Aumenta consumo de frutas, hortaliças e feijão entre brasileiros durante pandemia


Aumenta consumo de frutas, hortaliças e feijão entre brasileiros durante pandemia

Foto: Reprodução/Pixabay

O consumo de alimentos in natura cresceu entre os brasileiros durante a pandemia do coronavírus. A conclusão é do Núcleo de Pesquisas Epidemiológicas em Nutrição e Saúde da Universidade de São Paulo (USP). Os pesquisadores deram início, em janeiro de 2020, a um dos maiores estudos em alimentação e saúde do país, o Estudo NutriNet Brasil.

Cerca de 10 mil pessoas de todo o Brasil participaram a pesquisa. Elas responderam um questionário sobre hábitos alimentares em janeiro e fevereiro (antes da pandemia) e maio (durante a pandemia).

De acordo com reportagem do G1, os resultados mostram um crescimento de 44,6% no consumo de frutas, hortaliças e feijão. Mas também sugerem aumento de alimentos ultraprocessados nas regiões Norte e Nordeste e entre pessoas de escolaridade mais baixa.

Para o coordenador do NutriNet Brasil, Carlos Monteiro, a mudança na rotina imposta pela pandemia pode explicar os resultados. Já que as pessoas tem passado mais tempo em casa, tem cozinhado mais. “Além disso, uma eventual preocupação em melhorar a alimentação e, consequentemente, as defesas imunológicas do organismo poderiam ser consideradas”, disse Monteiro à reportagem.