(77) 99152-6666

Mulher detida por chamar policial de ‘macaco’ é servidora do Tribunal de Justiça da Bahia


Mulher detida por chamar policial de 'macaco' é servidora do Tribunal de Justiça da Bahia
Crédito da Foto: leitor/Aratu On

A mulher que foi detida na última quarta-feira (16/9), na região de Sete de Abril, em Salvador, após insultos racistas contra um policial militar (PM), é servidora do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). A informação foi confirmada pelo órgão nesta segunda (21).

Identificada como Libânia Maria Dias Torres, 64 anos, a mulher é lotada na comarca de Curacá, no interior do estado. Nas imagens que circularam nas redes sociais, ela é vista dando um tapa no rosto do PM, que tentava separar uma briga entre ela e a companheira e, em seguida, o chama de ‘macaco’.

Libânia chegou a ser conduzida para uma delegacia, mas já está em liberdade provisória. A decisão, da juíza Ivana Carvalho Silva Fernandes, da Vara de Audiência de Custódia, ocorreu na quinta (17/9). A prisão não foi convertida em preventiva porque, para que isso aconteça, a pena máxima precisa ser superior a de quatro anos, e no caso de injúria racial, a pena máxima é de três anos.

Relembre o vídeo:

Error, no Ad ID set! Check your syntax!

Ana Maria Braga revela que quebrou o braço ao fugir de assédio sexual de diretor de TV


Ana Maria Braga revela que quebrou o braço ao fugir de assédio sexual de diretor de TV

Foto: Reprodução / Twitter

Durante participação no programa Roda Viva desta segunda-feira (21), a apresentadora Ana Maria Braga revelou que caiu de uma escada e quebrou um braço ao fugir de uma tentativa de assédio de um diretor de televisão.

A global não revelou detalhes como nome do assediador, a empresa e o ano em que isso aconteceu. “O assédio não foi feito fisicamente porque eu estava na sala de um diretor. Ele tinha pedido um projeto para mim, que ia ser muito bom para a televisão brasileira. Fiz um projeto lindo. Fiquei 15 dias trabalhando no projeto. Acreditando que eu pudesse sair do programa da tarde e ter um programa a noite na televisão”, explicou.

 

“Quando levei [o projeto], ficou na mesa dele. Ele me olhou, levantou da mesa e veio para cima de mim. Fiquei absolutamente estupefata. Ele falou: ‘Olha, venha cá'”, detalhou. “E eu fugi. Quando eu fugi da sala dele, saí com tanto ímpeto, que tinha uma escada. Despenquei da escada do nono andar até o oitavo, que era o departamento comercial. Alguém me socorreu e me acudiu. Eu quebrei o braço”, relembrou.

 

A jornalista disse que denunciou o caso. “Eram os Diários Associados na época. Eu fui e marquei uma reunião lá na rua Sete de Abril para falar daquele indivíduo para o chefe geral da nação que eu trabalhava”. Ao ser questionada se não queria dizer de quem se tratava, confessou: “Não há necessidade. Todo mundo já percorreu seu caminho. Um, pelo menos, já morreu. O outro eu não sei. Ficou como estava. Ele continuou sendo o que era lá [dentro]”. Assista: Do holofote

 

Atleta deixa rival que errou caminho ganhar prova de Triatlo: vídeo


Teagle (esq) e Diego Méntriga - Foto: reprodução / Twitter
Teagle (esq) e Diego Méntriga – Foto: reprodução / Twitter

Um atleta de triatlo teve uma atitude surpreendente neste fim de semana na prova de Santander, na Espanha.

Ele disputava o terceiro lugar para subir no pódio, mas a poucos metros da chegada, o adversário que estava na frente dele errou o caminho.

Ao perceber, o espanhol Diego Méntriga não o ultrapassou. Ao contrário.

Ele esperou o britânico James Teagle voltar à pista, apertou a mão dele e deixou que James voltasse ao terceiro lugar na corrida.

“Ele esteve na minha frente o tempo todo. Ele merecia a medalha. Não me arrependo. Faria isso de novo se acontecesse”, disse o espanhol, que terminou a prova em quarto lugar.

O vencedor

O vencedor foi o espanhol Javier Gomez Noya, que foi prata nas Olimpíadas de Londres e já foi campeão mundial cinco vezes.

O goleiro espanhol Iker Cassilas fez um post nas redes sociais elogiando a atitude do do espanhol Diego Méntriga.

Assista:

Com informações do GE

 

Rússia registrará segunda vacina contra Covid-19 até 15 de outubro; testes avançados estão em andamento


Rússia registrará segunda vacina contra Covid-19 até 15 de outubro; testes avançados estão em andamento
Crédito da Foto: Ilustrativa / Pexels

A Rússia espera registrar uma segunda vacina em potencial contra a Covid-19 até o dia 15 de outubro, disse a agência de notícias TASS citando o órgão regulador russo de segurança do consumidor Rospotrebnadzor nesta terça-feira (22/9).

A vacina foi desenvolvida pelo Instituto Vector, da Sibéria, que concluiu o estágio inicial de testes em humanos na semana passada.A Rússia registrou sua primeira candidata a vacina, desenvolvida pelo Instituto Gamaleya, de Moscou, em agosto. Os testes em estágio avançado desta candidata com pelo menos 40 mil pessoas estão em andamento. Do Aratuon.

Bispo evangélico que estuprou adolescente é condenado a 20 anos de prisão


bispo abusa menina igreja
Antes dos abusos, segundo o MP, o bispo João Batista dos Santos falava que amava a garota e que iria casar com ela

Bispo evangélico que estuprou menina de 13 anos é condenado pela Justiça. Para se livrar dos abusos, menina chegou a dizer que era lésbica, mas o religioso sugeriu passar um óleo para ungir seu corpo, como forma de “cura gay”

O juízo da Vara Criminal do Recanto das Emas, no Distrito Federal, condenou o bispo evangélico João Batista dos Santos a 20 anos e 6 meses de reclusão pelo estupro de uma adolescente 13 anos.

A pena do líder religioso levou em consideração a autoridade que ele exercia sobre a vítima e também o reconhecimento da ocorrência continuada do crime — por pelo menos três vezes —, informou o MPDFT (Ministério Público do Distrito Federal e Territórios).

João Batista dos Santos está preso preventivamente desde fevereiro. Ele já foi condenado duas vezes pelo crime de violação sexual mediante fraude, mas recorreu em ambos e respondia aos processos em liberdade.

Nos autos do processo em que o bispo foi condenado por estupro de vulnerável, consta que João Batista conheceu a vítima em 2017, sendo que a menina teria conversado com o líder religioso sobre sua orientação sexual.

De acordo com a denúncia do MPDFT, antes dos abusos o bispo falava que amava a garota e que iria casar com ela. Depois de a menina comentar sobre ser lésbica, ele propôs passar um óleo para ungir seu corpo, argumentando ser uma forma de “cura gay”.

Após os abusos, a vítima começou a ter crises de ansiedade e então decidiu relatar os fatos ocorridos. Para a Promotoria, é “evidente” que o modus operandi utilizado pelo bispo não é inédito, configurando um “padrão de ataque”.

A sentença condenatória frisou que o bispo, após ganhar a confiança das vítimas, utilizava o óleo para tocar o corpo das mulheres, inclusive nas partes íntimas, sob um pretexto de “cura”.

“A conduta do réu trouxe à vítima problemas de saúde consistentes em crises de ansiedade e do pânico, bem como gerando a ocorrência de episódios de desmaios e necessidade de atendimento psicológico, aspectos que sugerem gravames que extrapolam o próprio dissabor decorrente dos atos libidinosos a que foi submetida”, registrou a sentença.

Pepita Ortega, Agência Estado

Mercado em Salvador impede entrada de jovem por usar short curto: ‘Você é homem’


Mercado em Salvador impede entrada de jovem por usar short curto: 'Você é homem'

Vídeo registrou momento | Foto: Montagem BN/ Paulo Victor Nadal/ Instagram

Um estudante de psicologia passou por situação de constrangimento e homofobia no último sábado (19), ao ser impedido de entrar no supermercado Walmart, bairro de Itapuã, em Salvador, porque estava usando um short curto. Em denúncia feita nas redes sociais, Marcos Pascoal contou que dois funcionários do estabelecimento tentaram barrá-lo com o argumento de que a roupa usada por ele não era para homens. O momento foi filmado e publicado nas redes sociais do estudante.

 

Em publicação em seu perfil no Instagram, Marcos contou que o caso ocorreu na noite de sábado. Ao tentar entrar no supermercado, um funcionário vestido com uniforme do Walmart apontou para o short e fez sinal negativo, apontando que não seria possível circular pelo local com a peça. O estudante relatou que, devido ao constrangimento, precisou abaixar a vestimenta duas vezes até ter a entrada autorizada.

 

“Mediante a vergonha da cena, abaixei o short duas vezes perguntando ao funcionário se com aquele tamanho eu poderia entrar. Ele fez sinais gestuais dizendo que não, abaixei mais um pouco, já humilhado naquela situação, e consegui entrar”, relatou na postagem.

 

Ao sair do estabelecimento, ele ajeitou o short novamente, sendo interpelado, desta vez, pelo segurança do mercado. Questionado sobre o porquê de não poder usar a roupa, o funcionário deu a seguinte resposta: “Até esse momento, o senhor é homem. O senhor tem que ajeitar o seu short. Homem tem que estar composto”.

 

O segurança pontuou também que diversas crianças estavam no local, indicando que o uso da roupa poderia ser ofensivo para elas. Em dado momento, Marcos lembrou que outras mulheres estavam no supermercado com short curto. Foi quando ouviu novamente: “O senhor é homem”. Veja o vídeo do momento da abordagem homofóbica: Do Bahia Notícias

 

Em nota, o Grupo Big, que administra o supermercado, classificou a atitude dos funcionários como “inadmissível”. Terceirizado, o segurança que aparece nas imagens foi afastado. 

 

“O Grupo BIG informa que o fato ocorrido no supermercado de Itapuã é inadmissível e não corresponde aos procedimentos e valores da empresa. Tomaremos as medidas cabíveis, como o afastamento do segurança terceirizado. A empresa está em contato com o cliente, colocando-se à sua disposição para toda assistência necessária nesse momento. Reiteramos que não aceitamos situações como essa e reforçamos nossos pedidos de desculpas ao cliente”, diz o posicionamento da empresa.

 

Advogada do estudante, Lorena Reis vai processar o supermercado e a empresa que contratou o segurança, tanto nas esferas cível quanto criminal.  

 

“Na esfera cível, houve humilhação, uma questão vexatória. Vamos procurar algo na esfera indenizatória, algo reparatório dessa situação, de toda a circunstância que lhe magoou, lhe machucou, lhe envergonhou. Não é um mero dissabor. E há uma questão criminal muito pontual, de buscar reparação tanto de parte da empresa quanto do funcionário. É uma responsabilização, buscar uma retratação pública e notória proporcional ao agravo”, explicou. De acordo com ela, é possível apontar crime de homofobia na atitude dos funcionários, já que Marcos foi discriminado por conta de sua orientação sexual. 

“Tira o pé da Areia”: guardas municipais são acusados de violência na praia de Amaralina; assista


"Tira o pé da Areia": guardas municipais são acusados de violência na praia de Amaralina; assista
Crédito da Foto: leitor/ Aratu On

Um homem foi imobilizado com um “mata leão” durante uma abordagem da Guarda Civil na manhã de domingo (20/9) na região da Praia de Amaralina, nas proximidades do Quartel do Exército Brasileiro, em Salvador. Testemunhas criticaram a ação e divulgaram as imagens, que viralizaram nas redes sociais.

Na gravação, a vítima aparece imobilizada no chão enquanto dois agentes tentam algemá-la. Um dos guardas desfere um golpe de mata leão e poulares ficaM indignados. “Aqui ó, o cara não fez nada e eles estão levando o cara aqui. Oh a viatura 01009. Tenho todo direito de filmar, eu tenho todo direito de falar. é constitucional. Eu sou concurseiro rapaz. Aqui ó, enforcando o cara. O cara já tá imobilizado… Estou afastado mas estou filmando. E esse uso de algema ia é negado pelo STF, eu sou concurseiro e estudo.=”, diz o cinegrafista amador em uma das imagens.

Em um outro momento, é possível ver o homem se queixando do mata leão e um dos agentes orienta “colabore que agente vai te soltar. Bote os braços para trás.”

Em nota, a Coordenadoria de Relações Públicas da Guarda Civil Municipal informou que, durante uma operação chamada “Tira o pé da Areia”, agentes prestavam orientações para saída de banhistas da praia quando o homem, contrariado por ocasião da proibição da prática esportiva (futebol), desacatou a guarnição, proferindo palavras de teor ofensivo.

Ele resistiu abordagem, e por conta disso, houve a necessidade de uso da força para condução à Central de Flagrantes, inclusive gerando um ferimento no dedo de um agente da Guarda Civil Municipal, que precisou ser encaminhado à unidade de emergência para atendimento. Fonte Aratuon.

 

Sem saber que estava ao vivo, pastor agride mulher; assista


Sem saber que estava ao vivo, pastor agride mulher; assista

Foto: Reprodução/Print vídeo

O pastor Edson Araújo, da igreja Deus é Amor, de São Paulo foi flagrado agredindo fisicamente uma mulher que o auxiliava durante uma transmissão ao vivo. Em um vídeo, Edson aparece muito irritado, acertando um tapa e xingando a mulher. Ele não percebeu que já estava sendo filmando.

A mulher ajuda o pastor a ajustar o ângulo da câmara. A agressão sofrida pela vítima faz o equipamento balançar. O pastor ainda reclama: “Que saco, merda. Arruma as coisas direito, imbecil. Arruma o negócio direito”.Em seguida, Edson senta, passa a mão no rosto e começa a transmissão: “Aceitem a paz do senhor”. Veja as imagens publicadas pelo portal Metrópoles, parceiro do Bahia Notícias:

 

 

VÍDEO: no Bial, Damares defende censura a filme da Netflix e recusa ver live de Bolsonaro com menina de 10 anos


Damares Alves é uma hipócrita perigosa, que não hesita em mentir para proteger seu bando.

Entrevistada por Pedro Bial no programa de quinta, 17, a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos Damares Alves falou sobre a exploração sexual infantil.

Em sua defesa da censura ao filme francês “Lindinhas” (“Mignonnes”), na Netflix, ela condenou a erotização precoce de meninas.

Bial, então, citou a piada cafajeste feita por Jair Bolsonaro em uma live, expondo uma garota de 10 anos.

“Você deu um pito nele ou vai dar?”, questiona.

Damares responde que não viu a cena e que o sujeito “é um homem que luta contra todos os tipos de erotização de criança, de banalização da pedofilia, de banalização da pornografia infantil”.

Bial pergunta se ela gostaria de ver naquele momento e ela sai pela tangente.

“Eu quero assistir ela inteira, e parece que ela foi longa. Eu não gostaria de assistir agora”, afirma.

Damares tem tempo para ver um longa metragem de duas horas, mas não para 30 segundos de um pervertido, com ampla repercussão.

Malditos os canalhas que alimentam essa corja de depravados.

Com informação do DCM.

A ‘direita vai pra guerra’ dizem os robôs pela reeleição de Bolsonaro


Os robôs bolsonaristas do gabinete do ódio ficaram ouriçados com a proposta de emenda constitucional do deputado Alessandro Molon (PSB-RJ) que estabelece o fim da reeleição. Eles subiram nesta quinta-feira (17) a hashtag #DireitaVaiPraGuerra no Twitter, com muitos ataques a Molon e louvores ao “Mito”.

Os bolsonaristas argumentam que Bolsonaro tem direito a disputar a reeleição. Mas para o socialista Molon, “A reeleição não é direito adquirido. E, da mesma forma como quando a emenda da reeleição foi aprovada valeu imediatamente, aplicando a Fernando Henrique que estava no mandato, extinta ela se aplica imediatamente a quem quer que esteja no mandato e em todos os mandatos, presidentes, governadores e prefeitos”.

O próprio Bolsonaro propôs o fim da reeleição, antes de sentar na cadeira de presidente, lógico. Confira:

Mas os robôs não questionam isso. Aliás, os robôs não questionam nada. Quem questiona vira inimigo imediatamente.

A informação é do Blog do Esmael

Bilionário doa toda sua fortuna de U$ 8 bilhões e fica sem nada


O empresário Chuck Feeney, dono da Duty Free Foto: alchetron
O empresário Chuck Feeney, dono da Duty Free Foto: alchetron

O bilionário americano Charles Feeney concluiu esta semana o sonho de quatro décadas e doou toda a sua fortuna de $ 8 bilhões, mais de R$ 40 bilhões.

Durante anos, ele tinha isso em mente, pra depois viver o resto de sua vida “falido”.

Agora, aos 89 anos, o dono da Duty Free Shoppers, maior rede de lojas dentro de aeroportos no mundo, realizou seu desejo.

Doações Anônimas 

De acordo com Steven Bertoni, da Forbes, Feeney fez doações anônimas por meio de sua fundação, Atlantic Philanthropies .

Ao longo de quatro décadas, a Forbes diz que Feeney doou US $ 3,7 bilhões para a educação e mais de US $ 870 milhões para os direitos humanos e campanhas de mudança social.

Ele também doou cerca de US $ 62 milhões em subsídios para acabar com a pena de morte nos Estados Unidos e US $ 76 milhões para apoiar o Affordable Care Act – sistema público de saúde Obamacare.

Feeney doou aind para Universidade de Cornell: a contribuição foi de US $ 350 milhões para construir um campus de tecnologia na cidade de Nova York, de acordo com a Forbes.

Falido

Com quase toda sua fortuna doada, Feeney fechou oficialmente a Atlantic Philanthropies esta semana.

“Aprendemos muito. Faríamos algumas coisas de maneira diferente, mas estou muito satisfeito. Sinto-me muito bem por ter completado tudo isso sob meu comando”, disse Feeney à Forbes .

Felicidade

Em um artigo da Forbes de 2012 intitulado ” O bilionário que está tentando quebrar “, Feeney disse que ajudar os outros simplesmente o deixava feliz.

“Concluí que se você se agarrasse a uma parte da ação para si mesmo, sempre se preocuparia com ela”, falou Feeney. Na época, ele afirmou ter guardou “apenas” $ 2 milhões para si mesmo.

Ajudar quem precisa

Em um vídeo postado no site da Atlantic Philanthropies, Feeney disse que se sentia na obrigação de usar sua riqueza para o bem dos outros.

“Não vejo razão para adiar a doação, quando tanto bem pode ser alcançado apoiando causas valiosas hoje”, afirmou.

“O mundo está cheio de pessoas que têm menos do que precisam”, continuou Feeney.

“Cada vez que você pode resolver o problema deles, você os ajuda a seguir em frente e pensa que a vida pode mudar e eu posso mudar isso”, concluiu.

Com informação do Só Notícias Boas.

Ministro da Saúde avalia distribuir “kit Covid”, incluindo cloroquina, no programa Farmácia Popular


Eduardo Pazuello, no Palácio do Planalto

Efetivado no cargo nesta quarta-feira, 16, o ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, afirmou que a avalia a distribuição de cloroquina, que não tem eficácia comprovada contra a covid-19, e outros medicamentos para a doença da pandemia por meio do programa Farmácia Popular.

O chamado “kit Covid” seria composto por cloroquina, ivermectina e azitromicina. “Isso tá sendo discutido também no programa “Aqui tem Farmácia Popular”. Não só cloroquina, todos os medicamentos do kit covid estão sendo discutidos para distribuir na farmácia popular”, afirmou Pazuello.

 

 

Fábio Pena fala com entusiasmo sobre o que ele e seu vice querem fazer por Maracás


Fábio Pena disse que lutará por uma Maracás dos seus sonhos e dos sonhos da população

Entre uma correria e outra na vida do candidato a prefeito de Maracás, Fábio Pena, PSD, ele reservou alguns minutos para um bate papo com o Café com Leite Notícias onde se prontificou para responder alguns questionamentos  sobre o que pretende fazer por Maracás, sendo eleito.

Quando questionado sobre a possibilidade da vitória em 15 de Novembro, Pena respondeu que uma disputa política é algo que nunca se deve dizer que já ganhou, mas que ele confia no povo de Maracás de que, assim como ele e o seu candidato a vice, Flávio Guimarães, ( Professor Fal PC do B) todos querem uma Maracás renovada, com uma administração voltada em primeiro lugar para o ser humano. Disse que não quer ofender ex-prefeito e nem o atual, ambos adversários nessa eleição, porém ressaltou que Maracás merece muito mais do que o que vem sendo feito nos últimos anos.

Sobre seu companheiro de chapa, o professor Fal, a resposta foi rápida e sem mancada. Disse que talvez na história de Maracás, nunca houve uma chapa tão bem estruturada e adequada para alavancar a cidade de Maracás como essa dele de o professor Fal. Perguntado o por que desta certeza, a resposta foi que o Professor Fal é um conhecedor da área educacional e tem os mesmos sonhos que ele, pois ambos sonham em uma educação melhor para todos, bem como ver um povo se sentindo mais participativo e com a autoestima em alta. Disse que com a capacidade de Flávio, com  conhecimento em variados setores responsáveis por um avanço na condição do ser humano, certamente vai ser um ajudante na empreitada de fazer Maracás se renovar. Sorriu dizendo que Flávio pode se preparar para trabalhar durante quatro anos sem trégua. Assegurou que, ao contrário de alguns prefeitos que se afastam do vice e faz o município perder muito, desta vez será muito diferente.

Fábio e Flávio recebendo apoio e aplausos do maracaense

Depois de falar sobre as qualidades do seu vice, Fábio falou sobre ele próprio, relembrando de quando foi secretário de Fernando Carvalho, o colocando como uma referência e grande professor seu, (mostrou uma foto de Carvalho que fica na estante ao lado) e disse que aprendeu muito com ele naquelas duas gestões, e que essa sua experiencia como administrador e a experiência do seu vice como professor renomado, sem dúvida forma a chapa adequada e necessária para uma Maracás mais sorridente. Mais uma vez Fábio lembrou e repetiu que o projeto principal da administração F & F, Fábio e Flávio, é o ser humano. Disse que não tem como um município ser grande e desenvolvido com um povo sem autoestima.

O candidato lembrou ainda que atualmente Maracás recebe um bom recurso do Vanádio, porém, pelo que se vê, certamente não está sendo bem aplicado este recurso. “É preciso saber canalizar de forma certeira e responsável cada centavo que entra nas contas da prefeitura, para que o município se renove e o povo receba os benefícios”, ressaltou.

Vale lembrar que Fábio Pena é um empresário bem conceituado em nível de região, representando muito bem o município com a empresa Consloc, o que prova muito bem a sua experiência como administrador.

O candidato relembrou algumas obras de grande relevância nos dois governos de Fernando Carvalho, onde destacou a arborização da nascente do Rio Jiquiriçá, com plantio de centenas de espécie de árvores, mas que, no entanto, se encontra em total abandono e que ele, juntamente com seu vice, caso sejam eleitos, darão continuidade no projeto do Saudoso Fernando, que é cuidar com muito carinho daquela nascente e podendo até ampliar o projeto.

Pra finalizar o bate papo com o Café com Leite, Fábio deixou um abraço para o povo de Maracás e disse que ele é meio suspeito de falar, mas terminou falando que se o povo soubesse do projeto de F & F para Maracás, que sem sombra de dúvidas é o melhor projeto para uma gestão, não jogaria essa chance fora, pois o que passa nas suas cabeças e corações é de transformar Maracás e cuidar bem do povo desta cidade.

Convenção da coligação PSD e PC do B foi a primeira a acontecer

A convenção da chapa F & F aconteceu no dia 13 de Setembro, sendo a primeira a ser realizada por não ter dúvidas sobre o vice escolhido com bastante antecedência, bem como outros nomes para candidatos a vereador. Na ocasião, muita gente compareceu na área interna e externa da câmara de vereadores. Quem fez questão de estar presente ao ato foi o deputado Zé Cocá, que além de ser amigo do candidato Fábio e do seu vice Flávio, é um grande apoiador da chapa.

Lembrando ainda que a chapa Fábio e Flávio tem um apoio de figuras importantes da política baiana como  senador Otto Alencar, vice governador João Leão, deputado federal Cacá Leão, deputado estadual Zé Cocá e, como disse o vice governador João Leão, toda turma do Partido Progressista da Bahia.

Veja algumas fotos da convenção.

 

Muita gente compareceu para assistir a convenção

Polícia Federal intima Eduardo e Carlos Bolsonaro a deporem sobre atos antidemocráticos


Eduardo e Carlos Bolsonaro

247 – A Polícia Federal intimou o deputado federal Eduardo Bolsonaro e o vereador Carlos Bolsonaro (foto) a deporem como testemunhas na investigação relacionada aos atos antidemocráticos do início de 2020, segundo Caio Junqueira, da CNN.

Os depoimentos acontecem no momento em que os investigadores avançam sobre a origem do financiamento dos atos e apuram a existência de um esquema de financiamento e lavagem de dinheiro ligado às manifestações.

Já existe também um mandado de busca e apreensão, expedido pelo ministro do STF Alexandre de Moraes, contra a empresa Foco do Brasil, um dos principais canais de mídia bolsonarista e que transmitiu ao vivo o ato do dia 19 de abril. Investigações apontam que este canal “monetizou, entre março de 2019 e maio de 2020, o montante de US$ 330.887, dados que reforçam a necessidade de realização de ação de busca e apreensão no local”.

A oitiva de Eduardo Bolsonaro está marcada para acontecer no dia 22 de setembro em Brasília. O depoimento de Carlos, pelo que consta, aconteceu no dia 10 deste mês, mas nem a PF e nem os advogados do vereador confirmaram se o testemunho de fato ocorreu.

Com informação do 247

Homem mata ex-esposa, filha e enteada no Paraná


crime curitiba
Lucas, Rosenilda, Ashley e Amábile

As crianças tinham dois e seis anos de idade e foram queimadas vivas dentro de casa. A mulher foi resgatada com vida, mas não resistiu aos ferimentos. O homem não aceitava o fim do relacionamento

 

 

Lucas Ramos Machado, de 26 anos, foi preso por colocar fogo na casa de Rosenilda Rodrigues Faria, sua ex-esposa. O crime aconteceu no último dia 8 de setembro em Rio Branco do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba.

Ashley e Amábile, de 2 e 6 anos, morreram carbonizadas. A menina mais nova era filha de Lucas, e a outra sua enteada. Rosenilda foi resgatada com 70% do corpo queimado e ainda respirando. No entanto, a mulher não resistiu e morreu nesta terça-feira (15).

A Polícia Civil disse que os dois tiveram uma discussão e, por volta das 23h do dia 7 de setembro, a mulher procurou a equipe para denunciar violência doméstica e registrar um Boletim de Ocorrência (B.O).

Uma amiga de Rosenilda disse que ouviu Lucas ameaçá-la antes do ocorrido. “A primeira briga deles começou dentro do carro. Ele desceu correndo atrás dela. Chegamos na casa, ele estava em cima dela, batendo nela e ela não conseguia escapar”, disse.

“A Rose conseguiu correr dele, e ele correu atrás dela e falou: ‘te mato’, e falava também, ‘de hoje não passa, eu mato você e ainda atiro fogo na casa’, ele falou”, continuou a testemunha.

Após a denúncia de Rosenilda, na noite anterior ao incêndio, a PM foi até a casa, mas Lucas não estava no local.

No Boletim de Ocorrência (B.O.), os policiais relataram que a mulher estava sofrendo agressões e que, quando chegaram na casa, perceberam que ela tinha lesões na face e na cabeça.

Segundo a PM, os policiais levaram Rosenilda até a casa de uma amiga e orientaram que ela ficasse lá com os filhos até que o ex-companheiro dela fosse encontrado.

Rosenilda, no entanto, retornou para a casa dela durante a madrugada com as duas meninas mais novas. Pela manhã a casa foi incendiada com ela e as duas filhas dentro.

A equipe dos bombeiros foi chamada, mas quando chegou as crianças já tinham sido carbonizadas. Lucas foi preso na sequência em uma casa próxima do local.

No B.O, os policiais também declararam que a a jovem foi orientada para procurar a Polícia Civil para pedir guia de lesão corporal.