Depois de sentar em pedidos de impeachment, Maia diz que “volta a sorrir” quando Bolsonaro sair


O ex-presidente da Câmara respondeu ao mandatário, que questionou: “vão ficar chorando até quando?”