos direitos  de quem tem direito.
 Em entrevista ao Jornal Opção, do Tocantins, Sales denuncia que a disputa por água no Oeste da Bahia entre população local e multinacionais do agronegócio poderá gerar situação de guerra civil.
O especialista alerta, ainda, sobre a irreversibilidade da destruição do Cerrado e as graves consequências que isso já está gerando. Uma delas é a aguda redução dos mananciais e reservatórios de água.
Nós, aqui do blog Cafe com Leite, temos a seguinte opinião nessa onda de brigas por espaço e água. Na verdade o que acontece é que mais cedo ou mais tarde todos vão ficar sem água, independente de “trançar na porrada ou não” como se diz por aí, Entre população local e as multinacionais que vem lá não não se sabe de onde, muitas vezes nem empregos geram, mas sim, transtornos para um povo pacato que vive numa região pacata, onde plantam e colhem os seus alimentos, com muita dificuldade, mas colhem, e que terminam viajando na maionese de que a chegada de determinada empresa vai ser uma coisa boa para a cidadezinha e para o povo. Aí está o mero engano! O mal  está na mania de grandeza de todos. É preciso saber que para se construir algo sempre tem que destruir outro algo, Só que o segundo algo, muitas vezes, é mil vezes mais valioso que o primeiro, mas o mundo moderno tenta provar ao contrário. Vamos em frente no cerrado com os moradores nativos e os gigantes chegantes e veremos que não vai sobrar nada pra ninguém.
ZDA

Comer macarrão e outras massas pode ajudar a emagrecer, diz estudo


Mas esse prato ta muito cheio de misturas
Comer macarrão e massas em geral não engorda e ainda pode ajudar a emagrecer. De acordo com um estudo publicado recentemente no periódico científico Nutrition and Diabetes, o alimento está associado a um índice de massa corporal (IMC) mais baixo, menor circunferência do quadril e da cintura e redução no risco de obesidade. Para chegar a essa conclusão, pesquisadores italianos analisaram a dieta de 23.000 pessoas residentes duas regiões  da Itália. Os participantes precisavam anotar tudo o que comiam em uma espécie de diário e depois foram questionados sobre sua alimentação em entrevistas realizadas por telefone.
Os pesquisadores então compararam a quantidade de massa ingerida por dia, com o IMC e as circunferências da cintura e do quadril de cada participante. Os resultados mostraram que o consumo regular de massa não estava associado ao excesso, mas à redução de peso. “Ao analisar dados antropométricos e hábitos alimentares dos participantes nós vimos que o consumo de massa, ao contrário do que muitos pensam, não está associado a um IMC alto, mas exatamente o contrário.”, disse George Pounis, der do estudo.
Estudos anteriores já haviam mostrado os benefícios da dieta mediterrânea – da qual a massa é um componente importante -, rica em frutas, vegetais, peixe e grãos integrais.
Mas, até então, nenhum estudo havia se preocupado em analisar o papel específico do consumo da massa. “Popularmente, o macarrão não é considerado um alimento adequado quando se quer perder peso. Tanto que algumas pessoas chegam a abolir completamente o alimento das refeições quando estão de dieta.
Após essa pesquisa, podemos dizer que essa atitude não está correta”, disse Lícia Lacoviello, coautora do estudo. “Nós estamos falando de um componente fundamental da tradição italiana mediterrânea e não há razão para acabar com isso.
A mensagem aqui é que a dieta mediterrânea, consumida com moderação e respeitando a variedade de todos os seus elementos (as massas estão em primeiro lugar), é boa para a saúde”, afirmou Lícia. Os pesquisadores não souberam explicar o porquê dos efeitos benéficos da ingestão de massas para a manutenção de um peso saudável.
Uma possibilidade é que pessoas que comem mais massa também tendem a seguir com maior frequência a dieta mediterrânea tradicional, rica em tomate, cebola, alho, azeite extra virgem, queijo e arroz.
Outra possível explicação se soma aos argumentos favoráveis à ingestão de carboidratos: alguns especialistas dizem que o ideal é comer muitos carboidratos integrais e pouca gordura. Já outra corrente advoga que, para emagrecer, o ideal é evitar os carboidratos, mas que não é necessário se preocupar com a gordura.
As pessoas costumam ouvir de médicos, principalmente nutricionistas, que as misturas é que são causadoras da obesidade, dentre elas o macarrão com arroz. Mas comendo separadamente não ha perigo, mas na questão aí da pesquisa, que ajuda a emagrecer, é a primeira vez. não custa nada tentar, custa?    [Terra]

Itiruçu: Três dias de festa com praça lotada atesta que o São Pedro de Itiruçu continua em destaque como uma das maiores festas populares do nordeste


DSCN7031[1]

Praça lotada todas as noites

Mais uma vez a cidade de Itiruçu ferveu durante três noites de festa em pleno frio típico do mês de julho, durante os dias em que os católicos homenageiam o São Pedro. Logo na primeira noite a praça ficou lotada, o que surpreendeu os moradores e o prefeito da cidade, Wagner Novaes, pois além das noites frias, a crise que assola o país é um fator que tem diminuído qualquer tipo de movimento, sem contar que, a exemplo do ano passado, a prefeitura preferiu não gastar com bandas famosas e caras, o que poderia fazer a festa ficar menor. Mas, no entanto, com as bandas da região,que apesar de menos famosas, não deixaram nada a desejar em relação às festas que já aconteceram com grandes nomes como Elba Ramalho, Fagner, Leonardo, Flavio José e outros tantos. A primeira noite, a abertura da festa ficou por conta de Mazinho do Acordeom e em seguida entrou a cantora Célia Mares, que sabe como fazer a galera não ficar parado como aconteceu. Outros artistas regionais, também continuaram revezando em dois palcos ate o dia amanhecer.

DSCN7029[1]

Rosy Banda fez a praça tremer

No sábado a praça ficou lotada mais uma vez, com pessoas vindas de várias regiões da Bahia inclusive da capital, para curtir muito forró com grandes bandas, (que no final da matéria todas serão citadas).Rosy Banda, da cidade de Jequié, fez um Show de balançar a praça. No meio do show ele deu uma parada, conversou com o prefeito Wagner, o elogiou pela grandeza da festa e disse que foi a primeira vez que subiu num palco em Itiruçu, mas que pretende voltar várias vezes. Rosy

 

DSCN7033[1]

Ala política presente
ainda estava no palco, quando o prefeito foi entrevistado pelo Café com Leite, onde devolveu os elogios recebidos, ao falar das qualidades do cantor e sua banda.

Agradecimentos:Wagner agradeceu à Bahiatursa pela ajuda de 50 mil reais para a realização da festa, que diante da situação em que passam as prefeituras, foi uma grande ajuda.

DSCN7025[1]

Prefeito Wagner, Primeira Dama  Marlete e amiga

Já que estamos falando de festa,vale ressaltar também que o Forró Coffee esse ano bateu todos os recordes. A festa aconteceu no sábado e, como todos os anos, no final da festa, a maioria do povo desceu para curtir o São Pedro, o que abrilhantou ainda mais o espetáculo.

IMG_8146

Célia Mares mandou muita musicalidade e simpatia

A nossa reportagem circulou pelo meio do povo, com dificuldade, pela grande multidão concentrada no circuito e observou que todos estavam com uma fisionomia alegre. Quando perguntado sobre a festa, a resposta era uma espécie de unanimidade, sempre a exaltando, dizendo que a festa de Itiruçu é algo que está marcada no coração de cada um, onde ficam na contagem regressiva aguardando o próximo ano. Também foi observado por todos, a tranquilidade dos foliões, pois, apesar da quantidade de gente, não se via uma confusão por pequena que fosse, o que deu tranquilidade aos policiais e toda equipe de segurança.

 

 

 

O terceiro dia parecia que o povo queria despedir da temporada das festas de 2016, pois mais uma vez a praça lotou. No final do evento de três dias, o prefeito fez uma avaliação e disse ter ficado muito satisfeito com o resultado, “pois o gasto foi pequeno, porém, a festa, meu amigo, foi uma das maiores realizadas aqui”, disse o prefeito, deixando transparecer a sua emoção, lembrando que o evento foi realizado com a prefeitura segura e equilibrada, pois os seus compromissos estão em dia, evitando assim o chamado choque pós festa. Vale ressaltar, como já havia falado o prefeito, que mais uma vez ficou comprovado que o povo de Itiruçu é realmente um povo ordeiro, hospitaleiro e que sabe curtir bem a festa.

Contendas do Sincorá: Prefeitura entrega linda praça à população, transformando o sonho em realidade


DSCN6998

Entrada da Praça da Matriz, que já começa a ser  um cartão postal da cidade

Com recurso próprio da prefeitura, foi entregue uma das mais lindas praças do interior da Bahia, numa noite de festa e muita alegria. Na mesma noite foi entregue 24 mil metros de calçamento na sede do município, também com recurso próprio .

DSCN6978

A praça foi inaugurada com muita gente de todas as idades, raças e cores. Como disse o prefeito, “a praça é do povo”.

 

A quinta feira 29 de junho de 2016 já entrou pra história e memória dos moradores de Contendas do Sincorá, que viveram durante décadas numa cidade estagnada e alimentada pelo atraso. Com a chegada de Didi na prefeitura, a cidade mudou do rumo que seguia e passou a ter uma nova história que ficará para sempre, Joade, ex-prefeito, que antecedeu Didi, segundo opiniões da população, foi feliz com a sua escolha. Só pra lembrar, Didi foi secretário na gestão passada e Joade, como bem falou, por conhecer o perfil do então secretário geral, sabia da sua capacidade de administrar a cidade, o lançou para prefeito, onde o maior ganhador dessa escolha foi o povo. Joade falou isso enquanto lembrava dos grandes feitos da atual gestão tanto na sede como na zona rural.

 

DSCN6973

Prefeito Didi com o ex Joade e vereadores

 

Mas voltando a falar da praça, por volta das 19 horas o povo já se aglomerava pelos espaços da praça que estava linda, com iluminação moderna; crianças corriam brincando pelos espaços, uma vez que Contendas sempre foi, até agora, carente de uma praça moderna e completa. Idosos também estavam lá com os seus familiares, todos felizes por ter agora um espaço para um bate papo num final de tarde e começo da noite, já que o clima da cidade é espetacular, principalmente ao cair da tarde. Visitantes que vieram de outros municípios pra fazerem parte do evento, também se admiraram pela magnitude da obra, e assim várias gerações ficaram aguardando a hora de ser entregue a todos, que por volta das 22 horas com a praça repleta, o prefeito Didi, o ex Joade e convidados descerraram a fita e entregaram  o espaço para todas as gerações, pois, como diz o poeta, “a praça é do povo”.

 

DSCN6994

Na praça existe quiosque, palcos e espaço de lazer pras crianças, além de lanchonete e bar

DSCN6982

Prefeito com as duas filhas, que foram as primeiras convidadas por ele, a subirem no trio, (palanque)

Sobre o trio elétrico, que estava aguardando começar a festa com a banda Amor de Cinema, estava o prefeito Didi e convidados para falar ao povo sobre os acontecimentos no município. Todos que fizeram uso da palavra, elevaram o nome do prefeito, por conseguir realizar tantas obras com recurso próprio. O prefeito de Ituaçu falou da sua satisfação em visitar um município e ver tantas obras. Disse que não é a primeira vez que ele vem para participar de inaugurações e que é um fato raro um prefeito realizar tantas obras com recurso da prefeitura, como em Contendas, “e por isso, Didi, aqui vai os meus parabéns e meu aplauso pra você”.  outros políticos que fizeram uso da palavra, sempre exaltaram o nome do atual prefeito, onde chegaram a dizer que a crise do país não atingiu Contendas. Os vereadores disseram que o poder legislativo tem que ser para ajudar no crescimento do município por um todo, e que no caso de Contendas os dois poderes estão do lado de ver esse crescimento, e que sempre há reuniões entre os dois poderes, para então se chegar ao denominador comum, que seja sempre o melhor para toda população. O ex-prefeito Joade, comentou que em Contendas, a partir da sua chegada, não se constrói poder, mas sim obras e benefícios para o bem da população.

DSCN6995

Serviço de bar e lanchonete também na praça

Didi que é o chefe do executivo e sabe da responsabilidade que ele tem perante o povo, demonstrando emocionado, falou para a multidão sobre a sua obrigação como gestor.  Lembrou que por diversas vezes esteve procurando o ex-governador Jaques Wagner, para conseguir um convênio para a construção da praça, mas não obteve êxito, foi então que começou a fazer contas e economia, para que fosse realizado com os recursos que chegam à prefeitura, e, hoje, vendo aquele sonho sendo realizado, não tem como não se emocionar.

DSCN6981

Prefeito de Ituaçu disse que é raro encontrar um prefeito da marca de DIdi. “O  povo tá de parabéns”

Antes do ato inaugural a reportagem Café com Leite conversou um pouco com Didi, onde quando questionado sobre a façanha de realizar com recurso próprio da prefeitura, tantas obras, em especial esta praça, que é uma obra grande e de tanta importância para todas as gerações, a resposta foi que é preciso saber equilibrar os recursos da prefeitura, pois o dinheiro que chega tem que ser transformado em obras e outros benefícios mais para o povo. E que quando há esse cuidado e vontade de

DSCN6987

Didi olha a praça lotada e se emociona

realizar  as obras, é como um milagre que acontece e que só na hora de inaugurar a obra, como a praça, por exemplo, é que a gente percebe que os sonhos podem ser transformados em realidade”, disse. Mais uma vez entra a frase de outro poeta, desta vez o Raul Seixas: “Sonho que se sonha só, é só um sonho que se  sonha só!…Mas sonho que se sonha junto é realidade”. Parabéns ao prefeito Didi e todos  que acreditaram no seu sonho, como o poder legislativo e o secretariado, pois assim, com todos no mesmo sonho, foi possível hoje, uma das praças mais lindas do interior da Bahia ser uma realidade em Contendas do Sincorá.

 

PRÉ-CANDIDATOS: apresentadores de rádio ou TV devem se afastar das funções nessa quinta (30/6)


Cidadãos que pretendem disputar as eleições 2016 e atuam no momento como apresentador ou comentador de programa de rádio ou televisão devem ficar atentos a um prazo importante para o pleito. A partir de amanhã, 30 de junho, será vedado às emissoras transmitirem programas apresentados ou comentados por esses pré-candidatos. Tais postulantes têm, portanto, que se afastar destas funções nas emissoras em que trabalham sob o risco de terem o seu registro de candidatura cancelado pela Justiça Eleitoral, no caso de virem a ser escolhidos como candidato em convenção partidária.

A medida é uma das principais mudanças trazidas para a disputa eleitoral deste ano entre as promovidas pela lei 13.165/2015, a chamada reforma eleitoral, que introduziu novidades nas leis 9.504/1997 (a Lei das Eleições), 9.096/1995 (Lei dos Partidos Políticos) e 4.737/1965 (Código Eleitoral).

Até as últimas eleições, apenas a emissora seria punida no caso de descumprimento da proibição de apresentação de programas por pré-candidatos. Agora, além do veículo, que terá que pagar multa caso desrespeite a regra – conforme previsto no parágrafo 2º do artigo 45 da Lei das Eleições –, sofrerá sanção também o futuro candidato, que terá a candidatura cancelada, como determinado no artigo 45, parágrafo 1º da mesma lei.
Vale enfatizar, no entanto, que o afastamento dos profissionais de mídia da posição de apresentador ou comentador é temporário, podendo ele, inclusive, ser transferido para outras funções no veículo em que trabalha.
Nada impede também que o futuro candidato conceda entrevista. Todavia, o que não poderá ocorrer na programação é o pedido explícito de voto, a menção à sua pretensa candidatura ou a exaltação das qualidades pessoais do entrevistado, o que configuraria propaganda eleitoral antecipada, vedada pela Resolução 23.457/2015, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Na prática, significa dizer que nas eleições deste ano os políticos poderão se apresentar como pré-candidatos sem que isso configure propaganda eleitoral antecipada, desde que não haja pedido explícito de voto.

Outras mudanças
Outra mudança importante trazida pela reforma eleitoral é a alteração do período de realização das convenções partidárias e deliberação sobre coligações, que antes era de 10 a 30 de junho do ano da eleição e, neste ano, passa a ser de 20 de julho a 5 de agosto.
Mais uma alteração diz respeito ao prazo para registro de candidatos pelos partidos políticos e coligações nos cartórios, o que deve ocorrer até às 19h do dia 15 de agosto de 2016. A regra anterior estipulava que esse prazo terminava às 19h do dia 5 de julho.

Cunha, agora, quer se fazer de “vítima” do impeachment… – TIJOLAÇO | “A política, sem polêmica, é a arma das elites.”


O posicionamento do blog Cafe com Leite é sempre de procurar conscientizar o leitor sobre os acontecimentos, de forma em que cada um possa compreender como são as manobras do poder público, para um dia, e que não demore, o povo seja seguido pelos políticos e não segui-los, pois eles não têm demonstrado respeito com quem os colocou la dentro. A roda gira, nesse momento está girando, mas uma hora ela vai parar e pode ser que a posição seja mais favorável ao povo. Para o Cunha, que contemplava la do alto da roda gigante do parque de diversões grandes e lindas paisagens, agora a roda emperrou e ele está entre as ferragens do parque, e não mais consegue vê o panorama de antes. Mas a vida é bem assim, senhores políticos, vão colher o que estão plantando. Clique e veja mais.Fonte: Cunha, agora, quer se fazer de “vítima” do impeachment… – TIJOLAÇO | “A política, sem polêmica, é a arma das elites.”

Contendas do Sincorá realiza uma das maiores festas juninas em se tratando de cidades pequenas


DSCN6912

Ainda era cedo, mas o povo já lotava a praça pra dançar forró até o dia amanhecer

IMG-20160628-WA0012

Prefeito Didi com Frank Aguiar , que fez muito forró e arrocha pra galera

O município de Contendas do Sincorá, localizado no Sertão Baiano, viveu três dias de muita festa durante os festejos juninos. A abertura foi com o forrozeiro Frank Aguiar, onde calcula-se nada menos que três mil pessoas na praça. Outras bandas regionais que sabem dar o recado, também fizeram forró nesta noite. Foi realmente uma festa digna de do povo da terra, como disse o prefeito, se referindo aos moradores de contendas, os quais ele chama de povo bom e ordeiro. A segunda noite foi a vez de Edgar Mão Branca,

Exibindo 20160624_224611.jpgIMG-20160628-WA0034

Muita gente bonita participou da festa. Aqui está Adenice Rodrigues com a sua filha Eliane, neta Júlia e

genro Dr. David Mascarenhas. Foi realmente uma festa para todas as gerações.

que, com o seu forrozão autentico que agrada a todas as gerações, não deixou ninguém parado. Edgar agradeceu ao prefeito por ter lembrado mais uma vez de lhe convidar pra fazer parte de uma festa tão bonita.  O terceiro dia foi a vez de Canidé, que fez uma mistura de Forró e Arrocha com muita música romântica, onde casais aproveitaram para dançar coladinho no final da temporada de festa. Em conversa com o prefeito Didi, ele disse que uma festa dessa é com tudo sobre controle, foi um evento programado durante o ano todo, lembrando ainda que a festa sempre vem com um gosto de comemoração.

DSCN6901

Edgar Mão Branca fez o que mais sabe fazer. Depois de pedir proteção a Deus ele mandou muito forró de qualidade pra galera

Vale lembrar que quando Didi fala isso, é porque atualmente Contendas do Sincorá vem sendo referência, se comparando com o passado. Foi um verdadeiro resgate, onde todas as áreas sentiram grande diferença. Nos próximos dias a cidade vai ganhar uma das praças mais bonitas do interior da Bahia, e, para quem não sabe, construída com recurso da prefeitura. Isso quer dizer que apesar das dificuldades em que vêm passando os municípios pequenos da Bahia e do Brasil, com respeito e cuidado com os recursos que chegam, sempre dá pra sobrar e fazer uma obra. No caso de Contendas foram várias obras com recurso próprio. Mas voltando a falar do São João, foi uma festa grande e de muita gente bonita e feliz, onde já começam a fazer a contagem regressiva para 2017.

Evolução na forma de dirigir e intensificação da fiscalização pela PRF, reduz número de acidentes em toda a Bahia


om diminuição de -67,23% em números de acidentes, queda de – 76,03% de acidentes graves, redução -36,89% em quantidade de pessoas que ficaram feridas e redução de -28,07% em número de pessoas que morreram em todo estado, a Superintendência de Polícia Rodoviária Federal na Bahia finalizou à meia-noite de domingo (26/6) a Operação Festejos Juninos 2016. A PRF registrou em números absolutos de 68 acidentes, dos quais, 10 acidentes graves,

Essa  diminuição nos acidentes se deve a vários fatores, dentre eles a intensificação da fiscalização, que está mais rígida, principalmente em períodos de grandes festas, como o São João, Carnaval e outras, mas também a própria consciência do motorista tem ajudado.  O bom mesmo seria a notícia de que não teria sido registrado nem uma morte durante os festejos, pois a intenção de quem sai para uma festa é voltar com vida. Para isso é preciso que se saiba que bebida não combina com volante de carro, bem como, apesar dos motores possantes que as indústrias automobilísticas estão produzindo, é bom não abusar na velocidade,

Esse ano a Polícia Rodoviária Federal registrou  77 feridos e nove mortes nas rodovias federais do estado. Além dos acidentes, a fiscalização para o combate a embriaguez no trânsito (Lei Seca), também foi intensificada.

 

SÃO JOÃO DE JEQUIÉ, AGRADO E DESAGRADO


 

Os festejos juninos da cidade de Jequié neste ano de 2016, foram considerados ‘magros’, porém uma festa de acordo as condições da prefeitura na atualidade, segundo o novo gestor Sergio da Gameleira. Quem entende que uma festa desta natureza tem que ter um gasto mais reduzido, principalmente em se tratando de crise generalizada, assina em baixo da decisão do prefeito. Porém em qualquer atitude tomada sempre há uma parte da população que é prejudicada. O comércio, por exemplo, sofreu e muito a falta de uma grande festa, onde no passado já chegou a atrair 100 mil pessoas por noite na praça. por outro lado, a situação da época, não era a mesma de agora. Muitas pessoas dizem, e com certa razão, que o dinheiro gasto em festa é como se estivesse sendo queimado. Pois, segundo os “comentaristas’ de plantão, as consequências vêm depois. Atualmente Jequié não está bem, o que, na visão do administrador público, fazer uma festa grande seria uma especie de comemorar a desgraça. Pois o que se ver na cidade é quadras poliesportivas danificadas, postos de saúde fechados, ruas esburacadas e muitas mazelas. O que esse blog não pode afirmar é se a falta de hoje é consequência do gasto exorbitante do passado, por falta de documentação que comprova, mas que os grandes gastos do passado continuam respingando sobre a atualidade, isso sim.